CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
capítulo 09 - Amanhecer e Entardecer tem O Mesmo Céu

Bringing The Farm To Live In Another World (BFLAW)

capítulo 09 - Amanhecer e Entardecer tem O Mesmo Céu

Tradução: Blue Sparky | Revisão: Luiz Oliveira

Dando mais uma volta no espaço, realmente não parecia haver nada acontecendo. Zhao Hai deixou o espaço e ficou quieto na cama, pensando constantemente em tudo que acontecera desde que acordara.

Desde que soube que ele tinha transmigrado, Zhao Hai não apenas não estava um pouco assustado, mas ao contrário, um pouco excitado no fundo. Quando ele estava na Terra, Zhao Hai era um nerd, com uma pequena soma de remuneração como escritor a cada mês, ele estava vivendo sob uma grande pressão.

Mas aqui foi diferente. Aqui ele era um nobre e, mesmo que tivesse sido afastado, ainda tinha seu próprio feudo. Mesmo que fosse uma terra morta, ele ainda tinha alguns subordinados leais. Ele poderia decidir a vida e a morte de cem escravos com uma palavra. Ele tinha um castelo, pessoas com quem ele poderia contar e o mais importante, ele tinha a fazenda espacial.

Mesmo que ele não soubesse como esta fazenda espacial surgiu, contanto que ele a tivesse, ele não precisava se preocupar com comida, e poderia viver bons dias, livre e sem restrições.

Enquanto pensava nisso, ele pensava constantemente em como desenvolver a fazenda no futuro. Mas pensar nisso agora era inútil, ele só podia esperar que a fazenda subisse de nível.

Mas a fazenda claramente passou por mudanças. Se isso era uma coisa boa ou não permaneceu para ser visto. Portanto, enquanto ele tivesse a chance amanhã, ele definitivamente levaria um pouco do solo negro para a fazenda espacial, e verificaria se ele poderia usar o solo espacial e a água para remodelá-lo. Além disso, ele acumularia fundos o mais rápido possível e compraria algumas sementes da fazenda. Melhor ainda seria se ele também tivesse alguma água especial. Então, mesmo se a fazenda espacial desaparecesse mais tarde, ele ainda tinha sua própria terra, a base para continuar com sua vida.

Enquanto pensava sobre isso, ele inconscientemente adormeceu novamente. Em seus sonhos, ele estabeleceu uma mansão gigante, assumindo o dever como um lorde, passando seus dias em silêncio. Isso foi lindo.

Assim como ele estava sonhando lindamente, uma voz repentina ecoou: “Rabanetes amadureceram, por favor, colete-os o mais rápido possível”.

Zhao Hai acordou com um sobressalto, entrando rapidamente na fazenda espacial, descobrindo que os rabanetes já estavam maduros. Um grande rabanete branco após o outro, aglomerando-se e quebrando a superfície do solo.

Zhao Hai não podia esperar, correndo rapidamente para o lado do campo, desenterrando um grande rabanete branco em um par de escavações e limpando o solo com as mãos. Desconsiderando qualquer sujeira, ele deu uma grande mordida.

Suco de rabanete doce e levemente picante fluiu pela boca, e Zhao Hai não pôde deixar de suspirar. Este sabor realmente era bom. Quando Zhao Hai estava na Terra, gostava especialmente de comer rabanete branco. Rabanete branco prova-se doce, não como rabanete verde que sempre foi muito picante. E esses rabanetes brancos cultivados na fazenda provaram-se de uma qualidade desconhecida melhor do que os rabanetes da Terra.

Enquanto Zhao Hai mastigava o rabanete branco, ele calculou a raiz na mão. Este rabanete era pelo menos três catty de peso, contando com o quão grandes eram esses rabanetes, além disso, também era liso, branco e gordo, parecendo muito apetitoso.NT: Aproximadamente 1,8 Kg.

Zhao Hai soltou uma gargalhada de felicidade, segurando o rabanete e caminhando até a cabana de palha, onde pegou a cesta de coleta e gritou ruidosamente para a terra: "Colete!" Os rabanetes no campo saíram como se tivessem sido recolhidos por uma mão gigante, um por um voando e caindo na cesta. Mas a cesta nunca ficou cheia. Zhao Hai inclinou a cabeça para olhar, descobrindo que aqueles rabanetes desapareceram assim que entraram na cesta.

Em pouco tempo, todo o produto foi completamente coletado. Zhao Hai inspecionou o celeiro e, com certeza, os rabanetes foram depositados dentro, inesperadamente deixando para trás vários buracos no chão.

Zhao Hai não vendeu estes rabanetes, mas novamente comprou um saco de sementes. Ao mesmo tempo, ele ordenou que a pequena pá começasse a arar o solo, depois continuou a plantar também esse saco de sementes. Estas sementes tinham acabado de ser plantadas quando ele ouviu um som de 'ding', seguido por uma voz: “Parabéns por alcançar o nível dois, o sistema premia você com dois sacos de sementes de repolho branco, capacidade para cada saco, um campo”.

Zhao Hai enrolou os lábios: “Realmente mesquinho, entregando sementes que só podem cobrir um campo”.

Depois de terminar o seu negócio, Zhao Hai deixou o espaço. Olhando para a cor do céu lá fora, ele descobriu que ainda era muito cedo, apenas uma mancha branca no horizonte leste.

Neste momento, Green e os outros ainda não teriam acordado, e mesmo aqueles escravos ainda estariam dormindo. Zhao Hai estava excitado demais para dormir e sentou-se em seu quarto mordiscando aquele rabanete branco que tirou do espaço. Ele não poderia ficar enjoado desse sabor.

Era impossível para Zhao Hai terminar sozinho um rabanete de três catty. Ele só comeu metade antes de parar. Mas uma coisa estranha aconteceu. Zhao Hai sentiu como se houvesse uma corrente quente em sua barriga, todo o seu corpo transbordando de força, não tendo nem um pouco de cansaço.

Zhao Hai olhou inexpressivo, algo como isso nunca tinha acontecido antes. Parecia que ele não tinha comido um rabanete, mas um estimulante, por quê? Poderia ser este um ginseng em vez de rabanete?

Pensando nisso, Zhao Hai não pôde deixar de tocar seu nariz, com medo de ter uma hemorragia nasal. Mas ele descobriu que seu nariz ainda estava limpo, sem sangue.

Zhao Hai riu ironicamente de si mesmo. Ele era originalmente alguém que se permitia ter voos de fantasia e por isso ele frequentemente criava ideias que eram ridículas para os outros.

Mas ele ainda podia ter certeza de que não era uma ilusão, porque naquele momento ele ainda se sentia enérgico, seus olhos animados, sem sentir nem um pouco sonolência.

Tais circunstâncias foram um pouco anormais. Ele aprendeu com as memórias de Adam que ele havia bebido a Água do Nada. Embora tenha sido dito que beber a Água do Nada não teve nenhum efeito sobre as pessoas que não estudaram magia ou lutaram com qi de batalha, isso ainda faria as pessoas se sentirem muito cansadas. Mesmo confiando na força física para se tornar um guerreiro era impossível, então como ele poderia sentir uma força tão interminável? Havia apenas uma causa possível para esse sentimento: aquele rabanete.

Pensando nisso, Zhao Hai não pôde deixar de ter expectativas ainda maiores desse rabanete. Ele imediatamente colocou o rabanete no celeiro espacial, preparando-se para esperar até que ele pudesse perguntar a Green o que era esse rabanete.

Olhando para o céu lá fora, já começara a clarear. Mas ainda era muito cedo, e todos ainda não tinham levantado. Zhao Hai também não era desavergonhado o suficiente para chamá-los, mas ficar ocioso na sala também era muito chato. Então Zhao Hai saiu andando devagar, pensando em dar uma boa olhada em seu castelo.

Deixando a fortaleza, ele caminhou lentamente para frente, depois de passar por um pequeno pátio, ele finalmente estava do lado de fora. Os prédios do lado de fora da fortaleza eram extremamente simples, pavimentados com calcário, fileira após fileira de casas de pedra, atrás das quais havia uma muralha da cidade. A parede era muito alta, mais de dez metros. Andando até a parede para dar uma olhada, ele descobriu que também era muito grosso, perto de quatro metros. O portão da cidade foi feito de ferro-gusa, com quatro metros de altura e selado com um ferrolho de ferro gigante. Acima do portão da cidade havia um mecanismo de acionamento, supostamente para abrir o ferrolho.NT: O ferro-gusa é o produto imediato da redução do minério de ferro pelo coque ou carvão e calcário num alto forno. O ferro gusa normalmente contém até 5% de carbono, o que faz com que seja um material quebradiço e sem grande uso direto.

Esse mecanismo era extremamente inteligente, desde que você girasse a manivela abaixo do portão, o maquinário acima giraria, acionando o ferrolho do portão de ferro para selar o portão da cidade e o mesmo ao abri-lo.

Zhao Hai acenou com a cabeça, ele não tinha pensado que a engenharia deste mundo já estaria em tal nível. Olhou tudo de novo, sem descobrir nada. Além da grande pilha de suprimentos ainda na praça, não havia basicamente mais nada.

Olhando para esses suprimentos, Zhao Hai não pôde deixar de sorrir ironicamente. Parecia que Green realmente não tinha os ingredientes de um homem de negócios, trocando todo seu ouro por essas coisas. Será que eles não sabiam que o ouro poderia dar origem ao ouro, enquanto essas coisas acabariam um dia?

Parecia que Green queria transformar este lugar em uma mansão isolada. Embora, ao pensar nisso, ele estava agindo corretamente. Se fosse esse Adam original em vez do transmigrado Zhao Hai, ele poderia viver um pouco mais se vivesse aqui. Se ele tivesse o dinheiro para sair correndo, ele morreria muito rapidamente.

Virando-se para a escada de pedra ao lado do portão da cidade, ele subiu lentamente na parede. Essas paredes eram feitas inteiramente de uma espécie de rocha cinzenta e pareciam extremamente robustas. A superfície também foi conservada muito intacta e as ameias extremamente arrumadas. Basicamente não havia necessidade de reparo. Nos quatro cantos da muralha da cidade havia torres de arqueiros que poderiam proteger as paredes em todas as direções.NR: Ameias: é a abertura, no parapeito das muralhas de um castelo ou fortaleza, por onde os defensores visavam o inimigo.

Zhao Hai virou a cabeça para olhar dentro das muralhas da cidade. As paredes internas da guarda eram um pouco mais altas que as defesas externas, e também havia algumas torres de flechas sobre elas. Parecia que a capacidade defensiva do castelo não estava realmente escondida.

Virando-se para olhar para fora das muralhas da cidade, havia um fosso de cinco metros de largura. A água no fosso era muito clara, aparentemente era de água corrente. Sobre o fosso havia uma ponte levadiça de cinco metros de largura, suspensa por grossas correntes de ferro, excepcionalmente pesadas. A ponte levadiça era uma gigantesca armação de ferro, coberta com tábuas de madeira. As pranchas eram muito novas, só de olhar se podia dizer que elas foram substituídas.

A partir do portão da cidade havia uma estrada principal perfeitamente reta, também pavimentada com pedra, ele não sabia até onde se estendia. Também não parecia ter sido usado em muito tempo, e ervas daninha cresceram em todos os lugares.

Zhao Hai sabia que este castelo havia sido abandonado por incontáveis ​​anos, e esse era o caminho pelo qual eles passaram. Ele acreditava que ninguém deixaria o castelo por vários meses, e assim a estrada poderia continuar assim.

Além dessa estrada, tudo fora do castelo era terra preta, sobre a qual nem mesmo uma folha de grama crescia. Parecia desolado, com uma quietude mortal.

A essa altura o sol já havia se levantado, o sol dourado iluminando Zhao Hai. Zhao Hai estava na muralha da cidade com as mãos atrás das costas, olhando para o sol nascente, e não pôde evitar ter um sentimento heroico, rindo alto: “Tudo bem, este castelo, tudo isso é meu. Mesmo que eu esteja apenas começando aqui, assim como o sol nascente, o amanhecer e o entardecer têm apenas um céu, eu deixarei este sol iluminar toda a terra!”

Zhao Hai não descobriu que, em algum momento, Green e os outros já haviam se levantado, todos eles de pé abaixo das paredes, observando silenciosamente Zhao Hai em pé nas paredes, envolto em luz dourada como uma divindade, com os olhos brilhando.

Por Blue Sparky | 10/09/18 às 14:12 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Harém