CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 12 – Sobrepujada pelo Prazer

Dual Cultivation (DC)

Capítulo 12 – Sobrepujada pelo Prazer

Tradução: Blue Sparky | Revisão: Alluna Idle

As mãos sérias de Su Yang se aproximaram do traseiro da Anciã Lan com uma expressão calma em seu rosto, parecendo não estar afetado pela situação, como se ele estivesse acostumado a isso.

Um segundo depois, ele levantou o manto dela, revelando seu traseiro branco-nevado, uma roupa íntima de seda avermelhado, e suas pernas longas e macias.

Seus traseiros eram redondos, parecendo suave e altiva, como duas peças de pérolas lindas perto uma da outra. Mesmo na sua vida anterior, Su Yang não viu muitas donzelas com traseiros tão lindos e perfeitos como o da Anciã Lan.

Ele gentilmente acariciou como se fosse um tesouro frágil. No momento em que o dedo de Su Yang tocou a superfície da pele de jade da Anciã Lan, o corpo dela tremeu. Ele então empurrou todos os seus dez dedos profundamente em suas nádegas macias, enviando um choque de prazer pelo corpo dela.

“Ahhh~!” Anciã Lan, sem intenção, gemeu do repentino prazer no meio daquela imensa dor. Ela não estava de mente sã para prestar atenção no que Su Yang estava fazendo atrás dela, mas seja lá o que fosse, ela queria mais.

Su Yang continuou massageando suas nádegas, e a maneira que ele massageou fez parecer como se estivesse massageando um pão, cada movimento feito com uma precisão impecável.

A dor da Anciã Lan gradualmente foi subjugada, e o prazer rapidamente subjugou ela.

“Ahhh... mais... ahhh...” Seu corpo começou a sentir luxúria pela primeira vez e ela inconscientemente implorou por mais. Seus olhos negros piscaram como as estrelas no céu noturno, e um ponto escuro apareceu no meio da sua roupa intima vermelha entre suas pernas, gradualmente ficando maior e mais escuro.

Seus lábios inferiores de repente sentiram uma sensação de formigamento, e seu corpo começou a tremer ainda mais. A Anciã Lan sentiu medo e nervosismo; ela sabia que esse prazer logo consumiria seu corpo e alma, mas ela não disse para Su Yang parar.

“Al- Alguma coisa... alguma coisa está vindo...!” Ela de repente sentiu vontade de urinar.

Foi neste momento que Su Yang deslizou um dedo por baixo da sua roupa íntima, tocando a parte mais sensível de seu corpo – o clitóris.

No momento em que seu dedo tocou sua pequena joia rosada, a Anciã Lan sentiu que seu corpo foi atingido por um relâmpago, temporariamente apagando sua mente e corpo por um instante. E naquele instante, a represa bloqueando a água dentro de seu corpo foi liberada, causando uma inundação de água brilhante esguichando como uma fonte.

“Ahhhhh!” A Anciã Lan, pela primeira vez na sua vida, finalmente experienciou um orgasmo.Alluna: Mano… Estou sem palavras…

Su Yang retirou sua mão, a qual estava encharcada do suco virgem da Anciã Lan abaixo do manto dela e, casualmente, secou-o no próprio manto.

“Como o Yin dentro do seu corpo estava instável, a outra opção era fazer seu corpo liberá-lo.” Su Yang disse a Anciã Lan, que estava deitada no chão frio, seu corpo ainda estremecia com o rescaldo, e ele continuou: “Eu também vou te dar uma prescrição depois. Certifique-se de tomá-lo todo dia ou a dor vai retornar antes do seu próximo tratamento.”

“Haaa... haaa. Haaa...” Anciã Lan não respondeu ele; ela estava muito ocupada tentando respirar apropriadamente. O interior da sua mente estava caótico, era como se mil feras estivessem violentas dentro dela.

Su Yang não incomodou ela e foi lavar suas mãos. Depois, ele tirou uma caneta e papel e começou a escrever uma prescrição para ela.

No momento em que ele terminou, a Anciã Lan tinha acabado de se acalmar... mentalmente. Ela se impulsionou para fora do chão e olhou para Su Yang com intenção de matar, seu rosto vermelho beterraba como um tomate.

O tempo passou extremamente devagar neste momento; parecia que o tempo tinha parado para a Anciã Lan. Nunca na sua vida ela teria imaginado que seu corpo seria tocado dessa maneira por um mero discípulo do Pátio Externo. Apenas pensar sobre as expressões desavergonhadas que ela fez e o quão vulgar ela agiu durante o tratamento foi o suficiente para ela querer se matar. Além disso, o fato dela ter gostado imensamente só a fez sentir-se pior.

“Aqui está sua prescrição, não esqueça de levá-la..." Su Yang entregou um pedaço de papel para ela.

“...”

Vendo como a Anciã Lan estava sentada como uma estátua de pedra, Su Yang suspirou: “Não pense demais sobre isso; foi apenas tratamento para sua doença. Apenas aja como se nada tivesse acontecido...”

“... Agir como se nada tivesse acontecido...? Você acha que eu posso fazer algo assim?!” Anciã Lan subitamente gritou, fazendo Su Yang levantar uma sobrancelha.

“Meu corpo agora está sujo pelas suas mãos! Todos os esforços que tenho feito para manter a pureza agora é inútil! Sem mencionar que você é apenas um simples discípulo do Pátio Externo e eu sou um ancião da seita! Como você vai assumir a responsabilidade?!”

“Su- Sujo?” Su Yang de repente franziu as sobrancelhas: "Quão ingrata! Mesmo depois dos esforços que eu tive que fazer para salvar você da sua miséria! Você tem alguma ideia de quantas mulheres neste mundo morreriam para ter seu corpo tocado por mim? Hmph! Saia!” Ele bufou friamente, se sentindo irritado pela primeira vez desde seu renascimento.

A expressão da Anciã Lan congelou depois de ver o olhar frio no rosto normalmente calmo de Su Yang, e um sentimento de medo apareceu em seu coração.

“Eu... Eu...” Anciã Lan de repente mordeu os lábios. Ela então se forçou a se levantar e apesar de não ter força restantes em suas pernas, ela conseguiu sair pela porta... depois de estremecer e cair algumas vezes pelo caminho.

Depois que a Anciã Lan desapareceu da sua vista, Su Yang colapsou na cama com uma expressão exausta: “Realmente... uma mulher ingrata...” Ele sorriu amargamente antes de cair no sono, lentamente.

Por Blue Sparky | 13/11/20 às 10:06 | Artes Marciais, Harém, Adulto, Cultivo, +18