CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 1.5 - A Travessura da Deusa

Dungeon ni Deai o Motomeru no wa Machigatte Iru Darou ka (DanMachi)

Capítulo 1.5 - A Travessura da Deusa

Tradução: Hazel | Revisão: Dokohan | QC: ScryzZ



“Buaa”

“~”

Esquivando rapidamente das garras que chegavam, o ataque hostil não causou danos e passou rente aos meus olhos.

Os gritos dos <Goblins> ressoavam pelas paredes azul claro da <Dungeon>.

Observei o monstro excitado, enquanto passava com braços balançando, fazendo com que o <Goblin> executasse consecutivamente dois ou três ataques que não acertaram seu alvo.

(Direita! Esquerda! ...... Diagonal!)

Passo lateral, passo para trás.

O chão estava ligado a várias passagens estreitas, era uma estrutura larga em forma de quadrado. Enquanto me concentrava em evitar os ataques, eu estava consciente que não deveria ser forçado a ir para o canto.

A atmosfera calorosa, única da <Dungeon>, penetrou pela minha pele.

Eu não sabia se o <Goblin>, que estava balançando seus braços e pernas curtas enquanto corria atrás de mim, era teimoso ou ingênuo.

Eu perfurei o braço trêmulo do meu oponente, desviando dos golpes que ele desencadeava. Eu estava focando no toque dos meus pés e joelhos enquanto pisava no chão e executava movimentos que nunca cruzavam com os do <Goblin>.

“Gigyi~...Jaa”

“!”

O <Goblin> estava zangado porque não conseguia acertar seu oponente, seus grandes olhos brilharam de raiva, mas nesse exato momento.

Um som alarmante soou em minha mente.

Era o <Goblin> que estava gritando... Não, não era por causa disso. No canto da minha visão, um monstro estava surgindo da parede e estava prestes a ser libertado.

“Gege!”

Uma grande sombra, que me envolveu completamente, mergulhou em minha direção!

"Nnnn!"

Eu girei meu corpo e me esquivei do ataque surpresa bem em cima da hora.

O que escapou da minha visão, parecia ser um monstro com quatro pernas que atravessou a sala, era uma silhueta idêntica a um lagarto.

Em cima de sua pele marrom seca, uma língua fina saiu sibilando da boca que estava aberta de ponta a ponta. Incluindo a cauda longa, o comprimento total devia ser o mesmo que minha altura.

O monstro que subiu na parede era um <Dungeon Lizard>.

Ele aparece  do 2º ao 4º andar da <Dungeon> e era um membro dos Monstros de baixo nível, junto com os <Goblins> e <Kobolds>.

"... Fuuu!"

Enquanto procurava por uma brecha, ignorei o <Goblin> e fui na direção do <Dungeon Lizard>.

O <Dungeon Lizard> podia usar seus quatro membros para se prender nas paredes e no teto, permitindo que eles escalassem e se movimentassem livremente, então, para se livrar desse monstro astuto, que podia se mover para um local de difícil acesso, você deve esperar até que ele desça pro chão.

Como fui pego de surpresa e não consegui fazer um contra-ataque, evitei constantemente as investidas do <Goblin> enquanto acumulava meu ímpeto e, nesse momento, explodi.

Eu me tornei uma bala.

“Ahhh ahh ahhh ahh! !

“Gege? !

O <Dungeon Lizard> que estava virado em minha direção, repentinamente notou o problema que tinha se metido, com uma expressão confusa parecia querer fugir do local, mas em termos de velocidade, eu era o mais rápido.

Segurando o meu punhal, que fazia parte do meu equipamento, com a lâmina para baixo, pulei para me impulsionar em embaixo dele. Forçando o punhal a entrar na parte de baixo do seu corpo, fiz com que a lâmina cortasse facilmente às suas escamas NR: A posição seria como a dos assassinos, com a lâmina apontada para baixo, empunhadura invertida.

[Kakin], Cortar sua as escamas foi muito complicado, eu não sei se foi porque o golpe tinha danificado a <pedra mágica>, mas assim que o monstro foi perfurado, ele tremeu e caiu como se tivesse perdido toda a sua força.

Embora não tenha se transformado em cinzas, ele não fez sequer uma ligeira contração.

“Gyiiiii”

O <Goblin> gritou. Ainda havia inimigos restantes.

Puxei meu punhal do cadáver do lagarto e decididamente fiz um movimento ousado.

Eu observei o <Goblin> e tirei a mochila das costas e deixei a alça cair dos meus ombros.

Então, eu joguei a mochila de propósito.

“! ? “
A grande mochila se tornou um terrível míssil. O monstro olhou para ela.

Eu olhei para a mochila que seguia todo o caminho no ar até atingir lindamente o <Goblin> espantado.Hazel: cara.. E se tivesse sido uma havaiana… de pau… hueheuheuehueheu // ScryzZ: Respondendo sua pergunta Hazel…. Seria Hit Kill

"Higee"

O som da colisão soou, era como se o <Goblin> tivesse saltado e voasse para trás.

Depois de ter a minha <Força> atualizada, com o acréscimo do pesado conteúdo da minha bolsa, um item jogado com todo o meu poder tem a capacidade de derrotar um pequeno monstro.

O <Goblin> segurou a mochila e continuou rolando e rolando, rolando e rolando.

“...... Guuu”

Finalmente, gradualmente parou de rolar, o <Goblin> teve uma convulsão por um tempo e então sua cabeça ficou subitamente inclinada.

Eu observei cuidadosamente o monstro quieto e, depois de um tempo, confirmei que a batalha havia terminado, aliviei meus ombros e soltei uma longa “bufada” de ar.

Eu guardei o meu punhal e relaxei minha postura de luta.

"......Boa"

Eu estiquei meu corpo no local, a condição do meu joelho ... Sim, está tudo bem.

Eu já podia mover completamente a perna que foi lesionada, dizer que foi curada também estava certo. Eu não pude deixar de mostrar um sorriso de alívio.

“...... Eu me tornei mais forte?”

Minha localização atual era o 4º andar da <Dungeon>. Confirmei que não havia presenças de monstros nos arredores enquanto lembrava da batalha anterior.

Apesar de tudo, tornou-se uma luta de um contra dois, o que era desfavorável para mim, mas eu ainda agi facilmente contra o <Dungeon Lizard> e o <Goblin>. A resposta do meu corpo foi muito boa e não precisei me preocupar com a situação da minha lesão.

Isso significa que eu, um aventureiro, tive minhas habilidades aumentadas.

Eu realmente pude sentir as mudanças do meu <Status>. Assim como Kami-sama havia dito, em termos de crescimento, eu tinha dado um grande passo à frente se comparado a antes.

...... Os dias estão se aproximando, pensei ansiosamente.

Então, sacudindo essa ansiedade, eu orei em meu coração, esperando que aquele dia chegasse.

Mesmo que eu esteja confuso sobre sobre o fato de minha própria força ser pequena ou se isso é apenas uma esperança sem sentido, eu também quero perseguir a pessoa que está longe de mim. Silenciosamente, meus pensamentos sobre ela começaram a encher meu coração.

Em seguida eu recuperei o <Fragmento de Pedra Mágica> do <Dungeon Lizard> e do <Goblin>, a exploração na <Dungeon> de hoje também chegou ao fim. Eu tenho que levar em conta o caminho de retorno, então já era hora de voltar à superfície.

Mais uma vez enchi minha bagagem, para trocá-la por ouro, depois caminhei em direção a entrada da <Dungeon>, esta era a quarta vez que me dirigia para o caminho de retorno.

Eu andei de acordo com minhas memórias e fui do 4º ao 1º andar, um total de 3 andares de escadas.

Eu derrotei facilmente o <Kobold> e o <Goblin> que encontrei no caminho de volta, já deveria estar noite lá fora, o céu deve estar pintado de uma linda de cor laranja.

Quando subi metade do caminho até chegar ao primeiro andar, pude ver claramente outros aventureiros como eu. Pelo fato de só haver apenas uma saída da <Dungeon> era natural que os aventureiros se encontrassem no caminho de retorno.

Era possível ver para todos os lados anões e elfos que usavam armas e armaduras de nível superior em comparação com o equipamento que eu usava, minha voz foi subitamente bloqueada, segurei meu medo psicológico, enquanto passava rapidamente.

(Falando nisso, Kami-sama não voltou hoje também ......)

Kami-sama já tinha ido ao encontro de sua amiga por dois dias, ela mesma disse que não estaria em casa por algum tempo, então não era algo para se preocupar.

Talvez porque eu não tenha visto Kami-sama, meu coração estava vazio.

O que você está fazendo, Kami-sama?

"Ah, eu estou aqui."

Depois de atravessar um túnel extremamente amplo chamado de <Início da Jornada>, um grande buraco que se liga ao solo apareceu.

A altura era de aproximadamente 10 metros de altura, o diâmetro era quase o mesmo comprimento, era semelhante a um cilindro redondo. Dentro do cilindro redondo, havia suaves escadas fazendo com que uma grande espiral se formasse.

Vários aventureiros usavam as escadas de prata, assim como eu.

Depois de um tempo, finalmente alcancei o último degrau da escada. Minha visão se ampliou e o odor artificial entrou em meu nariz.

As paredes brancas da grande <Babel> foram construídas diretamente no topo da <Dungeon>, eu estou atualmente em um dos seus andares subterrâneos.

Eu cheguei a um amplo espaço aberto com um grande buraco no centro.

Era injustificadamente amplo, dizer que podia abrigar milhares de aventureiros não era um exagero e mesmo depois de tudo isso, ainda haveria espaços sobrando.

Foi construído de modo a ter uma atmosfera de um templo, fazendo com que o local não transmitisse a sensação de que havia um monstro imediatamente abaixo dele, como eu posso dizer, ele era preenchido com uma atmosfera majestosa.

Se alguém disser que este é o lugar para se oferecer homenagem aos Deuses, talvez existam pessoas que acreditem nisso.

Este grande salão foi habilmente construído.

A maior parte do grande salão era azul e branco, o ambiente estava cheio de nomes de aventureiros esculpidos nas ardósias negras, o longo e grosso pilar separava os numerosos móveis que eram impossíveis de serem contados. Olhando acima, você verá o canto do teto sendo preenchido pelo céu azul, não há arte que possa retratar o céu de forma mais complexa do que está. N/T: A ardósia é uma rocha metamórfica sílico-argilosa formada pela transformação da argila sob pressão e temperatura, endurecida em finas lamelas.

Alcançar esse ponto significa que você está em absoluta segurança. Eu relaxei meus nervos e a fadiga oculta pressionou minhas costas.

(...... O que?)

Um grande número de aventureiros e suportes, que usavam mochilas, estavam amontoados. Para não atrapalhar as pessoas que vinham de trás, fui até a parede.

De repente, uma cena incomum apareceu na frente dos meus olhos.

A carga enorme, em forma de caixa, estava montada com rodas abaixo dela, estimando-se que era uma caixa de armazenamento. Eu me lembro que um pequeno lugar da <Dungeon> tinha várias dessas caixas.

Se bem me lembro ......, ela era usada para explorar os andares mais profundos da <Dungeon>, que é freqüentemente usado durante <Expedições>?

Ela foi projetada para armazenar alimentos e equipamentos de reposição, bem como os loots e uma grande quantidade de itens.

Depois de ter uma vaga compreensão, eu encarei as caixas... De repente, a caixa tremeu.

(Hã!?)

Fiquei surpreso e olhei para a caixa que podia se mover sozinha.

Aquilo era uma declaração clara de que algo queria sair de dentro. Mesmo sem abrí-las, já poderíamos imaginar o ser furioso que estava dentro da caixa.

P... Poderia ser......

Quando eu pensei na possibilidade da caixa ser um tipo gaiola, então, simplesmente ativando minha imaginação, eu consegui adivinhar o que havia dentro das caixas.

(Dentro havia um monstro?)

Eu até podia ouvir os <uuuu> baixinhos que vinham da caixa, e isso confirmava meus pensamentos.

É realmente permitido ter monstros neste lugar ......?

<Babel>, que era administrada pela guilda, era conhecida como a <Térreo da Dungeon>, e durante a era dos Antigos, e monstros virem à superfície era algo muito comum - As pessoas que acabaram feridas não foram apenas os idiotas e houve uma destruição na terra em escala global - Para evitar novos problemas, eles construíram esta enorme torre com o intuito dee impedir que os Monstros saíssem da <Dungeon>.

Hoje em dia, em virtude dos <Aventureiros> obterem a <Graça Divina>, eles começaram a caçar os monstros. As hordas de Monstros sendo enviadas para o terreo não podia ser considerado um erro... No entanto, eu ouvi que a guilda usa <Babel> como base e, até o presente momento, eles não relaxaram na sua vigilância com relação ao monstros. Eles eram encarregados pela gestão de Orario e tomariam as medidas apropriadas para garantir que a cidade não fosse afetada.

Em outras palavras, mesmo que tenha sido um erro, os monstros não podem deixar a masmorra. Monstros saindo da masmorra e estando nas áreas de segurança, isso deveria ser impossível.

No entanto, uma vez que comecei a pensar nisso, percebi um grupo transportando novas cargas pelas escadas do grande buraco. Eu me senti irritado e minha confiança desapareceu drasticamente.

"Este ano eles também sediarão aquilo..."

“O Festival dos Monstros, correto......?”

"Qual é o significado sediar incansavelmente este festival?"

"Para exibições certo...... Que chato."

“Ganesha é realmente azarado, sendo forçado pela guilda a realizar tal tarefa e tem que lisonjear o público todos os anos.”

"Isso é porque, não importa o que vocês digam, ele é o <Senhor de Todos>- sama, ha ha ha!"

Em meio ao barulho, ouvi essa conversa.

...... Festival dos Monstros?

Porque eu nunca ouvi falar dessa disso antes. Então balancei minha cabeça.

Provavelmente, o fato de capturarem os monstros à força e enviá-los caixa a caixa para o salão principal está relacionado ao chamado Festival dos Monstros?

Os membros da <Família> estavam todos equipados com um emblema de rosto de elefante. Eu, como todo mundo, estava olhando para a cena deles carregando as caixas de vários tamanhos.

(Ah ...... Eina-san?)

No canto do meu olho refletia uma cabeça de cabelos castanhos curtos.

Meus olhos perseguiram a silhueta familiar. Sim, a pessoa que atua como minha conselheira, Eina-san, estava lá.

Ela é meio elfa com orelhas pontudas.

Seu rosto esbelto estava preenchido por expressão séria, parece que ela estava discutindo seriamente com outro funcionário da guilda.

(No trabalho certo......)

Eu me contive e não disse olá para Eina-san, que estava ocupada discutindo sobre a conferência dos documentos.

Depois de refletir sobre a conversa que ouvi anteriormente, senti que o ato de transportar monstros foi aprovado pela guilda.

Eu poderia dizer que Eina-san e os outros, que eram funcionários da guilda, estavam relacionados com este trabalho.

(Embora eu quisesse perguntar a ela o que está fazendo...... era preferível que eu deixasse para a próxima vez.)

Fazer essas perguntas e acabar incomodando o trabalho dela seria um tanto vergonhoso. Se isso fosse ouvido por pessoas que eu não vi ou conheci ......

Parece que eu seria alvo de ridicularização por não saber de tais coisas.

Eu guardei minha curiosidade e saí.

Permanecer no local não teria qualquer utilidade e meu corpo já exalava o odor de suor.

Dei uma última olhada para Eina-san, depois fui para o banheiro localizado no mesmo andar.

× × ×

“Obrigado.”

A pessoa do caixa me observava quando eu saí da sede.

Depois de tomar banho, para trocar os <Drops> e as <Pedras Mágicas> por ouro, cheguei ao quartel-general.

Como eu sabia que Eina-san não estava, eu terminei rapidamente os meus afazeres e saí da sede.

"É noite......"

O céu lá fora já estava completamente tingido de vermelho.

Após sair da sede da guilda, que mais parecia com um templo na rua principal, a área ao redor ficou muito barulhenta. Passando pelo monumento da sede, várias raças se juntaram.

Orario tinha um total de oito avenidas que podiam ser chamadas de avenidas da rua principal e se espalhavam do centro da cidade para oito direções diferentes.

Se fosse comparado a um bolo, seria mais fácil entender a visão de Orario. Era como um bolo sendo dividido em oito partes iguais.

Para distinguir cada avenida, as pessoas as chamavam com base em sua respectiva localização, assim como Rua Principal Norte, Rua Principal Sudeste. A propósito, Kami- sama e eu estamos vivendo em um quarto escondido dentro de uma igreja que foi construída entre a Rua Principal Noroeste e a Rua Principal Oeste. Indo ao longo da Rua Principal Oeste, também era possível chegar onde Seal-san estava trabalhando, a <Senhora da Abundância>.

Atualmente, estou na Rua Principal Noroeste, como esperado da rua que ficava de frente para a sede da guilda, a maioria das pessoas que estavam andando nela eram aventureiros.

Porque se você quiser mergulhar na <Dungeon> de Orario, é impossível não cumprir todas as formalidades da guilda e obter o apoio dela. Sem quaisquer exceções, todos os aventureiros devem freqüentemente se dirigir à sede da guilda, então naturalmente você verá muitos aventureiros no local.

Com base na quantidade de aventureiros nas ruas, havia muitas lojas que tentavam desesperadamente atrair essas pessoas como seus clientes. Apenas olhando para a esquerda e para a direita, o que está diante dos meus olhos são apenas lojas de armas ou pubsHazel: espécie de bar…}}. Entrando em um beco escuro que estava um pouco afastado da rua principal, há uma loja de itens suspeita que estava agindo como entrada, lá dentro havia também várias outras lojasHazel: ‘-’ e ele foi bater lá na Travessa do Tranco??!(entendedores de Harry Potter) especializadas para aventureiros. Pousadas também podiam ser vistas em todos os lugares.

Eu estava olhando para os aventureiros entrando em várias lojas, enquanto caminhava sem rumo pra frente. Mesmo que eu voltasse para casa, Kami-sama não estaria lá, então, por enquanto, eu só podia fazer o tempo passar.

"Eh? Ohoh, se não é o Bell!

“Ah! Deus-sama NR: Seria kami-sama também, mas vamos deixar apenas para Héstia

Eu tinha acabado de pisar na estrada de cascalho e uma figura a frente me cumprimentou.

A pessoa tinha uma aparência bonita, sua altura também era muito mais alta que a minha. Se eu pudesse usar algumas palavras simples para descrevê-lo, ele é realmente um honrado príncipe. No entanto, mesmo que ele tivesse um estilo diferente em comparação com os humanos e os demi-humanos, o manto cinza que ele usava o expos. N/T: Demi-humanos é um termo usado para se referir àqueles cuja aparência física básica é humanóide, mas inclui elementos distintamente não humanos. Esses seres podem ou não ter habilidades especiais, mágicas ou sobrenaturais, mas geralmente são uma forma de verdadeira população reprodutora. Os demihumanos são, no nível genético, distintos dos humanos.

Sua aparência incomum, especialmente a aura única de divindade em torno de seu corpo fez todos perceberem que a pessoa na frente era um Deus-sama. Ele é o único outro Deus-sama, além da deusa da minha <Família> Héstia-sama, que eu mantenho um profundo relacionamento. Eu me curvei para Miach-sama.

"Olá Miach-sama, você está aqui para comprar alguma coisa?"

"Bem, eu estou aqui apenas para comprar os ingredientes para o jantar… fazendo um deus fazer isso pessoalmente... Bell, o que você está fazendo aqui?"

“Estou dando uma volta para olhar as vitrines das lojas... Embora não tenha dinheiro, só posso dar um passeio.”

“Wahaha! Estar em uma pequena <Família> é bastante doloroso. ”

Miach-sama, que carregava grandes sacolas de papel com as duas mãos, riu de bom humor. Mesmo que ele não fosse uma pessoa alegre, seu charme podia ser visto em seu sorriso. Até eu, que era homem, podia ver.

Os Deuses são uma existência além de nós humanos, não importa do ponto de vista da aparência, havia uma variedade de olhares de crianças para anciãos, mas sem qualquer exceção, todos eles eram bem caracterizados. Para as pessoas imperfeitas do Mundo Inferior, diz-se que sempre teremos inveja de suas aparências perfeitas.

O cabelo azul de Miach-sama balançou, ele revelou um sorriso e o canto da minha boca também diminuiu.

Então me lembrei de Kami-sama...... Héstia, então fiz uma pergunta rápida.

“Sobre isso, Miach-sama, você tem alguma notícia sobre Héstia-sama? Ela foi à festa de um amigo há dois dias, e ela ainda não voltou ...... ”

"Você está perguntando sobre Héstia? Mmm ...... Desculpe. Eu não tenho nenhuma pista, então eu realmente não posso ajudar você. ”

"Não não! Por favor, não se preocupe com isso.”

Depois de ter me desculpado ao deus-sama, eu acenei apressadamente com as minhas mãos, isso foi realmente ridículo.

“Primeiro a festa de que você está falando deveria ser o <Banquete de Ganesha> ... Mas eu não compareci ao banquete naquele dia. Talvez se eu tivesse aparecido por um tempo, eu seria capaz de entender alguma coisa.”

“Isso, poderia ser porque Miach-sama não foi convidado para o banquete?”

“Não, eles me convidaram, mas eu, como líder de uma extremamente pobre <Família>, não tive tempo de sobra. Eu não podia me importar com o banquete que aconteceu há alguns dias e só ajudei animadamente como assistente a produzir nossos produtos. ”

A <Família de Miach>-sama, como eu explico... em termos de pobreza, não perdia para a <Família de Héstia>.

Para um <aventureiro> como eu, que fugiu de casa e foi capaz de construir um relacionamento com Miach-sama era porque...... Bem, era justamente o que as pessoas dizem sobre como os companheiros da classe baixa se uniam.

“Ohoh, certo Bell, eu vou dar isso para você. Eu também mencionei isso antes, mas esta é uma poção recém feita. ”

“EH!!”

Miach-sama colocou a mão no saco de papel e, de dentro, tirou dois tubos e entregou-os casualmente.

Então ele disse, “pegue-a” e empurrou-a para mim, eu a peguei sem qualquer hesitação.

O recipiente longo e fino tinha um líquido que tinha uma profunda cor azul do oceano, o líquido estava se movendo para frente e para trás como ondas.

“Mi ... Miach-sama, isso é!!?”




“O que, não faz mal ser gentil com seus vizinhos, certo?”

Seu olhar um tanto malévolo me surpreendeu, mas então seu sorriso viril apareceu novamente.

Ele deu um tapinha nas minhas costas e imediatamente se espremeu na multidão próxima.

“Fuhaha, a partir de agora, Bell, estou ansioso para o seu patrocínio com relação a minha <Família>!”

Miach-sama acenou para mim enquanto ele estava de costas.

De repente eu entendi e sorri para a silhueta de Miach-sama que estava misturada com a multidão.

Apressei-me a inclinar-me mais uma vez como forma de respeito e depois coloquei as poções recém recebidas no coldre que estava equipado na minha perna esquerda.

A <Família de Miach>-sama dirigia uma loja de artigos e apesar de a loja ser pequena, de fato era uma loja de poções voltada para os aventureiros.

Embora eu não entenda completamente como as diferentes poções eram feitas. Eu sabia que cada <Família> usava itens que eram feitos usando métodos diferentes para criar uma poção de recuperação especial.

Era como se as diferentes <Familias> produtoras de poções sempre estivessem tentando diferenciar seus produtos dos seus concorrentes e, dessa forma,  vender suas mercadorias com qualidade melhorada.

Miach-sama era um bom exemplo, dentre as <Famílias> produtoras de poções, muitas vezes fui apoiado pela <Família de Miach> ao me darem poções recém criadas.

Outro fato é que, muito embora eles sejam chamados de <Família>, as atividades da grande variedade das <Famílias> eram completamente variadas, complexas e diversificadas.

Existem facções comerciais que vendem itens e também existem facções de ferreiros que criam armas e armaduras, eu também ouvi dizer que há facções que iam pescar no oceano. Embora, teoricamente, os únicos considerados como <Família> sejam o grupo de aventureiros,a realidade não é bem essa.

Para ser franco, a <Família> de um deus é apenas para um deus-sama ganhar dinheiro, por isso não importa quais atividades eles desempenhem.

O caminho que a <Família> toma é determinado pelo deus-sama; assim, a escolha da facção em que ela se agregará talvez seja afetada pelos fortes interesses que o deus-sama possui. Por exemplo, <Ele quer comer a deliciosa comida do Mundo Inferior e acaba abrindo um restaurante>. Além disso, há <Famílias> que parecem formar um país, ou seja, há uma grande variedade de <Famílias>.

Contudo...... Não importa o que eles digam, brigas acontecerão entre familiares da mesma facção, se não tiver membros centrais fortes na família, a <Família> não será capaz de se estabelecer, essa é a verdade. Naturalmente, ele também precisará da capacidade de lidar com eventos inesperados, como membros que também são aventureiros.

Afinal, Orario é uma cidade labirinto e isso é o mesmo que dizer que muitas pessoas desejam se tornar aventureiros, portanto, nesse aspecto, há uma tendência de querer se tornar mais forte.

Quanto a mim, o mais adequade era que eu virasse um aventureiro, pois seria capaz de ganhar dinheiro rapidamente (assim como eu desejei ter um encontro como uma aventureira), além disso, eu também não tinha outras habilidades especiais para esses diferentes tipos de ocupações.

Na minha esquerda, bem em frente, havia uma loja de armas que foi colocada no final da rua principal, eu olhei para ela e imaginei minha aparência sendo um ferreiro, era muito desproporcional e então expus um sorriso irônico.

“......”

Uma vez que pude ver claramente o agrupamento de lojas relacionadas a equipamentos, as figuras de aventureiros usando armaduras pesadas também apareceram.

Eu passei pela frente de uma loja e parei.

Essa local era uma loja de armas que tinha o dobro do tamanho das que estavam próximas a ela.

Era pintado em uma cor vermelha brilhante que era como chamas e nesta rua onde estava alinhada, era particularmente atraente.

A pesada porta estava decorada com um outdoor e havia estranhas letras escritas nela <Ήφαιστος>.

Embora eu não possa interpretar o texto que era do mesmo tipo de escrita do <Texto Sagrado>, eu entendi perfeitamente o seu significado, era o símbolo que representa a <Família> da ferreira de renome mundial.

Eu estava preocupado em captar a atenção do meu entorno enquanto, como de costume, me aproximava da janela do mostruário.

Separado do lado de fora por uma vidraça, estava um local cheio de várias espadas que até estranhos podiam dizer que eram preciosas. As lâminas de esmeralda das duas espadas que foram colocadas em uma cruz consistiam em uma grande espada que ostentava um alcance longo e assustador e uma espada leve bordada com ornamentos dourados.

Eu olhei fixamente para a nitidez das espadas afiadas, então meus olhos foram atraídos para outra arma.

Era uma lâmina em puro branco que refletia a luz que vinha da <Lâmpada de Pedra Mágica>, estava montada diagonalmente no centro da caixa do tesouro, a faca que perfurava a caixa do tesouro, exalava uma luz brilhante como se fosse a verdadeira aparência de uma caixa de tesouro. A lâmina que foi moída dos dentes de um monstro não era apenas bonita, também pode ser visto que era uma faca que não era inferior às armas ao redor.

Eu secretamente dei uma olhada no preço, não havia nenhuma arma que não fosse extremamente cara.

(Parece que ainda era um sonho tê-la ...),

Meu rosto está plantado na vitrine, isso se tornou um hábito. Toda vez que eu volto da guilda e quando tenho tempo livre, aproveito para visitar o local.

Como se fosse projetado especialmente para os aventureiros de primeira classe, as melhores armas.

Embora eu entenda que era um tesouro que não combinaria comigo, que ainda estava usando o equipamento dado pela guilda.

Mas ainda desejo usá-la uma vez.

...... Realmente quero isso.

Se esse pensamento fosse escutado pelos outros aventureiros, todos eles estariam murmurando algo como ir treinar por mais cem anos.

Se eu realmente quisesse desesperadamente perseguir a figura de Wallenstein-san, haverá um dia em que tocarei em uma arma tão incrível?

Tolamente imaginei-me habilmente empunhando essas armas.

Eu continuei a olhar para a faca em puro branco dentro da vitrine, como se eu quisesse atravessar o vidro com meu olhar.

× × ×

"...... Você, por quanto tempo você ainda planeja fazer isso?"

"......"

Enquanto Bell estava olhando para a vitrine de uma determinada loja e estava ansioso para entrar.

Dentro daquela mesma loja, uma deusa de olhos vermelhos e cabelos ruivos, Hefesto, emitiu um som que parecia aterrorizante e cansado ao mesmo tempo.

Ela estava vestindo a roupa da <Família> enquanto estava sentada na mesa, sua voz estava direcionada para algo redondo que estava ajoelhado e curvando a cabeça no chão, não, era a minúscula deusa Héstia.

Esta era a <Loja de Forja de Hefesto> Filial localizada na Rua Principal Noroeste.
Dentro do escritório da famosa oficina de ferraria com 3 andares, corria uma caótica atmosfera .

"Não olhe para mim assim, também estou muito ocupada".

"......"

“Mesmo que você não seja barulhenta, esta posição enroscada como uma bola de gato faz com que meu espaço de trabalho seja reduzido, consequentemente minha eficiência diminuirá. Entendeu?"

"......"

"Ei, Héstia?"

"......"

"...... Ah."

Sua pequena amiga continuou a ficar em silêncio e permaneceu na mesma postura, Hefesto suspirou.

O dia inteiro.

Esta foi a quantidade de tempo que Héstia permaneceu na postura de se curvar a Hefesto.

No dia em que o <Banquete dos Deuses> foi organizado, Héstia implorou que ela fizesse uma arma para o membro principal da sua <Família>, Hefesto recusou no mesmo momento.

Não era porque Hefesto era narcisista, mas os produtos criados por ferreiros de alta classe que pertencem à <Família Hefesto> poderiam ser considerados de alta qualidade e amplamente aclamados. A menos que sejam aventureiros de primeira classe ou membros da <Família>, ninguém se atreveria a mexer com as armas criadas pela <Família Hefesto>. Fazendo uma aposta, Héstia não deveria ter a grande quantia de ouro para comprar a arma criada por Hefesto.

Vender barato devido à amizade delas já era irracional. Para Hefesto, com a posição de líder da <Família>, era um completo tabu tomar decisões fáceis para o destino das armas criadas a partir do sangue e suor de sua <Família>, de modo que ela não podia concordar com isso.

Se ela deseja encomendar, que pelo menos tenha dinheiro - isto foi o que Hefesto disse. Isto também implica que ela deveria prestar atenção em suas próprias capacidades. Hefesto não tolerou mais nenhum pouco sequer e recusou-a

No entanto, Héstia, que teve o pedido recusado, começou a se curvar numerosamente vezes em direção a Hefesto após o banquete ter começado. Não importava quantas vezes ela quisesse se livrar dela, ainda sim Héstia se agarrava irritantemente a ela, o que tornava a situação difícil para Hefesto.

Neste caso, ela só podia ignorá-la até que estivesse disposta a desistir, Hefesto pretendia, no final, deixá-la de lado e ignorá-la. Ela pensou que, uma vez que Héstia estivesse com fome, ela a ajudaria a voltar para casa.

Assim, dois dias depois do <Banquete de Ganesha>.

Héstia continuou a pedir sinceramente a Hefesto.

(O que exatamente te fez ficar tão insistente......)

Hefesto apertou os olhos, enquanto fazia uma cara sombria.

Mesmo quando enquanto cochilava, ela ainda mantinha uma postura similar de reverência.

Hefesto era quase incapaz de entender os sentimentos de sua amiga. Embora fosse irrelevante, ela ficou surpresa quando acordou e quase caiu da cama.

Embora, no passado, ela tenha pedido várias coisas a Hefesto, mas desta vez a condição não era a mesma de antes.

Como eu defino isso, teimosia ou talvez sua expressão de desejo mostrasse uma forte força de vontade.

“De qualquer forma, o que exatamente você tem feito desde ontem? Que tipo de postura é essa?

“...... Dogeza” N/T: Este gesto em que a pessoa se ajoelha em frente à outra, com as duas palmas das mãos no chão se chama “Dogeza” (Ajoelhando-se até o chão). É uma forma de expressar submissão ou um pedido de perdão por causa de uma falta muito grave.

“Dogeza?”

“É a última técnica secreta que não importa o que você faça, contanto que faça dogeza, você seria perdoado e não importa o que você pedisse, você será capaz de obter...... Eu ouvi isso da Take "

"Take......?"

"Takemikazuchi." NT: Deus do Trovão Japonês Link

Ahah ...... Hefesto recordou o rosto do deus que ela tinha uma amizade íntima, então, ao mesmo tempo, ela repreendeu o Deus Takemikazuchi por mostrar essa idéia perturbadora para Héstia.

Já era o suficiente, Hefesto suspirou, ela não conseguia se concentrar em seu trabalho. Ela colocou a pena no canto da mesa, deixando o trabalho restante que precisava ser assinado.

A luz que emanava do pôr-do-sol e brilhava dentro da casa era muito fraca, isso significava que à noite estava se aproximando.

Hefesto olhou para fora da janela uma vez, então de repente ela assumiu uma atitude séria com uma postura ereta e olhou para sua amiga. Héstia estava atualmente revelando a parte de trás de sua cabeça.

"...... Por favor, me diga Héstia, por que você está disposta a fazer isso até este ponto."

Hefesto usou os dedos para cobrir a metade direita do rosto, incluindo o tapa-olho direito, enquanto perguntava sem rodeios.

"...... Eu quero me tornar a força dessa criança!"

Héstia não mudou da postura de dogeza enquanto respondia.

“Aquela criança está prestes a mudar! Bell encontrou um alvo e ele está prestes a embarcar em uma viagem perigosa! O caminho que ele escolheu é extremamente perigoso, então eu queria ter o poder de ajudar aquela criança! Eu quero ser capaz de dar uma arma que abrirá o caminho para ele!”

Ela olhava para o chão, não olhou para Hefesto e continuou a falar.

O ato de pedir entre os deuses era expor todos os seus verdadeiros sentimentos sem ocultá-los, isso também é uma cerimônia para permitir que o deus veja os verdadeiros sentimentos do outro. Se esses pensamentos não movessem os deuses, isso significa que eles não haviam revelado a verdade.

“Eu sempre fui ajudada por aquela criança! Pode-se dizer que ele estava me alimentando unilateralmente! Eu sou obviamente a deusa daquela criança, mas eu não fiz nada digno de ser sua deusa!”

Quando Héstia queria expor seus últimos pensamentos, seu corpo ficou mais rígido.

"...... eu odeio o fato de não poder fazer nada por ele......"

Embora a frase fosse fraca da forma que foi dita, foi forte o suficiente para comover Hefesto.

Naquele momento, ela aceitou os sentimentos de Héstia, que não podiam ser falsos.

"......Eu entendo, vou ajudar a fazer uma arma para o seu filho." NR: Tadinha, filho….  não sabe de nada a inocente….

Héstia de repente levantou a cabeça e a encarou. Hefesto encolheu os ombros e olhou para ela.

"Se eu não concordar, você continuará e ficará aí para sempre como uma unha encravada."

"......Sim! Obrigada Hefesto.”

Héstia queria se levantar. Mas devido a fraqueza vinda do longo período de Dogeza, ela imediatamente tropeçou e caiu. Vendo o rosto vermelho e risonho de sua amiga, Héstia fingiu suspirar.

Embora também achasse que estava sendo excessivamente mimada, a atual Héstia, sentia que, já que ela precisava ajudar alguém, ela não estava sendo tão mesquinha.

Em comparação com ela se enchendo de orgulho dentro da loja, na realidade, ela foi somente capaz de revelar um leve sorriso.

“Deixe-me deixar claro para você, você terá que pagar pelo trabalho. Mesmo que demore décadas ou centenas de anos, você absolutamente pagará toda dívida ”.

Mas, ainda assim, seria melhor fazer uma distinção clara entre assuntos públicos e privados.

Esta arma não pode ter apenas o incrivel status de ter sido criada na mundialmente famosa <Família de Hefesto>, mas também deve fazer com que Héstia sinta a dor de quando ela desejar buscar ajuda de outras pessoas de fora da <Família>.

Se toda vez ela conseguisse resolver seus problemas daquela forma, seria melhor destruir a arma.

Hefesto levantou-se da cadeira, caminhou cambaleante e usou os dedos finos para cutucar o nariz de Héstia..

“Eu... eu entendo. Eu também farei o que for preciso, não me olhe assim, ok? Vou usar meu corpo para provar a Hefesto que meu amor por Bell-kun é real.”Hazel:... ai papai…nhac nhac

"Sim, sim, vou deliciosamente esperar."Hazel: é disso que tô falando Brasil!!!

Hefesto fechou os olhos e se endireitou, enquanto escutava as palavras de Héstia.

Em seguida dirigiu-se para as prateleiras montadas na parede.

A prateleira fina exibia vários pequenos martelos translúcidos.

"Em qual arma seu filho é especializado?"

"Ah ...... A ... Uma faca."

Enquanto murmurava, Hefesto pegou um martelo vermelho. Este martelo não tinha decorações excessiva e tinha um lugar de grande importância em suas funções, Hefesto colocou-o na bolsa que ela usava frequentemente na cintura.

Ela foi na direção da caixa de cristal transparente e abriu a fechadura. Dentro da caixa havia vários tipos de peças de metal - ela selecionou um <Mithril> que exalava uma luz prateada como material para a arma.

O resultado da criação com este metal era mais leve e mais resistente que o ferro e também era muito mais fácil de ser forjado.

Mesmo que fossem as mãos magras de uma mulher e não possuíssem nenhuma habilidade especial como ferreiro, ela também seria capaz de usar esse metal com facilidade, como esperado do considerado um dos melhores metais.

"H ... Hefesto, Voc..... Você vai forjar a arma pessoalmente?"

“Sim, claro que sim. Este é um assunto inteiramente privado entre eu e você, eu não posso envolver os membros da minha <Família> em nossos problemas”.

A fim de realizar o trabalho de Ferreiro, este edifício tinha um andar preparado com uma pequena <Oficina>, Hefesto ia fazer uma arma lá e sozinha.

“Você tem algo contra?” Hefesto disse, ela usou o olho esquerdo, que não tinha o tapa-olho, para encarar Héstia ferozmente.

“Como eu poderia reclamar disso?! Você foi louvada como <Deusa dos Ferreiros> nos céus, eu ficarei extremamente feliz se você forjá-la pessoalmente!”

"Você esqueceu? Não estamos no paraíso, então não posso usar nenhum <Poder>”.

Com base nas regras acordadas entre os deuses, eles não eram autorizados a usar qualquer <Poder Divino> no Mundo Inferior.

Embora Hefesto fosse a <Deusa dos Ferreiros> que havia criado muitas armas divinas no céu, no Mundo Inferior, ela era o mesmo que uma criança sem qualquer <Graça Divina>, ou seja, ela não era diferente de um artesão humano comum.

"Eu não me importo! Você forjando a arma me deixará muito feliz!”

"......"

Ela não duvidava das habilidades de Hefesto. A aceitação incondicional de Héstia fez Hefesto franzir o cenho.

“...... Então, para o trabalho que está chegando, por favor, venha e me ajude. De agora em diante, você terá que trabalhar duro.”

"Ahh, deixe comigo!"

A fim de esconder seu embaraço e seu choque, Hefesto emitiu alguns comandos e depois de ouvir essas palavras ela se virou. Enquanto se dirigia para a porta, atrás dela, Héstia parecia estar pulando feliz enquanto a acompanhava.

(...... Ah, O que eu não faço para atender os pedidos dos meus clientes!)

O humor de Hefesto subitamente se aqueceu, ela mudou sua consciência de líder da <Família> para a de uma ferreira.

A arma tão desejada por Héstia.

Uma lâmina que abrirá a estrada para um aventureiro.

Ela tinha que criar uma arma inigualável que não envergonhasse o nome <Hefesto>.

(...... Apesar de dizer isso)

Ela recordou os dados sobre o usuário da arma.

Bell Cranel, raça humana, criança de 14 anos.

Ele é o único membro da <Família> de sua amiga e recebeu a <Graça Divina> apenas meio mês atrás. Isso também poderia significar que, como aventureiro, ele era um completo novato.

(Um aventureiro inexperiente portando um equipamento mais forte)

Especificamente falando, este era um pedido que ia longe demais.

Se a força da arma for muito poderosa, ela fará com que o <Aventureiro> regrida pois ele confiará demais na arma o que lhe impedirá de crescer e não permitirá que ele a use com mais habilidade do que antes. Além disso, não corresponderá à identidade do usuário e isso também é importante.

Contudo, mesmo pensando desta forma, se ela criasse uma arma que combinasse com a qualificação atual do usuário, isso só envergonharia o nome da <Família Hefesto>.

Comparando com sua identidade de Deusa, Hefesto se sentia mais como uma ferreira.

Essa disposição natural estava enraizada nos esforços de um artesão e não a impedia de forjar armas com suas próprias mãos porque isso iria contra seus próprios princípios.

Então, se ela tivesse que fazer, ela usaria toda a sua força para criar o mais notável trabalho .

Desta forma ela estava em um dilema.

(Então, como devo fazer isso?)

Referenciando seus trabalhos criados até agora, ela estava imersa em pensamentos.
Sua amiga deusa tinha feito um pedido complicado, enquanto olhava para Héstia, que estava feliz ao lado dela, Hefesto só podia murmurar em seu coração.

× × ×

Na manhã do terceiro dia, Kami-sama ainda não tinha retornado.

Eu estava dentro do quarto escondido na igreja vazia, tomando café da manhã sozinho e me sentindo um pouco solitário. Então comecei a me preparar para a expedição até a <Dungeon> de hoje.

Mesmo sem Kami-sama presente, as coisas que eu tenho que fazer não mudaram, seria melhor dizer que quando ela voltar, eu posso fazê-la feliz dizendo <Ganhei muito dinheiro>, então eu realmente deveria dar meu melhor. Enfrentei a figura refletida no espelho do guarda-roupa, renovei meu espírito e me inspirei.

Coloquei uma bolsa carregada de poções na minha perna, guardei a faca na minha cintura e por último coloquei uma mochila em cima do meu equipamento defensivo.

Depois de colocar o meu equipamento, falei “estou indo” para a casa vazia e abri a porta.

(A lesão na minha perna está completamente curada, hoje eu posso explorar o 5º andar ...)

Alguns dias atrás, eu cedi à loucura e invadi as profundezas da <Dungeon> e como resultado sofri grandes ferimentos, mas consegui escapar, hoje planejei me vingar. Embora eu não tenha confirmado, o meu <Status> devia ter aumentado muito, então eu não devo cometer o mesmo erro de antes.

Contudo... talvez seja melhor se eu pedir a opinião de Eina-san.

Eu resumi o plano de hoje enquanto saí do porão. Depois de deixar a igreja que parecia uma ruína, o ar fresco do início da manhã me cercou. Entrei em um pequeno beco e habilmente dei algumas voltas, deixando a Rua Principal Oeste. Eu acelerei fazendo com que o cenário e a manhã se sobrepusesse.

Um funcionário da equipe preparava os assentos ao ar livre, uma equipe de dois homens fera estava parada na esquina do beco. A garota, que podia observar a estrada através da janela no segundo andar da loja, não podia ser vista.

“Eiiiiii—— O de cabelo branco, espere um minuto, Nyaaa!”

Reagi à expressão ‘cabelos brancos’ e fiquei chocado, não pude deixar de parar.

Virei-me na direção da voz, na entrada da <Senhora da Abundância> havia uma garota com orelhas e um rabo de gato, acenando energicamente com as mãos.

...... Ela era a funcionária que estava junto com aquela elfa?

Porque eu fui chamado de <moleque de cabelo branco>?, então me lembrei claramente dela . Eu olhei em volta, apontei para mim mesmo e confirmei dizendo “Está falando comigo?”, Ela continuou balançando a cabeça.

Eu já deveria ter devolvido a cesta de almoço da Seal-san ... Eu me perguntei o que aconteceu enquanto eu corria na direção da mulher que estava vestida como uma garçonete.

“Bom dia, Nyaa. Peço desculpas por chamar você tão de repente, Nyaa.”

“Ah não. Bom dia ...... O que houve?”

Encarando-a enquanto ela se curvava apressadamente, eu também troquei uma saudação.

Eu não sei por que suas ações pareciam ser muito educadas, então ela imediatamente levantou e fez seu pedido para mim.

"Eu tenho algo para pedir a você, Nyaa, mas é um assunto um pouco chato, Nyaa, isso é para você."

"Hã?"

"O cabelo branco é o amigo íntimo de Seal, então eu queria pedir ao cabelos brancos para dar algo a essa colega descuidada, Nyaa."

Neste momento pude observar com atenção, o que aquela garota estava me dando era uma sacola cheia de dinheiro.

Era uma bolsa com uma fivela metálica, em cima dela estava um emblema gravado que eu nunca vi antes, era facilmente perceptível que aquilo não era um item criado por uma <Família> qualquer, a bolsa roxa foi projetada de forma muito delicada e fofa.

Ah, embora seja tão fofo......  Eu não entendo o rumo deste assunto!

O que significa entregar isto a Seal-san......?

"Anya, se você disser apenas isso e não explicar tudo, o Cranel-san também ficará incomodado."

Desta vez foi a funcionária elfa que apareceu, ela estava prestes a preparar os assentos para o ar livre e caminhou para o nosso lado.

Embora esta não fosse o melhor momento, ser chamado por meu nome pela elfa me fez sentir um pouco emocionado, ela se lembrou do meu nome.

“Ryuu é uma idiota, Nyaa. Era a vez de Seal-san ajudar na loja, mas ela folgou e foi correndo para o festival, eu queria entregar a bolsa esquecida para ela Nyaa, mesmo que eu não tenha dito nada até agora Nyaa, cabelos brancos também deve entender Nyaa. Nyaa, cabelos brancos?”

“Então é isso. Peço desculpas por não explicar claramente.”

“Ah, não, eu entendo. Então é isso.”

A funcionária da loja chamada Ryuu ignorou magnificamente a funcionária gata, que tinha uma expressão segura e pediu desculpas a mim. Minhas dúvidas também desapareceram.

Naquele instante, a garota chamada Anya, que foi excluída da conversa, e que orgulhosamente balançava o rabo, subitamente abaixou o rabo enquanto seu rosto ficava vermelho e abaixava a cabeça. Seu corpo começou a tremer e eu comecei a suar.

“Por favor, não leve isso em consideração. Assim podemos lhe pedir para fazer isso? Anya e eu, juntamente com a outra equipe, temos que preparar a loja e não há ninguém disponível, embora eu me sinta mal em pedir a você que estava prestes a ir para a <Dungeon>.. ”

"Está tudo bem para mim...... No entanto, é verdade que a Seal-san folgou hoje?"

"Folgar não é exatamente o termo correto, a situação de Seal é um tanto diferente."

Eu não conseguia imaginar Seal-san, que sempre pareceu ser tão séria, tinha faltado, então eu tive que perguntar. Parece que ela usou suas férias e era diferente das outras que estavam na frente dele. Não era porque a Seal-san estava trabalhando diligentemente no pub, mas parecia que a chefa permitia isso.

A principal razão era porque a Seal-san vinha trabalhar de sua própria casa, então ela era uma exceção e era capaz de tirar férias.

Então Seal-san pareceu ter usado as férias para visitar o <Festival> ......

“...... Festival dos Monstros?”

"Sim, Seal foi ver os eventos que foram organizados para hoje."

Foi uma frase que ouvi na <Babel>.

Para mim, que não entendia nada, de repente o assunto me interessou.

“É a primeira vez que você ouviu falar sobre isso? É impossível que as pessoas que moram nesta cidade não soubessem disso ”.

"Na verdade eu acabei de chegar em Orario... Se você pudesse, por favor, poderia me explicar?"

"Então, Nyaa, deixe-me explicar para você Nyaa!"

No momento em que as palavras saíram da minha boca, a funcionaria gata de repente pulou entre nós como se quisesse restaurar sua reputação e disse.

“O Festival dos Monstros é realizado uma vez por ano e é um evento super grande que é organizado pela <Família Ganesha> Nyaa! Ocupando o coliseu o dia inteiro e domando os monstros que foram trazido das masmorras, Nyaa!”

“Eh ...... O que, DOMANDO? !

Ouvindo as coisas chocantes que ela disse, fiquei profundamente surpreso.

Domar...... como assim domá-los? Aqueles monstros violentos?

“<Domar> os Monstros não é algo tão surpreendente, o cabelo branco é um aventureiro, Nyaa, então você também deve ter a experiência, Nyaa. No instante em que os monstros que haviam sido espancados se levantam e demonstram nos olhos que querem formar uma equipe …”

“Não, nunca vi nada desse gênero......”

Eu não sei que tipo de olhar o pessoal da loja de elfos estava me dando, mas ela não duvidou e interveio.

“<Domar> é uma habilidade que existe, embora seja diferente das qualidades de cada pessoa, mas deve permitir que o Monstro testemunhe a força e faça com que seja obediente.”

Fazer com que o monstro seja obediente... Isso soa como o tema de outro mundo.

“Os monstros no calabouço têm personalidades duras e são difíceis de domar, então geralmente a maioria dos domadores domesticam as criaturas na superfície Nyaa ...... Mas, os membros do núcleo da <Família Ganesha > não são fracos, então é até possível domar os monstros que vivem dentro da <Dungeon>. ”

Mesmo alguém como eu tinha ouvido falar do nome da <Família Ganesha>, mesmo dentro das <Famílias> em Orario, sua força é comprovada.

"Isso significa que eles lutam contra os Monstros e o processo de domá-los se torna um show?"

“Justamente Nyaa, honestamente é como um show de circo Nyaa.”

No entanto, a performance era extremamente intensa, o pessoal da loja completou a frase.

Como esperado, ainda seria algo muito perigoso.

“Nós também queríamos ver Nyaa, mas mamãe não deixou, Nyaa. Seal disse que ela vai comprar algumas lembranças, sorriu e se curvou...... mas ela deixou sua bolsa dentro da loja Nyaa, Seal é uma criatura tão desajeitada. ”

"Anya, eu sinto que você não está em uma posição que possa dizer isso dela."

"Haha......"

Bem, eu entendo. Deixando de lado o tema dos presentes, não levar nenhum dinheiro também era preocupante. Eu recebi muita ajuda de Seal, então eu deveria pagar minha divida.

"Conectando-se ao Coliseu, a Rua Principal Leste deve estar lotada, por favor, vá até lá primeiro para que você possa acompanhar o fluxo da multidão e chegar sem esforço."

"Seal tinha acabado de sair, então se você for agora, você deve ser capaz de alcançá-la, Nyaa."

Elas disseram que a minha bolsa só iria atrapalhar, então eu deveria guardar na loja.

Eu, que agora estava tão leve quanto uma pena, peguei a bolsa, olhei para a direção da Rua Principal Leste, que estava ainda mais longe do que o arranha-céu.

Festival dos Monstros ...... Como será que ele é?

Eu pensei que queria ver se tivesse tempo, enquanto saía pela entrada da loja.

× × ×

Atualmente a rua estava repleta de barulho e excitação que fazia com que todos quisessem dançar.

A esta hora era por volta das nove da manhã, muitos aventureiros haviam mergulhado na <Dungeon> e neste momento a Rua Principal Leste estava lotada de pessoas.

Inúmeras barracas foram colocadas no meio ou ao lado da rua e exalavam um odor perfumado, o som da comida sendo cozinhada constantemente ecoava na multidão.

A rua estava decorada com fitas e flores, fazendo com que parecesse mais cheia do que o habitual.

Acima das cabeças das pessoas que andavam pela rua havia uma corda que estava ornamentada com várias bandeiras coloridas que balançavam conforme o vento soprava. As bandeiras tinham dois padrões diferentes, um representava os Monstros, que se assemelhavam a uma figura feroz de leão e o outro emblema era a cabeça de elefante da <Família Ganesha>.

As crianças fera, que estavam coradas de excitação, constantemente puxavam a mão da mãe e eu ouvia a melodia criada involuntariamente pelo som da multidão.

Do céu, a luz do sol que brilhava também parecia estar comemorando hoje, era brilhante e deslumbrante.

Hoje, a Rua Principal Leste estava rodeada por uma atmosfera festiva.

“......”

A multidão na Rua Principal continuou até o final, chegando ao Coliseu da cidade.

Do alto, um par de olhos prateados esquecia a multidão que queria ver o Festival dos Monstros.

No café de frente para a rua principal, segundo andar.

O interior da loja usava madeira para criar uma atmosfera calorosa e ela estava sentada sozinha em uma posição perto da janela. Dali você poderia ver a rua inteira.

Para não deixar que os outros vissem seu rosto, não, para que sua pele branca não ficasse exposta ao olhar da multidão, ela deliberadamente usava um casaco feminino azul de mangas compridas.

No entanto, aquele capuz não poderia esconder sua beleza.

A prova era que apesar de cobrir o rosto, a atenção das pessoas na loja ainda estava focada nela. Toda vez que seus dedos delgados traçavam a xícara sobre a mesa, toda vez que seu queixo fino ficava ligeiramente exposto, todos os que estavam ao redor ficavam abalados e muitos outros ficavam imóveis depois de presenciar tal cena.

A <Deusa da Beleza> Freya não precisava fazer nada, mas conseguia capturar os corações das pessoas ao redor. Ela calmamente olhou para fora da janela enquanto matava seu tempo.

"......"

A grande quantidade de pessoas do Mundo Inferior estava cobrindo a rua... Uma grande quantidade de crianças.

Humanos, Homens Besta, Anões, Elfos, todos os tipos de raças diferentes estavam compondo a multidão, também era possível ver alguns dos Aventureiros que estavam misturados junto com os civis.

Freya parecia estar checando cada um dos rostos da multidão enquanto olhava de longe e de repente ouviu um som alto de batidas.

Seguindo o som alto do pisar no chão de madeira, o som de respiração se aproximou de onde estava.

Ela parou e olhou para a pessoa que ela estava esperando.

"Ei, você esperou muito?"

"Não, acabei de chegar."

Erguendo a mão para cumprimentar rapidamente sua companheira deusa, Freya deu uma risada superficial sob o capuz.

O cabelo dela era diferente do vermelho brilhante do de Hefesto, era de uma cor escarlate clara. Ela colocou o cabelo cor do sol pelo qual ela era lembrada em um penteado que o deixou preso na parte de trás de sua cabeça, vestindo uma camisa velha e shorts, dando a impressão de ser um homem desleixado.

Loki suportou seu bocejo enquanto seus olhos estavam cheios de lágrimas de riso.

"Ei, eu ainda não tomei café da manhã, posso comer aqui?"

"Por favor, se ajude."

Loki segurou a cadeira enquanto falava sem rodeios e Freya revelou um leve sorriso, sua expressão mostrava que ela não se importava. A atmosfera entre as duas parecia como se fossem velhas amigas que conheciam os meandros do outro.

“Depois do banquete, você dormiu o suficiente. Quem te disse para beber sozinha e até se embriagar ao ponto de desmaiar. Hoho, Héstia é realmente impresionante hein?”

“Ei, peitões fedorentos, onde você ouviu esse tipo de coisa?”

“Seus membros adoráveis ​​pareciam causar uma grande confusão? Não importa quem falou sobre isso, seus membros estão totalmente preocupados com você.”

“Droga, esses pirralhos travessos, eles realmente fizeram isso.”

Foi Loki quem chamou Freya, ela também escolheu o local do encontro.

O <Banquete dos Deuses> havia acontecido há alguns dias, o motivo da reunião entre elas também foi por causa dele.

"De qualquer forma, quando você vai apresentar essa criança para mim?"

"O que, eu ainda tenho que apresentar."

"Ainda é meu primeiro encontro com ela."

Aqueles que iriam encontrar com Freya não era apenas Loki, ainda havia mais uma pessoa.

Esta linda garota loira de olhos dourados tinha uma espada embainhada, posicionada como se estivesse protegendo Loki, até mesmo Freya, que era chamada de <Deusa da Beleza>, estreitou os olhos e sorriu.

“Nn, esta é Aizu, ela é uma integrante da minha família. Isso é suficiente? Aizu, essa pessoa também é uma deusa, vá cumprimentá-la.”

“......Prazer em conhecê-la”

“<Princesa Espadachim>”, Freya murmurou esse nome e olhou para a garota na frente dela.

Aizu Wallenstein. Mesmo entre os deuses, ela tornou-se um tema recorrente quando o assunto era a <Família Loki>, ela era uma espadachim a qual todos tinham muitas expectativas. Seu nome e bravura estavam espalhados por Orario e também todo o mundo, portanto, não havia necessidade de apresentá-la.

Sua aparência adorável não combinava com a profissão perigosa de uma aventureira, as pessoas que não sabiam de sua função e ficam na frente dela nunca imaginariam que ela havia andado sob inúmeros cadáveres de monstros.

O rosto da garota era excepcionalmente esbelto e Loki insistiu com ela: "Tudo bem, pode se sentar", ela ouviu e sentou-se ao lado de Loki.

"Que fofo e...... ah, eu entendo a razão pela qual Loki gosta dessa criança."

Ouro e prata, um olhar focando o outro, a expressão fria de Aizu não mudou e imediatamente se curvou educadamente em direção à Freya.

Ela demonstrava não se parecer com uma mulher, Freya não pôde deixar de revelar um sorriso.

"Posso perguntar por que você trouxe a <Princesa Espadachim> aqui?"

“Eh ela ela ela......! Ei você, já que é raro termos um festival eu posso ter um encontro perfeito e adorável com Aizu-chan até que eu esteja satisfeita!”

Loki exclamou alto enquanto revelava um sorriso miserável.

"...... Ah, e eu pensei que depois que a <Expedição> da princesa acabasse, ela finalmente voltaria e se acalmaria, mas ela quis voltar imediatamente para a <Dungeon>."

"......"

"Se eu não fizer você ter uma pequena pausa, provavelmente você passaria o resto da vida sem descansar", Loki disse  enquanto estendia a mão para o lado e tocava suavemente na cabeça da menina. Aizu parecia admitir seu erro e olhou para baixo, permitindo que Loki fizesse o que ela quisesse.

Freya percebeu que, dentro dos finos e escarlates olhos de Loki, haviam uma mistura de cores quentes em seu interior. Sabendo o quão destrutiva Loki era quando estava no céu, Freya pensou que ela realmente havia mudado.

"Então, já não é hora de você me explica o motivo de ter me chamado?”

"Sim, já se passou um longo tempo desde a ultima vez que nós fofocamos."

"De sua boca saem apenas asneiras."

Sob a sombra do capuz, Freya revelou um sorriso superficial, Loki também de repente mudou sua atitude brincalhona e revelou um sorriso corajoso. A atmosfera entre as duas mudou de repente.

O pessoal da loja, que estava trazendo o cardápio, realmente teve má sorte de presenciar a pressão criada pelas duas Deusas. A pressão silenciosa e imensa fez com que eles sofressem um espasmo facial, como se estivesse amarrados ao lugar, a expressão de Aizu não mudou e para não atrapalhar as duas, ela observou a situação sem falar nada.

"Deixe-me ouvir, o que você está planejando?"

"Do que você está falando, Loki?"

"Não seja boba, sua idiota."

Freya sorriu gentilmente para o atendente imóvel da loja, ele arregalou os olhos e a olhou, parecendo ficar um pouco vermelho e seu rosto corado como se tivesse ficado um pouco febril e, repentinamente, se virou e fugiu.

Quando não havia mais ninguém nos arredores, ela virou a cabeça para trás. Os olhos magros de Loki revelaram um olhar vicioso e penetrante.

“Suas ações recentes são muito suspeitas, aparecendo em um <Banquete> para o qual você não tinha interesse, a partir do tom de sua conversa recente, você parecia estar coletando informações... O que você está planejando?”

"Barulhento".

<Se você não fizesse nada estranho, nada teria acontecido> - As palavras de Loki pareciam revelar isso. Se isso afetar meu lado, então eu vou bater em você, seus olhos escarlates pareciam confirmar suas intenções.

Elas continuaram a lutar contra o olhar uma da outra. O leve sorriso de Freya pareceu enfrentar diretamente o olhar de Loki que estava repleto por uma intenção assassina. Parecia haver uma perigosa aura divina vinda das duas que não podia ser vista. Percebendo isso, quem sabe quando todos da loja se retiraram. Aizu estava preocupada com as duas e sentiu que este diálogo sem palavras continuaria para sempre.

Lentamente, Loki liberou sua força.

Ela fez desaparecer a atmosfera que estava lá e disse de forma convincente.

“Por causa de um homem?” Hazel: Oi?! Do nada? ….. Concordo.. É por um “par de calças

"......”

A deusa não respondeu, mas deu apenas um sorriso por baixo do capuz.

No entanto, Loki pareceu tratar o leve sorriso como uma confirmação.

Loki soltou um suspiro que faria os outros se sentirem maravilhados.

"Ha ...... Isso significa que você gostou de um filho da minha <Família>, é por causa disso?"

A apaixonada Freya...... Isso também significa que ela amava os homens e já era um fato bem conhecido entre os deuses.

Se ela encontrasse um favorito dentro do sexo oposto - mesmo que fosse uma criança do Mundo Inferior -, ela imediatamente se aproximaria deles e usaria sua incomparável <Beleza> para fazer com que o outro se tornasse seu objeto. Existiam muitos que haviam sido capturados por sua beleza mágica e se tornaram prisioneiros dela.

Desta vez Freya parecia ter gostado de outro membro principal de uma <Família>.

Participar do <Banquete do Deuses> foi também uma forma de identificar a <Família> daquela criança.

Claro, se ela fosse tomar medidas por uma criança que fez um pacto com outro deus - o que significava que ela queria roubá-lo - definitivamente iria gerar uma grande disputa. Se a força de combate da <Família> fosse grande, então Freya sofreria grandes danos e choraria enquanto recuaria e, para evitar esse comportamento descuidado, ela primeiro buscou coletar informações. Esta era a previsão de Loki.

Freya não negou as palavras de Loki.

"Realmente, sua deusa pervertida, você tem toda está motivação durante todo o ano todo, você não se importa com a pessoa e ainda quer fazer isso?"

"Oh ho, sinto muito, mas ainda tenho a capacidade de distinguir."

"Bobagem, você obviamente ainda engana os deuses do sexo masculino."

“Ter conexões com eles traz uma variedade de conveniência, você pode obter muitas regalias.”

A voz de Loki soou alta, ela não se importou e disse, “você realmente tem mau gosto”, e Freya respondeu, “apenas um pouco” e encolheu os delicados ombros.

Já não havia necessidade de questionar seu assunto, Loki emitiu um som alto e pressionou todo o seu peso nas costas da cadeira.

Suas duas mãos foram para parte de trás de sua cabeça e ela gentilmente se inclinou para trás aquela espreguiçada. Freya também pegou uma xícara fria e bebeu um pouco de água, o espaço silencioso também ficou mais relaxado.

A atmosfera entre as duas já havia mudado para uma atmosfera brilhante e ensolarada, o som do barulho da rua entrou em seus ouvidos.

Um vento suave soprava pelas janelas abertas e gentilmente levantou o vestido de Freya.

"E depois?"

"......?"

“Como é essa pessoa, a criança que você gostou? Quando você o encontrou? Diga-me”, Loki aumentou seu tom de voz.

Ela solicitou, diga-me ao menos isso, ela falou de forma acelerada enquanto tentava por tudo pra fora.

Se você não me disser, eu não vou deixar você sair, seus olhos excitados transmitiram isso.

"......"

"Por sua causa, eu precisei me esforçar, pelo menos tenho o direito de ouvi-lo."

Ouvindo Loki dando uma desculpa tão absurda, a mão esquerda de Freya apoiou suas bochechas enquanto ela olhava para fora da janela.

Na rua principal, as pessoas andavam de um lado para o outro, era uma cena extremamente agitada. Freya parecia estar perseguindo a cena em sua memória, sob o capuz, seus olhos prateados fitavam um local distante.

"...... Ele não é muito forte. Em comparação com a sua ou a minha <Família>, essa criança ainda não é totalmente confiável. Ele se machucaria por causa de questões muito pequenas, facilmente choraria ... essa criança é esse tipo de pessoa... ”

“No entanto…” os pequenos lábios de Freya continuaram a falar. “Ele é muito charmoso e puro. Nessa criança, vi um brilho que nunca testemunhei antes ”.

Embora não fosse perceptível, seu tom de voz de uma leve aumentada e a partir daí ela continuou com um pouco de entusiasmo.

“Percebe-lo foi algo acidental. De repente ele apareceu diante de mim”.

Freya recordou as lembranças do encontro enquanto continuava a organizar seu discurso. Como se ela estivesse se esforçando para reproduzir o encontro com ele e olhasse a paisagem fora da janela.

“Aquele momento, também era semelhante à cena de agora ......”

A luz do dia que veio da manhã e passou para o lado oeste da rua principal.

Do lado oposto da estrada, um garoto corrina nessa direção.

Sim, assim como agora, era o mesmo garoto que estava correndo diante de seus olhos.

“————“

O corpo inteiro de Freya congelou.

Seus olhos prateados, estavam intimamente ligados a um garoto de cabelos grisalhos usando roupas de aventureiro padrão.

Ele se movia através da multidão, às vezes ele ficava mais devagar, às vezes ele parava por um momento, depois corria para frente.

Ele estava indo na direção do coliseu, provavelmente seu objetivo era o Festival dos Monstros. Como se estivesse subindo pela multidão em geral, o garoto se dirigiu para a instalação redonda e maciça.

Freya, que olhava para a silhueta que estava prestes a desaparecer, lentamente revelou um sorriso encantador em seu rosto.

"Com licença, de repente me lembrei de algo."

"Hã?"

"Nos vemos outra hora."

Freya se levantou e saiu, deixando uma Loki atordoada permanecendo no mesmo lugar.

Ela olhou seu relógio, envolveu seu corpo e saiu da loja. Dentro da loja restou apenas apenas Loki e Aizu.

"O que, ela acabou de ir embora tão repentinamente".

Loki, que tinha uma expressão surpresa, olhou para as escadas que Freya usou para se retirar.

Loki pensou por um tempo, então ela fez um som “Eh?” E ficou cheia de dúvidas.

Ao lado dela, um pouco distante da janela, Aizu também olhou para a rua do lado de fora.

“Aizu, tudo bem? Há algo de errado?”

“......Não”

Mesmo depois de dizer que nada aconteceu, Aizu continuou olhando para fora da janela.

Seus olhos dourados focaram, não havia dúvida de que ela olhava para a mesma cena que os olhos prateados da deusa haviam visto, eles perseguiam o familiar cabelo branco.Hazel: nãaao.. Meu princeso não!!!

× × ×

“Venha, isso é para você.”

“Ohhhhhh......!?”

Assim que recebeu uma minúscula caixa de Hefesto, que vestia suas roupas de trabalho, Héstia não pôde deixar de exclamar. Ela só conseguiu falar isso ao ver a linda caixa diante dela.

Os olhos de Hepheastus ainda estavam brilhando intensamente.

“Isso deve ser o suficiente para atender às suas expectativas, certo?”

“Sim, Perfeito! Não há absolutamente nem uma objeção!”

Com um som de “Wow”, enquanto ela abria a caixa, Héstia olhou para o que tinha dentro.

No interior, abrigava uma bainha completamente preta, até mesmo o cabo da faca era da mesma cor.

Toda a arma, de cima a baixo, era preta, embora a aparência transmitisse simplicidade ela era feita por um poder muito superior ao de Héstia e era a obra-prima de Hefesto.

Parecia ter sido feita exclusivamente para Bell, usando quase o tempo de um dia inteiro para criar essa arma. O rosto de Héstia emergiu com uma expressão de satisfação nunca antes visto.

"Ah, certo. A arma deve ser nomeada por Hefesto. certo?! Se for possível, deixe-me dar um nome! Porque esta é a cristalização de Bell e meu amor, vamos chamá-la de <Faca do Amor>. Que tal?” Hazel: esse nome ferrou a arma.. -.-’

“Não, isso faz com que pareça um produto barato...... Mas, também, esta é realmente uma arma só para você, a <Deusa> ...... <Deusa - Faca de Héstia>. Que tal?” Hefesto fez essa sugestão.

“Não, não”, isso é muito embaraçoso. Héstia, que estava radiante, de repente cobriu o rosto. Sua maria chiquinha, pareciam expressar o humor da dona, que estava feliz e timidamente tremendo.Hazel: puramente Loli.. equipada com peit.. armas mais perigosas que uma faca

"Primeiro de tudo, o dinheiro é apenas emprestado, você não terá permissão para voltar atrás em uma dívida ~"

"Eu sei ~ eu sei!"

Hefesto deixou o cabelo solto e colocou um grampo de cabelo enquanto ela dizia isso. Héstia, que estava pulando de alegria, também respondeu com um sorriso no rosto.

Quando sua amiga terminou de empacotar as coisas, ela se preparou para deixar o lugar às pressas.

"Você está pronta para sair agora?"

"Sim, desculpe pelo inconveniente!"

Como se ela estivesse sentada em uma agulha e ficado inquieta, as ações de Héstia foram extremamente rápidas, ela caminhou em direção à porta do quarto.

"Héstia, você também deve dar uma pequena pausa ~~!"

Ela ouviu o que foi dito por trás, mas Héstia não se virou e nem respondeu diretamente. Ela apenas gentilmente acenou com a mão.

Saindo do pequeno quarto localizado ao lado da oficina, Héstia se moveu na mesma velocidade e saiu rapidamente da loja de Hefesto.

(Ah ~! Eu realmente quero mostrar isso rapidamente para Bell-kun ~)

Que tipo de expressão essa criança fará, apenas pensando nisso, Héstia se sentiu extremamente feliz.

Ele ficará satisfeito porque recebeu um presente? Ou ele usará um olhar respeitoso em minha direção? Ou talvez ele derramará lágrimas de emoção?

Héstia imaginou várias cenas de seu encontro, a felicidade em seu rosto era completa e não conseguia seguir em frente. Ela tentou avançar na estrada enquanto sorria, seu rosto inteiro estava tão brilhante que parecia com uma flor que tinha acabado de florescer.

Então, depois que finalmente conseguiu se acalmar, Héstia dirigiu-se para a Rua Principal Norte, pensando se deveria ir para casa esperar por Bell. Embora fosse extremamente tentador, ela realmente queria lhe dar o presente o mais rápido possível, ma, de fato, ela não tinha a mínima ideia de onde ele estava agora.

Se fosse antigamente, ela estaria com medo de que ele estivesse andando sem rumo em volta da <Dungeon>…

"Eh?...... Ahhh, então é isso.”

Héstia, que estava pensativa, notou um folheto postado em uma determinada loja, o canto de sua boca se levantou e revelou um sorriso sutil que os outros não seriam capazes de ver, seu rosto estava cheio de orgulho.

No folheto, registrou a agenda e o cronograma do Festival Monstro realizado hoje.

(Hoje é o festival anual da Filia N/QC: Filia exprime a noção de afeição, gosto ou preferência. ...... Se aquele jovem idiota que acabou de chegar à cidade soubesse sobre o festival com toda certeza ficaria extremamente interessado e iria até ele para assisti-lo ......)

Se esse for o caso, se ela também for para lá, talvez eles possam se encontrar.

Tendo em vista que o local do Festival provavelmente estaria extremamente caótico, se eles quiserem se encontrar com sucesso, geralmente eles precisariam de muita sorte. Mas essa preocupação foi incapaz de parar Héstia que estava pulando de alegria.

“Eu já previ as ações do Bell-kun!” Héstia mostrou sua confiança infundada e decidiu ir ao local do festival.

Seu objetivo é a Rua Principal Leste.

"Ei ~ Táxi!"

Aquele corpo delicado e mãozinhas fofas se esforçaram para se esticar para o lado de fora, tentando chamar a carruagem que seguia naquela direção.

Então, um homem que parecia extremamente jovem e dirigia uma carruagem parou na frente de Héstia. Ela pulou enquanto dizia ao motorista seu destino. “Você poderia, por favor, dirigir-se à Rua Principal Leste!”

“Sim sim, entendido. Você também quer ir direto para o Festival dos Monstros, Deusa-sama?

"Ah ah, algo assim."

Seguindo o som de um chicote, a carruagem se moveu imediatamente. As rodas giravam constantemente na estrada de pedra e emitiam sons de batidas e um solavanco intenso, os sons cercavam completamente Héstia que estava sentada lá dentro.

A Cidade do Labirinto Orario era extremamente grande. Embora tenha abrigado apenas aventureiros e membros da <Família> de todo o mundo, sua área total é também uma das maiores em comparação às outras cidades. Nesta cidade enorme, meios de transporte, como carruagens também era muito natural. E agora, as empresas de transporte de pessoas ou cargas também tinham sido gradualmente aceitas.

Por falar nisso, o termo <Taxi> que era usado para parar a carruagem foi escolhido por um capricho de um deus, eles não sabem quando começou, mas se espalhou, então finalmente se tornou um termo estabelecido.

“Eu quero chegar logo lá. Embora esteja muito cheio, mas você poderia ser um pouco mais rápido?”

"Ah, eu não consigo encontrar uma razão para rejeitar o pedido de uma Deusa-sama, por favor, aguente firme."

Os jovens prontamente concordaram em aceitar o pedido de Héstia, e então aumentaram habilmente a velocidade enquanto dirigiam a carruagem.

Ele evitou a multidão nas rua largas e passou por inúmeras pequenas ruas. Para se dirigir à Rua Principal Leste, ele até usou ruas que a carruagem mal conseguia passar. Enquanto ela falava alegremente com o jovem que só tinha uma diferença máxima de 5 anos em relação a Bell, Héstia olhou alegremente para as ruas vibrantes devido ao festival.

“Ah. Desculpe Deusa-sama, a partir daqui, é impossível continuar em frente.

"Se for esse o caso."

A carruagem rapidamente parou. A Rua Principal Leste era ao virar da esquina e a densidade da multidão também aumentou muito, realmente não havia nenhuma lacuna para a carruagem passar.

Héstia, que estava sentada atrás do jovem que abaixou a cabeça, imediatamente confirmou que não haveria problema, em seguida se preparou para deixar a carruagem.

“Ok, motorista-kun, é o suficiente. Eu posso ir andando.”

“Eu realmente sinto muito. Apesar de esteja escuro, se eu tivesse ido por outro beco da estrada, seria mais fácil chegar à rua principal.”

"Obrigado. Bem, quanto custou a corrida?”

“Um total de 90 Varisu.”

Héstia tirou a bolsa e a virou de cabeça para baixo, e colocou todo o dinheiro que tinha dentro na mão do jovem que prestou o serviço.

“Fufu. Não há necessidade de entregar o troco. Pode ficar para você!”

"Não, hum, há apenas dinheiro suficiente pa......" Hazel: ‘-’ calote… Héstia do céu..

Antes de ouvir as palavras do jovem, Hestia já havia corrido em direção a um beco.

Embora ela sentisse um olhar deplorável vindo de trás, ela o ignorou completamente e saiu do lugar.

O beco estava um pouco escuro. No entanto, não havia muitas pessoas em comparação com a rua exterior, assim como o jovem havia dito, seria uma boa caminhada. Hestia segurou a caixa com a adaga enquanto continuava a andar pelo beco.

Pouco depois, apareceu outra figura no beco.

"Essa… Será que... Freya?"

"......Héstia?"

Na encruzilhada, no caminho contrário ao de Héstia, havia uma mulher envolta por um manto púrpura. Do capuz, dava para ver seu lindo cabelo prateado aparecendo.

Héstia achou que reconheceu aquele cabelo, pensou por um momento e depois comparou o cabelo com a dona.

“Você também está indo para o Festival de Monstros? Andando por esse caminho, parece que você também está com bastante pressa, certo?”

“...... Sim, sim. Como eu não posso andar corretamente na rua principal, onde todos os pedestres estão, então esta é a única maneira que eu posso evitar os olhos deles enquanto caminham para frente ”.

“Ah ~ Então, ser uma <Deusa da Beleza> também é trabalhoso.” Hazel: literalmente de parar o trânsito.. Sim, ousei fazer esse comentário

Para ela, essa deusa que se chamava <Encarnação da Beleza>, mesmo que se cobrisse, se ela andasse pela rua principal, certamente causaria caos no ambiente.

Ela também não seria capaz fazer um passeio de carruagem, então só lhe restava usar esse tipo de método sorrateiro e de baixa exposição para chegar ao seu destino.

Hestia fez “hmm” em sua boca e acenou para Freya, que estava um pouco sorridente sob o manto.

“Ah, pensando nisso. Freya, você viu o filho da minha <Família>? Estou procurando por ele.”

"......"

"É um humano de cabelo branco, olhos vermelhos ...... Certo, como um coelho!"

Héstia dançou enquanto alegremente explicava coisas sobre Bell. Em contraste, o sorriso de Freya desapareceu de seu rosto e se acalmou.

No entanto, o sorriso imediatamente emergiu mais uma vez em seu rosto e ela apontou para a estrada de onde acabara de vir.

“Parando pra pensar, parece que o vi em frente à Rua Principal Leste.”

“Mesmo!?”

“Sim, sim, parece que ele estava indo direto para o Coliseu. Vá por este caminho e depois vire à esquerda, então você deve chegar na frente dele ~ ”

O rosto de Héstia imediatamente mudou e ela alegremente disse “Obrigada!” E aceitou completamente sua sugestão.

Héstia sorriu e preparou-se para dizer adeus a Freya, depois foi em direção ao novo caminho.

Pouco depois de percorrer o beco, os raios quentes do sol brilhavam na frente do caminho.

Ainda era cedo. Héstia correu imediatamente para o final do beco e chegou à Rua Principal Leste.

O que esperava no local era uma multidão densa sem quaisquer lacunas.

No meio da multidão, havia a figura de Bell que estava se esforçando para avançar.

“Ei ~! Bell-kun ~~!

× × ×

“Eh?”

Ouvindo alguém chamar meu nome, me virei e olhei. Por um tempo, não pude deixar de arregalar meus próprios olhos.

Era a presença de Kami-sama, ela tentava se esgueirar através da multidão e andando rapidamente em minha direção.

“Kami-sama! Por quê você está aqui!?"

"Ei, ei, faça perguntas estúpidas. Porque eu queria ver você, não é óbvio!? ”

Kami-sama, andou até minha frente e parou repentinamente, parecendo orgulhosa endireitou seus peitos enormes e respondeu minha pergunta.

Diante dessa resposta que não poderia ser considerada uma resposta, não pude deixar de suar frio.

“Não, embora você quisesse me ver. Não é essa a questão... Então, o que aconteceu hoje…”

“Não, até isso é ótimo! Só agora eu estava pensando em vê-lo, quem poderia imaginar que eu realmente o encontraria! Parece que nosso destino não é tão simples, Fufufu ~ ”

...... Parece que minhas palavras não fizeram sentido algum.

Na frente de Kami-sama, que estava completamente imersa em seu próprio mundo, eu não sabia para onde era jogado.

“K ... Kami-sama? Embora eu ache que é bastante rude da minha parte, mas posso perguntar o que exatamente você tem feito?”

“Hehe...... Você quer saber? A razão pela qual estou tão feliz?”

"Sim."

Somente quando eu disse isso que Kami-sama parou de falar.

Ela olhou ao redor das ruas lotadas e movimentadas devido ao festival, então ela disse apenas “espere um minuto” e olhou para o céu, como se estivesse considerando alguma coisa.

“...... Sim, raramente estamos juntos. Como esperado, não posso lhe dizer agora.

“Ehhhhh !?”

"Eu quero deixar as coisas divertidas e felizes para o final."

Eu não me preparei completamente para essa situação e durante o momento em que meu rosto ficou congelado, Kami-sama agarrou minha mão e me puxou enquanto me arrastava.

De repente tive a sensação de ser segurado pela minha mão direita, nesse mesmo instante fiquei atordoado e meu batimento cardíaco também diminuiu.

"Vamos ter um encontro, Bell-kun."

Kami-sama se virou, sorriu e disse isso para mim.

“...... EEEN... ENCONTRO!?” Hazel: desenrola o rango que ela se aquieta --’

"Ah sim. Esta rua também está muito festiva, há algum motivo para não nos divertirmos direito?”

"Não, mas, um encontro......"

"Fufu, então vamos, Bell-kun!"

Vendo-me, ficar completamente corado, Kami-sama parecia ficar ainda mais feliz e tinha um sorriso de satisfação. Seus dedos minúsculos e macios seguraram firmemente a minha mão, me levando através da multidão agitada.

As lojas de ambos os lados da rua estavam lotadas. Várias tendas e lojas de mercadorias que eram mais marcantes vendiam lanches que você podia comer enquanto caminhava, e, é claro, brinquedos e jóias relacionados com o Festival dos Monstros. Há também haviam lojas que vendiam armas de verdade, como esperado da Cidade Labirinto Orario.

Nos céus distantes, fogos de artifício pipocavam e, embora fosse em grande escala, devido à distância o som foi levemente abafado enquanto eles floresciam sob o céu azul.

Esta é uma sensação maravilhosa.

“P… Por favor, espere um minuto Kami-sama!? Na verdade, tenho uma pequena tarefa que tenho que completar!

Eh? Uma tarefa?”

"Sim, então estou procurando alguém ..."

“Ok, então podemos ter um encontro enquanto procuramos por esse alguém! Divertir-se enquanto completamos a tarefa não é matar dois coelhos com uma cajadada só?  Ah, meu velho, por favor me dê duas panquecas de geléia.”

“Kami-sama!?”

Foi tão simples mudar meus objetivos, me senti extremamente perturbado.

Se for esse o caso, eu não terei cara para ver o pessoal da loja que me pediu para entregar a bolsa para Seal. Se o fato de eu desconsiderar a tarefa por causa de um encontro chegasse ao conhecimento de alguém, poderia gerar um ressentimento.

(Há também ......)

Não importa o que, eu tenho que deixar Kami-sama ciente deste assunto.

As duas mãos estavam  juntas constantemente segurando as minhas, fazendo-me sentir muito nervoso. Além disso, percebi que estava atraído pelas expressões fofas de Kami-sama que nunca vi antes.

Embora a diferença de idade fosse bastante estranha, os comportamentos e ações de Kami-sama combinavam com a aparência de seu próprio corpo.

Ingenuamente olhando para as mercadorias dentro da loja, seus olhos brilhando, eram completamente diferentes dos que Kami-sama normalmente tinha quando vinha me encontrar. Embora ela estivesse apenas dando um leve sorriso, mas como eu deveria dizer isso, uh ...... Era extremamente fofo.

Kami-sama é realmente uma garota linda. Vendo-a de forma completamente diferente, isso renovou meus pensamentos.

Olhando para o seu peito batendo ritmicamente, eu estava muito e extremamente perturbado.

Especialmente porque ela era uma deusa que os outros temem......

“Bell-kun, Bell-kun.”

“Sim. O que é isso?”

“Ahhh~”

“......EHHH??”

Minha mente estava atormentada devido a uma variedade de pensamentos que me incomodavam e estava prestes a explodir por conta do poder de fogo concentrado.

Com um sorriso no rosto, Kami-sama trouxe as recém-compradas panquecas de geléia para minha frente.

As mãos que antes estavam juntas, agora estavam soltas e as dela seguravam os lanches. Aquele corpo minúsculo e fofo se esforçou para se esticar para cima, como se ela quisesse levar a panqueca de geléia até a minha boca.

Eu não conseguir deixar de chorar, eu usei todas as minhas forças para abrir os meus olhos.

"Kami-sama, que diabos é isso ?!"

“Qual é o problema, é só Ahhh ~. Ahhhh ~. Eu também queria experimentar essa coisa.

"......!?"

Um tremor que eu não pude resistir dominou completamente todo o meu corpo.
As palavras que eu originalmente queria dizer para Kami-sama desapareceram completamente, eu não conseguia falar. Minha boca abriu e fechou e todo o meu rosto ficou vermelho.

Eu sabia que esse tipo de sentimento era muito bom.

Será foi atmosfera do festival que causou isso? Ou era porque Kami-sama estava muito feliz ......?

“Eh? O que foi, Bell-kun? É porque eu já comi um pedaço, então você não pode comer?”

“N ... Nãoo !? Não é isso, é que ...... ”

Eu estava um pouco tímido ...... Não, não é esse o caso. Eu seria rude, muito rude!

Ela é uma deusa! Se ela fosse me deixar comer assim, então eu teria ofendido ela...!

Enquanto eu sentia pena da ação irracional, meus olhos continuaram a revirar, eu estava tão envergonhado que queria encontrar um buraco e me esconder.

Eu estava ciente da existência da minha própria quota de panqueca de geléia.

“K ... Kami-sama, é difícil comer esse pedaço!? Por que eu não como apenas minha própria parte!? ”

“...... Deixarei você escapar dessa.”Hazel: Kamiii usa a garrafinha com águaa!! Bei-jo in-di-re-to ( ͡° ͜ʖ ͡°)

Olhando para a parte da panqueca de geléia que me pertence, o rosto de Kami-sama demonstra sua insatisfação.

Então, ela imediatamente disse "Tudo bem", e seu sorriso ressurgiu.Hazel: Amando esse cap. ( ͡° ͜ʖ ͡°)

“Então, você será bem vindo. Você vai me alimentar direito!?”

"Eh"

"Isso, Ahhhh ~"

"...... A ... Ahhhh ~~"

Kami-sama, que fechou os olhos, abriu a pequena boca.

Eu, que fiquei congelado naquele instante, parecia estar hipnotizado e lentamente movi minha panqueca de geléia…

No instante seguinte, uma mordida.

Aqueles pequenos lábios, como se estivesse dando um beijo suave, continuou a comer o lanche. Olhando para aquela inocente ação infantil, eu, que agia como um idiota, corei sem hesitar.

Kami-sama, que abriu os olhos, e mostrou um sorriso travesso em seguida, finalmente, deu uma grande mordida na panqueca. Suas bochechas macias mastigavam numa velocidade rítmica enquanto ela provava como é delicioso .

Que tipo de expressão eu tenho nesse momento ...... Hazel: de princeso….

(Ah ......)

Em suas bochechas, havia uma geléia de cor branca.

Vendo um pouco do recheio do lanche no rosto de Kami-sama, eu levantei minha mão reflexivamente querendo usar o dedo para limpar o molho branco, contudo momento em que eu estava prestes a tocá-la, parei.




Imaginei que essa ação seria muito rude com Kami-sama. No entanto, eu não tenho comigo o lenço que usava para limpar meu rosto.

Eu desajeitadamente retirei minha mão...... Mas aquelas mãos minúsculas agarraram-às mais uma vez.

"Fufu ~ Ajude-me a limpar."

"......"

A atitude de Kami-sama era extremamente calma, e ela soltou um leve sorriso. Suas bochechas estavam levemente avermelhadas, mas dava para ver que estava cheia de amor.

Eu, que estava completamente atraído pelo leve sorriso de Kami-sama, desajeitadamente estendi minha mão e esfreguei suavemente as suas bochechas.

As bochechas de Kami-sama, que também estavam tingidas de vermelho, parecia sentir cócegas enquanto ela fechava os olhos.

(U ... Uwaaahh)

Parecia que vapor estava prestes a sair da minha cabeça.

Meu corpo inteiro estava entorpecido. Foi extremamente embaraçoso. Não, deveria ser o fato de me sentir extremamente tímido.

Parecia que eu me estava completamente atraído por Kami-sama.

“Ok, Bell-kun, vamos continuar. Desta vez comeremos croquetes de batata!”

"Ainda estamos fazendo isso!?"

“Mas é claro. Não há muitas oportunidades que possamos desfrutar juntos.”

Então, eu estava de mãos dadas novamente com Kami-sama e sendo arrastado para frente.

Olhando por uma variedade de ângulos, eu já havia aceitado completamente esse destino. No entanto, quando me recuperei, notei que minha boca naturalmente formou um sorriso.

Pensando com cuidado, talvez fosse realmente o que Kami-sama havia dito.

A fim de apoiar esta <Família> de duas pessoas, eu constantemente andava pela <Dungeon> e Kami-sama também tinha que ir trabalhar.

Nós dois fazendo algo juntos não era algo que havia acontecido em nenhum momento do passado.

Tentando arduamente passar por entre os espaços entre a multidão, junto com Kami-sama, avançamos pela Rua Principal.

Embora eu mantivesse um sorriso irônico, no fundo, eu ainda estava ansioso por estar perto de uma Kami-sama feliz.

× × ×

Seguindo os impressionantes sons de aplausos, este lado também tinha começado.

Quando a poeira foi levantada, um monstro que foi libertado de suas correntes rugiu quando correu para frente. Na frente do enorme monstro da classe dos porcos que tinha dois metros de altura, o <Javali de Batalha>, havia uma única mulher que estava em alerta total. Seu cabelo curto balançou ao vento, ela evitou por pouco o ataque do monstro.

Os sons de aplausos de fora vindos da arquibancada se sobrepunham e ficavam cada vez mais altos. A espiral entusiasta de sons de aplauso foi feita pela platéia de 50.000 pessoas.

Este era o coliseu circular que existia na Rua Principal Leste.

Sob as incontáveis expressões de paixão, o principal evento do dia, o Festival dos Monstros começou.

No centro do campo havia um monstro que havia sido capturado no mesmo dia e liberou completamente sua natureza violenta. Ele se dirigiu para a presa que estava diante de seus olhos e usou todos os seus esforços para se mover e chutar usando seus quatro membros. Enfrentando esse tipo de ataque rápido, semelhante a investida de um javali, no qual ela poderia facilmente ser esmagada, a domadora da <Família de Ganesha> esquivou-se facilmente e arrancou mais aplausos da plateia.

Se você reparasse bem, era semelhante às touradas. Uma pessoa vestindo roupas lindas, segurando uma capa e um chicote, enfrentando o monstro furioso e esquivando-se várias vezes.

Neste Festival, ela recebeu a tarefa não de derrotar o monstro, mas sim domá-lo.

Fazer o monstro que poderia facilmente matá-la tornar-se dócil e completamente obediente, isso fará com que os cidadãos sintam admiração, respeito e excitação. Todo tipo de circunstâncias imprevistas faria suas palmas suarem.

O monstro rugiu alto, o anfitrião usando um alto-falante que foi criado através de <Pedra Mágica> para atuar como um comentarista e os sons dos aplausos do público. O local tinha entrado completamente em um estado apaixonado.

"Começou......"

Sentindo a grande comoção no coliseu, Eina disse suavemente.

Ela, que estava em stand no coliseu, podia ouvir as vozes impressionantes do interior, e sua pele podia até sentir as vibrações. Assim, ela se virou e olhou para o coliseu atrás dela.

Atualmente, Eina e os outros funcionários da guilda foram mobilizados para o coliseu. Suas principais responsabilidades são a admissão e orientação do público.

Isso também era para auxiliar o trabalho da <Família de Ganesha>.

O Festival dos Monstros não é um evento que os Deuses podiam realizar por capricho. Mas já que a <Família de Ganesha> prometeu organizar o evento para que ela pudesse prosseguir sem problemas, o planejamento foi liderado pela guilda.

(Embora eu não deva considerar tais coisas ...... Mas por que nós temos que organizar tal festival?)

A abertura do Festival dos Monstros foi decidida pelos superiores da guilda. Eina, que estava na camada mais baixa da hierarquia da organização, não devia se queixar disso, mas seu coração ainda não se sentia à vontade.

Apesar de não representar uma ameaça para a cidade, a ação de transportar monstros da masmorra para a superfície não deveria ter acontecido. A própria Eina parecia rejeitar isso. Se fosse pela administração da Cidade do Labirinto, e pela paz da cidade, não importa o quão importante ela seja, eles não deveriam brincar com coisas perigosas.

Monstros são criaturas aterrorizantes.

Será que eles querem usar o Filia Festival para enfatizar que eles podem ser amigáveis ​​com os monstros? Apenas por uma questão de entretenimento e, para isso, estavam dispostos a fazer uma jogada arriscada - Se esse é o caso, então para a guilda - Eina pensou consigo mesma.

"Também ...... Isso é um circo ou é uma performance, é tão alto que machuca meus ouvidos."

"Eh? Eina, do que você está falando?

Encarando o colega, que a ouviu murmurar para si mesma, Eina deu um sorriso irônico e balançou a cabeça, expressando que nada havia acontecido.

Esta cidade, Orario, incorporou uma grande quantidade de <famílias> e também uma vasta maioria de aventureiros. Embora o nome ‘aventureiro’ passasse a impressão de que são pessoas boas, a realidade é que a maioria deles é apenas gente brutal e sem lei. Por causa de sua má etiqueta, era fácil para eles terem conflitos com o público em geral e quebrar a paz do ambiente.

Para a guilda, que pretendia produzir uma boa eficiência na reciclagem das Pedras Mágicas da <Dungeon>, esses aventureiros que exploram a <dungeon> são essenciais para suas operações. Então, objetivamente falando, a administração da cidade pode apenas fechar os olhos para o Festival Monstro, mesmo que eles tenham sido criticados pelo público.

Por causa disso, houve difamações em <Babel> alguns dias atrás, a própria Eina não pode fazer nada a não ser ouvi-las.

(Não importa o que, por favor, não acontecendo nada de ruim, já é o suficiente ......)
Durante o período em que esse Festival é realizado, sempre foi fácil para ela estar suando frio. Até o final do Festival dos Monstros, ela sempre se sentiria paranóica.

Talvez fosse porque ela era muito conservadora?

“Eu também quero ver!” Os colegas ao lado dela murmuraram, Eina usou a mão para apoiar a testa e suspirou sentindo uma sensação de aborrecimento.

"Não há nenhum ......"

“Como esperado, ela já entrou no coliseu?”

(......Eh?)

O olhar de Eina flagrou uma pessoa familiar entrando. Aquele era Bell.

Na parte externa do coliseu, Bell parecia estar procurando por alguém. Ao lado dele, estava uma pessoa, deveria ser a Deusa de sua Família.

Eina olhou para os colegas de pé atrás dela e sentiu que deveria ficar tudo bem se ela saísse por um tempo. Então ela foi até o jovem aventureiro do sexo masculino que ela era responsável.

"Bell-kun"

"Eh, Eina-san?"

“Quem é essa, Bell-kun. Esta meio elfa?”

Bell, que ficou um pouco surpreso, não pôde deixar de dar um sorriso irônico.

Eina se apresentou pela primeira vez para Héstia, que estava ao lado dele.

“Eu pertenço à seção de gerenciamento de guildas e sou a consultora de exploração da <Dungeon> responsável por Bell Cranel, Eina Tulle. É a primeira vez que nos encontramos e, por favor, é um prazer conhecê-la. Deusa Héstia-sama.”

“Ahah, então é isso. Obrigado por cuidar de Bell-kun.”

Uma vez que sua apresentação acabou, Héstia parecia entender tudo e acenou com as mãos. Eina respeitosamente inclinou a cabeça novamente, Bell, que olhou para a situação entre as duas, perguntou a Eina.

"Por que Eina-sama está aqui?"

“A guilda também é responsável pelo Festival dos Monstros, nossa função é ajudar a administrar o local. E sou responsável por orientar os convidados. Bell-kun também veio ver o festival, certo?”

“Não, eu estou apenas procurando por uma pessoa ... Sobre isso, uma pessoa que está vestindo uma roupa feminina de empregada ...... Ou não. Certo, Eina-san, você viu uma mulher humana que estava tendo problemas com dinheiro?”

"Uh, eu não estou certa sobre isso."

Ouvindo essa estranha descrição, Eina não escondeu seu sorriso irônico. Bell também respondeu com “Entendo...”, então coçou a cabeça.

Entrar no coliseu exigia uma certa taxa, de modo que existia a possibilidade de a pessoa, que não trouxera dinheiro, que Bell estava procurando, não conseguisse entrar.

Depois que Eina contou essa análise para Bell, ele assentiu e expressou que entendia.

“Então, vou olhar em volta novamente. Talvez tenhamos nos desencontrado.”

“Sim, se eu ver essa pessoa, eu vou chamá-la para esperar aqui, então se você não encontrá-la, por favor, venha aqui mais tarde.”

Eu sou muito grato.” Bell se curvou e se preparou para sair. No entanto, Héstia, que veio junto com ele, continuou a olhar para Eina, de pé ali e não se mexeu.

Eina inclinou ligeiramente a cabeça, depois Héstia começou a falar lentamente.

"É a conselheira, certo ~"

"Sim, há algum problema?"

"Usar sua posição para cobiçar o Bell-kun ...... Você nunca fez esse tipo de coisa antes, certo?" Hazel: uou.. O.o.. territorialista..     

No começo, Eina não entendeu completamente do que ela estava falando e tinha uma expressão atordoada.

Olhando para Héstia, que tinha uma expressão séria enquanto perguntava isso, Eina calmamente soltou algumas palavras de sua boca.

“Eu sempre separei meus assuntos privados dos oficiais ......”

“Sim, vou acreditar em suas palavras.”

Héstia assentiu seriamente, suas duas mãos gentilmente fizeram um som de batida.

Então ela puxou Bell, que ficou surpreso, e deixou o local.

“Ela estava me alertando?” Eina olhou para as duas figuras se distanciando e não pôde deixar de suar.

De repente, ela sentiu uma ligeira dor de cabeça e foi até seus colegas.

"Realmente, o que eles estão fazendo agora."

"Se são reclamações, então diga-as depois, vamos primeiro mover essas pessoas."

"......?"

A equipe estava muito barulhenta.

Parecia que a atmosfera havia mudado completamente, Eina ficou completamente surpresa.

"Com licença, posso perguntar o que aconteceu?"

“Ah. O pessoal que estava situado na entrada oeste parecem ter desmaiado.”

"Eh......?"

“Essas pessoas ainda pareciam estar conscientes. No entanto, assim que foram postos de pé, seus osso não os sustentaram e eles caíram no chão, todos estava sem força ...... Ah, nós estimamos que eles beberam muito vinho ontem e não se preocuparam nenhum pouco com trabalho de hoje. Parece que eles não podem continuar com a guarda, por isso estamos enviando algumas pessoas deste lado.”

O homem fera, um dos membros da staff colocou a mão na parte de trás de sua cabeça enquanto relatava o acontecido.

Ao ouvir isso, Eina sentiu uma sensação estranha em seu coração. Era uma tensão desagradável que a fez estremecer.

(Deve ser pelo meu alto nervosismo ... Deve ser isso, certo?)

Os gritos e aclamação da plateia se misturaram em suas orelhas, Eina levantou a cabeça e olhou para o grande coliseu em sua frente.

Parece que os sons estrondosos do monstro no coliseu constantemente chegavam aos tímpanos de Eina.

× × ×

Este era um local escuro, úmido e com uma fonte de luz fraca.

Pendurado no teto havia uma <Lâmpada de Pedra Mágica>, lançando um leve brilho na sala e revelando as sombras de pequenos pedaços. Caixas de madeira de um metro de altura estavam espalhadas pelo chão, o ambiente também estava em desordem. Na parede, havia uma variedade de itens, com a grande maioria sendo armas.

Neste espaço escuro que parecia um armazém, havia muitos <Estábulos de Monstro>. Muitos monstros foram trancados lá com fechaduras. O som do metal que estava sendo arranhado era freqüentemente tocado na sala. Incluindo um enorme monstro do tipo cão que usava seu próprio nariz para empurrar através das aberturas, usando seus dentes para arranhar e emitindo um zumbido.

Este espaço foi criado para ser uma grande sala subterrânea e estava dentro da arena do coliseu, ele podia ser chamado de sala de controle dos monstros.

Os monstros eram transportados pela pessoa responsável para a arena central. Uma vez que eles estam ao alcance do nível do solo, então eles tiravam os grilhões dos monstros, deixando-o para ser domesticado pelo domador da arena central.

Os aplausos vindos da platéia pareciam ter chegado muito longe e ecoavam dentro deste espaço.

"O que você está fazendo? O próximo show está prestes a começar! Por que o monstro ainda não está preparado?”

Seguindo o som dos passos, a grande porta foi aberta lentamente. Uma fêmea da <Família de Ganesha> entrou animadamente na sala.

Ela estava encarregada dos preparativos e monitoramento os bastidores do Festival.

Como o horário do show estava se aproximando, mas o monstro ainda não tinha sido enviado para fora, ela se sentiu ansiosa e correu para ver a situação.

Seu questionamento irritado não recebeu qualquer resposta.

“Eh ... ei, ei. O que aconteceu!?"

Na sala diante de seus olhos estavam seus companheiros deitados em uma postura flácida.

Os quatro carregadores responsáveis ​​por essa área estavam todos congelados em uma postura frouxa.

Ela foi em pânico para o mais próximo para observar a situação. Ah, eles ainda estavam respirando, também não havia ferimentos externos.

Ela levantou a cabeça para observar os outros e todos estavam na mesma situação.

A vida deles não estavam em perigo.

"Ah ...... ah"

(É veneno de monstro, não. Isso é ......!?)

Respiração ligeiramente irregular. Bochechas levemente coradas. Seus olhos completamente fora de foco.

Era um sintoma que ela nunca tinha visto antes. Observando a expressão de sua companheira que estava deitada no chão, ela sentiu um leve calafrio vindo de trás.

Eles foram apanhados nessa situação anormal e ela não tinha nenhuma pista do que tinha acontecido.

O que diabos aconteceu aqui? Ela continuou no mesmo lugar e estava examinando a sala cheia de rugidos de monstros.

“————“

Acidentalmente, ela sentiu o ar atrás dela começar a tremer.

Esta não era a sensação de uma vibração de um ataque furtivo, mas parecia ser uma vibração de alguém andando devagar e calmamente. Como não havia nenhuma intenção maliciosa, a velocidade de reação também se tornou extremamente lenta.

Uma certa pessoa estava de pé bem atrás dela.

"Não se mexa, oh?"

“————Ah.”

No instante seguinte, seus olhos foram cobertos por mãos vindas de trás.

Um par de mãos suaves e delgadas cobriu os olhos dela.

Depois, um impacto que pareceu um espasmo percorreu todo o seu corpo.

A fragrância que corroeu através do ruído, e o contato íntimo com a carne macia, transmitiu através de sua temperatura corporal, fazendo com que seus sentidos ficassem completamente paralisados. Essa insondável <Beleza> a cercou completamente.

Este era um grau inacreditável de <Charme>. Só de vê-lo, era capaz de resistir a ele.

Era absolutamente impossível. Era impossível resistir. Sua consciência também entrou em curto-circuito.

Ela foi privada de sua vontade.

"Onde estão as chaves?"

“——Eh?”

“As chaves dos estábulos dos monstros, onde estão elas?”

O som que gentilmente soprou em seus ouvidos, seu pescoço até sentiu um pequeno arrepio.

Diante dessas palavras, que pareceram penetrar diretamente em sua mente, que foram repetidas duas vezes, e seu próprio corpo parecia obedecer plenamente, como se fosse uma condição reflexiva.

Sua mão esquerda trêmula caiu lentamente e tirou o chaveiro de sua cintura. Seguindo o som das chaves balançando, ela as levou até a altura do ombro.

"Obrigada."

As chaves foram tiradas, as mãos que impediam sua visão desapareceram. No entanto, seus olhos já haviam perdido completamente sua capacidade de funcionar, ela, que tinha perdido a vontade própria, não conseguia focar nada.

Ela sentiu que a pessoa atrás dela partiu, e suas mãos e pernas pareciam fracas. Ela caiu no chão e sentou-se com sua bunda.

Como se a cena fosse reproduzida mais uma vez, ela teve o mesmo resultado de seus companheiros.

"Eu sinto Muito."

Freya deixou a fêmea que havia desmoronado completamente.Hazel: sente @#$% nenhuma!! Sua.. sua “piranhozilla”

Monitorando a entrada oeste, os funcionários da guilda e os aventureiros da <Família de Ganesha>. Freya havia neutralizado os membros da organização e invadido rapidamente este local.

Freya não tinha nenhuma habilidade de combate. No Mundo Inferior, ela era uma mortal completamente sem poder.

No entanto, ela ainda tinha sua parcela extraordinária de <Beleza>, não, deveria ser que ela mesma fosse <Bela>.

Esse é um tipo de poder que não poderia ser resistido usando a lógica. Seres humanos e demi-humanos, e até mesmo deuses, seriam dominados por esse poder esmagador. Enquanto ela quisesse que acontecesse, não havia ninguém que pudesse resistir a ser arrastado para um interminável abismo de êxtase.Hazel: “ela puro êxtase…” (notinha musical).. Recebam essa piada ridícula

Desta vez, ela usou a <Beleza> de uma forma negativa.

Não importa o sexo, homem ou mulher, desde que sua consciência fosse controlável, então eles seriam privados de sua força. Este era o efeito do <Charme> que Freya usou.

Enquanto eles foram pegos de surpresa, ela era uma pessoa que era capaz de fazer um certo grau de coisas.

“......”

Freya parou no meio da sala.

O ambiente estava cheio de grandes e pequenos Estábulos de Monstros. Os monstros que foram capturados ficaram extremamente excitados e violentos. Seus rugidos cercaram Freya de todas as direções.

No entanto, no momento em que ela tirou o manto, todos os sons estridentes pararam.

"......"

A inigualável beleza estava exposta para eles.

A pele branca e macia como a neve impactou visualmente os monstros, preenchidos com a fragrância que restringiu completamente suas ações. Os olhos dos monstros pareciam ser controlados pelos cabelos e olhos prateados brilhantes.

Mesmo que esses monstros fossem ferozes, eles ainda não conseguiam se livrar de sua influente beleza.

"...... eu vou buscá-lo."

Aqueles olhos prateados olharam para os monstros cuidadosamente, como se estivessem cuidadosamente selecionando um deles. Finalmente, parou em um local.

O monstro estava completamente coberto de puro pêlo branco. Em seu corpo corpulento havia dois ombros e dois pulsos com músculos protuberantes e era particularmente proeminente. Os pêlos prateados eram como os cabelos Freya, e estenddiam-se até as costas como uma cauda.

Os olhos do <Silverback> cujo corpo era parecido com um macaco, estavam rodando, sua respiração também estava ficando mais curta. Ele sentiu o olhar da Deusa.

"Saia agora"

Freya usou as chaves na mão para abrir as trancas do estábulo do monstro.

O <Silverback> obedeceu às ordens da deusa e abriu a cerca de ferro e saiu passo a passo. A fechadura que foi aberta tremeu com um som estridente.

Deixar o monstro sair, não importava o quê, era um comportamento extremamente perigoso.

A ação dessa deusa de espírito livre poderia facilmente causar muito prolbemas aos outros.

Havia apenas um objetivo.

(Aquela criança também veio aqui ......)

A questão sobre a qual Freya pensava era a do menino Bell Cranel.

(...... Ah ah, realmente. Eu quero assistir o crescimento daquela criança por mais algum tempo ...)

A questão sobre a surpreendente velocidade de crescimento de Bell, obviamente, Freya sabia disso.

Embora ela atualmente não soubesse o motivo, mas usando os seus olhos de deusa, ela pôde ver que ele estava crescendo a uma taxa que era incompatível com o senso comum.

(...... No fim, ainda tenho que fazer coisas deste tipo.)

Freya soltou um sorriso infantil.

Era um sentimento como se ela quisesse provocá-lo.

Ela queria ver o que acontecerá quando o menino receber sua provocação, que tipo de reação será, tudo para seu próprio entretenimento.

Realmente, isso era algo que uma criança faria.

No entanto, ela não conseguia mais parar. A primeira vez que o viu, aquele impulso queimou seu coração e causou até amor, isso levou Freya a fazer esse tipo de coisa.

Querendo ver a expressão confusa do garoto, querendo ver a expressão de choro do garoto - E, o mais importante, querer ver os gestos heróicos do menino.Hazel: ‘-’ ela saca que ele pode morrer né?

“......”

“Fu,Fuuu......!?”

O som de respiração intensa do <Silverback> ecoou. Freya carinhosamente acariciou a bochecha do monstro como se ele estivesse do lado dela.

Deixando o monstro de lado, talvez um pequeno erro faça com que Bell morra.

De repente, Freya pensou e refletiu nessa possibilidade que nunca havia pensado antes, mas continuou a rir.

Se aquele menino fosse morrer.

(Então eu vou segui-lo.)

Não importa onde, ela iria procurar a alma que estava deixando o Mundo Inferior e subindo ao céu.

(Vou abraçá-lo com força)

Então deixando aquela alma capturada cair em seu abraço amoroso.

Depois que pensou nisso, Freya não pôde deixar de estreitar os olhos e rir alegremente. Aqueles olhos que estavam repletos de amor e ternura, ao mesmo tempo, estava tingidos de cores sádicas.

O sorriso que permaneceu em seu rosto quando se aproximou do rosto do <Silverback>. Quando suas mãos o tocou o corpo do monstro tremeu violentamente.

(Então eu direi)

No momento seguinte, Freya colocou os lábios na testa do Monstro.

(Você tem que me esperar ok?)

O rugido do Monstro ecoou por todo o espaço.

× × ×

“Kami-sama, sobre o que você e Eina conversaram?”

"Sim, sim, foi apenas uma conversa casual."

A fim de encontrar Seal, Kami-sama e eu andamos pelo entorno do Coliseu novamente, então, mais uma vez, aparecemos na Rua Principal Leste. Como o festival já havia começado, a maioria das pessoas já havia entrado no coliseu, então a rua movimentada mais cedo era completamente diferente da cena de agora, em comparação com antes ela estava muito mais tranquila.

“Ah, Bell-kun. A pessoa que você está procurando também é uma mulher?”

"Eh? Ah sim. É uma mulher humana com cabelos e olhos cinzas. Ela tem uma estatura relativamente alta, melhor dizendo, ela tem aproximadamente a mesma altura que a minha ...... ”

Eu tinha pensado erroneamente que ela estava perguntando sobre as características físicas de Seal, então eu disse as características para Kami-sama. Kami-sama parecia ter uma expressão como se ela não se importasse, e ouviu em voz baixa.

Então ela usou um olhar reprovador para olhar para mim.

Encarando esse tipo de olhar de rereensão eu não pude deixar de sentir medo.

"Eh, Kami-sama?"

"...... O que eu falei com a consultora agora a pouco, você é realmente uma pessoa perfeita ~"

"Eh ...... O ... O que você quer dizer?"

"Hmmph ~"

Kami-sama virou a cabeça para o lado.

A maria chiquinha em sua cabeça também seguiu o movimento, como se estivesse expressando sua insatisfação para mim.

Eu não sei porque Kami-sama de repente ficou chateada. Eu só sei que se eu ficasse ansioso agora, então eu não poderia fazer nada.

“————?”

“......O que foi, Bell-kun?”

Eu tinha parado meus passos, Kami-sama que tinha andado alguns passos na minha frente também se virou, com um rosto cheio de dúvidas.

Eu esqueci completamente de responder a Kami-sama, algo parecia estar em volta e olhei ao redor.

Agora mesmo, o que foi isso!?

Que tipo de som soou nos meus ouvidos.

Era diferente dos sons agitados do Festival, era um som que parecia muito urgente e agudo.

"......É um grito?"

No momento em que murmurei essa frase para mim mesmo.

Imediatamente, um som mais alto saiu.

"M ... MONNSTTRROOO!?"

Como se tudo tivesse congelado, a rua pacífica e agitada de repente tornou-se temerosa.

Então eu vi.

O caminho que levava para dentro do coliseu.

Um som de estampido que ecoou pelas estradas de pedra, um monstro de puro pêlo branco, corria de maneira ameaçadora.

× × ×

No centro da rua, uma carruagem bateu e foi imediatamente arremessada.

O cavalo relinchava constantemente, e o motorista despreparado voou pelo ar e até colidir com o chão junto com algumas rodas de carroça. As rodas da carruagem, que estavam completamente viradas, ainda rolavam no ar.

A pista importante da deusa era o aroma residual, que já estava se tornando um tanto vago. Foi por causa de sua excitação que perdeu sua capacidade de julgar e decidir por um caminho errado? De repente, a doce fragrância desapareceu completamente.Hazel:.. Gamou na maluca…

O <Silverback> virou-se e olhou em volta, depois parou em um ponto. [Fu, fu.]

Tentou ouvi-la, sentir aquele odor enquanto olhava ao redor.

Havia muitas pessoas aqui. Muitas dessas ficaram completamente flácidas, algumas usaram ambas as mãos para cobrir a boca e seus rostos estavam extremamente pálidos. Essas pessoas formaram um enorme círculo ao redor do <Silverback>.

Depois, justamente quando o <Silverback> estava prestes a acabar com a vida das pessoas ao redor.

Os olhos injetados do <Silverback> focaram em uma pessoa.

Sua expressão era atordoada e enquanto olhava para esta garota de cabelos negros.

Era uma existência completamente diferente das pessoas ao seu redor.

Essa deve ser uma existência que se elevou sobre todas as coisas vivas.

Era basicamente uma existência semelhante à deusa que estava perseguindo.

Pensou por um tempo.

"——Vá atrás daquela minúscula deusa, ok?"

Estas foram as últimas palavras que ela disse aos seus ouvidos.

——Ele a viu.

O <Silverback> deu um grande passo à frente na direção da garota que arregalou os olhos.

× × ×

“——“

No momento que o monstro deu um passo à frente.

Vários gritos ecoaram da multidão que tentava escapar.

"...... B ... Bell-kun?"

Puxei as mãos de Kami-sama, dei um passo, dois passos e imediatamente recuei para trás.

Esse sentimento arrepiante se espalhou por todo o meu corpo e combinou completamente com o sentimento do meu coração também.

O corpo branco e forte. Os cabelos prateados que iam até a cintura. Essa existência completa e esmagadora.

Os olhos daquele sujeito estavam perdidos olhando para a nossa direção.

Minha respiração quase parou.

Por que há um monstro aqui? O que está acontecendo? Eu ainda cheguei a ficar pensando nessas ideias tentando entender o que estava acontecendo.

Essa sensação de todo o meu corpo estar suando, eu já havia experimentado isso várias vezes antes era a mesma sensação de quando me encontrei com o Minotauro, uma sensação de estar totalmente indefeso dominava todo o meu corpo.

Dos dois lados, quem seria o derrotado. Eu entendi a resposta desta pergunta instantaneamente.

Então, devo tentar?”

Essa voz, sinto que já ouvi antes.

Por ScryzZ | 26/09/18 às 13:26 | Ação, Aventura, Fantasia, Magia, Poder, Mitologia, Ecchi, Shounen, Japonesa, Elementos de MMO