CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 74 - O Mandante Por Trás de Tudo

Ascensão de um Deus (AUD)

Capítulo 74 - O Mandante Por Trás de Tudo

Autor: Calebe Piccoli Camargo | Tradução: Stromkirk

"Procurem Le Chang e aquelas garotas imediatamente, fechem a Cidade, ninguém sai e ninguém entra." Bae Long rugiu desesperado.

Ele disparou para fora da Cidade em direção às montanhas.

******************************

Cinquenta milhas fora da Cidade.

"Estão todos bem?" - Le Chang.

"Estamos…" - Lian Mei e Wuhan Xie.

Perto dali haviam dezenas de mulheres e crianças, não somente as que foram levadas do vilarejo atacado, mas muitas outras.

Bae Long possuía dezenas de escravos, até mesmo a mulher que ele levou no jantar era uma de suas escravas.

"Ótimo, tem alguma pessoa ferida no grupo?" - Le Chang.

"Somente alguns ferimentos leves, nada sério…. Le Chang, você tem certeza que quer fazer isso?"- Lian Mei.

"Não temos como escapar com mais de cem pessoas, Bae Long já deve ter percebido nossa ausência e ligado os pontos… Ele não é tolo." - Le Chang.

"Muito bem, todos vocês se escondam. Wuhan Xie, Lian Mei ajudem elas a se manterem fora do Sentido Divino de qualquer um…" - Le Chang.

"Tenha cuidado." Lian Mei lhe deu um rápido abraço em Le Chang e correu até o grupo, ela escondia seu rosto vermelho na escuridão da noite.

Wuhan Xie ainda estava envergonhada por Le Chang segurar sua mão então ela só acenou com a cabeça e disparou para a floresta.

Le Chang deu um leve sorriso, cada dia que passava os três ficavam mais próximos, era como se os três estivessem destinados a caminhar juntos.

'Agora é a parte perigosa de seu plano, fique alerta.' - Gao Yao.

'Você já entrou em contato?' - Seiryuu.

'No momento que saímos da cidade.' - Le Chan.

'Bom, bom. Acho que o tempo coincidirá.' - Seiryuu.

'Assim espero…' - Le Chang.

******************************

Lian Mei, Le Chang e Wuhan Xie estavam uma hora e meia na frente de Bae Long, mas elas seriam encontradas rapidamente com um grupo tão grande de pessoas.

Após entender o que havia de fato ocorrido, Bae Long pareceu envelhecer alguns anos. Le Chang havia levado mais de cem de suas escravas, lhe fazendo perder uma enorme quantia de dinheiro.Quanto empenho ele teve para conseguir um bom lote de mulheres para vender aos bordéis, e crianças para vender como escravas, para no fim, um garoto no Dao da Integração pegá-los bem debaixo do seu nariz.

Ele também havia feito algumas promessas de novas escravas para algumas pessoas influentes no Continente, se ele falhasse em seu primeiro negócio como traficante de escravos, sua credibilidade iria lá para baixo.

Não só isso, ele poderia sofrer algumas consequências por ter descumprido sua palavra.Bae Long poderia ser tirânico e opressor com aqueles sob seu teto e sua Cidade, mas mesmo tendo seu pai, um poderoso Grão Ancião, ainda havia algumas pessoas no Continente que ele não gostaria de decepcionar.

Bae Long estava enfurecido, ordenou centenas de guardas para procurar nas proximidades por Le Chang e seu grupo. Ele então viajou rapidamente até algumas montanhas a algumas dezenas de milhas da Cidade Bae, chegando a um vale ele rapidamente desceu.

Ali havia um grande acampamento, dezenas de pessoas vestindo um manto negro, até mesmo um leve miasma venenoso permeava todo o local.

"Mestre Bae Long!!" Algumas pessoas o saudaram.

"Chamem Tu Kian!!" - Bae Long.

Momentos depois um homem de meia idade e extremamente gordo chegou.

"Mestre Bae Long, a que devemos a honra de sua visita?" - Tu Kian.

"Estamos com um grave problema, Le Chang… Ele encontrou o calabouço em minha Mansão e desapareceu com todas as mulheres e crianças… Vocês devem imediatamente procurar por toda a área ao redor daqui… Eles não podem estar a mais de sessenta milhas daqui… Rápido!!" - Bae Long.

"Si… Sim Senhor." - Tu Kian.

Apesar da enorme quantidade de gordura, a velocidade de Tu Kian era enorme, disparando ele gritou sobre todo o vale algumas ordens. Imediatamente duas centenas de pessoas dispararam em todas as direções em busca de Le Chang.

*****************************

Longe dali Le Chang estava calmamente parado de pé no meio da estrada.

De longe ele viu um vulto negro o observando e então ele sumiu.

"Começando a segunda fase do plano." Murmurou ele, enquanto quebrava um pequeno jade em suas mãos.

A cinco milhas dali Lian Mei falou: "Ele quebrou o jade, isso quer dizer que o acharam. Esse Le Chang é um monstro, ele realmente previu tudo isso?"

"Realmente… Esperamos que o resto seja como ele espera também." - Wuhan Xie.

*****************************

Após alguns minutos Tu Kian retornou às pressas para o acampamento.

"Mestre Bae Long, nós o encontramos. Ele está parado no meio da estrada a quarenta milhas daqui." - Tu Kian.

"Ótimo." Bae Long respondeu ao disparar em direção ao local onde sua presa estava. Seus olhos brilhavam com uma enorme intenção assassina vazando de seu corpo, ele parecia um leão faminto olhando para a sua presa.A velocidade de Bae Long não era nem um pouco pequena, estando no 4º Grau do Dao do Espírito ele era dono de um poder considerável.Após alguns segundos ele chegou até o local e viu Le Chang imponente olhando diretamente em sua direção.

"Garoto… Que bom lhe encontrar, porque não volta comigo para a minha Mansão, podemos lhe proteger de quem causou as explosões, não precisa se preocupar." Bae Long disse com um sorriso no rosto.

"Corta o papo furado… Sei muito bem quem realmente é você." - Le Chang.

"Entendo." O sorriso desapareceu dando lugar a um olhar medonho, seguido por uma imensa Sede de Sangue.

"Sabe você realmente me deu trabalho… No fim não era de suspeitar que você estivesse envolvido, já que seu nome estava na Lista de Clientes fiéis…" - Le Chang.

"Você tem coragem garoto. Sabe, eu iria lhe manter vivo, mesmo tendo quebrado o pulso de meu filho, mas parece que você quer muito morrer, então eu, como um bom sênior farei seu desejo se tornar realidade." - Bae Long.

"Você sabe muito bem se nós sumirmos, a Seita investigará esse assunto a fundo…" - Le Chang.

"Hahahahahahaha!! Acha que eu, o Senhor da Cidade Bae, temo uma investigação da Seita da Chama Púrpura? Você esqueceu que meu pai é um Grão Ancião?" - Bae Long.

Apesar de Bae Long ser um homem de meia idade, ele parecia mais como um jovem adolescente. Crescendo sobre a proteção de seu pai, Bae Mon, ele fazia o que queria, tinha o que queria e mandava em tudo e em todos.

Sua vida era tranquila e seu hobby era dormir com mulheres bonitas diariamente, não importando se elas estavam conscientes ou não.

"Quem você acha que passou as rotas que os Discípulos tomariam além de meu pai? Acha mesmo que ele não conseguiria despistar uma investigação?" - Bae Long.

"Então foi seu pai!! Vocês dois venderam as pessoas de sua própria Seita!!" Rugiu Le Chang.

"Hahahahaa, por que você se importa com os outros, quando você está prestes a morrer?" - Bae Long.

Ele então levantou sua mão, o Qi ao redor começou a agrupar-se e formar uma enorme espada de terra no céu, era como uma enorme flecha apontada para a região entre os olhos de Le Chang.

Rapidamente ele movimentou sua mão e a espada rugiu em direção a Le Chang.

Bae Long franziu o cenho ao ver Le Chang calmamente parado, sem o menor indício de medo.

Assim que a espada estava para chegar a ele duas auras explodiram, seguidas de uma enorme esfera de luz que dissipou o ataque de Bae Long como se não fosse nada.

"Você realmente teve coragem de agir de forma leviana… Nem mesmo seu pai lhe salvará do que lhe espera." Uma das auras rugiu poderosamente, fazendo as árvores balançarem e a terra tremer.

A ira de alguém no Dao do Espírito não deveria ser subestimada...


Por Stromkirk | 10/01/18 às 22:23 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Romance, Harém, Magia