CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 97 - Gradualmente se acostumando com isso

Beauty and the Bodyguard (BTB)

Capítulo 97 - Gradualmente se acostumando com isso

Tradução: Di mãe | Revisão: AcreMan

“Tudo bem.” Lin Yi tinha acabado de romper a primeira fase depois de todos esses anos, não havia segundo estágio pronto para ele treinar ainda, mas ele estava de bom humor, no entanto. Era uma grande pedra tirada dos ombros dele.

Yushu retirou 3 tigelas do armário de desinfecção, isso aqui e Lin Yi encheu todos os três rapidamente com mingau. Ele deu uma olhada nos assentos e decidiu se sentar ao lado de Yushu. A garota era estranha, mas Lin Yi achou que ela era muito mais acessível do que a senhorita, havia um segredo entre eles, afinal. Era um segredo que Yushu usava para ameaçá-lo, em primeiro lugar, foi um mal-entendido, mas conseguiu aproximar os dois uns dos outros.

Mengyao e Yushu eram gentis e quietas enquanto sorviam seus mingaus, mas Lin Yi não se importava com coisas assim. Ele aprendeu e praticou boas maneiras à mesa antes, mas dispensava isso quando em casa. Também, não havia tempo para ser elegante nos combates no norte da África, ninguém tinha tempo a perder com isso. Até as meninas da equipe terminavam a comida com dois ou três goles; Honestamente, não havia como dizer quando o próximo lançador de foguetes seria disparado contra eles.

“Ele não está preocupado com asfixia...?” Mengyao comentou, enrolando os lábios quando Lin Yi terminou duas tigelas em pouco tempo antes de voltar para o seu quarto. Di Mãe: eita, brabo

“Bem, garotos, você sabe né? Todos eles comem rápido.” Yushu disse, não se importando com algo assim. “Meu irmão come tão rápido quanto ele, quando chega em casa.”

Mengyao assentiu compreendendo, as forças armadas não deixam você ser luxuoso com seu tempo de refeição, isso é claro. E se o inimigo atacasse quando eles estivessem em uma zona de guerra? Mas Lin Yi não era um soldado, qual o motivo da pressa?

Lin Yi, por outro lado, estava ocupado com seus pensamentos próprios, não se importando em ouvir as duas garotas comentando sobre sua velocidade de comer. Quando ele deveria enviar o remédio a Huaijun?

Ele tinha planejado fazer isso hoje, mas isso estava obviamente fora de questão com Yushu ameaçando-o para ele ir às compras com elas. Lin Yi decidiu deixar isso para outro dia, Huaijun não ia morrer tão cedo, de qualquer maneira. Afinal ele deu a ele algo para lidar com a dor na última vez que eles se encontraram. O cara poderia aguentar.

Lin Yi pegou o cartão do banco que Li Fu preparou para ele ao retornar ao seu quarto. Ele estava pensando em comprar um notebook, ele teria muito mais acessibilidade a informações médicas dessa maneira, e ele não precisaria mais ir até a biblioteca.

Lin Yi aplicou algum remédio que ele tinha moído no outro dia antes de re-enfaixar a ferida. Ele não achava que era necessário voltar para o hospital outra vez, a enfermeira de ontem não gostou muito dele. Também, seu próprio remédio era muito melhor do que os que o hospital lhe fornecia.

Lin Yi deu uma olhada ao redor de seu quarto, não havia mais nada que ele precisava levar. Com isso, ele saiu da sala e viu Yushu e Mengyao arrumadas. As duas tinham exatamente os mesmos vestidos e bolsas, e seus penteados eram quase idênticos também. Os dois pareciam irmãs. Di Mãe: as miséria se arrumam mais rápido que eu.

Elas se esforçaram para ficarem ainda mais bonitas do que quando vão à escola, provavelmente por causa de todas as moscas que elas já atraíam. No entanto, as duas estavam saindo para uma compra de final de semana, elas não precisavam se restringir tanto.

“Hm? Você vai assim?” A boca de Yushu se abriu em choque quando ela apontou para o uniforme escolar de Lin Yi. Ela pensou que o cara iria trocar de roupas quando voltasse para o quarto, não esperando que Lin Yi saísse vestindo uniforme escolar novamente.

“Yep, o que tem de errado?” Lin Yi considerava o uniforme da escola como sendo de alta qualidade, como esperado da melhor escola da cidade, havia muitas roupas de marca que nem sequer combinavam.

“Você não acha... Que sua roupa não combina com a nossa?” Yushu pôs uma mão sobre a boca para conter o riso, causado pela reação de Lin Yi. O cara estava agindo como se fosse normal usar um uniforme escolar no fim de semana.

Um pensamento cruzou a mente de Mengyao. “Lin Yi, o Tio Fu não lhe deu outras roupas além do uniforme escolar?”

“Não.” Lin Yi disse negando com a cabeça. “A outra roupa que eu tenho, foi aquela que eu vim.”

“Aquela que você veio?” Mengyao piscou recordando de quando Lin Yi e ela se conheceram... Regata amarela AcreMan: amarelo caju... Calça marrom lamacenta... “Tudo bem, apenas use essa. Você pode simplesmente comprar algo mais apropriado depois, você é meu seguidor, você sabe! Esteja apresentável.”

Mengyao decidiu comprar um conjunto de roupas para ele mais tarde, o uniforme da escola era estranho, mas era muito melhor do que o outro conjunto que ele tinha.

“Tudo bem. Eu vou seguir vocês de muito longe, ninguém vai dizer que estamos juntos.” Lin Yi assentiu submissamente.

“.......” Mengyao não sabia o que dizer. “Ninguém disse nada sobre seguir de longe… Qual é o propósito de sair juntos então?” A personalidade de Mengyao, naturalmente, a impediu de dizer algo assim para Lin Yi. Ela não entendeu, tudo o que envolvia Lin Yi depois que ele se intrometeu em sua vida foi uma bagunça total! Foi realmente muito problemático.

Lin Yi não viu o Bentley de Li Fu em nenhum lugar ao sair da vila. Ele queria saber como chegariam ao shopping quando Mengyao abriu a porta da garagem com um controle remoto, havia um Audi S5 da variante A5 Acho que é isso aqui, não entendo de carro mesmo AcreMan: esse mesmo , um pouco menos atraente do que o A5.

Lin Yi não esperava que Mengyao tivesse seu próprio carro, ele achava que ela nem sabia como dirigir, já que era Li Fu que a levava a todos os lugares.

“Você dirige.” Mengyao disse enquanto jogava as chaves nas mãos de Lin Yi.

“Eu? Mas eu não tenho carteira de motorista ainda...” Lin Yi sempre dirigiu sem licença, mas isso foi quando ele estava em missões ou matando pessoas... Não ter uma licença era a menor das suas preocupações.

Mengyao franziu a testa ao ouvir isso. “Peça ao Tio Fu para preparar uma para você, será muito inconveniente para nós sempre que formos fazer compras novamente.”

“Haha, ele já está trabalhando nisso.” Lin Yi respondeu com um sorriso. Mengyao estava começando a aceitá-lo, completamente diferente de como violentamente ela reagiu alguns dias atrás. Afinal, suas palavras implicavam que ela esperava que Lin Yi estivesse ao lado dela no futuro.

“Sente-se atrás, eu vou dirigir.” Mengyao disse, apontando para o banco de trás do carro.

O S5 era um carro com apenas as portas da frente, e era preciso ir para trás pelos bancos da frente. Isso era um incômodo, mas Lin Yi não era alguém que julgava. Ele pulou suavemente depois de empurrar o banco da frente um pouco.

Mengyao não disse mais nada quando se sentou no banco do motorista. Yushu entrou pela outra porta, e os dois amarraram os cintos de segurança antes que Mengyao ligasse o carro. Lin Yi pensou que as duas garotas não seriam como as crianças ricas que aceleravam em busca de emoção. Se um dia a velocidade me matar saiba que morri sorrindo ~Algum rico com moto de luxo ou alguma criança de 13 anos. 

Por AcreMan | 18/08/19 às 19:19 | Ação, Aventura, Artes Marciais, Slice of Life, Romance, Harém, Comédia, Xuanhuan, Mistério, Vida Escolar