O que ser Evalon - Divine Notes

O que ser Evalon - Divine Notes

Depois de muito tempo finalmente retornei aqui pra falar de mais elementos da minha novel como curiosidade com o intuito de promove-la indiretamente (sim, isso tudo é uma enorme propaganda).

 

Pra você que não me conhece, eu sou Vinicius Tisso, criador da Novel e universo Evalon e esse é o Divine Notes, uma coluna em que eu explico coisas em especifico da novel por meio de um pequeno artigo de curiosidade.

 

Acho que nada melhor pra um começo oficial do que explicar o que é o Evalon, qual o conceito e o que torna ele um cenário interessante.

 

Pra início de explicações, Evalon é o nome de um planeta resultado de outros 25. Para quem leu o capítulo 00 de Evalon: os SeisLendários  já vai saber do que eu vou falar, mas pra quem não quer ler essa novel e pretende se localizar pelas Divine Notes, segue a explicação.

 

Quando tudo era negro e não existia nada, um ser sem forma reinava, não possuía nome, mas posteriormente foi denominado “Primordial”. Ele era a personificação da energia, mesmo não possuindo um corpo.

 

Porem ele pode prever a própria morte, não conseguindo prolongar seu tempo de vida, ele criou o primeiro esboço de sistema solar com vinte e cinco planetas em localizações e posicionamentos diferentes.

 

Nisso ele criou cinquenta seres usando de base suas características. Nisso surgiram deuses que empenhavam um papel geral, desde um deus que representava a Ordem (Ahura) como um deus para os Elfos da Floresta (Fhorre) ou até mesmo Tac Nyan, o deus da sorte que é o deus central do E6L.

 

Esses cinquenta deuses foram espalhados pelos vinte e cinco planetas de forma desparelha – de modo que a quantidade fosse se alterando, deixando alguns planetas com até quatro deuses e outros com nenhum.

 

Nisso foi dado mil anos para que cada um dos deuses evoluísse, nisso surgiu os povos humanoides e semelhantes.

 

Quase tudo havia sido fruto de transações entre os deuses que trocavam desde materiais a conceitos mais abertos como foi o caso da Deusa do conhecimento, Tetra, que recebeu inúmeras regalias em troca de informações. Outro que se destacou foi o Fauno que praticamente criou a base para os quatro elementos principais e toda vida animal e humana.

 

Depois dos mil anos de preparação, um evento chave conhecido como Colisão dos Mundos uniu os vinte e cinco planetas em um. Em uma quebra dimensional, cada planeta havia explodido e separado em ravinas com radiação aurora e, em diversos pedaços que se reconstruíram como um quebra-cabeças, um novo planeta se formou, um planeta chamado Evalon.

 

Sua geografia é embaralhada devido a separação dos planetas menores, mas sua estrutura é semelhante a Terra, mas cerca de cinco vezes maior. A única exceção de estrutura é a Oceania que permaneceu uma parte rasgada no mundo, estando em um estado que tenta sair de órbita enquanto as ravinas lhe puxam para dentro, tentando anexa-la ao planeta.

Por Tisso | 30/10/2020 às 20:27 | 0 Comentário
Compartilhe: