CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 53 - A luz do Luar tange mais longe do que se imagina

Deus Imperador dos Taos (DIT)

Capítulo 53 - A luz do Luar tange mais longe do que se imagina

Autor: General Xin

Lianjie estava com o olhar fixo sobre Shi Xue. Ela era simplesmente linda! Ele já havia visto algumas garotas muito belas pela escola, mas nenhuma se equiparava à Shi Xue. Sem se conter, ele decidiu perguntar: “Como é possível?”

“Como é possível o que?” Shi Xue estava com as duas mãos sobre a cintura, encarando Lianjie de cima enquanto ele ainda estava de quatro no chão.

“Você sabe… Você se transformar em uma garota…” Respondeu Lianjie levemente corado.

“Eu sou uma garota… Você queria que eu me transformasse no que? Em um homem barbudo?” Respondeu Shi Xue, soltando um leve ‘humph’ em seguida.

“Assim tá ótimo.” Lianjie murmurou para si mesmo. Logo após isso, ele se levantou, retirou a terra de suas roupas e falou: “Mas criaturas divinas só podem alterar a aparência no estágio profundo! Sua aura é do estágio elementar… Como pode?”

“Eu não sou uma criatura divina! Eu sou como você, uma híbrida. Meu pai era humano e minha mãe uma serpente celestial.” Shi Xue encarou o céu por um instante e acrescentou: “Dã!”

Lianjie quase caíu para trás. Ele era, além de bonita, extremamente fofa!

“Mas você se transformou diretamente em uma adolescente! Não era para você começar como um ser normal? Como um bebê?” Perguntou Lianjie.

“Serpentes celestiais atingem a adolescência aos sete meses e se tornam adultas aos oito anos. Como eu tenho sangue de serpente celestial, essas regras se aplicam à mim também. O caso é que, para eu compreender meu lado humano, eu necessitava atingir o estágio elementar!” Respondeu Shi Xue.

“Entendi… Você não se parece nada com a sua mãe!” Respondeu Lianjie. Enquanto ele encarava Shi Xue e analisava seus traços, ele estava com uma expressão estranha.

“Chang’e!” Gritou Thadra.

“O que?” Perguntou Lianjie, sem entender nada.

“Chang’e, ela é parecida com Chang’e! Se não fosse pelo tom de cabelo e a cor dos olhos… Ela é igualzinha a Chang’e!” Thadra estava eufórico.

“Quem é Chang’e?” Lianjie arqueou a sobrancelha.

“A Deusa das Luas! Chang’e! Pergunte sobre ela!” Thadra estava fora de si.

“Shi Xue… Você já ouviu falar de Chang’e?” Perguntou Lianjie.

Shi Xue gargalhou alto e respondeu: “Eu sabia que ele iria perguntar! Ela falou que ele iria perguntar! Sim, Chang’e é minha mestra.”

“Então isso tudo foi obra dela…” Falou Thadra.

“Ele? Ele quem?” Lianjie tentou se fazer de sonso.

“Não se faça de bobo! Você sabe do que eu falo! De Thadra!” Respondeu Shi Xue com um sorriso orgulhoso.

Lianjie suspirou profundamente e balançou a cabeça. Em seguida falou: “Não conte pra ninguém. Ouviu?”

“Não precisa me dizer. Desde que estive dentro daquele ovo até minha mãe me dar a você, minha mestra sempre esteve comigo. Ela sempre falava comigo através do meu espírito e da minha mente. Você ter encontrado com Thadra não foi destino, foi obra dela.” Respondeu Shi Xue.

“Como assim?” Lianjie perguntou. Dentro dele, Thadra estava confuso.

“No dia em que Thadra foi banido para cá, minha mestra havia ido visitá-lo para desejar boa sorte. Ela acabou vendo todo o ocorrido… Por bilhões de anos ela esteve atrás dele. Até que o encontrou neste mundo, há três mil anos. Porém ela não podia descer e se envolver diretamente, pois o deus inimigo de Thadra adquiriu o terceiro olho do pai de Thadra e passou a monitorar outros deuses. Desta forma, ela decidiu que criaria alguém capaz de salvá-lo. Sabendo que sua alma estava fraca, caso ele se unisse a alguém mau, esse alguém poderia se aproveitar da situação e acabar apagando sua existência. Então ela decidiu cultivar o espírito e o coração de uma família que já era, na sua essência, boa e iluminada: os Yu. A partir daí, a maioria dos acontecimentos tiveram o dedo dela, até o ponto de você encontrar minha mãe. Depois disso, ela descansou… Afinal, foram bilhões de anos em busca do amor dela. Você, Lianjie, foi o ápice do sucesso dela.” Explicou Shi Xue.

"Terceiro olho de meu pai? Então ele está morto... Eu temia isso..." Sussurrou Thadra. A notícia tanto de seu pai quanto de Chang'e caiu como uma bomba.

“Amor dela?” Lianjie arregalou os olhos e continuou: “Minha existência e tudo até aqui não teve nada a ver com destino? Eu e minha família fomos meros experimentos!”

“Não! Isso não é verdade! Vocês sempre possuíram autonomia, somente eram guiados por ela! Ela sempre, de alguma forma, mostrava o caminho correto para a sua família. E eles nunca desapontaram. Você pode dizer que, na verdade, o experimento fui eu.” Shi Xue respondeu.

“Como foi você?” Lianjie estava um pouco abalado, mas mais tranquilo pelas palavras de Shi Xue. Ele finalmente entendeu o potencial que os deuses têm para mexer com o destino.

“Meu nascimento foi planejado, assim como o amor de minha mãe e meu pai. O motivo eu não sei, mas… Foi.” Shi Xue respondeu em um tom um pouco triste.

Foi então que Lianjie pôde perceber que, dentro dele, Thadra chorava.

“Por que você está chorando? Quem era Chang’e?” Perguntou Lianjie.

“Ela é o amor de minha vida, garoto… O amor de minha vida… Jamais esperava que ela fosse capaz disso.” Respondeu Thadra. Era a primeira vez que Lianjie o via neste estado. Ele jamais imaginaria que um deus era capaz de chorar assim: como uma criança.

“Se vocês se amavam, por que ela não faria?” Perguntou Lianjie.

“Eu abri mão de me confessar, pois um grande irmão havia se apaixonado por ela. Agora, em meu estado atual e sabendo do sentimento dela, eu me arrependo amargamente…” Respondeu Thadra, enquanto fungava.

Lianjie não era muito bom para consolar as pessoas, mas respirou fundo e disse: “Quando nos tornarmos deuses e eu achar uma forma de te libertar de mim… Você poderá viver novos amores! Não fique triste!”

“Garoto… Deuses costumam só amar uma vez e é para sempre… Se eu soubesse que ela havia me escolhido… Eu… Eu…” Thadra voltou a chorar.

“Isso é um pouco cruel…” Lianjie respondeu.

“As coisas são como devem ser, garoto… Mesmo que, um dia, você seja capaz de nos dividir… Ela já terá morrido até lá… Fico feliz de, pelo menos, saber que a mulher que amei também me amou.” Thadra respondeu, sua face era um misto de lágrimas e sorriso. Ele então acrescentou: “Essa será a única vez que você me verá chorando, garoto.” Enquanto secava as lágrimas.

“Nem que nós tenhamos que criá-la. Eu prometo que você a verá novamente!” Lianjie respondeu de forma decidida.

Thadra riu gentilmente e agradeceu.

“Nós estamos juntos nessa! Conte comigo!” Exclamou Lianjie, com um enorme sorriso em seu rosto.

Depois disso, ele voltou seu olhar à Shi Xue e falou: “Você não possui mais contato com sua mestra? Eu tenho muitas perguntas!”

Shi Xue franziu a sobrancelha e gargalhou. Em seguida respondeu: “Você não ouviu o que eu disse? Ela descansou! D-E-S-C-A-N-S-O-U. Não é porque você deseja falar com ela que ela voltará."

"Isso lá são horas de descansar! Eu preciso falar com ela!" Respondeu Lianjie, decidido.

"Querer não é poder. Eu não sei onde ela está. Na hora certa talvez nos encontremos novamente." 

"Mas eu-..." Antes que Lianjie pudesse terminar de falar, a pequena e quente mão de Shi Xue tapou sua boca.

"Se for do destino que nós a encontremos novamente, assim será!" Exclamou Shi Xue. Em seguida, ela olhou fixamente para Lianjie e lhe deu um sorriso gentil.

"Destino? Você quer falar de destino em uma hora como est... Ah! Foda-se!" Lianjie se aprontou para responder, mas vendo, a expressão da garota, as palavras não saíam da sua boca. Assim, ele simplesmente bufou.

"Você tem outras coisas para se preocupar agora. Como por exemplo: euzinha. Como você fará para me esconder na escola?" Shi Xue perguntou.

Lianjie não havia pensado nisso. Ele deu um passo para trás e respondeu: "É mesmo!" Começou a andar em círculos. Passados alguns minutos, ergueu sua mão e seu dado indicador em riste: "Já sei!" Falou.

"Diga." Shi Xue cruzou os braços.

"Você vai ficar aqui escondida até o próximo ano. Quando os exames de admissão começarem, você irá participar e irá ingressar na escola! Até lá você treinará comigo. Você sabe o que são armas?" Falou Lianjie.

"Sim, seu idiota. Minha mestra me deixou de herança conhecimento e uma técnica de cultivo." Respondeu Shi Xue, um pouco brava.

"Ótimo! Amanhã começaremos!" Lianjie cerrou o punho direito e bateu-o contra sua palma esquerda.

Por General Xin | 08/01/18 às 02:27 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Sobrenatural, Xianxia, Romance, Brasileira, Magia, Poder, Maduro, Drama