CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 1 - Sol Um, A Terra Explodiu

Dead On Mars (DOM)

Capítulo 1 - Sol Um, A Terra Explodiu

Tradução: Morninglory | Revisão: Shinohana | QC: Morninglory

Assim que Tang Yue abriu a porta para a câmara de ar da Estação Kunlun para dar seu primeiro passo em solo marciano pela primeira vez e dizer com profundas emoções fervilhando através dele: "Este é um pequeno passo para o homem, mas um salto gigante para a humanidade." —

Seu robô assistente o informou que a Terra tinha explodido.

O coração de Tang Yue quase parou.

Uma estimativa posterior do tempo que sua mente permaneceu em branco foi provavelmente de alguns minutos, com todas as células cerebrais parando suas operações. Seus nervos e sinapses elétricas tinham parado abruptamente. Quanto às células, tecidos e órgãos, eles tinham petrificado.

Simplificando, ele deveria ter sido declarado com morte cerebral.

Tang Yue deixou de lado todo o seu trabalho e se virou para examinar os computadores da Estação Kunlun.

Uma Terra perfeitamente bem...

Uma Terra tão grande...

Tinha explodido sem nenhum aviso?

Logo, Tang Yue descobriu o que tinha acontecido. O computador não cometeu um erro. Tinha perdido certamente todas as conexões com a Terra. A conexão de rotina de cada meia hora tinha sido subitamente cortada. Não houve resposta, não importa quantas vezes o sistema pingouMorninglory: Ping é uma forma de conexão entre sistemas e internet. ou quanto tempo ele esperou.

Como resultado, o computador decidiu mostrar o alerta.

E isso fez o robô assistente, Tom Cat, informar Tang Yue.

No entanto, as palavras "conexão perdida" quando faladas através da boca de um robô bobo tornaram-se aterrorizantes: "Tang Yue, sua casa explodiu."

Tang Yue realmente queria demitir seu robô assistente idiota.

Aqui é a Estação Kunlun! Jiuquan, você pode me ouvir!? Esta é a Estação Kunlun, Jiuquan, você pode me ouvir!? Pode você me ouvir!? Jiuquan, você pode me ouvir!? Jiuquan!

Não houve nenhuma resposta.

Aqui é a Estação Kunlun! Jiuquan, você pode me ouvir!?

Não houve nenhuma resposta.

Aqui é a Estação Kunlun! Baikonur, você pode me ouvir!?

Não houve nenhuma resposta.

Plesetsk, você pode me ouvir!?

Houston, você pode me ouvir?

Kennedy, você pode me ouvir!?

Guiana, você pode me ouvir!?

Porra. Kennedy, você pode me ouvir!? Paquistão, você pode me ouvir!? Afeganistão, você pode me ouvir?!

A cabeça de Tang Yue estava coberta de suor.

Ele já tinha tentado todas as formas de comunicação, mas todas elas falharam sem exceção.

Estar sozinho em um planeta extraterrestre e sem comunicações com a Terra era realmente uma situação confusa.

Se ele não pudesse estabelecer mais contato, ele teria que empregar medidas drásticas - clamar ajuda as deidades chinesas, como o Buda ou o Imperador de Jade.

"Você já está pedindo ajuda há seis horas. Você não foi capaz de estabelecer qualquer conexão com o Centro Espacial da Guiana. Qual é a maldita dificuldade em estabelecer comunicações com eles?" Seu assistente, Tom Cat, ficou ao seu lado. "Você não pode ver as palavras enormes na tela?"

Na tela cintilavam as enormes palavras “NENHUM SINAL.”

"Qual o tempo de delay de transmissão entre Marte e a Terra?" Tang Yue perguntou.

"Cerca de quinze minutos", respondeu Tom Cat.

Os membros de Tang Yue ficaram dormentes. Sua roupa espacial lacrada não era porosa, então sua cueca já estava encharcada de suor.

Ele rapidamente seguiu as instruções de acordo com os protocolos de emergência. Ele examinou todos os sistemas do local de trabalho e até tirou o "Manual de Manutenção do Sistema". Ele folheou o livro que era tão grosso quanto um dicionário e combinou cada palavra com o que viu.

"Sua falha em se conectar à Terra claramente não tem nada a ver com o atraso de transmissão. O computador do local de trabalho já fez suas verificações internas dez mil vezes. Não há problemas com os sistemas de comunicação. O problema só pode ser do lado da Terra", explicou Tom Cat. "Pode ter a ver com uma falha coletiva dos satélites de retransmissão."

"Que problema pode resultar na falha dos satélites?" Tang Yue perguntou.

“Explosão da Terra.”

"Fale mais bobagens e eu vou estrangulá-lo até a morte."

“Tudo bem, eu vou falar sério. A probabilidade de uma falha coletiva de todos os satélites de retransmissão é muito pequena. Isto é porque a retransmissão dos satélites é um recurso compartilhado. Os satélites americanos podem falhar, mas os satélites chineses ainda estariam disponíveis. Os satélites chineses podem falhar, mas os satélites russos ainda estariam disponíveis. Os satélites russos podem falhar, mas os satélites japoneses ainda estariam disponíveis. Os satélites japoneses podem falhar, mas os satélites europeus ainda estariam disponíveis... ”Tom Cat continuou falando, tão tagarela como sempre.

"Então?" Tang Yue interrompeu.

"Então a explosão da Terra não é mais razoável?"

Tang Yue se lançou para estrangulá-lo.

Como ele não conseguiu encontrar o pescoço do robô, tudo o que ele fez foi machucar os dedos.

"Não se preocupe. Os problemas que acontecem na Terra serão muito mais fáceis de resolver do que os problemas que acontecem aqui. Tendo perdido as comunicações por sete horas, o pessoal de Jiuquan ficará mais preocupado do que você", Tom Cat consolou. "Talvez, eles podem enviar-lhe uma mensagem em breve? Fique à vontade. Se você não deseja apenas esperar, termine o trabalho que você deveria fazer."

Tang Yue ficou em silêncio por alguns minutos.

Não ser capaz de se comunicar com a Terra era provavelmente um problema do lado deles. Era inútil para ele chafurdar de ansiedade em Marte. Se ele tivesse tempo de sobra, poderia terminar seu trabalho.

Como o último especialista de carga a retornar desta missão de expedição a Marte, Tang Yue foi incumbido de uma missão para reunir a pesquisa científica. Portanto, ele teve que ficar para trás por um período de tempo para terminar todo o trabalho. Depois de uma inspeção, ele fecharia a Estação Kunlun e a prepararia para o próximo grupo de astronautas.

Organizar e fazer o inventário era uma tarefa muito simples. A estação Kunlun era a primeira estação de pesquisa construída em Marte. Era muito pequena em tamanho com uma área que não tinha mais de 100 m2. Era o suficiente para uma pessoa viver, mas seria um pouco apertado para seis. Nas palavras de seu comandante de equipe, Velho Wang, "7,5 bilhões de pessoas gastaram 75 bilhões de dólares para construir uma casa de 75 m2 em um deserto a 75 milhões de quilômetros de distância. Este deve ser o projeto imobiliário mais louco da história."

Os astronautas que estavam no mesmo lote que ele já tinham feito o seu retorno. O trabalho estava indo muito bem e Tang Yue acreditava que poderia terminar sua missão muito rapidamente antes de retornar à estação espacial. Ele então levaria a nave Orion de volta à Terra.

O próximo grupo de pessoas só iria para Marte em junho do próximo ano. Eles fariam uma viagem de seis meses com os resistentes foguetes Falcon.

Portanto, a próxima vez que alguém pisaria na Estação Kunlun seria pelo menos daqui a dois anos.

O piso e o corredor já estavam repletos de caixas de vários tamanhos. Estas eram as necessidades diárias que Tang Yue tinha terminado de empacotar. Incluía comida, remédios e água potável.

Todas as coisas foram colocadas em prateleiras de acordo com seu tipo com uma lista de inventário engessada em cada caixa. Os recursos materiais na estação eram suficientes para que uma equipe do seis-homens sobreviva por um pouco mais de seis meses.

Apenas ter esses itens era naturalmente insuficiente. O transporte de carga não tripulado destinado a reabastecer a próxima rodada de projetos científicos já havia sido lançado via transferência Hohmann.

O ônibus de carga partiu um ano antes do transporte tripulado, e carregava recursos materiais que poderiam sustentar toda uma equipe científica por seis meses.

Tang Yue fez um inventário das caixas no chão enquanto os itens perto da parede eram coisas que ele se preparava para levar junto com ele para o transporte. Afinal, seu retorno à Terra levaria vários meses.

O Sol foi rapidamente se estabelecendo como a pequena bola de fogo pendurado acima do horizonte do deserto. Foi outro dia sem vento e sem areia. O Sol em Marte parecia um pouco menor do que na Terra, e o céu já tinha escurecido. Era como um veludo azul escuro que encobriu á terra.

Tang Yue ficou subitamente surpreso ao dar dois passos à frente, alargando lentamente os olhos.

“Tom Cat.”

“Sim?”

"A Terra não deveria estar no céu ocidental?" Tang Yue perguntou.

"Está certo. Deve estar no oeste e parecerá muito bonita. Será a estrela mais brilhante que você poderá ver. Vai parecer Vênus da Terra", respondeu Tom Cat. "Se o tempo estiver bom, e sua visão for boa o suficiente, você pode até ser capaz de ver a Lua."

"Então... Venha e dê uma olhada."

O Tom Cat se virou enquanto avançava pesadamente em meio a sons mecânicos. Ele traçou a direção para a qual Tang Yue estava apontando antes e seus olhos de gato encolherem violentamente.

"Puta merda, para onde foi a Terra?"

11 de agosto de 2052.

Hora de Pequim: 15:22:13.

Horário Universal Coordenado 07:22:13.

Um fluxo de partículas de 200.000 quilômetros rasgou o plano elíptico do Sistema Solar à velocidade da luz com um ângulo de 5° 12′ 22". Em 0.0009 segundos, o terceiro planeta do sistema solar tinha sido vaporizado.

Por Morninglory | 09/11/20 às 20:52 | Ação, Romance, Chinesa, Drama, Comédia, Ficção Cientifica, Tragédia, Horror, Chinês, Sci-fi, Inteligência Artificial, Colonização de Marte