CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 794 - Exatamente

Ascensão de um Deus (AUD)

Capítulo 794 - Exatamente

Autor: Calebe Piccoli Camargo

Stults Lut apenas percebeu sua derrota quando seu corpo encontrou-se com a parede que separava o Palco Central das arquibancadas, o impacto dela na parede criou uma grande onda de choque que fez tremer o recinto.

Ela caiu de joelhos e cuspiu um bocado de sangue, e era possível ver sua respiração ofegante e uma sensação de medo jazia em sua face.

A jovem ergueu sua cabeça em direção ao palco central e viu Le Nuan olhando diretamente em seus olhos e a sensação de poder absoluto fixou-se na mente de Stults Lut.

Aquilo ali era poder.

Le Nuan era genial, mas não apenas isso.

Le Su era sua Mestra e provavelmente não existia uma mestra mais insana que ela.

Ela era tirânica nos treinamentos, mas eles não eram nada ortodoxos.

Por exemplo, um exercício dado para aqueles no Dao da Integração era a tarefa de conseguir ler cinco livros ao mesmo tempo, enquanto se equilibrava em um dedo, sobre um pedaço de madeira que flutuava em um rio com correnteza.

Era insano, ela dizia que nunca alguém havia completado esse treinamento.

As melhores notas nesse teste, antes de avançarem para o Dao do Espírito, foi de conseguir ler dois livros ao mesmo tempo, enquanto se equilibrava em dois dedos, em um pedaço de madeira, em um rio calmo.

Todavia, ela sabia que isso era praticamente impossível, afinal, era preciso ter um controle sobre o seu corpo que não era viável no Dao da Integração, mas esse não era o ponto.

Le Su ensinava pela derrota, forçando em seus estudantes limites intransponíveis, mas sempre os encorajando.

No Dao do Espírito, eles deveriam ser capazes de fazer uma pequena montanha levitar por uma semana a uma altura de dez milhas.

O recorde, foi manter por um dia, a uma altura de três milhas.

No Dao da Alma, o cultivador deveria ser capaz de ler cem livros ao mesmo tempo, enquanto desviava de centenas de flechas pegando fogo e encharcados com álcool. Enquanto isso, ela criava um terremoto para desestabilizar a pessoa.

E obviamente esse também não foi atingido com perfeição.

Muitos desistiam de seu treinamento tirânico, a maioria tremia só de pensar em treinar com ela e houveram pessoas que desmaiavam ao ouvir que Le Su os ajudaria nos treinos.

Esse treinamento se mantinha em todos os Daos, mas, o que eles não sabiam era que havia uma sabedoria indescritível em cada passo.

Ler os livros forçava a pessoa a aprender o conteúdo deles e ela escolhia os livros a dedo, sendo eles de filosofia, biologia, medicina, ética, habilidades, economia, política e afins.

A dificuldade imensa era ensinar que aprender era difícil e muitas vezes alguns objetivos são impossíveis de serem alcançados.

Treinar o corpo daquela maneira os ensinava a ter uma sensação do espaço ao redor deles muito grande, criando neles a habilidade de focar em múltiplas tarefas, o que tornava seus Discípulos extremamente perigosos em combate.

El Der era um dos poucos que terminou o treinamento com Le Su e ele era conhecido por ser capaz de lutar com dezenas de cultivadores ao mesmo tempo, reagindo instantaneamente e sem a menor dificuldade.

Além disso, Le Su os dava aulas diárias de comportamento, educando-os não apenas como cultivadores, mas como homens e mulheres que futuramente estariam à frente de seus Clãs.

Le Nuan estava há um bom tempo sob a tutela de sua tia e sua velocidade não era em vão.

Le Su era capaz de ver os talentos de cada um de forma muito precisa e adequar o treinamento deles de forma que isso fosse explorado ao máximo.

Desde o Dao da Integração Le Nuan fazia exercícios de agilidade.

Le Chang ouviu de Le Su que ela treinava Le Nuan e Le Shuren e ele compreendeu o motivo dos jovens serem tão fortes.

Ambos eram extremamente poderosos por si mesmos e o talento inato deles era algo único, mas, Le Su os lapidava com perfeição, como se fosse o ápice dos Mestres, e pudesse ser chamada de a Mestra dos Mestres.

Um sorriso estava nos lábios de Le Chang, ele estava maravilhado.

Ele, pela primeira vez, sentiu que alguém estava anos-luz à sua frente em todos os quesitos.

Le Su era de uma sabedoria tão profunda, que Le Chang sentia lágrimas querendo sair de seus olhos sempre que olhava para ela.

Apenas existindo, sendo ela, agindo como agia, apenas isso, foi capaz de forçar o cultivo de Le Chang ao Dao dos Imortais.

Muitos não entendem o quão profundo e significativo isso significa.

As pessoas acreditam que falar, falar, falar, falar é o que ensina, mas não é isso o mais importante.

O Sábio ensina constantemente com o exemplo e, se preciso for, com palavras.

..................................................................................

Após a multidão ir ao delírio batendo palma para Le Nuan, novamente chegou a vez de Le Chang lutar e seu oponente era uma das Três Estrelas, Oray Lepnums.

Este último era um jovem de olhos astutos, olhar orgulhoso e corpo magro.

Seus cabelos negros desciam até os seus ombros e seus olhos eram azuis de um tom profundo, como as profundezas do oceano.

Le Chang andou calmamente até o Palco Central, sempre olhando para seu oponente que também andava tranquilamente.

Oray Lepnums chegou na beirada e pulou até o palco, já Le Chang calmamente subiu as escadas, como se tivesse todo o tempo do mundo.

El Der olhou para ambos e rapidamente sinalizou para eles começarem a lutar.

“BOOOOOOOOOOOOOOM!” Uma súbita explosão veio de Oray Lepnums e uma quantidade muito grande de Energia da Vida rugia ao seu redor, como se ele estivesse em chamas.

“Suas Habilidades Ilusórias de baixo nível não funcionarão em mim...” Disse ele com um sorriso orgulhoso.

Seu pai havia dito que Le Chang usava técnicas bem básicas e não muito complexas, isso baseado no que viu das batalhas do jovem.

“Bom, não esperaria menos de uma das Três Estrelas...” – Le Chang.

Oray Lepnums sorriu animado.

“Diga-me, porque você está se escondendo atrás dessas habilidades? Pensei que você veio do Reino Mortal, não imaginei que as pessoas também cultivassem Energia da Vida lá...” As palavras de Oray Lepnums poderiam parecer inocentes, mas as entrelinhas eram venenosas.

Le Chang poderia ser um jovem cultivado em segredo ali mesmo e o Clã Le estava fazendo uma complexa trama, colocando terror na mente dos jovens e receio?

Ele talvez veio de outro Planeta da Prisão Demoníaca?

Se veio do Reino Mortal, estava ocultando suas habilidades por qual motivo?

Teria algum segredo que não podia revelar?

As perguntas eram muitas em apenas algumas palavras ditas por Oray Lepnums.

“Eu vim a um local diferente e vocês usam apenas Energia da Vida, sendo assim, prefiro usar a Energia da Vida para igualar as nossas chances de vitória...” – Le Chang.

O rosto de Oray Lepnums escureceu, entendendo o que ele disse.

“Oh! Está dizendo que está se contendo, do contrário você seria muito mais forte do que eu?...” – Oray Lepnums.

“Exatamente...” Disse Le Chang com um sorriso em sua face.


Capítulo 04 de 09 do Combo!

Por Calebe Piccoli Camargo | 22/05/19 às 22:36 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Romance, Harém, Magia