CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 79 - Torneio de Jovens Talentos (Parte 16)

Deus Imperador dos Taos (DIT)

Capítulo 79 - Torneio de Jovens Talentos (Parte 16)

Autor: General Xin

“Lianjie, eu e você! Sem armas, só punhos! Você se atreve?” Falou um dos jovens. Suas feições eram como as de um maníaco.

“Por que não?” Respondeu Lianjie.

Pfuu!

A guan dao de Lianjie foi engolida pelo seu anel espacial. Logo depois, as mãos de Lianjie produziram uma intensa aura vermelha. Elas agora emanavam um ar sinistro. Com o dedo indicador da mão direita envolto em chamas, Lianjie escreveu no ar: “venha”.

Seu oponente pisou forte no chão e sumiu enquanto se projetava para frente. Uma velocidade impressionante.

Em um piscar de olhos ele estava na frente de Lianjie. Seus braços dobraram em um arco enquanto ele desferia um poderoso cruzado repleto de chi. Uma densa camada branca cobria seus punhos.

Bang!

Os punhos de ambos colidiram!

Creck!

No momento em que a mão do garoto se chocou contra a mão de Lianjie, seus ossos se entortaram e quebraram em diversos pedaços. Além disso, ele havia sido forçado a recuar cinco passos.

“Ah! Ah! Minha mão!” O garoto ergueu seu braço na altura de seus olhos e encarou o lastimável estado de sua mão esquerda. Ela parecia ser feita de plástico, pois estava mole e flexível.

“Bons sonhos!” Disse Lianjie em um tom absolutamente sombrio. Sua figura se aproximou absurdamente rápido e ele desferiu um soco contra a parte superior da cabeça de seu oponente.

Thump!

O rosto do garoto beijou o chão e penetrou nele. Ele estava com a cabeça enterrada sob o piso da arena e inconsciente. Lianjie ergueu-o, retirou sua insígnia e arremessou-o em direção a borda da arena. A luz verde do broche brilhou indicando o fim para este competidor.

“Perder pelas suas mãos… Eu devia era arrancar elas de você.” Murmurou Lianjie. Ele encarava o participante inconsciente com desdém. De repente, seu olhar mudou para Yuanjia.

“Yuanjia, pára de brincar! Vamos de uma vez!” Gritou Lianjie para Yuanjia.

“Sim, irmão Lianjie!” Respondeu ele.

“Arrogante!” Respondeu o adversário. Ele utilizava uma espada razoavelmente longa, fina e absurdamente flexível. Se você a brandisse, a lâmina nunca ficava reta.

Yuanjia soltou um ‘humph!’ em desdém e pisou firme no chão. Em seguida, respirou um bocado de ar frio e soltou-o de uma vez só. Seus lábios se curvaram em um arco, proferindo algumas palavras em seguida.

“Estilo Huo da Miríade de Armas… Sabre Intangível!” Disse Yuanjia, calmamente.

Essa era a primeira vez na qual Yuanjia demonstrava seu próprio estilo. Durante todos os meses em que esteve na Escola dos Ventos Cortantes, ele havia se dedicado ao estudo profundo das artes do sabre, lança, arco, espada e bastão. Após inúmeras lutas contra Yan e Lianjie, ele havia ganho insights e conhecimento suficiente para criar seu próprio estilo. Desde então, se focou ainda mais nisso e manteve este segredo guardado até mesmo de seus amigos. Contudo, hoje era o dia em que o mundo testemunharia o nascimento de um dos estilos mais nefastos e misteriosos de todos: o seu.

A espada de seu adversário perfurou através do ar.

Yuanjia, calmo como a brisa e imponente como uma montanha, arrastou seu pé esquerdo quarenta e cinco graus para a esquerda, abrindo sua postura. Em seguida, virou seu corpo para a direta e o golpe passou por ele. Embora tivesse se esquivado por pouco, a sensação dos espectadores era de que aquele golpe jamais o acertaria.

Whoosh.

Seu sabre desceu na vertical e o garoto tentou defender.

Clang. Clang.

Estranhamente, embora todos tivessem visto um golpe, o som produzido havia sido de dois deles!

Com a atenção estrita ao sabre. Yuanjia continuou.

Seu sabre cortava nas diagonais, na horizontal e na vertical. Seus movimentos do braço eram extremamente lentos, como se ele estivesse quase parando. Ainda assim, cortes surgiam no corpo de seu oponente antes mesmo que seu sabre o atingisse.

Terror estampava a face do garoto que ousou desafiar Yuanjia.

Ele balançou sua espada e tentou atacar novamente Yuanjia realizando uma estocada.

Ting.

Os espectadores observavam à cena em choque. Yuanjia havia passado o sabre por entre a lâmina da espada do garoto, dividindo-a em duas!

“C-c-c-como?” Disse o garoto.

“Assim!” Yuanjia desceu seu sabre outra vez. Apesar de ter feito um corte, diversos apareceram sobre o corpo do garoto. Sobre uma chuva intensa de cortes quase invisíveis e indefensáveis ele declarou derrota, entregou a insígnia e deixou a arena. Afinal, insistir em uma luta contra Yuanjia era tolice.

Yuanjia era realmente brutal! A disparidade entre as técnicas era simplesmente assombrosa! Os espectadores encaravam Yuanjia como se este fosse um deus das armas.

Sua figura sobre a arena radiava uma luz misteriosa. Com seu sabre em mãos ele aparentava ser invencível, inabalável, sem precedentes!

Os outros competidores o olhavam com preocupação. Já Lianjie estava com seu coração exalando tranquilidade, pois Yuanjia era seu irmão, seu aliado. Alguém que no campo de batalha lutaria ao seu lado; que durante as tribulações da vida, certamente lhe estenderia a mão.

Testemunhas do crescente risco que Lianjie e Yuanjia proporcionavam a eles, diversos competidores orquestravam planos para atacá-los em equipe.

Tudo em vão. Juntos, a dupla que mais tarde ganhou o título de Demônios Gêmeos massacrou setenta e cinco alunos. Yuanjia trinta e oito, Lianjie trinta e sete. Eles acumulavam insígnias como a família Yang acumulava riqueza.

Vinte e cinco minutos passaram despercebidos, pois naquela caótica arena o foco era crucial. Pouco mais de quarenta alunos haviam sobrado.

Três alunos correram na direção de Yuanjia e Lianjie, seu rostos eram idênticos, assim como sua altura, cabelo e porte físico. Eles se chamavam Chou Tianjin, Tianfen e Tianshou. Eram  trigêmeos.

Chou Tianjin era um imortal adepto ao uso do arco; Tianfen utilizava um bastão dourado e possuía uma abrangente lista de habilidades de curta, média e longa distância; Tianshou utilizava os punhos como arma principal.

Eram os olhos, as mãos e o espírito da geração jovem da família Chou. General Xin: Tianjin, olhos celestiais; Tianfen, espírito celestial; Tianshou, mãos celestiais.

Quando ambos perceberam a intenção dos trigêmeos, já era tarde demais…

Tianfen tomou a dianteira. Balançando seu bastão em círculos, uma aura verde surgiu do bastão. Logo após isso ele bateu-o contra o chão e densas árvores cercaram Yuanjia e Lianjie. Tianjin correu e pulou por cima do círculo de arvores, disparando flechas de ponta redonda que possuíam um estranho líquido negro e fétido dentro. No momento em que estas tocaram o chão, explodiram e espalharam o líquido ao redor dos pés dos garotos, impedindo-os de se mover. Tianshou foi o responsável por finalizar a cadeia de golpes. Suas mãos entraram em combustão, uma esfera de chamas surgiu entre elas e foi disparada na direção das árvores.

BOOM!

Um fogo selvagem se espalhou rapidamente. O líquido negro e fétido havia colado seus pés no chão.

Puf…

As chamas avançaram e tocaram o líquido negro. Neste momento Yuanjia e Lianjie descobriram o quão inflamável ele era. A partir do momento em que as chamas tocaram-no, elas mudaram de cor para um verde vívido e passaram a emitir um ar de corrosão.

Rapidamente Lianjie lembrou-se de que em seus livros alquímicos havia a descrição de um líquido similar. Um líquido viscoso e de coloração negra que era usado em reações alquímicas para corroer propriedades metálicas em excesso em algumas ervas. Era inflamável sob temperaturas muito altas, mas podia ser neutralizado por pó de Crina de Cavalo Branco.

Lianjie retirou de seu anel espacial um quilo da erva e Yuanjia transformou-a em pó com a sua espada. Em seguida ativou seu domínio e o pó se espalhou pelas chamas, mudando sua cor para o vermelho novamente e, ulteriormente, extinguindo-a.

“Seu burro, ele é um alquimista!” Esbravejou Tianfen.

“Como eu iria saber?” Respondeu Tianjin.

“Esqueçam isso… Olhem, eles escaparam da armadilha… Vamos ter que lutar...” A voz de Tianshou parecia preocupada.

Tianshou gesticulou para seus irmãos e, desta vez, ele tomou a frente. Contudo, antes que pudessem se aproximar de ambos. Uma criatura feita de nankin os atacou. Era um desenho ancestral de uma galinha. Entretanto, ela era extremamente mau desenhada.

Có có.

“Três contra dois? Que tal três contra três! Yu Lianjie e Huo Yuanjia, se importam se este humilde cultivador ingressar nesta luta ao seu lado?” Disse um rapaz um pouco acima do peso e baixinho. De pálpebras inchadas e olhos esticados, era difícil você descobrir se ele estava dormindo ou acordado. Com diversas cabaças presas a sua cintura, por onde ele passava um rastro de nankin ficava para trás.

Imediatamente Lianjie se lembrou desta peculiar figura: Mi Zhongxuan.

“Zhongxuan, não se meta onde não foi chamado!” Disse Tianjin.

“É, cai fora e nós deixamos essa passar.” De braços cruzados, Tianfen respondeu com desdém.

“Eu vou lhe dar o tempo de dez respirações para sumir da nossa frente!” Rugiu Tianshou, com seu punho em riste.

“Ora, ora… Eu também iria dizer o mesmo. Vocês tem o tempo de dez respirações para entregarem suas insígnias e deixarem esta arena.” Respondeu Zhongxuan. Ele gargalhou em seguida e levou seu dedo indicador a uma das suas narinas.

“Suma!” Tianshou cerrou os dentes e avançou. Com suas mãos em combustão ele tentou acertar Zhongxuan, mas sem sucesso. O garoto gordinho desviou graciosamente para o lado e pintou alguns ideogramas nas suas pernas. Em seguida, golpeou-lhe o rosto com seu pincel, pintando-o completamente de preto e derrubando-o.

Quando Tianshou levantou-se, percebeu que suas pernas se moviam ao contrário do que ele comandava. Vendo-o se embaralhar e sequer ser capaz de dar dez passos sem cair, Yuanjia, Lianjie e Zhongxuan gargalharam alto.

“Oculta Arte do Pintor Místico: Caligrafia Reversa.” Disse Zhongxuan. Após isso, mexeu seu pincel rapidamente e inúmeros ideogramas voaram em direção aos trigêmeos. Antes que estes pudessem fugir, a galinha bloqueou seu caminho. Zhongxuan abriu um sorriso frio e pronunciou: “Oculta Arte do Pintor Místico: Explosão das Palavras.”

BOOOM!

Os ideogramas pintados sobre os corpos de Tianfen, Tianjin e Tianshou explodiram em sincronia. No momento seguinte seus corpos estavam pretos de foligem e eles estavam desacordados. Zhongxuan coletou as insígnias, reteu uma e concedeu duas para Yuanjia e Lianjie.

“Prazer, eu me chamo Mi Zhongxuan.” Disse o garoto sorridente. Em um esforço descomunal ele tentou abrir mais seus olhos, o que acabou deixando sua expressão bizarra, pois os músculos de sua face estavam fazendo um terrível esforço.

“Huo Yuanjia.”

“Yu Lianjie. O sentimento é recíproco.” Lianjie e Yuanjia saudaram Zhongxuan.

“Atrás de vocês!” Disse Zhongxuan.

Quando Lianjie e Yuanjia se viraram, Situ Fenfu, e mais doze alunos corriam na sua direção. Imediatamente Zhongxuan desenhou sobre o chão símbolos e palavras.

“Esta é minha formação de defesa. Temos aproximadamente quarenta e cinco segundos até o tempo acabar. Ela se romperá em trinta e seis segundos. Teremos que aguentar firme.” Zhongxuan explicou. Após terminar de desenhar a formação, ele realizou gestos de mão e um se ergueu, protegendo-os.

Boom! Boom! Boom! Boom!

Os demais competidores começaram a golpear a barreira. Alguns poucos decidiram se aproveitar do alvoroço pelas insígnias de Lianjie e Yuanjia para pegar competidores desprevenidos. Foi o caso de Pang Qimu, Tang Hanfeng, Shao Shuang e Dong Feichang.

Crack. Crack.

Quinze segundos haviam-se passado e o domo já apresentava rachaduras.

Crack. Crack. Crack. Crack.

Trinta segundos e o domo estava quase ruindo. Neste momento Lianjie sorriu. Ele sabia o que fazer.

“Yuanjia, pegue todas as insígnias que conseguir e me proteja.” Disse Lianjie.

“Sim, irmão Lianjie.” Respondeu Yuanjia. Ele se pôs em posição de batalha e uma afiada intenção emanou de seu sabre. Como se ele estivesse a um passo de adquirir vida e dilacerar todos os outros competidores.

Lianjie ativou seu domínio de vento nos limites máximos. Correntes de ar diversas convergiam no ponto em que ele se encontrava e com elas vinham nuvens. Estas nuvens colidiam entre si, se absorviam e, pouco a pouco, ficavam carregadas e escuras.

Schiii. Schiii.

Sua alabarda brilhou em dourado e relâmpagos cobriram sua lâmina. Lianjie decidiu fazer um experimento: utilizar o poder de Chunbing! Lentamente os relâmpagos envoltos a arma adquiriram uma coloração diferente, mudando do dourado para o azul.

Lianjie ergueu sua alabarda e disparou o relâmpago contra as nuvens. Diferente da última vez, no momento em que o relâmpago entrou na área das nuvens elas não só ficaram negras, mas como também emitiam luzes sinistras na mesma cor do relâmpago de Chunbing.

Crack. Crack.

BOOM!

O domo veio abaixo e os competidores avançaram. Lianjie desceu sua mão e as nuvens se abriram em um vórtex. Deste vórtex emergiu um dragão azul.

“Sumam!” Gritou Lianjie e direcionando o dragão para a multidão de competidores. Situ Fenfu e alguns poucos competidores fitaram o dragão e tentaram fugir. Contudo, era tarde demais. Sendo assim, decidiram voltar todos os seus esforços na defesa desta poderosa técnica.

Quarenta segundos.

BOOOOOOOOOOOOM!

O dragão de Lianjie desceu sobre a arena e explodiu. O impacto foi tão grande que os alunos que foram atingidos pelo golpe tiveram seus broches ativados na hora. Além de terem sido arremessados como bonecos contra as paredes da formação da arena, caindo inconscientes.

Não havia mais ninguém a frente de Zhongxuan, Lianjie e Yuanjia. Como se fossem sujeira, Lianjie varreu-os para longe.

“Haha! Eu disse que ele iria ganhar! Passa pra cá as dez moedas!” Gritou Yan contente.

Quarenta e cinco segundos!

Antes que Yuanjia pudesse recolher as insígnias, o juiz subiu na arena declarando o final desta etapa. Durante a contagem, Yuanjia havia ficado em primeiro, Lianjie em segundo e Situ Fenfu em terceiro.

Pang Qimu, Mi Zhongxuan, Shao Shuang, Tang Hanfeng e Dong Feichang seguiram para a próxima etapa também.

Sem conseguir se mexer direito, Lianjie pediu a ajuda de Yuanjia, mas solicitou que este fosse discreto. Afinal, revelar a fraqueza deste seu poderoso golpe era inviabilizar qualquer uso seu no futuro.

E assim Lianjie e Yuanjia adentraram nas oitavas de final.


Se tiverem condições, doem. Assim posso financiar ilustrações dos demais personagens da novel e poderei postar uma quantidade de capítulos maior. O botão de apadrinhar vocês já conhecem.
Qualquer valor será bem vindo.
Outra coisa, o grupo de Lianjie está perto de ter sua formação original concluída. Podem esperar que o próximo arco será de guerra e caos em Changfeng.
Hasta la vista, bros (e baby para elas). 

Por fim, votem na index da novel, nos capítulos (se agradaram vocês) e comentem. É bom para subir a rate da novel e fazê-la mais popular. Também fiquem atentos nos meus novos projetos: Doulou Dalu 2.5 e Peerless Red Fairy (coloquei o título em inglês porque soa melhor que português).

Por General Xin | 19/02/18 às 03:13 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Sobrenatural, Xianxia, Romance, Brasileira, Magia, Poder, Maduro, Drama