CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 74 - Peixe de Fogo

Bringing The Farm To Live In Another World (BFLAW)

Capítulo 74 - Peixe de Fogo

Tradução: Blue Sparky | Revisão: Luiz Oliveira

Zhao Hai estava de pé descalço enquanto olhava em volta para todas as montanhas exuberantes. Seu coração não pôde deixar de explodir com um sorriso.

Quando ele ouviu pela primeira vez que Green comprou uma pequena montanha, mais uma mansão, por apenas 100 moedas de ouro, ele achou estranho. Era muito barato, certo? Mas quando ele chegou na montanha, ele entendeu por que era tão barato. Realmente, deveria ter sido mais barato.

A pequena montanha não tinha outra especialidade além da pedra. Onde quer que você olhasse, você podia ver pedras azuis com ervas daninhas crescendo entre as fendas. Esta não era uma grande propriedade. A montanha inteira dava a impressão de um cara que estava usando um chapéu tão pequeno que revelava metade de seu couro cabeludo, que só tinha fios de cabelo. Parecia extremamente estranho.

Green, que estava ao lado de Zhao Hai, naturalmente viu o rosto de Zhao Hai, e ele não pôde deixar de se sentir envergonhado. Ele já sabia que esta montanha era horrenda. Mas não havia como comprar terras próximas à Cidade Casa com um preço alto. Com o dinheiro que tinham, apenas esta montanha era adequada para eles. Green sabia que Zhao Hai não estava satisfeito, então ele rapidamente disse: “Jovem Mestre, esta montanha pode não parecer muito, mas tem uma pequena mansão com uma fonte termal.”

Zhao Hai viu que Green estava com medo de que ele não gostasse da montanha e da mansão, então ele disse: “Não é nada demais, mas ainda é um bom lugar.”

Green assentiu. Para ser honesto, ele não pensou muito sobre isso quando comprou este lugar, além de ser barato e não ser muito longe da Cidade Casa. Se Zhao Hai achasse que estava tudo bem, então não havia nada a se preocupar com isso.

Merine e Meg também estavam de pé ao lado de Zhao Hai e, embora não mencionassem, ambas estavam insatisfeitas com a montanha quando a viram.

Zhao Hai não se importou, e em vez disso voltou para o quarto no corpo do morto-vivo então o dirigiu para subir a colina. Ele realmente queria ver o interior da propriedade.

Havia uma estrada de pedra, com cerca de cinco metros de largura, que ia do sopé da colina até o topo. A estrada não era claramente pavimentada com blocos de pedra, mas com pedras naturais encontradas nesta pequena montanha. Ainda assim, Zhao Hai olhou para a estrada e achou muito estranho. Em sua vida passada, embora ele nunca tivesse vivido em uma montanha, ele estava muito ciente do fato de que as estradas que conduziam as carroças até a montanha geralmente seriam estradas sinuosas.

A chamada estrada sinuosa subiria a montanha em um ângulo gradual, circulando para cima. Embora isso tornasse a estrada mais longa, criou uma inclinação que era propícia ao permitir que os veículos subissem a montanha.

Mas a estrada em que Zhao Hai estava foi direto para o topo da colina. Inevitavelmente, isso criou uma estrada íngreme. Se fosse em sua vida passada, isso prejudicaria as carruagens, dificultando que os cavalos puxarem qualquer coisa enquanto subia.

No entanto, Zhao Hai não disse nada, porque ele também descobriu que havia vestígios de carruagens subindo nesta estrada, indicando que esta rota havia sido usada. Ele também sabia que não podia julgar o Continente Ark com base no que ele aprendeu na Terra, então ele não disse nada enquanto dirigia seu morto-vivo para subir a colina.

Logo eles chegaram na frente da propriedade. Suas paredes de pedra azul de três metros de altura pareciam muito fortes, com algum musgo crescendo aqui e ali, enquanto um monte de lascas de tinta saia de suas altas portas de madeira. Parecia que fazia muito tempo que alguém cuidou do lugar.

Zhao Hai e todos os outros saíram do morto-vivo e foram até a porta de madeira. A porta tinha dois metros de altura e quase cinco metros de largura, com tinta caindo, revelando a cor original da madeira.

Green deu um passo à frente e forçou a abertura das portas, emitindo um som de rangido estridente.

Quando a porta se abriu, os olhos de Zhao Hai se iluminaram. Eles têm uma boa visão do quintal que não era menor que a praça do castelo.

Nesse pátio havia uma fileira de quatro casas feitas de madeira e pedra, com portas de dois metros de largura, janelas de um metro de largura e tetos planos. Parecia que essas quatro casas eram usadas como salas de estar e áreas de recepção para pessoas de fora. Estas casas estavam um pouco desgastadas, com muitos lugares que estavam rachados. No entanto, se você quisesse viver em algum lugar que pudesse evitar ventos fortes, então este lugar era possível.

Zhao Hai olhou para estas casas e ficou satisfeito. A mansão pode não parecer boa, mas não era o que importava. Quase todos os edifícios foram construídos com pedras azuis como material principal. Eram muito resistentes. Embora este lugar não tenha sido bem cuidado, apesar do vento e da chuva ao longo dos anos, não sofreu grandes danos.

Todos entraram nas casas e descobriram que os quartos estavam vazios. Não havia móveis, então os quartos podiam ser considerados bastante espaçosos.

Através dessa fileira de casas, eles descobriram um grande pátio estilo jardim. No meio dela havia uma árvore com folhas que eram semelhantes ao ginkgo, embora Zhao Hai não soubesse de fato qual era a espécie dessa árvore.

Havia também uma pequena vala onde a água corria. Zhao Hai ficou surpreso quando, de vez em quando, ele podia ver alguns peixes pequenos.

Pátios, árvores, água e peixes, dispostos de uma forma muito agradável neste pátio, quase como edifícios de estilo chinês desde os tempos antigos. Isso poderia acalmar a mente de qualquer traço de raiva.

Zhao Hai assentiu com satisfação, então ele se virou e perguntou: “Vovô Green, esse ambiente é muito bom. Mas a água não é tão profunda e deve estar fria no inverno, então por que esses peixes pequenos não congelaram até a morte?”

Não esperando que Green falasse, Merine sorriu, e disse: “Jovem Mestre, acho que isso deve ser água de fonte termal. A temperatura da água nunca é baixa, e você pode não reconhecer que esses pequenos peixes são chamados de Peixes de Fogo. Eles são peixes tropicais com propriedades térmicas, é estranho dizer que estes peixes devem ter sido escolhidos por suas propriedades relacionadas ao fogo e que eles só podem sobreviver em águas mornas, se a temperatura da água fosse muito baixa, eles congelariam até a morte. Este peixe é um petisco raro. Têm um sabor delicioso, com carne macia e delicada. Ouvi dizer que até mesmo o rei usaria esses peixes para entreter convidados estrangeiros. É uma boa cozinha.”

Zhao Hai ficou surpreso. Ele realmente não achava que haveria um peixe assim. Ele se agachou e alcançou a vala, e com certeza a água estava morna, até um pouco quente. A temperatura nunca pareceu estar abaixo de trinta graus Celsius. Não só estes peixes conseguiram sobreviver a estas temperaturas, como também puderam viver confortavelmente.

Ele viu como o peixe nadava de um jeito descontraído, então ele tentou pegar um. Mas ele não achava que o peixe seria capaz de girar tão flexivelmente na água, fugindo das garras de Zhao Hai.

Quando Zhao Hai não pegou um peixe, ele se levantou: “Bem, parece que no futuro seremos capazes de criar alguns peixes. Enquanto eu solto alguns mortos-vivos na colina para nos manter alertas, vamos também deixar os escravos saírem. Eles não respiraram ar fresco por tantos dias.”

Green sorriu: “Sim, ah, deixá-los sair é bom. Talvez eles pudessem trabalhar nas pedras azuis nesta montanha. Eu li que essas pedras são muito duras, um bom material para fazer ferramentas de pedra. Jovem Mestre, que tal usá-la para fazer aquela mó? Não seria uma boa oportunidade para fazer isso agora?”

Zhao Hai assentiu com a cabeça, depois riu e disse: “Vovô Green, parece que desta vez nós realmente pegamos um tesouro. Há uma fonte termal, Peixes de Fogo que podemos criar, pedras para fazer o que precisamos, e em breve faremos muito dinheiro.”

Por Blue Sparky | 25/12/18 às 17:00 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Harém