CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 880 - Está Vendo o Que é Isso, Xiaochun?

A Will Eternal (AWE)

Capítulo 880 - Está Vendo o Que é Isso, Xiaochun?

Tradução: Glaurung | Revisão: Reviewer

Quando Song Que viu o olhar extasiado no rosto de sua tia quando ela olhou para Bai Xiaochun, ele suspirou. A essa altura, ele se arrependeu de ter chegado cedo para a visitar. A verdade é que, se ele soubesse que Bai Xiaochun apareceria, preferiria ser espancado até a morte do que vir nesse momento.

Embora de alguma maneira ele desejasse poder fazer algo para interferir nas habilidades de Bai Xiaochun em seduzir mulheres, ele também não pôde deixar de admirá-lo um pouco por causa disso.

Ele estivera lá para ouvir todos os detalhes que Bai Xiaochun havia explicado sobre o Charme da Vitória, que ajudou Zhao Tianjiao a conquistar Chen Yueshan. E Song Que também esteve lá para testemunhar o relacionamento confuso que se desenvolveu entre Bai Xiaochun e a Senhora Poeira-Vermelha.

E isso sem mencionar Chen Manyao...

Agora que ele pensava nisso, todas as cultivadoras mais bonitas pareciam estar em algum tipo de relacionamento com Bai Xiaochun…. No final, Song Que só pôde suspirar e refletir sobre como os céus aparentemente favoreciam Bai Xiaochun…. Glaurung: ahh os poderes do mc!!

Ele pensou em revelar a verdade a sua tia e contar a ela sobre Chen Manyao e a Senhora Poeira-Vermelha. Mas então, ele percebeu que Bai Xiaochun estava lhe dando um olhar de advertência, e seu coração se agitou. Suspirando, ele olhou para a expressão extasiada no rosto de sua tia e finalmente percebeu que era uma situação realmente embaraçosa. Depois de soltar uma desculpa aleatória, ele saiu.

Lá fora, ele se sentiu muito melhor. Balançando a cabeça, ele notou alguns discípulos próximos da Divisão do Rio de Sangue olhando para ele. Nesse momento, ele se endireitou, sentindo o orgulho que um cultivador na Alma Nascente deveria sentir. Os discípulos se curvaram em saudação, e sua confiança começou a voltar.

Bai Xiaochun e Song Junwan estavam agora sozinhos na caverna do imortal. Era uma situação rara. Antes, a luta havia sido feroz na batalha, mas agora que eles estavam juntos, Song Junwan abandonou qualquer tentativa de impedir que seus sentimentos aparecessem.

Isso era especialmente verdade, considerando o que Bai Xiaochun havia dito a ela sobre a situação de Song Que e o perigo que ele enfrentara para resgatá-lo.

Song Junwan sabia que Bai Xiaochun havia feito todas essas coisas por ela. E no final, ele trouxe Song Que de volta, não apenas seguro, mas também tendo entrado no estágio da Alma Nascente.

Com um olhar quente, ela alisou algumas das rugas na roupa dele e falou algumas palavras sinceras de preocupação. Considerando que agora estavam sozinhos, a maior parte do rubor havia deixado seu rosto.

Bai Xiaochun sentia-se muito relaxado em sua presença e pôde dizer o quanto ela se importava com ele. Eventualmente, eles se sentaram em um divã, e Bai Xiaochun começou a se gabar de alguns detalhes de como ele havia resgatado Song Que.

Claro, ele enfatizou seu próprio papel na situação, certificando-se de que fosse claro que sem ele, Song Que provavelmente nunca teria escapado. O tempo todo, ele continuou medindo Song Junwan.

Embora eles não se vissem há anos, Song Junwan estava espetacularmente bonita como sempre. Sua maquiagem foi aplicada perfeitamente, enfatizando as sobrancelhas que se curvavam tão graciosamente quanto as folhas de salgueiro. Seus olhos brilhavam como piscinas de águas profundas, fazendo parecer que ela estava esperando ele adivinhar o que estava pensando. O coração de Bai Xiaochun começou a acelerar de repente.

Song Junwan era curvilínea e atraente, com curvas de dar água na boca em todos os lugares. Havia algo chocantemente fascinante nela, especialmente considerando o quão provocativamente ela se vestia. Bai Xiaochun engoliu a saliva algumas vezes, maravilhando-se interiormente com a mulher que ela era. Sem sequer pensar nisso, ele começou a compará-la à Senhora Poeira-Vermelha, e finalmente suspirou ao perceber que, em termos de físico e beleza, Song Junwan claramente saia por cima.

De repente, ele percebeu algo. Depois de ser jogado no chão na selva pela Senhora Poeira-Vermelha, um novo mundo se abriu para ele….

Quando Song Junwan percebeu que Bai Xiaochun a estava examinando secretamente, seu coração começou a bater mais rápido. Uma expressão de flerte apareceu em seu rosto, e ela olhou para ele de perto, fingindo que não havia notado o olhar nos olhos dele. Ela também se inclinou um pouco para a frente, revelando ainda mais curvas do que antes.

No entanto, depois de um longo momento, ficou claro que Bai Xiaochun estava apenas olhando para ela e não faria nada. Uma centelha de raiva surgiu em seu coração, consumindo um pouco de sua paixão. Uma expressão fria apareceu em seu rosto.

"Bem", disse ela, "como não há nada melhor para fazer, acho que vou meditar".

Os olhos de Bai Xiaochun se arregalaram em choque. Tudo estava indo bem momentos atrás e até parecia que Song Junwan estava tomada pela paixão. Mas num piscar de olhos, tudo mudou. Isso foi muito estranho. De repente, ele percebeu que perguntar sobre Hou Xiaomei agora provavelmente não seria a melhor ideia….

Piscando algumas vezes, ele decidiu sentir a situação.

"Bem, quer que eu saia?"

Com o coração ardendo de raiva que ela não podia controlar, Song Junwan olhou para ele por um momento e depois soltou um resmungo frio. "Descubra você mesmo!"

Bai Xiaochun estava realmente confuso. Suspirando, ele pensou que as mulheres eram definitivamente criaturas muito estranhas, tanto a Senhora Poeira-Vermelha quanto Song Junwan.

“Será que todas as mulheres mais velhas são assim?” Convencido que era esse o caso, ele decidiu que realmente sentia falta de Hou Xiaomei. Ela era definitivamente a mais bem-comportada de todas.

Esfregando o nariz, levantou-se e disse: "Bem, acho que vou!"

Song Junwan fechou os olhos e o ignorou.

O constrangimento de Bai Xiaochun estava começando a se transformar em um pouco de raiva. Sacudindo a manga, ele se virou para sair. No entanto, ele só deu cerca de sete ou oito passos antes que a voz de Song Junwan soasse.

"Quanto tempo você vai ficar por aqui desta vez?"

Sem humor para lidar com sua raiva, ele respondeu: "Oh, eu não sei. Depois que todos os assuntos da seita forem resolvidos, preciso fazer uma viagem à Seita Polaridade do Céu Estrelado do Dao. ”

Então ele continuou seu caminho.

Song Junwan abriu os olhos e olhou para ele se afastando. A partir desse momento, ela percebeu que, considerando a base e o talento de cultivo de Bai Xiaochun, não era razoável esperar que ele ficasse na Seita Desafiadora do Rio para sempre, mesmo que fosse sua casa. Além disso, ela não pôde deixar de se perguntar... depois que ele partisse, quanto tempo levaria até que ela o visse novamente?

Quando ela pensou sobre isso e sobre o quão distante ele parecia quando ela o viu no campo de batalha, ela começou a lutar interiormente. Se ela não pudesse segurá-lo agora... então, com o passar do tempo, eles se separariam e seu relacionamento seria definitivamente frio. Eventualmente, se tornaria nada mais que uma memória.

A seita enfrentou muitas situações dramáticas ao longo dos anos e ela viu muitos casais se separarem pela morte. Além disso, ela não tinha ideia se seria capaz de sair do estágio da Formação de Núcleo e entrar no estágio da Alma Nascente, o que significava que ela não tinha idéia de quanto tempo ela realmente viveria.

A única coisa que sabia era que, ao longo de todos os anos, Bai Xiaochun era a única pessoa que a desejou sem deixá-la com nojo. Depois de tudo o que havia acontecido entre os dois, ele era a única pessoa em que ela nunca conseguia parar de pensar.

Nesse ponto, a luta em seus olhos se transformou em determinação. Ela era a bruxa demoníaca da Seita do Rio de Sangue, não alguém justa e ortodoxa da Seita do Rio Espiritual!

À medida que sua hesitação desapareceu, a decisão a envolveu. Ela se esticou no divã, certificando-se de que cada centímetro de sua bela figura estivesse em exibição. Então ela falou com uma voz que apunhalaria profundamente o coração de quem a ouvisse.

“Xiaochun, venha aqui. Eu quero te mostrar algo."

Assim que a voz dela entrou em seus ouvidos, parecia que uma mão havia agarrado seu coração. Depois de tremer por um momento, ele bufou friamente.

“Seja o que for, eu não quero ver!” Essas foram as palavras que saíram de sua boca e, no entanto, ele parou de andar e até se virou para ver Song Junwan reclinada de maneira sombria no divã. Seu coração começou a bater ainda mais forte. No entanto, ele lembrou a si mesmo que, diante de uma raposa astuta como essa, ele tinha que se controlar e agir normalmente.

Com os olhos brilhando, ela acenou para ele com o dedo. “Seja um bom garoto agora. Por que você não vem aqui? Não precisa ficar com medo, eu não vou te morder!”

Com o coração acelerado, Bai Xiaochun deu outra bufada fria. A encarando, ele caminhou até ela, ergueu o queixo e disse alto: “Eu? Medo de você?! Acho que não. Tudo bem. O que você quer me mostrar?"

Cobrindo um sorriso com a mão, ela olhou para ele, agarrando seu olhar tão seguramente como se estivesse com um gancho. No mesmo instante em que ele ofegou de surpresa, ela deu um tapinha em sua bolsa de armazenamento, retirando uma pílula medicinal que pegou com dois dedos.

"Está vendo o que é isso?"

O queixo de Bai Xiaochun caiu, um pouco descontente que era isso que Song Junwan queria mostrar a ele…. Acabou que era apenas uma pílula medicinal. Suspirando, ele olhou um pouco mais de perto, aproveitando sua habilidade no Dao Medicinal para identificá-la.

"Oh, é uma Pílula Afrodisíaca. Ei, como você conseguiu--” De repente, ele engasgou e pensou de novo na Senhora Poeira-Vermelha.

E, no entanto, antes que ele pudesse fazer qualquer coisa... um rubor se espalhou pelo rosto de Song Junwan, e seus olhos brilharam quando...

Ela esmagou a pílula!


Por Glaurung | 14/11/19 às 01:03 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Sobrenatural, Wuxia, Xianxia, Chinesa