CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 28 - Garra Dourada do Deus Dragão Lutador!

Ascensão de um Deus (AUD)

Capítulo 28 - Garra Dourada do Deus Dragão Lutador!

Autor: Calebe Piccoli | Revisão: Stromkirk

Conforme a poeira foi baixando, ficava evidente o poder destrutivo de ambas as Feras.

O lobo estava deitado, sangue escorria de suas narinas e boca, estava lhe faltando uma das patas dianteiras e havia um grande buraco em seu abdômen.

O lagarto não estava melhor, suas escamas e seus músculos haviam sido arrancados, revelando seus ossos, em seu dorso jazia um enorme buraco, um de seus olhos também foi levado pelos ataques do lobo, até mesmo sua cauda havia sido arrancada.

"É sua chance garoto…. Com estes ferimentos eles devem ter pouco poder sobrando" - Gao Yao.

Le Chang sem perder tempo correu em direção aos animais, seu corpo era com um raio.

Usando sua velocidade ele se aproximou do Lagarto e rugiu "Garra do Deus Dragão Lutador" uma enorme garra despencou a uma velocidade assombrosa, o ar ao redor parecia queimar.

Le Chang mirou no grande buraco no dorso do animal.

Mas no fim era uma Fera Mágica de Nível 5, assim que o ataque estava prestes a chegar o Lagarto desviou para o ataque não pegar em suas partes vitais.

O ataque caiu sobre algumas escamas que sobraram, mesmo elas tendo uma poderosa defesa, o ataque de Le Chang criou algumas rachaduras.

"Tsc… Só tenho mais duas garras antes de ficar completamente sem Qi" - Le Chang.

O lagarto não esperava que o Lobo aproveitaria a sua distração para o atacar.

Uma enorme garra veio sobre a cabeça do Lagarto, o Lobo aproveitou a distração do mesmo para atacar.

Ele cambaleou para o lado, mas, mesmo assim, uma enorme marca sangrenta apareceu em sua cabeça.

Le Chang foi jogado a dezenas de metros para longe, era como se seu ataque e sua presença fossem insignificantes para os dois animais.

Uma grande quantidade de sangue saiu da boca de Le Chang.

"Isso é ridículo… mais fraco? Eles ainda possuem muito poder" Murmurou Le Chang.

"Garoto… Tem um jeito" - Gao Yao.

"Jeito?" Perguntou Le Chang.

"A energia dourada…" - Seiryuu.

"Se você conseguir usar ela, provavelmente conseguirá matar as Feras a sua frente, elas estão extremamente feridas, sua mobilidade é quase zero, é sua melhor chance" - Gao Yao.

"Tudo bem… Vamos tentar" - Le Chang.

Ele sentou-se ali mesmo em posição de lótus e começou a meditar.

Mas desta vez ele concentrou todo o seu foco em seu Núcleo de Qi, em particular naquele fio dourado que dividia o seu Núcleo.

Aquele mero fio transmitia uma aura tirânica, uma antiguidade, como se existisse desde o começo de tudo.

Usando toda a sua força de vontade ele tentava se conectar com aquele fio de energia.

Após cinco minutos o fio tremeu levemente e uma pequena parte dele saiu do Núcleo de Qi de Le Chang, era algo mais fino que um cabelo, mas a energia ali era enorme.

"Garoto… Tente fundir com o Punho do Deus Dragão Lutador e então use a Segunda Verdade" - Seiryuu.

"Isso é incrível…" - Le Chang.

Ele sentia como se pudesse tudo…

Até agora a Energia Dourada estava misturada com a Energia Yang e Yin, mas usando ela sozinha seu poder era mais facilmente extraído.

Le Chang então se levantou, seus olhos cor de mel tinham leves tons de vermelho e dourado.

Suas pupilas eram felinas, dando uma sensação etérea.

Le Chang então disparou novamente contra as Feras Mágicas.

Uma leve irritação passou pelos olhos do Lobo e do Lagarto, uma mera formiga ousava interromper sua luta?

A condição de ambos era precária, mas havia muito poder lhes restando, mesmo com tantos ferimentos ele poderiam sobreviver.

Le Chang saltou do topo de uma árvore em direção ao Lagarto, os ferimentos deste eram mais visíveis e maiores, tornando mais fácil de matá-lo.

Le Chang então rugiu novamente: "Garra Dourada do Deus Dragão Lutador"

Neste momento uma imensa garra dourada apareceu sobre o céu, ela tinha dez metros e despencou em direção ao lagarto como um enorme meteoro.

Finalmente o Lagarto e o Lobo pareceram sentir o perigo daquele ataque.

Ambos conjuraram seus ataques de antes e miraram contra a garra de Le Chang.

Le Chang estava arrogantemente no ar, sua mão estendida para baixo, empurrava a garra em direção aos dois poderosos ataques.

As duas Feras Mágicas estavam extremamente fracas, seus ataques não tinham nem dez por cento de sua força total, mas, mesmo assim, ainda eram poderosos.

Os três ataques se encontraram no ar, uma imensa onda de choque varreu todo o local.

Le Chang se sentiu como uma folha em um oceano, a perturbação do Qi no local foi absurda.

A Lança e a Esfera de Energia eram como meteoros.

O encontro das Energias criou uma enorme explosão, criando uma imensa nuvem de poeira.

Le Chang foi arremessado duzentos metros dali, de encontro a uma grande rocha.

Alguns ossos foram quebrados, mas nenhum ferimento sério ocorreu.

Após a poeira baixar, ele pode ver o resultado de seu ataque.

O Lagarto, antes imponente, agora possuía uma enorme marca de garra em seu dorso.

Seu corpo jazia no chão, sua morte era um fato.

O Lobo foi astuto e conseguiu recuar na hora certa.

Le Chang olhou dolorosamente para a Fera, ele sabia que se tentasse lutar contra o Lobo bem provavelmente ambos morreriam.

O Lobo então uivou melancolicamente para os céus e fugiu rapidamente do local.

"Ufa" Suspirou Le Chang.

Meio cambaleante, Le Chang, foi em direção ao Lagarto.

"Um Lagarto Terroso" - Seiryuu.

"Rápido garoto, arrance o Cristal Mágico…" - Gao Yao.

Le Chang subiu na cabeça do animal e começou a "escavar" em busca do Cristal.

A carne do animal era dura, o que deixou Le Chang perplexo que seu ataque havia matado tal fera.

Óbvio, sua garra anterior lhe custou quase todo seu Qi.

'A Energia Dourada é poderosa, mas só usarei como último trunfo…' - Le Chang.

Era perigoso revelar todas suas habilidades logo de cara em uma batalha.

A melhor coisa é sempre tentar vencer uma batalha com o menor uso de força.

Le Chang possuía um forte caráter e personalidade, sua força mental também era louvável, ele não seria alguém idiota para sair pavoneando pelo mundo. N.A: Pavonear é mostrar-se demonstrando ostentação, exibir-se com alarde e empáfia

Algum tempo depois Le Chang alcançou o que queria.

Segurando um Cristal do tamanho de seu punho ele ficou extremamente feliz.

A quantidade de Qi ali dentro era imensa.

Por ScryzZ | 09/01/18 às 21:32 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Romance, Harém, Magia