CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 20 - Batalha caótica

Corvo Negro (CN)

Capítulo 20 - Batalha caótica

Autor: Keven Alves

Conforme Atlas, Palito e Rebeca avançavam, eles colhiam algumas frutas que poderiam ser de ajuda, bem como matava algumas bestas demoníacas em seus caminhos, desta forma, eles foram avançando, ultrapassando várias 'paredes' do labirinto.

― O que acontece se alguém escolher não sair do labirinto? ― Perguntou Atlas curioso, que continuou com o seu questionamento. ― Levando em conta que apenas aqueles no reino do refinamento corporal podem entrar no labirinto, mas aqueles que avançam para o reino da energia aqui dentro, de alguma forma podem permanecer...

― Sua pergunta faz sentido... ― Comentou Rebeca se virando para Palito.

Palito percebendo o olhar deles revelou um sorriso. ― Tudo bem, o deslumbrante professor Palito vai explicar para as pobres crianças. ― Sorrindo ainda mais radiante ele explicou. ― As frutas contidas neste lugar, possuem dois tipos de energia. Energia celestial e energia de purificação, essa energia de purificação é extremamente mística e pode ser usada por todos os reinos de cultivo, no entanto, é difícil de encontrar. Mas por que isso não fez deste lugar um cobiçado por aqueles que estão nos reinos mais elevados? ― Questionou ele olhando para Atlas e Rebeca.

Percebendo que nenhum deles iria perguntar, ele continuou. ― Isso é devido à baixa quantidade de energia de purificação, o que quero dizer é que mesmo que pareça ter grandes quantidades de energia, isso é devido ao nosso baixo nível de cultivo. Imagine que você é um copo vazio, essas frutas são um balde d'água, daria para encher o copo e desperdiçar certo?

― Agora, nos reinos mais elevados de cultivo, eles são como um lago vazio. Um balde, não é de modo algum atraente para eles. Isso é o mesmo para quem avança para o reino da energia, se escolherem permanecer aqui e não sair, realmente não teria como as tropas reais o pegarem, no entanto, seu cultivo seria atrasado por grandes quantidades de anos até se estagnar sem conseguir avançar. Se você reparar bem, a maior concentração de energia contida nessas frutas são energia de purificação e não energia celestial.

― Agora tudo faz sentido. ― Comentou Rebeca, ― Meu marido é um gênio e além disto é muito culto.

― Não sou? ― Comentou Palito com um olhar de superioridade. ― Espera, quem é seu marido? Ficou louca!

Conforme o trio avançava no labirinto do rei, eles encontraram alguns grupos de bestas demoníacas, mas estava difícil de encontrar outras pessoas, o que fez com que eles se perguntassem se algo de errado estava acontecendo.

― Finalmente. Há três pessoas da academia real lá. ― Apontou Rebeca indicando uma arvore estranha.

Assim que o trio chegou no local, ficaram surpresos ao notar que todos os 3 estavam no oitavo nível do reino do refinamento corporal e todos, sem exceção estavam presos na arvore.

Olhando atentamente era possível notar que a arvore era como uma 'areia movediça', quanto mais se moviam, mais presos ficavam. Olhando para suas bolsas, o trio esboçou um largo sorriso.

― Isso é muito melhor do que matar bestas demoníacas. ― Exclamou Rebeca empolgada.

― Concordo. ― Afirmou Atlas. Que rapidamente se moveu pegando as três bolsas que estavam repletas de núcleos de bestas demoníacas.

Puxando o arco, Rebeca estava se preparando para eliminar os três estudantes da academia real.

― Espere! ― Afirmou Atlas. ― Não precisa mata-los. Eles são como nós, apenas querem trilhar o caminho do cultivo. Vamos deixar que a sorte decida se eles vão conseguir se livrar da arvore ou perecer presos nela.

Olhando para Atlas, Rebeca guardou o arco e acatou a sua ordem. Durante esses dias que passaram juntos, mesmo Atlas não sendo o que detém o maior conhecimento, ele passou a ter uma posição de liderança para o trio. Isto foi algo que aconteceu naturalmente, de alguma forma, eles passaram a confiar em Atlas, da mesma forma que ele passou a confiar neles.

― Olhe, aquela parede deve ser a que leva para o centro do labirinto...

Com um movimento de espada, Atlas abriu uma enorme passagem na parede. Assim que a passagem foi aberta os três avançaram cruzando a enorme parede e chegando ao centro do labirinto. O lugar era incrivelmente espaçoso, e a energia contida nele era ainda mais pura do que as frutas que eles estavam encontrando antes.

"Clink; Clink; Wish;Wish;" Barulhos de golpes de espadas e flechas eram audíveis a longas distâncias. Às vezes, gritos de agonia soavam, causando arrepios em que escutava.

― Parece uma batalha caótica. ― Comentou Palito.

― Vamos nos mover com cuidado. ― Comandou Atlas já se colocando em movimento.

Usando os seus sentidos aprimorados, Rebeca começou a liderar o caminho enquanto Atlas e Palito a seguia com extrema cautela, afinal, eles não sabiam o que estaria esperando por eles.

Quando finalmente conseguiram ver o que estava acontecendo, os três ficaram congelados no lugar por alguns instantes. Era uma batalha em larga escala, onde sangue estava por todas as partes. Agora eles sabem o porquê de não conseguirem encontrar pessoas antes mesmo tendo procurado por tanto tempo, provavelmente, todos estavam reunidos neste local.

― Vamos entrar na batalha, Rebeca, forneça suporte enquanto eu e Palito vamos flanquear as laterais e abrir caminho para os corvos. ― Comandou Atlas.

― Entendido. ― Afirmou Rebeca já puxando o seu arco e disparando inúmeras flechas com extrema precisão.

Atlas e Palito estavam avançando juntos, cada ataque era um abate. Eles estavam liberando ataques extremamente poderosos, qualquer um que tentava para-los encontrava-se com um único destino, morte.

Rebeca estava pulando de um lado para o outro, disparando inúmeras flechas, muitas vezes ela disparou em outros combates para auxiliar os corvos contra os seus oponentes.

Não muito tempo depois, a batalha começou a pender para um lado, a academia real estava recuando pouco a pouco, enquanto os corvos estavam liberando cada vez ataques mais ferozes.

― Fechem o cerco! Ataquem! ― Gritou Atlas.

Enquanto avançava junto com Palito abatendo um caminho sem mostrar qualquer piedade.

Atlas utilizava golpes tirânicos de espada juntamente com a técnica da Garra do Corvo Negro, já Palito, estava usando golpes de espadas que emitiam barulhos perfurantes assustadores, até agora, Atlas ainda não conseguiu descobrir qual é o espírito marcial dele.

― Arthur! ― Gritou Atlas, enquanto disparava em direção ao príncipe Arthur que estava junto com os alunos da academia Real.

― Protejam o príncipe! ― Gritou inúmeros jovens que estavam junto com Arthur.

Atlas parecia um demônio enquanto esquivava e utilizava a Garra do Corvo Negro dilacerando o pescoço de incontáveis inimigos, com a outra mão ele utilizava a sua espada para defender e atacar, seu estilo de luta era implacável e ele parecia estar possuído.

― Você acha que eu tenho medo de você?! ― Gritou Arthur extremamente enfurecido por ver Atlas que ainda está no reino do refinamento corporal, avançar em sua direção tiranicamente como se fosse capaz de mata-lo.

― Escutem minhas ordens! Matem Atlas a todo custo! ― Comandou Arthur em alto e bom tom, sua voz ressoou por todo o campo de batalha de forma imponente.

Após ouvirem o grito do príncipe, inúmeros jovens abandonaram os seus adversários para correr em direção a Atlas. Rebeca que estava fornecendo suporte para todos, parou imediatamente, e focou toda a sua atenção em fornecer suporte somente para Atlas.

Em poucos momentos, Atlas se tornou o olho do furacão, inúmeros inimigos estavam visando ele, e ele estava se esforçando ao máximo para se defender.

― Os reforços chegaram! ― Um grito alto o suficiente para todos ouvirem, fez com que os combates parassem por alguns segundos.

― Maldição! Recuem!! ― Gritou Palito o mais alto que pode.

Olhando ao redor, todos os corvos estavam paralisados, quem estava chegando era na verdade as tropas da academia Militar.

Essa situação acabou de se tornar extremamente ruim para a academia dos Corvos Negros, tendo em vista que a academia Militar responde ao mesmo líder que a academia Real, eles nunca permitiriam que a academia Real enfrentasse os corvos sem se meter.

No momento em que os Corvos começaram a recuar, eles ouviram um longo som explosivo. "BOOM!"

Alguém tinha atacado as tropas da academia militar com tudo, causando inúmeras baixas. Os membros da academia militar estavam completamente desnorteados sem saber o que tinha acontecido.

― Torre da Alquimia o que isso significa? ― Gritou Arthur enfurecido.

A jovem que estava na frente das tropas da Torre de Alquimia, gritou. ― Nós cuidaremos da Academia Militar, vocês continuem cuidando da Academia Real.

Ouvindo o grito dela, o combate se tornou extremamente caótico novamente, os corvos que estavam recuando, começaram a emitir ataques extremamente aterrorizantes colhendo inúmeras vidas.

Neste momento, Atlas estava de frente para Arthur, ambos estavam se encarando.

― Você acha que o seu espírito marcial pode se comparar com o espírito marcial da família real? ― Perguntou Arthur em clara arrogância.

― Como vou saber se não tentar? ― Perguntou Atlas que já estava com os olhos sem brilho, completamente focado em Arthur.

― Então eu vou mostrar o poder do espírito marcial da família real, o verdadeiro poder do Leão Alado. ― Gritou Arthur enquanto ativava uma técnica marcial.

A mão dele era semelhante a pata de um gigantesco leão. Para combater este ataque, Atlas utilizou a Garra do Corvo Negro, após o choque dos dois ataques, ambos foram forçados a recuar.

Arthur tinha um olhar de extrema falta de vontade em seu rosto, afinal, ele está no reino da energia, enquanto Atlas está apenas no último nível do reino do refinamento corporal, e mesmo assim, ambos foram forçados a recuar no confronto de técnicas marciais.

Enquanto se encaravam, Atlas tinha um olhar de extrema malignidade enquanto olhava para Arthur. Já Arthur, tinha uma intenção de matar sem limites, tudo o que ele mais queria era matar Atlas o mais rápido possível.

Neste momento, sons de pessoas se aproximando estavam cada vez mais altos, além disto, era um grande número de pessoas. Todos pararam seus combates temporariamente, afinal, qual poder está chegando e qual lado irá escolher, pode mudar tudo.

_______________________________________________________________________ 

Se a página chegar à 200 likes até domingo, vou liberar dois capítulos bônus!

Link - https://goo.gl/aLHwB3

 

Por Keven Alves | 27/07/18 às 16:24 | Ação, Aventura, Fantasia, Elementos de Cultivo, Romance, Maduro, Guerra, Cultivo