CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 813 - Vovô Coveiro....

A Will Eternal (AWE)

Capítulo 813 - Vovô Coveiro....

Tradução: Glaurung | Revisão: Reviewer

Zhou Yixing estava convencido de que Bai Xiaochun não estava apenas tentando assustá-los, e ficou profundamente abalado. E, no entanto, por mais que olhasse, não conseguia ver nada ao longo da margem do rio.

A expressão de Wu Dao piscou e, após um momento de hesitação e mais exames, uma expressão estranha apareceu em seu rosto.

"Grande Mestre Bai, hum... realmente não há ninguém lá."

Atordoado, Bai Xiaochun olhou para Zhou Yixing em busca de confirmação, que simplesmente sorriu e acenou com a cabeça. Com o coração batendo acelerado, Bai Xiaochun olhou para trás. O homem de túnica preta ainda estava sentado lá como antes. A essa altura, Bai Xiaochun percebeu que havia algo familiar sobre ele, embora não conseguisse entender exatamente o que era.

"Eu sou o único que pode vê-lo?" Ele disse, com o rosto ficando pálido e o couro cabeludo formigando. No entanto, foi neste momento que a voz nervosa de Bai Hao foi transmitida em sua mente.

“Mestre, eu… eu posso vê-lo também… Há um homem velho lá, sentado e pescando…”

Depois de um momento, Wu Dao se despediu, ainda um pouco desconfiado de tudo. Ele até levou alguns subordinados para a margem do Rio do Submundo para procurar, mas nenhum deles encontrou nada.

Quanto a Bai Xiaochun, ele podia ver claramente um velho sentado ao lado de onde Wu Dao estava agora junto à margem do rio, e, no entanto, Wu Dao não parecia ser capaz de ver o velho.

Sentindo-se muito nervoso, Bai Xiaochun observou o velho a noite inteira. Ele simplesmente sentou-se ali, pescando até o amanhecer, e então desapareceu junto com o Rio do Submundo.

No dia seguinte, Bai Xiaochun estava completamente nervoso, e até mesmo colou alguns talismãs de papel em si mesmo, que ele tinha em sua bolsa de armazenamento. E, no entanto, isso não o fez se sentir muito melhor.

Quando Bai Hao viu o quão nervoso seu Mestre estava, ele hesitou por um momento antes de dizer: “Mestre, por que não vamos hoje à noite para dar uma olhada? Parece que ele está me chamando…”

"Você realmente tem a coragem de dar uma olhada?" Bai Xiaochun disse nervosamente. "Hao’er, você me ouça! Esse cara não é uma alma, ele é um fantasma! Almas não são assustadoras. Afinal, eu usei muitas almas na minha necromancia. Não, isso é um fantasma!! Não deixe ele hipnotizar você! De fato, considerando que um fantasma antigo apareceu, precisamos sair daqui. Este lugar é perigoso.

"Hao'er, quando seu Mestre estava no Abismo da Espada Caída, eu vi uma garota fantasma... Até pensar nisso faz com que arrepios subam pela minha espinha.”

Sempre que Bai Xiaochun pensava nisso, ele percebeu que uma das principais razões pelas quais ele tinha tanto medo de fantasmas era por causa daquela garotinha do Abismo da Espada Caída.

Então ele pensou em como aquela garota havia possuído Gongsun Wan'er, e então fez todas aquelas coisas estranhas no labirinto, e seu coração tremeu com mais medo do que antes.

Bai Hao hesitou por um momento e depois disse: "Mas também sou um fantasma!"

"Você é diferente. Esse é... um fantasma antigo! Fantasmas antigos como esse que existem há muitos anos são sempre muito cruéis!” Enquanto ele falava, ele colocou mais alguns talismãs de papel sobre si mesmo.

Bai Hao piscou algumas vezes, mas não disse mais nada para tentar convencer Bai Xiaochun. E assim o dia passou em relativa agonia para Bai Xiaochun. Finalmente, a meia-noite voltou... e os sons retumbantes encheram o céu. O céu ondulou e o Rio do Submundo começou a correr pelo leito do rio. E então... mais uma vez, Bai Xiaochun viu aquele velho de manto preto sentado na margem do rio.

"Lá está ele de novo!!" ele ofegou, com seu rosto ficando pálido. Virando-se, ele chamou Zhou Yixing, absolutamente convencido de que aquele lugar maligno estava assombrado e que eles não deveriam ficar lá. "Eu sou um Necromante Mundano! Qualquer fantasma que ousa aparecer na minha frente deve ser incrivelmente poderoso...”

Com isso, ele imediatamente fez Zhou Yixing e Song Que arrumarem as malas para se prepararem para sair. No entanto, momentos depois, ele percebeu que estava faltando alguém em seu grupo.

"Onde está Hao'er?!", Ele gritou. Girando e arregalando os olhos, notou que Bai Hao estava flutuando em direção ao Rio do Submundo, aparentemente em transe!

Ele estava quase na metade do caminho para a margem, e estava a poucas centenas de metros do velho de manto preto.

"Isso é ridículo, seu velho fantasma!" Bai Xiaochun rosnou com raiva. Embora ele estivesse com medo, sua raiva sobre o fato desse velho fantasma estar hipnotizando seu aprendiz fez com que ele começasse a tremer fisicamente. Deixando escapar um grito, ele começou a acelerar em direção ao Rio do Submundo.

Enquanto ele se movia, ele bateu na sua bolsa de armazenamento, retirando vários talismãs de papel, que ele bateu em cima de si mesmo.

“Solte o meu discípulo, seu velho fantasma!”

Embora ele estivesse se movendo rapidamente, foi para sua surpresa que ele descobriu que não poderia realizar nenhum teletransporte. Mesmo assim, ele era como um raio de luz que disparou em direção a Bai Hao, que agora estava a apenas 300 metros de distância do velho. Depois de se aproximar, ele estendeu a mão e agarrou-o.

Bai Hao estremeceu e caiu em si. Então seu rosto escureceu. Quanto a Bai Xiaochun, ficou aliviado ao ver Bai Hao recuperar seus sentidos e, no entanto, foi apenas por um momento, depois, seu terror disparou ao perceber que o velho o notara. Tão devagar, o homem começou a se virar. A partir deste momento, Bai Xiaochun sentiu uma sensação de terror que era impossível até mesmo compreender. Segurando Bai Hao com força, ele gritou e se preparou para fugir.

No entanto, foi quando o rosto do velho tornou-se visível e, embora sua expressão fosse fria e sinistra, assim que Bai Xiaochun avistou suas feições, seu grito morreu e ele ficou lá com um olhar incrédulo no rosto.

"Vovô Coveiro..." ele disse.

Este velho não era outro senão a misteriosa figura vestida de preto que o salvara em seus dias na Seita do Rio Espiritual! Durante os combates naquelas montanhas sem nome, ele havia sido mortalmente ferido por um escolhido do Clã Luochen, e então encontrou esse velho de vestes negras!

Este homem velho não só salvou a sua vida, ele deu-lhe parte do... Codex da Eternidade!

Nunca Bai Xiaochun poderia ter imaginado que depois de todos os anos que passou, ele encontraria este benfeitor aqui mesmo nas margens do Rio do Submundo!

Instantaneamente, seu medo desapareceu e foi substituído pela alegria. Enquanto isso, o Coveiro olhou para Bai Xiaochun friamente por um momento, depois olhou de volta para o rio e começou a pescar novamente.

"Mestre, você... você o conhece?" Bai Hao ficou com medo apenas de olhar para esse velho; Se não fosse pelo seu Mestre, ele provavelmente teria caído direto no Rio do Submundo por causa do transe em que ele havia entrado.

“Claro que eu o conheço! Este é o benfeitor que eu já te falei tantas vezes!” Os olhos de Bai Xiaochun já estavam brilhando. Ele poderia dizer que este era um indivíduo incrível; afinal, ele conseguira tirar Bai Xiaochun da beira da morte.

Apesar de como sua própria base de cultivo havia aumentado muito além do nível que ele tinha naquele ano, até mesmo agora ele não conseguia determinar o nível do Coveiro.

Isso dizia muito, considerando que Bai Xiaochun havia encontrado Semideuses antes. E, no entanto, a sensação que ele tinha do Coveiro... foi que ele estava além do nível Semideus.

Mais poderoso que um Semideus… Céus! Qual o nível de base de cultivo que o Vovô Coveiro tem?!” Entusiasmado, correu para o lado do Coveiro.

“Vovô Coveiro,” disse ele, “sou eu, Bai Xiaochun! Estou usando uma máscara, então você não pode ver meu rosto real. Senhor, você se lembra do que aconteceu naquelas montanhas...?”

Parecia que o Coveiro não o ouvira; simplesmente continuou pescando.

Bai Xiaochun estava nervoso, mas também sabia que ele tinha que aproveitar essa oportunidade rara. Depois de um momento de hesitação, ele disse: “Hum… Vovô Coveiro, você pode me ajudar aqui? Me mande de volta para o Rio do Caminho Celestial? E aí...bora?”

No entanto, o Coveiro não parecia estar ouvindo. Não importava o que Bai Xiaochun falasse, ele não respondia nada. Bai Xiaochun continuou falando até que sua boca ficou seca e o amanhecer se aproximava. E ainda assim, o tempo todo, o Coveiro nem olhou para ele. Eventualmente, ele desapareceu junto com o Rio do Submundo.

"O que fazemos agora, Mestre?", Disse Bai Hao. Ele esteve lá o tempo todo enquanto seu Mestre proferiu incontáveis palavras.

Bai Xiaochun suspirou e acenou com a mão com desdém.

“O Mestre vai lhe ensinar uma lição hoje, meu aprendiz. É essa: se você focar sua mente em um objetivo, você pode esmagar pedras e cortar o metal!”

Durante o mês seguinte, Bai Hao entendeu exatamente como seu Mestre poderia estar focado. Todas as noites à meia-noite, Bai Xiaochun iria encontrar o Coveiro e passaria por mais uma rodada de súplicas como ele fez na primeira noite.

Zhou Yixing e Wu Dao ficaram completamente surpresos com o que estava acontecendo. Claro, tudo o que eles podiam ver era Bai Xiaochun agindo como um maníaco, parado na margem do rio, falando sozinho. E como eles não conseguiam ouvir o que ele estava dizendo, isso tornava toda a cena ainda mais estranha.

Em uma ocasião, um arco-íris do submundo apareceu perto de Bai Xiaochun, e quando Wu Dao e os outros foram colhê-lo, eles puderam ver de perto o que parecia ser ele murmurando para si mesmo. Era realmente chocante e eles saíram de perto assim que puderam.


Por Glaurung | 24/09/19 às 12:33 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Sobrenatural, Wuxia, Xianxia, Chinesa