CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 2.2 - Interlúdio: Desabafe, Kammmi-sama! (Parte 2)

Dungeon ni Deai o Motomeru no wa Machigatte Iru Darou ka (DanMachi)

Capítulo 2.2 - Interlúdio: Desabafe, Kammmi-sama! (Parte 2)

Tradução: Verin | Revisão: Hazel | QC: ScryzZ


O tom do céu mudou de vermelho escuro para o preto azulado quando a noite caiu.

Orario Ocidental. A Rua Principal Oeste estava ativa com muitos habitantes e aventureiros que voltavam da exploração da Dungeon. Agora, também era o período de maior movimento que acontecia no dia.

"F ... Finalmente, consegui sobreviver por hoje..."

Misturada com a multidão, Hestia foi tropeçando para frente na estrada. Ela estava cambaleando em direção a sua casa como se estivesse tentando escapar da torre no centro de Orario.

No momento, ela estava voltando para casa depois de concluir seu trabalho na filial da 【Família Hephaistios】 na Torre Babel.

"Aquela Hephaistios, ela não poderia ter um pouco misericórdia?"

Mesmo que fosse por ter que pagar o empréstimo, aquilo ainda era extremamente cruel para Hestia. Ela estava acostumada a um estilo de vida quase preguiçoso, e sua situação atual beirava a tortura.

Ela não sabia se era devido às ordens de sua amiga Deusa, ou se as crianças que trabalhavam naquele ramo não tinham respeito por uma Deusa. Na verdade, que eles estavam lhe dando trabalho extra propositalmente. Chegava ao ponto de ela querer gritar diariamente.

O desejo de Hephaistios, que queria corrigir a personalidade de Hestia de querer confiar nos outros, poderia ser visto de longe.

“Ah, eu realmente quero ver o Bell-kun…!”

Hestia, que tinha sua mente e corpo completamente esgotados devido aos dias contínuos de trabalho duro, lembrou o assunto sobre a criança de sua própria família.

Já se tornara uma atividade diária durante esse tempo esperar ansiosamente Bell, que voltava da Dungeon. Muitas vezes saía cedo do trabalho de meio período para fazer isso , mas agora as posições eram completamente invertidas.

Ela realmente queria pular em seus braços enquanto ele entrava pela porta da frente.

Sabendo que isso não ia acontecer, ela arrastou seu corpo cansado enquanto trilhava seu caminho de volta para casa.

“——Nnnn!?”

Hestia foi tirada de seus pensamentos quando um borrão de cabelos brancos, como um coelho, chamou sua atenção.

Misturado no meio da multidão, uma figura familiar aparecia por um momento e em seguida desapareceria novamente.

“É o  Bell-kun!”

Seus olhos redondos brilharam no instante que ela notou o garoto.

Talvez ele tivesse terminado a sua exploração da Dungeon e estivesse se preparando para ir para casa. Ele estava usando sua nova armadura e estava de costas para ela.

Ele estava indo na direção de sua residência.

Hestia, como um peixe que voltou à água, instantaneamente se recuperou, e estava prestes a correr para se aproximar de Bell, que estava na frente dela - mas então...

“!?”

Outra pessoa apareceu extremamente perto de Bell. Antes ela estava coberta pela multidão e não podia ser vista, mas agora ela tinha entrado no campo de visão de Hestia.

Seu corpo era ainda menor que o de Hestia, mas ela estava carregando uma grande mochila. Embora fosse difícil distinguir seu gênero ou outros detalhes observando somente suas costas, Hestia tinha certeza de que era uma garota.

A misteriosa garota provavelmente tinha uma aura que fazia com que os homens quisessem protegê-la. Além disso, ela estava apertando firmemente a mão estendida para ela.

Nesse momento Bell revelou um sorriso gentil enquanto olhava em direção à misteriosa garota.

Boom! Um choque atravessou a cabeça de Hestia.

Hestia estava extremamente fatigada tanto fisicamente quanto mentalmente, portanto, esse era o fim da picada. O menino, que era seu porto seguro, revelou-se tão feliz ao dar às mãos e sorrir para à mulher ao lado dele. Aquela cena, junto com o sol de fim de tarde fazia com que eles parecessem completar um ao outro.

A ferida que Hestia sofreu foi imensurável.Hazel: Fatality / Verin: Brutality, isso sim! XD

Hestia mal teve tempo de refletir no fato de que aquela possivelmente era a Suporte que ele tinha dito que encontrou em babel quando virou-se e saiu correndo.

Ela realmente ficou abalada com o mal-entendido.



“— Ouça isso, Miach! Bell-kun está me traindo!”Hazel: o meu, o nosso princeso?! Hestia mulher, acorda.. É o Bell.. :v / Verin: Só ela acredita nisso... ¬¬

Dan! Batendo o copo de vidro sobre a mesa, Hestia estava em prantos em uma taberna que foi construída em um beco um pouco afastado da rua principal.

O espaço estreito construído de madeira estava preenchido por muitos aventureiros que usavam equipamentos brutos. Eles riam e faziam barulho enquanto conversavam de forma deselegante e berravam por todos os lados.

Misturada entre os aventureiros e bebendo vinho barato, Hestia narrou os eventos que havia testemunhado anteriormente ao Deus que estava sentado em frente a ela.

“Te traindo? Tenha calma. Eu não consigo imaginar Bell fazendo uma coisa dessas.” Verin: Viu? Ninguém consegue imaginar isso...

Usando um tom cuidadoso e emitindo uma voz profunda um pouco abafada, o belo homem, Miach, acenou com a cabeça contra as reclamações de Hestia, enquanto expressava sua própria opinião. Sua túnica desgastada e cinzenta combinava muito bem com a decoração do bar.

Hestia e Miach estavam na classificação mais baixa dentre os Deuses de 【Família】 mais pobres de Orario. Tendo uma posição similar, o relacionamento deles era bastante consolidado.

A 【Família Miach】, que produz e vende poções, e a 【Família Hestia】 tinham um relacionamento muito próximo. Por isso, os Deuses também tinham grande compreensão sobre os ‘filhos’ um do outro.

Embora tivesse encontrado Hestia na rua principal por acaso e tivesse sido arrastado à força para acompanhá-la para beber vinho, Miach não revelou um traço de desgosto enquanto ouvia atentamente as palavras dela.

“Eu vi com meus próprios olhos! Eles estavam de mãos dadas, sorrindo, rindo! Se isso não é uma prova conclusiva, o que mais poderia ser!?” Verin: Qualquer outra coisa além de apenas isso, creio eu...

“Bell também pode ter seus próprios motivos. Além disso, deve existir um círculo de pessoas com as quais ele se relaciona. Eu acho que é cedo para tirar esta conclusão somente com tais acontecimentos... E, de qualquer forma, é estranho dizer que ele está te traindo já que não é sua esposa ou amante.”

A última metade da frase não entrou nos ouvidos de Hestia, que estava tomando mais vinho.

Parecia que ela pretendia ficar bêbada novamente. Miach sacudiu a cabeça e suspirou profundamente.

"Droga! Quem é essa garota! Bell-kun é meu! MEEEEU!” Verin: E agora temos uma Deusa enlouquecida de ciúmes...

"Isso... Mesmo sendo a deusa dele, você é muito tirânica. Bell não pertence a ninguém!”

“Eu sei, ahhh, isso é deprimente! Eu só queria dizer isso! Eu sempre quis dizer isso!! ”

“Você já está bêbada?”

“Nem mesmo perto!”

Se ela ainda não estava bêbada, com certeza pretendia ficar. Isto era fácil de perceber ao olhar a pequena mesa que estava cheia de copos, garrafas de vinho vazias e bebida derramada no chão.

“Se eu não ficar bêbada, como vou passar a minha vida”, disse Hestia, que parecia estar bebendo o vinho enquanto servia.

Uma vez notou que a mesa estava cheia de copos de vidro e garrafas de cerveja, bom, no momento em que achou que precisava olhar de longe novamente...

Então, de repente, seus olhos ficaram vermelhos e úmidos,  então ela gritou:

“WAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!! Bell-kun, Bell-kun, Bell-kun, Bell~kun~! Eu imploro, por favor, não me abandone, AHHHHHHHHHHHHHH —!!”

“Ei, ei! Ouça o que esta dizendo Hestia!”

Mesmo Miach tentando acalmá-la, seu choro alto interrompeu todas as conversas próximas. O olhar de outros clientes se voltaram para Hestia e bombardearam os dois.

“Eu viveria nos esgotos se fosse te fazer feliz, você sabe!! Eu te amo! Eu quero dormir junto com você na mesma cama e carinhosamente esfregar meu rosto em seu peito! Eu poderia viver com três pães por dia se isso fizesse você sorrir, ahhhh!”

Até Miach ficou atordoado e só pôde assistir.Hazel: Hestiaa!! migaaa!! olha a vergonha passada a prestação mds / Verin: isso porque estamos falando do “princeso”, que é um completo boçal para sentimentos alheios...

“Eu te amo Bell~kun~! … Ehehe, mesmo que fosse só uma vez, eu queria que o mundo soubesse. Assim é muito melhor!”

Por sorte que a pessoa envolvida não está aqui... Atendente, a conta por favor.

Sem conseguir acabar com a desilusão de Hestia, Miach olhou a conta e sorriu de alívio. Hestia, que estava largada em cima da mesa, tinha uma expressão leve enquanto ria alegremente de si mesma.

Miach apoiou a deusa bêbada em seus ombros e murmurou baixinho enquanto caminhou na direção da saída.

“Miach. E a conta?”

“Nnnn. Eu paguei tudo.”

“Ei, ei, somos amigos, certo? Devemos dividir... a conta!”

“Nnnn. Você trouxe apenas 20 Valis?”

Miach respondeu de forma indiferente. Colocando-a em um carrinho de quatro rodas, que havia usado para carregar mercadorias quando se encontraram mais cedo, empurrou-a como se fosse um carrinho de bebê.

Seguindo pela rua principal, que era iluminada pela luz de Lâmpada de Pedra Mágica, os dois Deuses seguiram o som seco das rodas e gradualmente desapareceram.

Miach. Me ajude a fazer uma poção do amor. Desta forma, eu posso fazer Bell ficar completamente fascinado por mim!”

“Bem... E vou fingir que não ouvi isso.” Hazel: Estraga prazeres… / Verin: Pelo menos alguém sensato...



“Aaaaaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii…!?”

Uma dor de cabeça severa fez Hestia gritar quando acordou.

Ainda deitada, e lutando contra a alucinante dor de cabeça, ela olhou o teto da casa e reconheceu sua já familiar residência. O relógio pendurado na parede mostrava que estava no início da manhã.

Uma noite inteira passou desde que ela foi beber com Miach. Atualmente, Hestia estava com uma ressaca monstruosa.

“V... Você está bem, Kami-sama?” Bell se aproximou da cama com um copo de água na uma mão, e com evidente preocupação em meu semblante.

“D… Desculpe, Bell-kun. Por fazer você ver algo deste tipo…”

“Não tem problemas... Miach-sama me contou o que houve ontem, então é verdade?”

“…Ahhhh, parece que eu bebi demais”

Hestia continuou deitada enquanto gentilmente bebia alguns goles de água, depois franziu a testa.

“Ontem Miach a trouxe para casa e a deixou sob meus cuidados enquanto falava: ‘Estou um pouco cansado. Mesmo que seja um pouco inconveniente, por favor, cuide dela’ e foi embora imediatamente.”

(Não me lembro de nada……)

Hestia não conseguia lembrar de nada que ela disse ou fez na noite passada. Ala sentiu-se um pouco anciosa depois de ouvir a mensagem de seu amigo Deus.

A vaga lembrança do triste sorriso de Miach a fez sentir como se tivesse causado alguns problemas.

“...... Bell-kun, você não vai para a Dungeon?”

“Eu não posso deixar a Kami-sama assim. Então tirei o dia de folga.”

Bell suavizou as sobrancelhas e sorriu quando ele explicou que já havia entrado em contato com a Suporte contratada.

Embora ela se sentisse envergonhada por tudo que Bell estava fazendo por ela, por dentro ela estava muito feliz. Dessa forma, eles ficarão juntos o dia todo.

Neste momento, ela decidiu que também não iria trabalhar hoje e deixaria para pensar depois em como lidar com a ira da Deusa dos Ferreiros.

"Kami-sama, você pode tentar comer isso?"

“…É… um pouco difícil. Bell-kun, você pode me ajudar?”

“Ah, tudo bem, eu entendo.”

Usando uma colher para pegar uma maçã que já estava cortada em pedacinhos, ele levantou perto dos lábios dela. Hestia, que permanecia sentada, ficou encantada e engoliu com uma expressão feliz.

Por conta da premissa de cuidar dela, Bell, que normalmente seria muito tímido e não faria tais coisas, aceitou tudo sem criar problemas. Enquanto tentava desesperadamente esconder seu próprio embaraço, ele prosseguiu sem hesitação.

Hestia sentiu uma incomparável sensação de felicidade pela devoção dele.

“Uu… Uuuuu… minha cabeça…”

“K… Kami-sama?”

Enquanto dizia isso em um tom dramático, Hestia se inclinou o máximo que pôde e deixou sua cabeça cair em direção ao peito de Bell.

Sem saber o que fazer, Bell segurando-a em seus braços.

Hestia sabia exatamente o estado conflitante que Bell estava, mas, mesmo assim, continuou esfregando suas bochechas no peito dele enquanto sentia que elas estavam sendo tingidas de vermelho. O peito dele tinha o cheiro de uma floresta gentil.

Subitamente ela o abraçou com força.

E assim começou a disputa entre a radiante Deusa e o inquieto Bell que estava começando a entrar em pânico.

“Nnnn… Então ontem à noite você foi comer com a Suporte do que você mencionou da última vez?”

“Sim. Foi uma comemoração por algo muito bom aconteceu ontem…”

O tempo passou gradualmente, sem perceber, já era meio dia. Sentada na cama, Hestia estava cheia de interesse enquanto conversava com Bell. A essa altura, os sintomas da ressaca já haviam diminuído.

Depois de ouvir a verdade sobre o incidente de ontem, ela ficou, temporariamente, à vontade; Mas, quando se lembrou da cena íntima dos dois de mãos dadas, ela não pôde deixar de permitir que suas fantasias corressem soltas.

Além disso, ao lembrar-se do incrível avanço de suas habilidades durante última atualização do 【Status】, ela sentiu que não poderia se importar com uma coisa dessas. Bell só tinha olhos para aquela odiosa garota de cabelos e olhos dourados. E estava profundamente enganado sobre a reciprocidade de seus sentimentos.

Já que pretendia sondar para obter informações sobre a garota Suporte e entender completamente qual o tipo de relação que eles tinham, ela decidiu não se preocupar com aquela 【Princesa Espadachim】por enquanto. Claro, isso determinaria como ela iria tratá-la.

Imaginando a garota que ela nunca vira antes, as chamas de inveja de Hestia estavam começando a queimar.

“Isso está muito bom!  Deve ter sido muito divertido comer uma comida deliciosa como esta, só você e a Suporte, certo? Ah ~ Ah ~, eu gostaria de ter ido também...”

Em seguida, Hestia, que subitamente começou a zombar da situação, virou-se infantilmente para o lado. Diante desta situação, Bell reagiu encolhendo os ombros e engolindo saliva nervosamente. Ela não teve a chance de ver esta cena.

Bell estava tremendo inquietamente neste período de tempo. Tomado uma decisão ele disse: “E… Então, por que não vamos? Nós dois juntos, hum, para comer em um restaurante de classe…”

“……Hã?”

“Um ja… Jantar ou algo assim……Qu…Que tal?” Verin: É um virjão em todos os sentidos… kkkkkkk

Hestia congelou enquanto olhava para Bell que tinha as bochechas tingidas de vermelho.

Ela não podia acreditar no que estava ouvindo.

“Ahh… É que ganhei muito dinheiro na exploração de ontem…! P-por isso eu queria mostrar minha gratidão a Kami-sama, eu…! ”

Ela não estava ouvindo as palavras que foram ditas depois.

As palavras que Bell usou para convidá-la para sair estavam ocupando todos os pensamentos de Hestia.

(Será que isso é… Um convite para um encontrooooo!?) Hazel: --’ mulher.. Tú ainda tá tribêbada? / Verin: Deve estar… Ou é iludida demais se acha que ele tem culhão pra isso...

E feito diretamente por Bell? Jantar?! Os pensamentos de Hestia estavam indo uma milha por minuto. Ela ficou completamente extasiada.Verin: Iludida 1000% // Hazel: esse nível de ilusão é mais de 8k!!!

“Vamos esperar até que Kami-sama se recupere…”

“Vamos hoje!!”

“Eh?”

“Nós vamos hoje!”

[Gaba] de repente, jogando o cobertor pro lado, Hestia pulou da cama.

Bell ficou chocado com a cena.

“K… Kami-sama, seu corpo precisa descansar…”

“Estou Curada!”

Ela não estava mentindo. A repentina excitação proporcionado por sua paixão, fez o corpo de Hestia ficar saudável repentinamente.

Bell ficou ainda mais atordoado enquanto Hestia rapidamente começou os preparativos para o encontro.

(——Não, espere um minuto)

De repente Hestia interrompeu suas ações, levantou a gola, aproximou o rosto do tecido e cheirou cuidadosamente.

[Chift!] Um odor alcoólico penetrou em seu nariz. O cheiro de álcool estava tão forte que a fez ficar zonza.

[Gu], Hestia arregalou os olhos e exclamou.

“Bell-kun, 6 horas!”

“O... Ok ... Huh?”

“Vamos nos encontrar às 6 horas na Praça do Amor, na área da Rua Principal Sudoeste!"

Hestia pegou uma pequena bolsa e saiu correndo de casa enquanto Bell à olhava sem saber como reagir.



Se você tem que descrevê-lo com uma palavra, então seria um paraíso.

“Você, realmente parece que ficou maior, certo?”

“É impossível para as deusas crescerem ... Huh. Ei! não esfregue por aí!”Hazel: opaaaa.. Minha mente está trabalhando de forma interessante…. ( ͡° ͜ʖ ͡°) / Verin: Tá ganhando o título de pervertida, hein...

As pessoas do Mundo Inferior - Se essas crianças estivessem presentes no local, elas provavelmente teriam uma hemorragia nasal e desmaiariam na hora.

Aqui Deusas, sob a cobertura nebulosa de vapor, revelaram cada centímetro de seus lindos corpos sem um segundo pensamento, nuas como no dia em que nasceram. A luz brilhava em suas peles claras; braços e pernas tonificados brilhando através da névoa. Hazel: Obrigado Deuxxxx!! Eu realmente tenho hemorragia nasal... Mas essa vale a pena / Verin: Falei, agora será chamada de Pervertida-chan… kkkkkkkk

Este era realmente um paraíso celestial que todos os homens certamente teriam fantasiado.

“Fufuuuu… Isso é incrível.”

Criando ondulações, Hestia, que estava mergulhada na água quente até os ombros nus, murmurou com uma expressão relaxada.

O Banho Sagrado. Assim como o nome sugere, é o banho de limpeza permitido apenas para os Deuses.

O banheiro espaçoso foi configurado com uma variedade de diferentes tamanhos de piscinas. Havia também enormes árvores e rochas naturais aqui, criando uma paisagem como se fosse parte da própria natureza. Como as paredes e pilares decorados, esculpidos em pedras com delicadeza e dignidade, o local era extremamente extravagante.

Este grande banho que foi construído especificamente para deusas foi criado e é gerido pela associação para os Deuses que vivem nesta cidade. Para manter o local, é cobrado uma pequena taxa de cada <Família>Que também continha o significado de reverenciar os deuses—. Era o resultado de restaurar suas próprias instalações de entretenimento.

O banho dos deuses do sexo masculino e os banhos dos deuses do sexo feminino são, naturalmente, separados. Os Deuses do sexo masculino raramente vinham aqui especificamente. E devido ao baixo uso deles, quando as pessoas falam sobre o Banho Sagrado, não é errado supor que era coisa das Deusas. Já foi dito que foi invadido por um velho deus pervertido antes (que já se tornara uma lenda) e, a partir de então, as medidas de segurança da guilda eram tão rígidas que nem um camundongo seria capaz de passar.

E, assim como as deusas próximas, que estavam nuas e indefesas, Hestia, que estava encharcada na água quente, também teve sua pele lisa tingida em uma cor rosa claro, fufu, e soltou a respiração aquecida.

“Hestia? É muito raro você vir aqui.”

“ Ah… Ah, Demeter. Há quanto tempo."

Hestia, com uma expressão relaxada, disse para a familiar Deusa que estava se aproximando.

Deméter, era assim que essa deusa era chamada, imergiu seu corpo voluptuoso, escondido sob uma toalha grossa, na água quente ao lado dela.

“Unnn.... Seus peitos são tão grandes quanto antes, pelo que vejo...”

“Olha quem está falando!”

Tataki, Hestia habilmente abateu a mão estendida que estava se aproximando de seus peitos.

Devido ao efeito da reação, os próprios vales gêmeos de Deméter começaram a tremer, a água também começou a ondular violentamente.

“Então qual é a ocasião? Hoje é sua primeira vez aqui, presumo?

“Sim…”

Observando Deméter, que atualmente estava ajeitando o cabelo cor de mel enquanto perguntava, Hestia ocultou sua expressão relaxada.

Desde que este Banho Sagrado requer uma taxa, ela nunca tinha imaginado antes que ela viria aqui especificamente para um banho. Mas em virtude do encontro com Bell, Hestia decidiu gastar o que sobrou de suas pequenas economias para se lavar.

Ela queria lavar-se completamente, física e mentalmente, do odor de álcool.

Isso tudo era para o encontro com Bell.

“Depois disso, marquei um encontro com outra pessoa para jantar. Então eu quero me concentrar nisso.”

“...Poderia ser, que a outra pessoa, é um homem?”

“Se eu disser sim, então o que você vai dizer?”

Para a amiga deusa que já estava em estado de choque antes de responder, Hestia revelou uma expressão de surpresa.

O som da pulverização de água ecoou por toda a parte da pequena cachoeira no centro do banho. O rosto já amadurecido de Deméter parecia brilhar como se ela fosse uma criança.

“Ora, ora! Quem teria imaginado, Hestia, de verdade, com um homem?!! Ahhhhhhh... Ei, PESSOAL!”Hazel: aquela amizade que tu conta as coisas, pede discrição e a porr@ do desinfeliz repete a frase no grito pra meio mundo ouvir -.-’/ Verin: normal e já esperado… XD  

"O que você está fazendo?"

Hestia perdeu a calma ao ver Demeter ficar um pouco animada demais.

A voz da deusa ecoou em torno da câmara e as deusas ao redor levantaram o rosto, com o rosto “o que aconteceu”, e se aproximaram continuamente… Deméter dizendo a razão completamente, elas, assim como ela, começaram a se animar.

“Hestia, com um homem!?”

“O que aconteceu na terra?”

“Hestia, que não se interessava pelos homens no céu? de verdade?!”

“A Loli Hestia!”

“O... O que aconteceu na terra, poderia ser...”

“Conte-nos tudo agora!”

Instantaneamente, uma avalanche de perguntas foi iniciada em direção a Hestia.

Até mesmo o comportamento desagradável de pular em uma piscina aconteceu, corpos cor de pêssego estavam empurrando e atropelando um ao outro, e continuaram a se aproximar de Hestia.

“Qual é o grande problema? É tão estranho que eu tenha um encontro?”

“Não é isso, Hestia, minha querida. Você rejeitou todos os convites de homens até agora, sim?”

“Você é uma das três principais deusas virgens, ao lado de Atena e Artemis!”

“Em suma, só queremos saber as origens da pessoa que conseguiu conquistar a cidadela inexpugnável.”Hazel: inacessível, invencível, --’ difícil, dificílima, mina jogo hard / Verin: Tá dando medo dessas “Deusas”... O.O

Para as Deusas barulhentas, seguindo o humor de Deméter, Hestia não pôde deixar de revelar uma expressão sutil.

Ela tentou dizer-lhes que não havia deuses que valiam a pena tentar cortejá-la, mas ela logo percebeu que nenhuma das deusas iria se contentar com um resposta comum.

Mesmo neste momento, a natureza dos Deuses que buscavam entretenimento ainda estava, infelizmente, em vigor.

“…A outra pessoa faz parte da minha <Família>. Ele é humano.”

“Ooooooo”, esse som saiu das Deusas ao redor. “Como esperado!” Ou “Ele provocou o seu desejo de proteger?”, Estas especulações e investigações casuais continuaram a voar um após o outro.

“Você não será enganada? Você não deveria se sentir atraída por um homem estranho, certo ~ ”

“Não me trate como uma idiota. Até eu sou considerada um Deus. Eu ainda sou perspicaz ao olhar para as pessoas.”

“Todo mundo sabe, mesmo que seja uma criança, eles ainda vão esconder algo dos deuses.”

“Então, que qualidades da criança capturaram seu coração?”

“...Deve ser, seu caráter.”

Não houve um momento exato, então enquanto os sussurros circulavam, Hestia pensou novamente. Se ela tivesse que dizer, seria sua inocência e sua estupidez incurável.

Depois de passado um período de tempo e o interrogatório não tinha sinais de parar, Hestia, que não tinha saída, preparou-se para deixar o banho. Considerando que ela teria que voltar para se preparar, já estava quase na hora.

Ignorando as deusas que tentaram impedi-la de se levantar. Numerosas gotas de água, que estavam presas no corpo esbelto e delicado, gradualmente começaram a cair, e elas pareciam brilhar e cintilar através dos raios projetados da luz do sol que era refletida pela clarabóia. Seu cabelo preto escuro que não estava amarrado ainda estava um pouco úmido, e daquela forma, era um tanto encantador.

Só por um momento, Hestia fechou os olhos e ficou ali parada.

Era como uma pintura, em direção à figura da jovem deusa, que estava silenciosamente em pé sob os raios do sol. As outras só podiam olhar para a cena bonita e sonhadora.

“Sobre aquela Hestia…”

“Hestia, o que você gosta nessa criança?” No final, uma deusa levantou a mão.

Hestia, que se virou e olhou para trás, gentilmente revelou um leve sorriso. “Eu gosto, de tudo nele.”



A Praça do Amor, que fica depois de um caminho que se estende da Rua Principal Sudoeste.

Dentro do jardim da praça, pavimentada com pedras coloridas, plantas e flores eram cultivadas, criando uma atmosfera linda e encantadora. Enquanto o sol se punha no oeste, as <Lâmpadas de Pedra Mágica> ganharam vida ao redor da praça, iluminando-a sob o céu que escurecia.

Era um pouco antes das 18 horas. Cercado por casais andando de mãos dadas, Bell estava encolhendo os ombros enquanto esperava em frente a uma estátua de uma deusa no centro da praça.

“Bell-kun!”

“Ah……!”

Vendo a figura de Bell, Hestia rapidamente se aproximou.

Bell, que teve seu nome chamado, revelou uma expressão aliviada, e instantaneamente no momento seguinte, ele piscou os olhos como se estivesse em descrença.

Hestia mudou seu penteado. Seu cabelo que estava sempre com maria chiquinhas foi deixado solto e fluia diretamente por suas costas. Sua aparência jovem também deu um leve sentimento adulto, e imediatamente roubou o fôlego de Bell.

O enfeite que ela usava para amarrar o cabelo estava sendo usado como uma pulseira. As roupas que ela usava também eram suas melhores. Hestia havia se livrado de todos os seus impedimentos.

Depois que Hestia, que estava ofegante, parou na frente de Bell, suas bochechas estavam tingidas de vermelho e ela perguntou nervosamente.

“Co… Como é, é adequado? Estava tentando um novo visual, então… ”

“…Ah, sim, adequado, muito adequado! Hum, como devo dizer, eu devo dizer que Kami-sama é mais refinada que o normal… Você está... hum... li… linda!

O rosto de Bell ficou vermelho, enquanto tropeçava nas palavras, tentando elogiar a Deusa.

Provavelmente, esses elogios também incluíam o respeito à Deusa de sua família, mas as frases iniciais possuíam muita timidez. De fato, naquele momento, Bell estava totalmente absorvido ao olhar para Hestia.

Hestia pode ter parecido calma por fora, mas por dentro ela estava levantando seu punho com um grande "Siiiim!"

“Eu originalmente queria vir mais cedo. Desculpe, Bell-kun. Eu deixei você esperando?”

“N… Não, eu também acabei de chegar.”

Eles desviaram o olhar um do outro, mexendo nas próprias roupas.

Isso estava começando a se parecer tanto com um encontro real que as bochechas de Hestia estavam começando a ficar dormentes.

Não importa o que acontecer a partir deste ponto, nada poderia destruir o bom humor de Hestia.

“Então, qual é o próximo passo Bell-kun? Você tem que me proteger bem esta noite, ok?”Hazel: quem tem q se proteger é o meu princeso… sua.. sua.. Loli peituda / Verin: Deixa ela ser feliz nos sonhos dela… Esse coelho branco não é ameaça pra ninguém…. kkkkkkk

“S... sim”

Então ele sorriu e estendeu a mão, a liderança de Bell estava prestes a ser concedida a ela — Mas logo antes deste momento.

De repente, uma comoção se agitou em um canto da Praça do Amor. “Ah, encontrou ela…!?”

“Lá estão eles!”

“Hestia está aqui!”

“Então, aquele cara ao lado dela é…!”

Foram as deusas. Sem exceção, um grupo de mulheres bonitas estava indo para lá para lançar um ataque massivo.

Ao lado do aturdido Bell, Hestia arregalou os olhos. “Me acharam!!”

“Ah~Eh~, é muito fofo!?”

Então Hestia gosta desse tipo de criança...

Mmmm…Mmmubuuuuu!?”

A onda de deusas imediatamente empurrou Hestia e engoliu Bell.

Numerosas mãos constantemente puxavam o corpo de Bell e alternadamente abraçavam-no com força contra o peito.

Dentro desta gaiola celestial, que não garantiu qualquer respiração, o rosto de Bell instantaneamente corou e queimou.

“O…O…O quê……!?”

Desculpe, Hestia. Nós ficamos tão curiosos sobre ele, então nós te seguimos ... Ahhhh, eu não aguento, ele realmente parece um coelho

“Nnnnn …, Nnnnnnnnn…!?”

“B…Belll—— kun——!?” Hestia gritou.

Sendo fortemente imprensado pelos peitos esmagadores de Deméter, que eram incomparáveis em relação com o das outras deusas, a vida de Bell já estava desaparecendo como uma vela acesa em face do vento. Toda vez que as mãos de Deméter carinhosamente acariciava o cabelo de Bell, o peito de Hestia sentia um puxão, e seus olhos pareciam estar escorrendo lágrimas de sangue.

Seu próprio familiar, sob os dedos curiosos de outras deusas, ela estava sendo devastada sem piedade.

Então, apenas quando o estado mental de Hestia estava prestes a desmoronar ...

Um Bell desgrenhado, que tinha metade de seu corpo ainda engolfado pelas deusas, apareceu entre as lacunas.

“Kami…Sama……”

“V... Você está bem, Bell-kun !?"

“… Eu já não tenho mais arrependimentos …….”

Dogooo, Hestia enterrou a ponta do sapato na canela de Bell. “Eu sinto muito…!!”

“Ok, temos que fugir agora!”

Forçando o espaço e conseguindo puxar Bell pela perna, Hestia começou a fugir.

Aproveitando a lacuna onde as Deusas estavam congeladas devido a sua presa desaparecendo, eles escaparam da Praça do Amor.

A fim de se livrar da busca obstinada das Deusas, Hestia e Bell estavam fugindo para o centro da cidade.



"Ahhh! Por que elas são sempre assim ?! Deusas não têm autocontrole, realmente!"

“Ha, Haha……!”

Ao lado de Hestia, que falava alto, Bell apenas deu um sorriso irônico.

Apesar de terem finalmente se livrado da perseguição, eles estavam atualmente localizados nos arredores da Rua Principal Oeste, em uma certa torre do relógio antiga. A torre de piso único construída em tijolo já havia perdido sua função e o relógio que não emitia sinal sonoro estava pairando sobre suas cabeças.

Depois de correr apressadamente para dentro desta torre do relógio, a fim de se esconder da perseguição das Deusas por um tempo, Hestia e Bell finalmente conseguiram obter um breve período de descanso.

"Já é tão tarde... Aaah, e esta noite era suposto para ser nosso encontro também.”

“E… Encontro?”

Não houve muito tempo até o encontro mudar totalmente. Enquanto ela estava usando a mão para pentear o cabelo bagunçado, que estava assim por ter corrido por toda parte, Hestia soltou um suspiro profundo.

O dia tinha chegado a um final lamentável, ela soltou um suspiro impotente.

“Ah ... K... Kami-sama, por favor, olhe!”

“……?”

Bell emitiu uma voz clara e apontou para uma certa direção.

Assim que Hestia se virou, o que entrou em seu olhar foi a cena noturna da Cidade do Labirinto que era como as estrelas brilhando intensamente no céu.

As numerosas <Lâmpadas de Pedra Mágica> emitiam diferentes cores de luz e iluminavam toda a cidade.

Mesmo nessa noite escura, a enorme torre com paredes brancas no centro estava avançando infinitamente para o céu.

Hestia se perdeu por um momento na bela vista do alto da velha torre do sino. Ela não disse uma palavra enquanto olhava para Bell sentado ao lado dela. Ela podia ver o reflexo da cidade inteira cintilando em seus olhos.

Bell sentiu os olhos de Hestia e se virou para encontrá-los. Ele tinha suas bochechas cheias de um rubor suave. Como se seus próprios sentimentos estivessem transbordando de seu peito, ele moveu seus lábios para tecer lentamente as palavras.

“Uhmm, Kami-sama… Vamos tentar de novo algum dia. Com certeza.”

“Bell-kun…”

“Até lá, vou trabalhar duro para economizar mais dinheiro. Então nós vamos comer comida deliciosa, beber algo gostoso ...... Então, nós viremos aqui juntos novamente.” Verin: Bell sofrendo rapidamente da “Síndrome do Homão da Porr@” // Hazel: meu princeso tá crescendo… T.T

“……”

"Encontramos essa incrível vista hoje... Então vamos voltar aqui, juntos."

É por isso que hoje parece que não foi em vão.

Ele estava muito feliz por poder vir aqui junto com sua Deusa.

Bell pareceu encorajar Hestia enquanto ele falava. As palavras não eram para consolá-la, mas para expressar os sentimentos de dentro do seu coração. Verin: Viu? Uma vez na vida ele mandou bem!

Olhando para o rosto corado, o sorriso despreocupado do menino, Hestia sentiu que algo dentro de seu peito estava latejando. Então ela silenciosamente estreitou os olhos.

Não era como se ele estivesse dizendo algo, mas significando outra coisa. Esse sorriso inocente e estupidamente honesto imediatamente a tornou prisioneira.

Em relação a Bell, que fez as memórias de hoje como uma promessa para o amanhã... Esta Deusa sentiu que estava profundamente apaixonada por ele.

“...Eu vou esperar por isso, Bell-kun?”

“Sim.”

Ela também soltou um sorriso encantador, Hestia e Bell se entreolharam e sorriram.

Os dois olharam para o exterior, na bela cidade, e desfrutaram o que sobrou do tempo sozinhos.

Hestia, que se moveu com rapidez, reduziu a distância entre eles. Suas bochechas ficaram levemente vermelhas e o canto dos olhos também relaxou gentilmente.

‘Originalmente, eu queria ouvir mais sobre as coisas sobre esse Suporte… Bem, vou esquecer isso apenas por hoje’

Hestia, que não queria fazer nada que destruísse essa atmosfera, olhou para a cena noturna diante de seus olhos e pensou.

Enquanto sentia o calor da proximidade do menino, ela sorriu e fechou os olhos.

O vento frio da noite passou pelo enfeite de cabelo em seu pulso, e os minúsculos sinos tremeram suavemente.

Por ScryzZ | 28/02/19 às 09:25 | Ação, Aventura, Fantasia, Magia, Poder, Mitologia, Ecchi, Shounen, Japonesa, Elementos de MMO