CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 97 - Desequilíbrio

Deus Imperador dos Taos (DIT)

Capítulo 97 - Desequilíbrio

Autor: General Xin

Ao lado de um enorme lobo negro com olhos vermelhos, um sujeito de olhos redondos, cuja esclera, assim como a íris, era totalmente preta, observava o campo de batalha de cima de uma torre.

Massas e mais massas de soldados passavam sob a torre enquanto ele analisava toda a situação que se desenrolava no local. De repente, um franzino jovem vestindo um chapéu cúbico parou ao seu lado. Ofegante, levou as mãos ao joelho e, com dificuldade, informou: “General Like… A asa direita de nosso exército… Ela está sendo contida e massacrada por um pequeno exército comandado por um velho!”

“Um velho?! Eu esperava mais de vocês… Passe minhas ordens adiante: o exército central deve ceder vinte mil homens para a asa direita, a asa esquerda deve ceder doze mil homens para o exército central.” Like então virou o rosto e seguiu estudando os fluxos do conflito.

“Sim, senhor!” Disse o jovem homem. Em seguida, saiu correndo para repassar as ordens.

Balançando seu grande martelo Jinglian, executava um por um de seus inimigos.

“Ha!” Com sua arma revestida por rochas, destroçou a cabeça de um soldado. Seu rosto fora tingido de vermelho.

“Seu velho filho da puta! Eu vou acabar com você!” Um rapaz de armadura negra e reluzente gritou enquanto apontava sua espada para Jinglian. A julgar pelos seus equipamentos, era um comandante.

“Hahaha! Se seus pais não te deram educação, este avô irá lhe dar. Pela última vez.” Jinglian passou a mão pela cabeça de seu martelo e nele surgiu a palavra educação. General Xin: 教育

“Pai, eu estou prestes a lhe dar uma cabeça de presente!” Disse o rapaz. Com um sorriso nos lábios, avançou.

Jinglian levou as mãos ao chão e diversos braços de pedra surgiram do chão em direção ao jovem homem.

Sem muitas dificuldades, ele acabou cortando todos os punhos. Após isso, parou e lançou um corte vertical que produziu um arco de eletricidade. Jinglian ergueu uma parede e se defendeu a tempo. Contudo, a explosão arremessou-o para longe.

Imediatamente após se levantar, seis homens o atacaram.

Jinglian então ergueu seu martelo e golpeou o chão, criando diversas estalagmites que perfuraram os corpos dos inimigos que rodeavam-no.

“Você quer dar uma cabeça de presente? Aqui tem seis!” Respondeu Jinglian enquanto gargalhava. Utilizando seus braços de pedra, arremessou os seis homens contra seu jovem inimigo.

Mordendo forte e apertando a espada com uma anormal fúria, o garoto realizou mais uma ofensiva. Seus pés foram envolvidos em eletricidade e em sete passos ele surgiu à frente de Jinglian.

Vendo a ponta da lâmina se aproximar, um dos braços de pedra esticou-se e pegou um soldado inimigo, trazendo-o para sua frente.

Schk!

“Coman… dante… Tong… xiao…” Tendo o coração perfurado, o soldado pereceu pela espada do rapaz. Jinglian gargalhou.

“Tongxiao? Muito obrigado por nos ajudar. Informarei meu comandante que ganhamos um novo soldado.” Disse Jinglian de forma irônica.

“Seu desgraçado!” Tongxiao removeu a espada do soldado e ergueu-a. Um relâmpago então desceu sobre a espada, sendo absorvido por ela. Com uma expressão sinistra, Tongxiao gritou furiosamente: “Eu vou erradicar você! Disseram que você se chama Jinglian, o golem, mas para mim isto pouco importa, pois você é um homem morto!”

Uma aura azulada explodiu e cobriu a espada de Tongxiao. Em seguida, ele desceu-a, produzindo uma grande onda de energia repleta de eletricidade.

Antes que o ataque o atingisse, Jinglian ergueu um paifang. Após isso, a terra começou a cobrí-lo e transformá-lo. Em um piscar de olhos Jinglian havia se transformado em um gigante de rochas. Sua arma, outrora grande em comparação ao seu corpo, agora parecia um pequeno martelo.

“Cale a boca, garoto.” Respondeu Jinglian.

Pisando forte no chão, enormes presas de pedra emergiram do solo sob os pés de Tongxiao.

Relâmpagos fugiam da sola de seus sapatos e ele rapidamente pôs-se a desviar de todas as estalagmites de Jinglian.

Correndo na direção do golem, Tongxiao começou a acumular energia em sua espada. De repente, uma estalagmite surgiu a sua frente. Convencido, decidiu pular por cima desta. Contudo, inesperadamente, a ponta da estalagmite se transformou em uma mão que agarrou seu calcanhar levando-o ao chão.

Sorrindo satisfeito, o golem Jinglian colocou as mãos sobre o chão e as enormes presas de pedra às costas de Tongxiao se fundiram e se transformaram em um colossal braço rochoso.

Fechando o punho, o braço desceu sobre o rapaz que estava no chão.

Boom!

O chão ao redor tremeu violentamente e uma cratera havia se criado em razão do golpe. Imediatamente após golpeá-lo, o braço rochoso se despedaçou e ruiu, revelando o que um dia havia sido Tongxiao.

Jinglian esticou seu braço e duas mãos de pedra similares às humanas surgiram. Uma agarrou a espada do garoto e a outra arrancou a cabeça do mesmo, depositando ambos os itens na palma do golem.

“Sorte grande, uma boa espada! Isso vai render um bom dinheiro para o meu neto.”  A espada então foi absorvida pelo anel espacial de Jinglian. Em seguida, prendeu a cabeça à sua cintura amarrando os cabelos e correu na direção de uma multidão de soldados.

Inesperadamente, uma trombeta ressoou. Após ela, uma infinidade de inimigos começaram a surgir. Eram os soldados do exército central e da asa esquerda.

Jinglian imediatamente desfez seu corpo golem e sorriu. Virando-se para seus homens, gritou: “Ha! Como esperado! Homens, hora de recuar!”

Assoviando, chamou seu corcel e montou-o. Cavalgando de maneira veloz, abriu caminho para seus homens deixarem o campo de batalha.

Com o martelo empunhado e cabelos grisalhos esvoaçantes, a figura de Jinglian provocava um anormal aumento na moral dos soldados rebeldes no flanco esquerdo.

“Yingjing!” Chamou o idoso.

“Senhor!” Respondeu Yingjing, aproximando seu cavalo ao lado do de Jinglian.

“Está vendo aquele homem ao lado do lobo negro no alto daquela torre?” Jinglian sorriu maleficamente.

“Sim, senhor. O que devo fazer?” Perguntou o soldado.

“Arremesse isso lá.” Jinglian entregou-lhe a cabeça de Tongxiao. Em sua testa, a palavra educação estava talhada. Além disso, os olhos e língua haviam sido removidos.

Yingjing arregalou os olhos em surpresa. Em seguida, perfurou a cabeça com uma longa lança de ferro maciço e arremessou contra a torre onde Like se encontrava.

“Like, até quando este conflito irá durar?” Disse uma mulher de rosto arredondado pelo seu peso, cabelos dourados e olhos negros enquanto puxava as mangas de Like. Ela vestia nobres trajes cor de rosa com o desenho de diversas flores coloridas.

“Renhou, quieta!” Incisivo, Like cruzou os braços e virou o rosto.

“Como você pode ser tão frio! É nosso menino! Você enviou para os campos de batalha o nosso menino!” Caindo de joelhos, Renhou suplicava para que Like trouxesse seu filho de volta.

“A guerra corre nas veias dos homens. Ele deve seguir minha trajetória se quiser ser um imortal de resp-...” O som de passando ao lado de seu rosto e penetrando na parede interrompeu-o.

Sua esposa, que estava de joelhos, viu a lança passando sobre sua cabeça. Virando-se rapidamente para trás, enxergou algo preso à lança.

“L-L-Like… Olhe…” Apontou Renhou. Em seguida, completou: “Uma c-cabeça!”

Like caminhou até a lança e utilizou uma das mãos para remover os cabelos negros que cobriam o rosto daquela cabeça.

“Tongxiao? Meu filho Tongxiao? MEU FILHO ESTÁ MORTO? IMPOSSÍVEL!” Gritou Like, recuando dois passos.

Renhou arregalou os olhos e levou uma das mãos sobre a boca em espanto. Imediatamente correu até a cabeça e fez o mesmo que seu marido.

Indubitavelmente: era seu filho.

A dor que recaiu sobre ela foi tão grande que produziu um urro similar ao de um animal em extremo sofrimento. Logo depois, desmaiou.

Like retirou a cabeça da lança e observou pela última vez a face de seu filho. Sem olhos, não poderia ver o caminho para o reencarne; sem língua, não poderia dizer quem é. Quem matou seu filho condenou-o ao sofrimento eterno. Ademais, a palavra escrita em sua testa indicava que ele havia ganho uma lição. Ou será que a lição não era para Tongxiao, mas sim para Like?

Tomado por uma incontrolável fúria, gritou tão alto que não houve um soldado sequer incapaz de escutá-lo.

De longe, no topo de uma colina, um homem de aparência bruta assistia a todo embate enquanto bebia diversas garrafas de vinho. Ao ouvir o grito de Like, seus lábios curvaram-se em satisfação.

De olho na torre onde este se encontrava, percebeu um intenso brilho e algo ascendendo e caindo no campo de batalha em seguida.

“Oh!” Disse o homem, pegando seu vinho e bebendo-o no gargalo.

“O que houve?” Disse uma idosa de longos cabelos brancos sentada sobre um cajado.

“Jinglian conseguiu, ele matou o filho de Like! Prepare a formação, vamos matá-los e tomar Yinkuang!” Disse o homem.

“As suas ordens, meu senhor, Zhanluan.” Respondeu a senhora. Afundando no solo, ela sumiu sem deixar vestígios.

No centro do conflito, Like balançava sua espada criando uma intensa e sangrenta carnificina. Tomado pela raiva e sem raciocinar, matava inimigos e aliados sem se importar.

Sofrendo com inúmeros sentimentos presentes em seu coração, Like ria, chorava e gritava em sequências aleatórias. Ele está absolutamente insano.

“General Like, o que está faz… Agh!” Cortado ao meio por Like, um soldado aliado teve a fala interrompida.

“Você matou meu filho?” Disse Like enquanto chorava lágrimas de sangue.

“General!” Gritou outro soldado, antes de ter sua cabeça decepada.

“E você? Foi você que matou meu filho?” Like encarou a cabeça de seu aliado no chão.

“General, eu sei quem…” Like avançou e perfurou o estômago de outro soldado, um garoto. Mesmo assim, este útlimo tentou continuar: “Eu vi quem matou… seu… fi-filho…”

Like abriu os olhos e gritou: “QUEM FOI?”

“O… G-go… lem…” Respondeu o garoto. Apontando para o horizonte, onde estava o exército central rebelde, acrescentou: “Fugiu para… lá…”

Retirando sua espada do estômago do garoto, Like gritou e ordenou a centralização de todas suas tropas para realização de uma ofensiva brutal para exterminar de uma vez por todas os rebeldes.

Por General Xin | 02/04/18 às 23:04 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Sobrenatural, Xianxia, Romance, Brasileira, Magia, Poder, Maduro, Drama