CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 435 - Você Não Me Tratou Bem o Suficiente, Palácio do Pesadelo

Charm of Soul Pets (CSP)

Capítulo 435 - Você Não Me Tratou Bem o Suficiente, Palácio do Pesadelo

Tradução: Luis Gimenes | Revisão: Luis Gimenes

O responsável pela transação ficou pasmo por um tempo, antes de perceber rapidamente que o jovem a sua frente era provavelmente alguém muito importante que veio de algum Palácio Espiritual de nível mais alto. Seu jeito mudou instantaneamente.

"Qual é o método de troca interna? Explique as aspectos mais fundamentais." Chu Mu pegou seu anel de captura de volta e fez uma pergunta.

O responsável pela transação ficou claramente mais sério enquanto falava prontamente: "Não há problemas com quanto a isto. Este subordinado sabe que um jovem talentoso como você não tem tempo para entender estas coisas triviais, então este subordinado irá explicar o método mais básico. Nossa Cidade Dun, hum, pelo que eu sei, todo Palácio Espiritual tem o mesmo método de transação. Existem sempre tesouros armazenados em um Palácio Espiritual, por exemplo, animais espirituais jovens, remédios especiais, equipamentos espirituais, itens espirituais raros...

A Cidade Dun é uma cidade de intersecção para vários reinos e, se os membros das redondezas obtém tesouros e precisam trocá-los ou vendê-los, eles vem para o nosso Palácio Espiritual da Cidade Dun. Portanto, a lista de transações do Palácio Espiritual da Cidade Dun tem várias páginas. Nós devemos ter praticamente tudo, exceto por coisas especiais. Além disso, nós também temos contato com Palácios Espirituais de outros reinos e podemos retirar itens de seus estoques. Você pode comprar o que quiser daqui e nós entregaremos os itens dentro de um certo tempo."

Chu Mu assentiu com a cabeça. O método de transação do Palácio do Pesadelo também era assim e eles tinham um grande grupo de membros responsáveis pelas transações e fazer o inventário dos tesouros, classificá-los em listas enormes que ficavam penduradas na parede do saguão. Quando alguém via um item que queria, eles poderiam procurar os membros responsáveis para comprá-lo. Eles apenas precisavam pagar o custo do item em questão ou trocá-lo por um item de valor equivalente.

Independentemente se era o Palácio do Pesadelo ou o Palácio Espiritual, esta transação visava o lucro, permitindo portanto que o Palácio Espiritual ou o Palácio do Pesadelo ganhassem uma boa parte do lucro da transação.

Os dois métodos de transação eram diferentes da Aliança Mercantil, já que as duas facções não tinham nem um tipo de leilão interno. Geralmente, eles vendiam por preços fixos ou trocavam tesouros de mesmo nível. A outra coisa mais importante era que as duas facções utilizavam pontos de contribuição para obter vantagens e descontos.

Descontos permitiam que a pessoa comprasse um item de nível mais alto por um preço mais baixo do que o mercado. Este desconto especial era determinado pelo título da pessoa e, normalmente, quanto maior o título, maior o desconto.

Entretanto, este mecanismo tinha um limite que limitava o desconto a uma quantidade fixa de vezes por ano, prevenindo que membros de alto nível não tivessem lucro.

Este desconto baseado no título fazia surgir um problema. No entanto, a maioria dos bens no mercado externo flutuavam de preço constantemente. Portanto, os bens do Palácio Espiritual podem ser mais caros do que o mercado externo mesmo depois do desconto...

Nesta situação, dependia do membro decidir se ele estava disposto a pagar o valor extra para ganhar pontos de contribuição.

O sistema de contribuição do Palácio Espiritual era bastante semelhante ao do Palácio do Pesadelo e era determinado pelo estado de troca mais direto.

De modo geral, havia três métodos principais de obter um título no Palácio Espiritual. 

O primeiro era a honra em uma competição de renome.

O segundo era doar grandes quantidades de dinheiro para o Palácio Espiritual.

O terceiro era trocar itens constantemente e ganhar o título de "comerciante valoroso". Quando as transações de contribuição de alguém alcançavam certo nível, esta pessoa subiria de nível.

Vale a pena mencionar que o Palácio Espiritual tinha regras rígidas sobre os vários jeitos de se obter um título. Assim que alguém fosse pego fazendo algo ilícito, a pessoa seria punida severamente.

Além disso, o Palácio Espiritual era extremamente rígido com o treinamento dos membros da geração mais jovem e seus requisitos garantiam que eles não seriam capazes de conseguir descontos, nem obter títulos maiores, através de família, mestres ou anciãos. Se um membro da geração mais jovem quisesse um título, ele teria que seguir as regras mencionadas.

Esta rigidez incluía os jovens mestres do Palácio Espiritual. Portanto, "jovem mestre" não era um título, mas sim uma indicação de status. Praticamente todos os jovens mestres tinham um decreto secundário de décimo nível, entretanto, o decreto secundário só garantia a proteção e respeito dos membros do Palácio Espiritual. Ele não poderia ser utilizado como um título real e, assim, não permitiria que o jovem mestre tivesse privilégios especiais.

Dessa forma, embora a identidade de Chu Mu no Palácio Espiritual fosse a de um jovem mestre, ele era incapaz de obter qualquer desconto no mercado interno porque ele não tinha um título do Palácio Espiritual. Este sistema era rigidamente obedecido em todos os Palácios Espirituais!

Um título representava, além do status do treinador, vários benefícios, então muitos treinadores queriam participar de competições, fazer trocas com o Palácio Espiritual ou receber missões internas para acumular pontos de contribuição para obter certos títulos.

O Palácio Espiritual listava claramente os requisitos para se obter cada título. Por exemplo, para se obter um título de primeiro nível, era preciso completar três requisitos: troca, ouro e título.

Trocas significava movimentar dinheiro no mercado interno do Palácio Espiritual.

Ouro significava dar dinheiro para o Palácio Espiritual a fim de obter pontos de contribuição, quase como um imposto.

Título significava competições, missões ou sucessos considerado para um nível.

O primeiro nível necessitava de um total de:

Troca: pelo menos 20 mil moedas de ouro em bens no mercado interno.

Ouro: Doar 10 mil moedas de ouro ou mais para o Palácio Espiritual.

Título: Completar pelo menos uma coisa que recompensaria um título de primeiro nível, que era normalmente determinado por, obter um nível em uma competição, completar uma tarefa dada pelo Palácio Espiritual, ficar de guarda por um certo tempo, fazer algo adicional para o Palácio Espiritual...

Estas três coisas precisavam ser feitas, mas, na verdade, completar apenas um dos requisitos em um nível muito superior já seria capaz de conseguir tal título.

Por exemplo, a fim de obter o título de primeiro nível, só era preciso doar 10 mil moedas de ouro, sendo necessário completar os outros requisitos.

Ou, seria possível doar mais de 50 mil moedas de ouro para o Palácio Espiritual e obter o título de primeiro nível.

Portanto, a fim de obter um título para se completar um requerimento, era necessário fazer algo cinco vezes maior do que o requerimento daquele título.

Portanto, para se obter um título, todos pensavam muito bem em como fazê-lo. Se alguém quisesse apenas utilizar dinheiro, a quantia necessária seria extremamente alta.

Um título de segundo nível não era muito diferente: troca: alcançar 100 itens trocados com todos os itens sendo acima do segundo nível (10 itens de primeiro nível são equivalentes a 1 item de segundo nível.)

Ouro: Doar 30 mil moedas de ouro para o Palácio Espiritual.

Título: Completar algo digno do título de segundo nível.

A fim de obter um título completando apenas um requerimento, era preciso fazer algo cinco vezes maior que o normal.

As condições do título de terceiro nível eram muito maiores. Era necessário doar 50 mil moedas de ouro. Portanto, se quisessem utilizar apenas esta condição, seria necessário 250 mil moedas de ouro, o que era o mesmo que um animal espiritual de Baixo Nível Comandante.

Já para títulos mais altos, a quantia necessária de ouro, troca e títulos eram ainda maior.

Chu Mu deu uma olhada superficial e descobriu que, se ele quisesse um título de sétimo nível, ele precisaria doar 20 milhões de moedas de ouro, trocar o equivalente a 40 milhões e completar uma tarefa digna de um título de sétimo nível!

"Palácio do Pesadelo, ah Palácio do Pesadelo, você não me tratou bem o suficiente!" Quando ele descobriu o que precisava para obter um título de sétimo nível, Chu Mu não pode deixar de suspirar!

Antes, quando Chu Mu saiu da Ilha Prisão, ele recebeu um título de sétimo nível como o Príncipe do Pesadelo do Oceano Eterno. Se o Palácio do Pesadelo e o Palácio Espiritual tinham o mesmo nível de contribuição, então o título de sétimo nível de Chu Mu valia os 20 milhões de moedas de ouro e os outros requerimentos. Comparado com a situação atual de Chu Mu, ele estava em uma condição superior.

Chu Mu obteve um título de sétimo nível simplesmente por causa da Ilha Prisão, já que sobreviver a Ilha Prisão era o mesmo que um título de sétimo nível. Portanto, Chu Mu não precisou pagar quaisquer contribuições para obter um título de sétimo nível e, agora, ele estava se arrependendo por não tentar entender o sistema antes, ele poderia pelo menos ter obtido alguns benefícios do Palácio do Pesadelo antes de sair.

Chu Mu só entendia um pouco dos privilégios do título de sétimo nível do Palácio do Pesadelo, mas, quando estava na Cidade Wangluo, Chu Mu foi capaz de controlar pelo menos 10 subordinados do Palácio do Pesadelo para ajudá-lo a eliminar a Família Yang. Isto era o sinal mais claro de status.

Os títulos do Palácio Espiritual também tinham este tipo de privilégio. O que Chu Mu estava surpreso era que títulos de sétimo nível tinham muitos benefícios e facilidades. Primeiro, ele receberia o desconto de 30% em um item de oitavo nível ou abaixo.

Segundo, todo ano, ele poderia escolher um Comandante adequado das reservas do Palácio Espiritual. Ele teria prioridade de escolha e 30% de desconto.

Terceiro, todo ano ele poderia obter uma técnica da alma de sétimo nível que tinha pelo menos 90% de compleição.

Quarto, ele receberia um núcleo da alma de sétimo nível todo dia.

Quinto, dentro do território do Palácio Espiritual, ele poderia receber curas de um treinador de suporte.

Os outros privilégios também eram convenientes, mas os mais importantes eram o três primeiros, especialmente os 30% de desconto em um item de oitavo nível.

Um tesouro de oitavo nível era praticamente mais de 10 milhões de moedas de ouro, então 30% seria o equivalente a alguns milhões. Se o preço do item fosse ainda mais alto, ele economizaria dezenas de milhões!

Havia casos que ele poderia economizar pelo menos 50 milhões em um mês sem ter que fazer nada para o Palácio Espiritual. Se, ele fosse assumir alguma posição dentro do Palácio Espiritual, de acordo com os salários mensais e os benefícios anuais, seus ganhos seriam extremamente altos.

Chu Mu havia calculado por cima que, se ele fosse ter um posto de sétimo nível e trabalhasse por um ano, ele poderia obter 50 milhões ou mais.

Se ele fosse gastar tudo dos 50 milhões em um animal espiritual, ele poderia fortalecer sua força para o Nível Monarca.

Títulos eram diferentes de postos, já que só com o título, você não ficaria restringido pelo Palácio Espiritual e poderia ir onde quisesse e fazer o que quisesse.

Por outro lado, um posto era semelhante a ser um Mestre de Palácio. Todo dia, a pessoa teria que lidar com os assuntos internos do Palácio Espiritual e completar alguns requisitos. Todo mês, a pessoa recebe um salário e mais influência.

Vendo o sistema do Palácio Espiritual, se Chu Mu conseguisse um título e tivesse um posto por um ou dois anos, ele seria capaz de obter ainda mais ouro do que se passasse todos os dias na natureza sofrendo a ameaça de perigos mortais.

Por Luis Gimenes | 23/01/19 às 19:27 | Ação, Aventura, Fantasia, Seinen, Chinesa, Romance