CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 6.4 - Aqueles que se reúnem (parte 2)

Dungeon ni Deai o Motomeru no wa Machigatte Iru Darou ka (DanMachi)

Capítulo 6.4 - Aqueles que se reúnem (parte 2)

Tradução: Rodrigon | Revisão: Hazel | QC: Sir


A Guilda aprovou oficialmente os Jogos de Guerra entre Hestia e Apollo quase imediatamente.Hazel: pois é.. mas não moveram um fio de cabelo na put@ri4 que rolou antes.

Ao mesmo tempo, os preparativos começaram por toda a cidade.

No entanto, ninguém estava mais ocupado do que os funcionários da Guilda. Eles tiveram que encontrar uma maneira de permitir que ambos os lados liberassem todo o seu potencial dentro das regras do jogo enquanto não representam perigo para os cidadãos de Orario. Os combatentes precisariam de suprimentos, orientações e, acima de tudo, um palco para conduzir os Jogos de Guerra. Ele pode começar a qualquer dia; não havia tempo a se desperdiçar. Eles também tiveram que atender os desejos dos deuses.

Não havia uma alma na cidade, aventureiro ou não, que não estava esperando ansiosamente pelas condições dos Jogos de Guerra anunciados. Enquanto isso, tudo o que podiam fazer era se preparar.

"— Hestia ainda não está aqui ?!"

No trigésimo andar da Torre Babel, no centro de Orario...

Apollo chegou ao seu ponto de ruptura.

Muitos deuses e deusas se reuniram em torno de uma mesa circular no centro da teia de pilares altos que sustentavam o teto elevado. As regras e estilo dos Jogos de Guerra seriam decididos pelos dois deuses participantes, bem como os observadores — a fim de espremer cada grama possível de entretenimento do evento — nesta reunião de Denatus.

Três dias se passaram desde o ataque a <Família Hestia>.

Apollo ficou irritado porque sua oponente se recusou a mostrar seu rosto. Ela desculpou sua ausência alegando estar "doente" nos últimos dias. Apesar de sua afirmação de que ela não estava fisicamente bem o suficiente para participar da reunião, ficou claro como dia que ela estava ganhando tempo.

Apollo andou com raiva em torno de sua cadeira, insistindo que ela estava inventando um plano de fuga. No momento em que ele terminou seu discurso, as portas da câmara se abriram.

"Desculpe, estou atrasada. Peço desculpas por deixá-lo esperando."

Embora suas palavras fossem educadas, ela não pareceu nem um pouco arrependida. Miach entrou ao seu lado.

Além disso, ela não demonstrou remorso por manter o Denatus em um estado parado. Apollo fez uma careta para ela.

"Você está muito atrasada, Hestia. Como você planeja assumir a responsabilidade por atrasar o Denatus a este ponto?"

"Não é minha culpa que eu tenha febre depois de ser perseguida pela cidade por seus seguidores. Por várias vezes, pensei que iria morrer."

Hestia mais uma vez citou sua saúde para contornar as reclamações de Apollo. Miach ficou do lado de Hestia, apoiando sua alegação.

"Sim, ela estava em apuros."

"Sim, sim, Nanica é uma idiota, mas chega de enrolar. Não podemos continuar ?"

Loki estava recostada na cadeira, uma sobrancelha levantada e mãos atrás da cabeça, como se também estivesse sem paciência. Todas as divindades retornaram aos seus lugares e a discussão finalmente começou.

A primeira ordem do dia foi Hestia e Apollo assinarem os documentos necessários com todos os presentes como testemunhas.

"Depois que eu me tornar vitorioso, eu reivindicarei Bell Cranel."Hazel: vai sonhando, raio de sol

"..."

"Quero deixar isso perfeitamente claro. Não haverá desculpas mesquinhas ou afirmações absurdas depois que tudo isso acabar. Se Hestia vencer, ela estará livre para exigir o que seu pequeno coração desejar."

A possibilidade de derrota não parecia passar pela cabeça de Apollo. Ele queria apenas uma coisa: ter propriedade sobre Bell Cranel e sua imediata transferência para a <Família Apollo>. Hestia permaneceu quieta. A divindade encarregada das anotações da reunião respondeu com um "Tudo bem, então" enquanto registrava os termos.

Em seguida, eles precisavam decidir como os Jogos de Guerra seriam travados.

"Um a um, o melhor de nossas <Famílias> resolve tudo. Isso não seria emocionante? "

Hestia nem olhou para Apollo enquanto fazia sua sugestão de seu local na mesa redonda.

"Poderia ser realizado no Coliseu para todo mundo ver. A batalha final bem na frente dos nossos olhos. Como alguém pode não se divertir?"

"Concordo. Observar todos os filhos de Apollo atacarem Bell um após o outro parece um pouco chato."

"Eu apoio a moção."

O olhar hostil de Apollo primeiro caiu sobre Hestia e depois em seus aliados, Miach e Takemikazuchi.

Algumas cabeças ao redor da mesa começaram a acenar, vendo a lógica no raciocínio dela.

"O que você diz, Apollo?"

"Um oponente forte em um duelo individual, parece bom para mim."

"..."

As divindades ao redor da mesa sorriram na direção de Apollo. Eles não estavam do lado de ninguém; eles simplesmente gostaram de assistir a reação de Apollo.

A divindade loira usando uma coroa de louros colocou um rosto calmo antes de sorrir mais uma vez.

"A única razão pela qual sua <Família> não é maior deve-se inteiramente a sua preguiça, Hestia, quando se trata de recrutamento."

"Muh... "

"Você pode chorar o quanto quiser pela sua falta de filhos, mas isso não é razão para eu ter que me acomodar."

"Grrrr", Hestia rosnou baixinho quando Apollo apontou que o tamanho da <Família> estava completamente sob o controle do deus.

Era verdade que Hestia sempre queria ficar sozinha com Bell e nunca tinha tentado aumentar o tamanho de sua <Família>.

"No interesse da justiça, por que não buscamos isso?"

Incapaz de defender sua posição, Hestia permaneceu em silêncio enquanto Apollo sugeriu uma solução diferente. "Claro", veio a voz do escrivão quando ele puxou uma caixa de debaixo da mesa e a colocou em cima.

Cada um dos deuses presentes escreveu como eles gostariam de ver os Jogos de Guerra serem jogados em uma folha de papel. Os papéis foram coletados e colocados na caixa. É claro que Hestia escreveu "DUELO" em letras grandes e em negrito, e enfiou o papel na caixa.

Tudo o que restava era decidir quem iria sortear.

"Não posso confiar em quem ficou do lado de Apollo."

"... O sentimento é mútuo. Não vou aceitar um trabalho feito por Miach ou Takemikazuchi."

Hestia e Apollo emitiram suas condições em tons bruscos e agudos.

Nesse caso... As duas divindades olharam ao redor da mesa, seus olhares parando em um deus em particular.

" " Hermes " "

"Ehhh... Sério?"

As vozes de Hestia e Apollo se sobrepuseram quando disseram seu nome em uníssono.

Chocado com sua escolha repentina, Hermes forçou um sorriso sem pensar.

"Meu querido amigo, deixo em suas mãos."

"Estou contando com você, Hermes."

Apollo, que conhecia Hermes desde seus dias em Tenkai, solenemente assentiu. Hestia olhou para a divindade encantadora com olhos confiantes.

Isso aconteceu porque Hermes sempre assumiu uma posição neutra e nunca tomou partido nessas situações. "Parece que eu preciso", ele disse com uma voz desanimada, aceitando o papel que as duas divindades lhe impunham. Ele se levantou da cadeira e caminhou pela mesa. Todos os pares de olhos na sala o seguiam.

"Por favor, seja gentil... "

Hermes sussurrou para si mesmo enquanto ele abaixava a mão lentamente na caixa.

Hestia estava na beira da cadeira, incapaz de respirar enquanto Hermes retirou uma folha de papel e a desdobrou.

O rosto de Hermes ficou pálido quando ele parou, um sorriso vazio no rosto enquanto ele abriu a boca para falar.

"Cerco ao Castelo."

—Batida! Hestia colocou os dois punhos na mesa, os dentes cerrados.

"Fa-ha-ha-ha-hahaha! Esta decisão foi alcançada de forma justa. Este é o final !"

A risada de Apollo ecoou por toda a câmara.

Seja no ataque ou na defesa, esse estilo de Jogo de Guerra exigia um grande número de guerreiros. Muito provavelmente, Hermes sorteou o papel escrito pelo próprio Apollo. "Muito bem Hermes." "Mal posso esperar!" As outras divindades reagiram a decisão, conversando entre si.

Hermes olhou para o teto, decepcionado, enquanto o rosto de Hestia ficou vermelho, tremendo de raiva. Apollo, por outro lado, estava de muito bom humor.

"É impossível defender o castelo com apenas uma pessoa. Então eu concedo o papel de ataque a Hestia."

Apollo era todo sorrisos quando dizia suas palavras.

Os dentes de Hestia estavam na metade de sua língua por causa da frustração com o pior resultado possível. Os ombros dela começaram a cair... "Com licença, posso ter a palavra?" Hermes falou.

"Apollo, isso coloca Hestia em extrema desvantagem... é completamente injusto. E tenho certeza que muitos de nós aqui ficarão entediados de assistir."

"..."

"Portanto, eu gostaria de propor que pessoas de fora possam participar desta batalha."

A proposta de Hermes de permitir que membros de outras <Famílias> participem dos Jogos de Guerra para equilibrar os números fez Apollo franzir a testa.

"... Hermes, eu sei o que você está tentando fazer: falando isso como se não fosse grande coisa e ao mesmo tempo me encurralando. Não pense por um momento que vou deixar isso acontecer."

Trazendo a tona seu relacionamento difícil no passado, Apollo forçou um sorriso enquanto tentava impedir o plano de Hermes.

Apollo declarou que não aceitaria uma proposta tão ridícula.

"Todos os participantes dos Jogos de Guerra devem estar contratualmente vinculados a uma <Família> diretamente envolvida, essa é a regra. A presença de outras <Famílias> no campo de batalha apenas desonraria os deuses em guerra."

"Bem, isso não está errado."

"Além disso, se um aventureiro de primeira classe optar por se juntar ao lado de Hestia, isso me colocaria em perigo. Eu sei que Hephaistos é bastante amigável com Hestia também."

Apollo continuou sua resposta a Hermes enquanto olhava para todos os deuses em volta da mesa.

Os seguidores de Hephaistos eram reconhecidos não apenas por suas habilidades como ferreiros, mas também por suas façanhas no campo de batalha. A deusa deles deu uma olhada em Apollo, cruzou os braços e disse: "Eu não faria tal coisa."

Apollo zombou dela, não querendo aceitar sua palavra, quando...

"Minha nossa, Apollo. Você está com medo?"

"Freya... "

A deusa de cabelos prateados estava sentada quieta em sua cadeira até agora. Um pequeno sorriso floresceu em seus lábios.

"Você tem medo de lutar contra mais de um inimigo de cada vez?"

"Não me faça de idiota... "

"Então, você não confia em seus filhos? Essa é a extensão do seu amor por eles?"Hazel: é.. a vaca joga baixo...

A divindade com o poder de controlar o próprio amor atirou no orgulho do deus que ama muito apaixonadamente. As mandíbulas de Apollo se apertaram, forte o suficiente para fazê-los gritar sob a pressão. Com certeza, um grande grupo de divindades do sexo masculino apoiou Freya e votou a favor da adição de pessoas de fora. O Denatus tremeu instantaneamente com fervor.

— Então Freya está interessada em Bell.

Enquanto as palavras da deusa de cabelos prateados tocavam alarmes na mente de Hestia, ela se lembrou que essa não era a hora nem o lugar para expressar suas preocupações. Se as ações da deusa da beleza fizerem a menor diferença na situação de Bell, ela teria que aceitá-las de braços abertos.

Perturbado com essa reviravolta, Apollo cedeu e concordou em aceitar uma parte da sugestão de Hermes.

"... Tudo bem então. Pode haver um estranho. No entanto, esse estranho deve pertencer a uma <Família> fora de Orario."

Seu monstro! Os lábios de Hestia formaram as palavras, mas nenhum som saiu quando os ombros dela caíram.

Desconsiderando números absolutos, a força média de uma <Família> localizada em Orario era muito maior do que a das <Famílias> residentes fora de suas paredes. A maior parte disso se deve ao fato de que os aventureiros de primeira classe de Orario eram muito poderosos.

É provável que existam algumas <Famílias> operando perto de Orario com aventureiros acima do Nível 2. A parte difícil era fazer contato com um deles e negociar algum tipo de acordo antes do início dos Jogos de Guerra. Era uma tarefa quase impossível.

Não houve objeções as condições de Apollo. As novas regras foram adicionados aos Jogos de Guerra. Até Freya não tentou interferir.

O deus de cabelos loiros parecia completamente satisfeito consigo mesmo enquanto olhava para a silenciosa e desesperada Hestia.

"Não podemos usar apenas qualquer castelo velho, então vamos deixar a Guilda cuidar disso. Nós também podemos combinar a data. Vamos encerrar por hoje?"

Loki trouxe um fim ao Denatus. Cadeiras rasparam no chão enquanto as divindades fizeram o seu caminho para fora. Apollo demorou um pouco, zombando de Hestia antes de desaparecer.

Hestia não pode fazer nada além de olhar de volta para ele. Ela soltou um longo suspiro assim que ele ficou fora de vista. Logo, apenas Miach, Takemikazuchi e outros amigos dela permaneceram na câmara.

"Desculpe por isso, Hestia. Eu meio que coloquei você em uma situação difícil."

"Não, Hermes, a culpa não é sua."

Hermes foi o primeiro a se aproximar de Hestia e pediu desculpas. Ela balançou a cabeça negativamente. Não importa o quanto ela não goste, a decisão foi alcançada usando um sorteio justo. Foi um milagre que alguém de fora tenha sido autorizado a participar. Tudo foi graças ao fato de que os deuses e deusas estavam com sede de um bom show, e Freya, que deu algum favoritismo durante a reunião.

Todas as regras estavam em vigor, então Hestia decidiu fazer tudo o que podia com as peças que tinha. Os olhos dela ardiam com o desejo de encontrar uma maneira de ganhar.

Ativando mentalmente um interruptor, Hestia voltou sua atenção para o outro assunto que precisava ser resolvido.

"Então, diga-me, Hermes, você descobriu onde nossa suporte está sendo mantida?"

Ela não esteve fazendo nada enquanto fingia estar doente nos últimos três dias. Ela utilizou todos os recursos que pôde para descobrir o que aconteceu com Lili depois que ela foi levada pela <Família Soma>, incluindo pedir a colaboração de Hermes.

"Na verdade, eu descobri. Quer dizer, Asfi descobriu. Parece que a pequena Lili foi levada para as instalações de armazenamento de Soma."

"Uma adega ?! Não é a casa deles?"

"Isso mesmo. Soma comprou um grande prédio apenas para guardar seu vinho. Acho que a casa dele não era grande o suficiente."

Hestia duvidou de suas palavras, mas Hermes estava falando sério.

A divindade continuou a transmitir a informação.

"Está localizado no sudeste, perto da rua Dédalo. Aparentemente, a segurança é bem rígida, mais rígida que na casa deles. Aventureiros de classe alta estão andando por todo o lugar."

"..."

"Sinto muito, mas vou manter meus filhos fora disso. Eu não vou pedir para que eles lutem... O que você vai fazer?"

A cabeça de Hestia levantou em resposta a pergunta de Hermes.

"Eu vou, é claro."

Ela prometeu a Bell.

Foi isso o que ela disse a eles.


https://lh3.googleusercontent.com/lBFgDoVj4KZTy9GuWh78dPjOPqn-gxW8p0Cc7K5wW99M38cR3SV5KpFGoh7c31lI-6UXGLaLyzEs1OVVU1MwM_7YbWB2b2RpVCXryPEkBla5yCrZw4WGzp_ZVR7JRwsLuT_hvPdu

Por Rodrigon | 12/09/20 às 15:51 | Ação, Aventura, Fantasia, Magia, Poder, Ecchi, Shounen, Mitologia, Japonesa, Elementos de MMO