CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 46 – Bem Próximo do Reitor

Beauty and the Bodyguard (BTB)

Capítulo 46 – Bem Próximo do Reitor

Tradução: Puiu - (AlgumNick) | Revisão: Tubs


"Isso é bom demais!" Yushu comentou enquanto se enchia de macarrão.

Que se dane, eu comi as coisas dele ontem também, então qual é a diferença? Com isso, Mengyao entrou na cozinha.

Lin Yi sorriu, aproveitando cada momento de hesitação de Mengyao; a garota era bem interessante.

“Mengyao, o café da manhã está pronto!” Lin Yi sorriu, esperando encorajá-la.

“Obrigada…” A voz suave de Mengyao surpreendeu tanto Yushu quanto Lin Yi - essa ainda era a mesma Chu Mengyao?

Mengyao sentou-se na mesa e pegou os pauzinhos. Ela sentiu um pouco de vontade de chorar enquanto olhava para o delicioso macarrão recém preparado para ela - ela estava errada por ter tratado Lin Yi como um merda todo esse tempo? Para ser honesta... Ele é um cara muito legal, não é... Sim, de fato, uma babá de passagem. Tubs: Essa expressão ‘uma babá de passagem’, acredito eu que deve ser relacionado a quando uma criança ganha uma nova babá, inicialmente a criança não gosta, mas depois ela acaba se acostumando e gostando da babá… É claro que existem algumas exceções  Puiu: Affs, eu já achei que o negócio ia começar a progredir. Shaushaus // Tubs: Eu, você e os leitores. kkkkk

O relógio marcou sete horas e Li Fu chegou bem na hora com seu Bentley estacionando em frente à Villa. Mengyao, Yushu e Lin Yi foram para o carro enquanto Mengyao permanecia surpreendentemente silenciosa, sem se queixar de Lin Yi. Ela parecia ter aceitado Lin Yi um pouco - não havia mais tanta hostilidade.

"Senhor Lin, seu médico disse que hoje você terá que fazer uma visita de rotina ao hospital", disse Li Fu. "Eu deixarei a senhorita Chu e a senhorita Chen na escola antes de levá-lo ao hospital. Depois, levarei você para a escola."

"Ok, então." Lin Yi concordou depois de pensar um pouco. A ferida em sua perna não era muito para se preocupar, mas ele obedeceu independentemente - ele não queria que as pessoas o vissem como um tipo de monstro.

"Senhorita, você poderia mencionar isso ao seu professor na sala de aula?" Li Fu disse gentilmente.

"Eu..." Mengyao não sabia o que fazer. Ela realmente não odiava mais Lin Yi, mas não havia como ajudar a explicar a ausência de Lin Yi! Todos saberiam que eles moravam juntos se ela fizesse isso!

A julgar pela resposta de Mengyao, Li Fu simplesmente assumiu que as coisas não foram resolvidas entre os dois. Com isso, ele se voltou para Yushu. "Senhorita Chen, talvez você possa ajudar Lin Yi a pedir uma licença?"

"Eu estou bem com isso, mas Yao Yao não quer que ninguém saiba que Lin Yi vive com ela!" Yushu falou com um rosto inocente, mas ninguém perdeu sua ênfase nas palavras ‘vive com ela’.

"Ah..." Li Fu deu um tapinha em sua testa, finalmente entendendo a preocupação de Mengyao. Era verdade, afinal, a senhorita era uma menina. Não era algo que ela pudesse anunciar assim.

Mengyao olhou para Yushu. Pensar sobre isso era uma coisa, mas dizer isso em voz alta era algo totalmente embaraçoso!

Yushu mostrou a língua em resposta, mas ficou quieta. De qualquer maneira, ela havia falado o que precisava ser dito.

"Tudo bem, sou muito próximo do reitor e também tenho o número dele. Vou pedir para ele mencionar minha licença para a professora da sala de aula.” Lin Yi disse com um sorriso.

Mengyao e Yushu, perplexas, olharam para Lin Yi. "Muito próximo do reitor"? Além disso, não foi apenas o primeiro dia de escola de Lin Yi ontem? Pensando nisso de outra perspectiva não havia motivo para Lin Yi mentir - só seria embaraçoso se ele fosse descoberto.

Li Fu também se surpreendeu. Ele não podia deixar de se perguntar como Lin Yi ficou próximo do reitor. Tubs: Usando o charme do protagonismo.

Lin Yi não deixou de perceber os olhares desconfiados das duas garotas. "Tio Fu, você poderia me emprestar seu telefone?"

"Ah, claro." Li Fu disse, entregando seu telefone para Lin Yi.

Lin Yi pegou o cartão que o reitor lhe deu. Um pouco do sangue de ontem tinha levemente o manchado. Ele digitou o número no telefone, e o reitor atendeu alguns toques depois.

"Olá, Sr. Wang?"

"Sim, quem fala?" Wang Zhifeng estava atualmente no meio de uma sessão com sua amante, e seu telefone tocando o pegou de surpresa- seu descontentamento era visível pelo seu tom.

"Aqui é o Lin Yi! Sr. Wang, eu não estou interrompendo nada, estou?” Lin Yi disse com uma risada.Tubs: Kkkkkk, esse Lin Yi não tem jeito. kkkkkk

"Ah... De jeito nenhum!" Zhifeng respondeu, seu tom era completamente diferente de antes. “Lin Yi, certo? A aula está prestes a começar, mas o que você precisa?”

"Haha, bem, eu tenho um favor a pedir, se não for demais!" Lin Yi riu, não pretendendo expor a mentira do reitor. O cara estava obviamente em pânico quando ele o interrompeu.

"O que você precisa? Eu vou ouvi-lo.” Wang Zhifeng suspirou. Então o garoto realmente descobriu sobre ontem, ele já estava até pedindo um favor!

"Bem, há algo que eu tenho que fazer esta manhã, então eu posso chegar um pouco atrasado para a aula... Você poderia, por favor, dizer ao meu professor que eu chegarei lá por volta das dez?" Disse Lin Yi.

“Entendo, entendo. Sem problema.” O reitor soltou um suspiro de alívio, feliz com o quão pequeno o favor era – ele precisaria apenas dar um telefonema.

“Muito obrigado senhor! Bem, eu não quero mais interromper, então continue... Tchau, Sr. Wang.” Lin Yi insinuou.

Esse garoto! Wang Zhifeng abaixou o telefone antes de voltar para sua amante...

“Lin Yi, você realmente conhece o reitor? E você também parece muito íntimo dele!” Yushu exclamou com a boca aberta enquanto olhava para Lin Yi em estado de choque.

"Eu o conheci ontem - nos demos bem." Naturalmente, Lin Yi não ia derramar o feijão sobre o reitor Puiu: Bem, esse negócio de “derramar feijões” significa que ele não ia entregar o reitor, mas deixei como no original só pra vocês rirem um pouco das expressões estrangeiras XD. Ele decidiu falar por cima com uma explicação vaga.

"Uau", continuou Yushu. "Eu acho que vou pedir sua ajuda na próxima vez que eu precisar de uma licença."

Lin Yi apenas sorria amargamente enquanto olhava para Li Fu pelo canto dos olhos - o cara não reagia, provavelmente já acostumado com as matadas de aula das garotas. "Certo."

Li Fu, por outro lado, estava reavaliando o jovem diante dele. Lin Yi não parecia ter nada de especial, mas acabou sendo extremamente sociável, além de sua bravura e inteligência!... E muito bom com as meninas, ao que parece, até mesmo colocar as mãos na beleza da polícia, Song Lingshan...... Tubs: kkkkkk, se ele soubesse…

Li Fu começou a sentir dor de cabeça com esse pensamento. Essas duas princesas também seriam vítimas dele? Parecia que em breve seria hora de conversar com o presidente sobre Lin Yi. Tubs: Rapaz… Li Fu já está sentindo a virilidade do prota.

Li Fu deixou as meninas na escola antes de ir para o Primeiro Hospital de Songshan.

Ele avistou uma loja de celulares a alguma distância e decidiu parar. "Senhor Lin, você também deve ter um telefone - para manter contato."

Lin Yi acenou com a cabeça -  afinal de contas, ele não podia simplesmente ficar pegando emprestado o celular de Li Fu.

Li Fu estacionou o carro nas proximidades e foi para a loja com Lin Yi.

Por Tubs | 22/04/19 às 14:40 | Ação, Aventura, Artes Marciais, Slice of Life, Romance, Harém, Comédia, Xuanhuan, Mistério, Vida Escolar