CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 34 - Besta sagrada da terra

Corvo Negro (CN)

Capítulo 34 - Besta sagrada da terra

Autor: Keven Alves

Quanto mais o grupo se aproximava do local, mais alto se tornava o barulho do combate.

Clink; Boom; Booom; Puf; Puf; Puf;

― Estranho... ― Murmurou Atlas. ― Por que todo esse barulho não atrai outras bestas?

Avançando com mais cuidado, eles logo chegaram a origem dos sons, movendo seu olhar, Atlas franziu firmemente o cenho.

― O que é aquilo!? ― Murmurou Atlas se sentindo muito desconfortável.

No local dos sons, estava um cultivador enfrentando uma besta demoníaca do tipo serpente. No entanto, não era uma serpente comum, ela era totalmente amarelada e possuía duas cabeças, sua anormalidade não terminava apenas nisto. Todo o seu corpo era ‘rochoso’ extremamente resistente, seu olhar era afiado e maligno ao extremo, além disto, em cada cabeça havia um par de pequenos chifres.

O cultivador que tinha uma aparência musculosa com um tom de pele levemente mais escuro e muitas tatuagens, aparentava estar em extrema desvantagem a todo momento. Muitas vezes ele tentou escapar, mas a serpente não era tola, não iria apenas deixa-lo partir.

Vendo isto Palito sussurrou. ― Devemos ajudá-lo?

Rebeca tinha um olhar pesado ao comentar. ― Essa besta está no quarto nível do reino da energia... Sem mencionar que parece ser um tipo mutante, ela possui duas cabeças.

― Verdade. ― Concordou Palito. ― Provavelmente não há bestas demoníacas por perto por que este é o território desta besta mutante!

― Mestre, eu quero aquele núcleo! ― Afirmou Lizzy com os olhos brilhando enquanto esfregava suas mãos.

― Shiiii! ― Atlas colocou a mão na boca dela e comentou um tanto deprimido. ― Nem se eu me multiplicar em três daria para matar aquele monstro.

― Olhe! ― Apontou Palito.

Olhando para a direção onde Palito apontou, o grupo notou as outras duas bestas demoníacas que Rebeca havia detectado anteriormente. Era um par de lebre dourada, seu tamanho era apenas um pouco maior do que uma lebre comum, sua beleza era hipnotizante pois ela irradiava uma leve luz dourada por todo o seu corpo, a única parte que não era dourada em seu corpo eram seus olhos que brilhavam com uma cor negra.

Perto das duas lebres, havia uma terceira besta demoníaca, mas a mesma estava partida em duas. Por isto Rebeca não conseguiu detectá-la antes.

As lebres estavam no canto, aparentando ter medo tanto do cultivador como da serpente.

― Lebre sagrada da terra... ― Murmurou Rebeca.

― Lebre sagrada da terra? ― Atlas e Palito expressaram suas dúvidas ao mesmo tempo.

Com os olhos brilhando Rebeca explicou. ― Uma vez ouvi dizer que o ingrediente principal para a pílula da terra, era uma lebre dourada com os olhos negros.

― Pílula da terra? ― Perguntou Atlas.

― Uma pílula capaz de fazer um cultivador no último reino da energia se sincronizar com a terra, avançando diretamente para este reino. ― Explicou Alexandre.

― E pensar que teria algo tão milagroso... ― Murmurou Atlas completamente entusiasmado com essa descoberta.

Se ele pegar essa lebre, ele não teria um passe direto para o reino da terra ao atingir o último nível do reino da energia?

― Vamos pegar aquela lebre! ― Afirmou Atlas entusiasmado.

― Pegar?! ― Palito e Rebeca e o outro grupo pareciam perdidos e assustados com a audácia de Atlas, já Lizzy estava sorrindo esfregando as mãos com os olhos brilhando.

Antes que Atlas pudesse responder, um grupo de nove pessoas pulou no local onde a cobra estava e desencadearam ataques poderosos.

O jovem que estava se segurando contra a cobra anteriormente, revelou uma expressão de alivio e gritou. ― Finalmente! Por que demoraram tanto?

― Não foi fácil achar este lugar. ― Afirmou o jovem que estava liderando o grupo.

― Rafael não estava liderando o caminho? ― Perguntou o jovem tatuado um tanto infeliz.

O jovem que está liderando o grupo franziu o cenho e exclamou. ― Já chegamos, agora para de falar bobagens e ajude!

O jovem repleto de tatuagens franziu o cenho e bufou. ― Preste atenção como você fala comigo! ― Se aproximando do grupo, ele continuou. ― Minha besta demoníaca morreu graças a sua incompetência em chegar rápido o bastante para me auxiliar!

O líder do grupo se sentiu muito infeliz com o tom do jovem tatuado. ― Estou te pagando mais do que o suficiente! Não culpe os outros por sua incompetência, se a sua besta domada morreu o problema é seu!

Hunpf! - Bufando, o jovem tatuado se virou e atacou a besta demoníaca ferozmente.

Palito que estava assistindo tudo de longe, olhou para Atlas e comentou. ― Isso não é bom!

― Não mesmo, eles possuem dez pessoas no grupo! ― Afirmou Atlas.

― Não é isso. ― Comentou Palito. ― Aquele que está liderando o grupo é Enzo, ele segue o discipulo direto do rei.

― Discipulo direto? ― Questionou Atlas.

― Sim, o nome dele é Max, além disto Max está no nono nível do reino da energia e pode ser considerado um dos 10 melhores dos 4 países.

― 4 países? ― Perguntou Atlas. ― Ele é um dos 10 melhores nos 4 países... Isso quer dizer o país do Sol e mais 3 países iguais?

― Exatamente. ― Afirmou Palito. ― Ele é considerado por muitos o jovem com o futuro mais promissor em todo o país do Sol.

Quando Atlas ouviu o comentário de Palito, ele tinha um olhar pesado em seu rosto.

Quatro países? Tudo isso é muito novo para ele...

Antes de chegar ao Elo Perdido ele já achava a capital real um lugar com muitos jovens poderosos, mas parece que ele é apenas um sapo no fundo poço.

Firmando seu olhar, Atlas respirou fundo e comandou. ― Coloquem a roupa da academia!

Ouvindo isso, Palito e Rebeca tinha um olhar estranho... Eles iriam mesmo tentar pegar aquela lebre sagrada?

Neste ‘pouco’ tempo em que eles conheceram e conviveram com Atlas, eles tiveram um entendimento tácito sobre ele, logo, eles sabem que ele pode ser muitas coisas, mas não é imprudente.

Determinados, eles começaram a colocar seu manto negro e a máscara do corvo.

Olhando para Alexandre e o resto, Atlas sussurrou. ― Se não quiserem se arriscar não precisa ir!

Atlas retirou um uniforme pequeno do seu anel e passou para Lizzy, ela que estava ao lado, deu grande sorriso ao notar que ela também iria colocar essa roupa ‘maneira’.

― Lizzy, vem aqui. ― Atlas se abaixou e começou a comentar no ouvido dela. ― O vice-diretor deixou essa roupa para você... ― Conforme ele foi falando seu tom foi diminuindo. Enquanto ouvia Atlas falar, Lizzy tinha uma expressão de êxtase enquanto sorria e assentia repetidas vezes.

Quando ele terminou de falar, ele retirou o seu anel de armazenamento e passou para Lizzy. Virando-se, ele olhou para Rebeca e Palito. ― Talvez tenhamos que nos separar durante esse ataque, então, vamos nos encontrar na última caverna em que ficamos. ― Afirmou.

― Entendido. ― Palito e Rebeca responderam ao mesmo tempo.

― Vamos! ― Afirmou Atlas enquanto avançava rapidamente cruzando uma grande distância em alta velocidade.

Enquanto avançava e observava a situação, Atlas sussurrou. ― Rebeca, sua técnica de agilidade é muito boa, então você vai ser responsável por pegar aquela lebre.

― Entendi, mas como você vai lidar com Enzo que está no sétimo nível do reino da energia? ― Questionou ela.

― Não tenho como lidar com ele. ― Afirmou Atlas com um olhar pesado.

― Então... ― Comentou Palito com um certo desconforto ao ouvir isto.

― Eu ainda posso mantê-lo ocupado por um certo tempo... E depois escapar ― Comentou Atlas sem explicar.

― Isso não vai funcionar! ― Reclamou Palito. ― Ele tem cinco níveis a mais do que você!

― Confie em mim! ― Afirmou Atlas.

Boom! - Assim que Atlas preferiu essa frase, um enorme barulho foi ouvido seguido por um ‘choro’ extremamente agudo e agonizante emitido pela besta.

Olhando para aquela direção, eles viram que Enzo tinha degolado completamente uma das cabeças da serpente.

Palito ficou completamente chocado com o poder apresentado pelo golpe de Enzo, mas antes que ele pudesse dizer qualquer coisa, ele ouviu a voz de Atlas. ― Agora!

Sem tempo para falar qualquer coisa, ele só pode agir por instinto e avançar a toda velocidade.

Rebeca também não perdeu tempo, emitindo estalos com a boca para conseguir perceber a posição de todos através do seu espírito marcial. Ignorando tudo, ela disparou pela lateral enquanto se movia rapidamente em direção a lebre sagrada.

Antes que o grupo de Enzo notasse qualquer anomalia, um barulho estranho soou. Crunsh.

Virando-se, eles notaram que o jovem tatuado estava sem cabeça. Atrás dele havia uma pessoa misteriosa completamente vestida de preto com uma máscara de corvo no rosto e uma longa foice na mão enquanto seus olhos brilhavam com uma terrível intenção de matar.

Vendo isto, um dos homens no grupo gritou com todas as suas forças. ― CORVOS!!!

Mas antes que ele pudesse falar qualquer coisa a mais, uma espada atravessou sua garganta.

Enquanto Palito abatia o que havia gritado, Atlas já estava se movendo em direção a outro jovem que estava à esquerda.

Enquanto via Atlas se mover em sua direção o jovem revelou um olhar de pânico. ― Desapareceu? ― Sussurrou ele assustado, ao notar que a foice parecia ter desaparecido como uma ilusão.

Crash – Mais uma vez um som de ossos quebrados e pele rasgando soou e, mais um inimigo foi abatido de forma brutal.

Quando Enzo que estava sob os ataques ensandecido da besta demoníaca percebeu o que estava acontecendo, berrou em fúria! ― Desgraçados! Corvos de merda, vocês se atrevem a se mover contra mim?!

― Por que não me atreveria? ― Zombou Atlas olhando na direção dele.

Put. - Enquanto olhava para a pessoa que respondeu, Enzo viu o corpo do jovem que Atlas havia atacado anteriormente divido em dois enquanto caia pesadamente no chão.

― Irmão sênior!!! ― Um longo grito lamentável atraiu a atenção de todos no local.

Quando o grupo viu a pessoa que estava gritando, todos tinha um olhar bizarro em seus rostos.

Muitos pensamentos estavam passando pela mente de Enzo. ‘Quem são esses desgraçados!? Por que as coisas tiveram que ir nesta direção?! Quero matar todos eles!’

Ele não estava nem um pouco reconciliado com tudo o que estava acontecendo com eles, depois de tanto esforço para chegar até aqui e a boa sorte em encontrar um par da besta demoníaca lendária. Os corvos apareceram para criar problemas...

― Persiga aquele filho da put* ― Berrou Enzo com os olhos vermelhos de tamanha raiva que estava sentido neste momento.

Logo o grupo de seis pessoas partiu em direção a Lizzy que havia matado o único homem do grupo deles que ficou fora do combate com besta para proteger todos os núcleos que eles haviam coletados nesta viagem.

Como anel de armazenamento é um item muito caro, apenas Enzo tem um. Além disto, o espaço é limitado e ele não permitiria que outras pessoas usassem o seu espaço.

Logo, todos os núcleos que Lizzy estava roubando, era praticamente tudo o que o grupo coletou durante essa exaustiva jornada.

Assim que os seis abandonaram suas posições para perseguir Lizzy, Rebeca disparou passando diretamente pela besta demoníaca que havia ficado enfurecida por perder uma de suas cabeça e não estava mais protegendo o local devidamente.

Enzo que estava se defendendo contra os ataques ferozes da besta, percebeu o que havia acontecido e quase ficou louco de tanta fúria. ― Voltem seus animais! ― Berrou ele. ― Peguem as bestas SAGRADA!

O grupo que estava avançando em direção a Lizzy, congelou ao ouvir isso, besta sagrada?!

Virando-se, eles viram que Rebeca estava disparando uma grande rajada de flechas em outros corvos.

‘O que está acontecendo?!’ - Este era o pensamento deles.

― Desgraçados! ― Berrou Rebeca!

― Desculpe por isso! ― Gritou Henrique que era muito rápido e pegou uma das duas bestas demoníaca sagrada.

Vendo que era impossível pegar as duas, Rebeca disparou tudo o que ela tinha ao atacá-los e conseguiu pegar a outra besta sagrada. Já com a lebre sagrada em seus braços, ela disparou entrando profundamente na floresta.

 ------------------------------------------------------------------------------------

A incrível MeiLin fez uma fanart de Palito (Jozu Nagi).

Quem puder curtir o instagram dela vai ser de grande ajuda - https://goo.gl/paFXnR

Quando a página CORVO NEGRO atingir 350 curtidas vou liberar um capítulo extra! - https://goo.gl/aLHwB3

Por Keven Alves | 11/08/18 às 19:47 | Ação, Aventura, Fantasia, Elementos de Cultivo, Romance, Maduro, Guerra, Cultivo