CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
16º Mito - Os Imperadores da Escuridão

Epopeia do Fim (EDF)

16º Mito - Os Imperadores da Escuridão

Autor: Sora

O momento era de tensão total na Floresta Negra. A lua crescente, quase cheia, já estava em seu completo apogeu. A brisa batia com leveza, mascarando um pouco a situação – ou a deixando pior ainda. De um lado Damon, 16 anos, cabelo negro, bagunçado com pontas cuneiformes e olhos de cor azul-escuro.

Do outro lado Keith, idade desconhecia, cabelo verde escuro, parecido, porém menor e mais bagunçado que o de Damon, e olhos de duas cores. O olho direito era de cor castanho como a escuridão. O da esquerda, era um laranja bem escuro, amedrontador. Eles se encaravam, sorridentes. Enquanto isso, os outros quatro – repito, Meade, Julie, Chloe e Lilith – observavam atentamente.

“Seu reiki... Ele é estranho”, pensou Chloe.

Reiki. O poder/energia vital dos seres vivos. Determinado pelas Irmãs do Destino, que descobriram tal poder nos seres, há diferentes níveis de reiki.

São eles:

Nível Mortal: O nível mais baixo de reiki. Geralmente quem possui esse nível são humanos normais e animais.

Nível Stigma: Segundo nível, um mais avançado que um humano pode alcançar.

Nível Alpha: Primeiro nível de reiki de um semideus.

Nível Gama: O segundo nível de reiki de um semideus.

Nível Ômega: O nível mais alto de reiki de um semideus.

Nível Titã: O segundo nível de reiki mais poderoso de todos. Ele pode ser alcançado por um semideus também.

Nível Deus: O nível mais poderoso de reiki de todos. Esse é o reiki que os deuses e o Rei dos Titãs, Cronos, possuem.

Há também um nível de reiki único, que não é classificado como um nível medido ao seu poder de batalha e magia. Esse é o Nível Cosmi, o nível mais intelectual, na qual apenas Atena, Ártemis, as Musas, as Plêiades e as Irmãs do Destino possuem.

Voltando, o atual nível de reiki dos cinco ali, era o Nível Alpha, porém, se aproximando ao Nível Gama. Mas ainda faltava para chegar lá. Damon era um exemplo disso. E Chloe estava extasiada ao sentir o reiki de Keith. Era estranho, como ela mesma disse.

Provavelmente Damon também percebeu isso, de certa forma. Dos cinco ali, Chloe é a que tem o sentido de reiki mais aguçado. Ela pode distinguir as formas, naturezas e níveis diferentes de reikis com mais facilidade e domínio que os demais. Ela então, tratou de alertar.

Damon! O reiki dessa pessoa é-! – Mas antes que ela terminasse de falar.

Não se preocupe. Estou ciente disso.

Damon olhou mais a fundo para Keith, que seguia sorrindo. Se ele é um humano normal, ele só pode chegar ao Nível Stigma. Não pode ser mais forte que alguém com um reiki de nível superior, como o dele que é Alpha. Ele estava seguro disso.

Chloe e os outros também tinham conhecimento sobre isso. As próprias Irmãs Rainhas possuíam um fraco reiki de nível Alpha, por isso foram derrotadas sem dificuldades. Mas, o que é essa inquietação sentida principalmente por Chloe? Há algo estranho no ar. E ali, em Keith.

Venha, minha Arma... – Keith murmurou – Hakai Zao.

Keith abriu sua mão direita e pegou de suas costas sua arma. À primeira vista, Damon e os outros se assustaram. Era  um mangual enorme, uma arma medieval que constitui em uma grande bola de metal com saliências pontudas presa ao cabo por uma corrente, enorme! Seus espinhos eram tão afiados que um simples toque poderia arrancar um pedaço da carne de seu braço.

Hakai Zao, do japonês, a união das palavras ‘Hakai’ (Destruição) e ‘Karao Zao’ (Mangual). O Mangual da Destruição.

O ar que já era tenso com a presença de Keith, ficou mais assustador ainda. Mas Damon manteve o controle sobre suas emoções.

Que arma assustadora essa a sua... – Ele disse. – Não vou me segurar...!

E não deve...! – O sorriso de Keith... Era algo preocupante.

Damon sentiu um pequeno calafrio na espinha com o sorriso de seu adversário. A aura sombria que ele emanava paralisou os quatro atrás de Damon. Ele então se preparou. Damon começou a concentrar seu reiki para se preparar para a batalha.

“Primeiro preciso avaliar quem ele é melhor. Será um semideus como alguns de nós?”

Damon nem teve tempo para pensar direito. Keith apareceu como um raio na sua frente. Todos piscaram, assustados. O garoto que mais parecia um maníaco louco para matar, girou forte seu mangual e tentou terminar tudo com um golpe. Mas Damon, no puro reflexo, se inclinou para trás, evitando o golpe que poderia ser fatal. O mangual passou por cima de seu rosto e ele, logo em seguida, já recuou com dois mortais, parando de pé.

O que foi isso!?! – Todos pareciam chocados mais atrás. Damon parou, mais alerta dessa vez.

DAMON! – Lilith gritou, seu coração estava na boca.

“O que foi essa velocidade? Eu nem consegui ver!”

Damon raciocinava enquanto Keith girava seu mangual como um psicopata, em espiral. Sua arma tinha grande alcance o que com certeza iria dificultar as ações do garoto.

“O problema é quando ele vai atacar. É muito veloz para ser um humano normal. Nem com o reiki no Nível Stigma isso seria possível”, Damon tinha certeza de que havia sangue de deus correndo em suas veias.

Está preparado?! Vamos dançar! – Keith usou sua grotesca velocidade e começou a trocar colisões com Damon, que não contra-atacava.

Chloe seguia pensando a todo vapor. O reiki de Keith era algo completamente fora do comum, que nem mesmo ela entendia. Sua natureza e sua forma sofriam constantes anomalias com o passar do tempo.

Ela tentava ao máximo entender aquilo, mas só podia ver um domínio único na batalha. Um ‘ataque contra defesa’ total no qual Damon não tinha tempo nem espaço para contra-atacar. Keith o sufocava com ataques insanos e aleatórios, difíceis de prever.

Tsc. Onda de Choque! – O ataque de Damon provocou o desabamento de várias árvores ao redor. Keith recuou e finalmente abriu uma brecha. Esse era o momento esperado!

“Aí está!”. Damon então usou sua velocidade para o atacar. Parecia que não tinha escapatória para Keith, que ainda se equilibrava. Damon então pegou um fortíssimo impulso, e com um movimento de sua espada...

Tome isso!

Hehe...! – Keith abriu um sorriso maquiavélico, fazendo Damon hesitar por um segundo.

O que?!

Ele cortou, mas não acertou a barriga do líder dos Imperadores da Escuridão, onde mirava de primeira. O garoto pulou para trás e escapou facilmente do ataque de Damon, os dois então recuperaram a compostura e se encararam.

Você é bom. Muito forte, tenho que admitir. – Falou Damon, apontando sua espada para Keith – Me diga. Você é filho de qual deus? – Keith então, franziu a testa com a pergunta.

Hã? Deus? Hehehe! Gahahahahahahahaha! – Keith riu debochado, com a mão no rosto. Os cinco ficaram sem entender.

O que foi tão engraçado assim?

“O que”?! Sua pergunta, ora...! – Chloe então se tocou. Ela arregalou os olhos, como quem não pudesse acreditar e         Julie a olhou.

Eu não sou filho de deus algum... Eu sou só um humano! – Ele abriu seus braços novamente.

As palavras de Keith paralisaram a todos agora. “Como isso é possível? Um humano!?! Normal, mortal. Um humano assim!?!”, pensava a filha de Atena, enquanto no Monte Olimpo, em frente à Piscina da Vidência, a própria Deusa da Sabedoria se levantou bruscamente.

Como assim!?! Um humano?! Só um humano?!?!

— Isso foi bem... inesperado. – Disse Zeus ao tentar achar a palavra correta. Até mesmo para ele aquilo era... Atena tremia os olhos.

Mas como?! Ele tem... um reiki de Nível Gama! – Murmurou a deusa...

Nível Gama: o segundo nível de reiki de um semideus. O nível de Damon e dos outros quatro ali era o Alpha, que estava abaixo desse. Mas isso nem é o assustador. A pergunta é; como um humano mortal conseguiu ultrapassar um nível de reiki de um semideus!?!

Isso seria teoricamente impossível. Já é complicado chegar ao Nível Stigma, o mais alto dos humanos mortais, mas ainda assim aceitável e plausível. Agora, ultrapassar o nível de um semideus!?! Afinal...

...Quem é esse cara?! – Lilith perguntou, suando muito de nervoso e aflição.

Eu já disse. Sou Keith... Líder dos Imperadores da Escuridão. Que irão derrubar vocês e os deuses!

As palavras de Keith não eram apenas piada. A aflição aumentou. Chloe, Julie, Meade e Lilith sabiam que prosseguir com a luta era a pior das escolhas. Mas Damon não recuou. Nível de reiki mais forte? Isso não interessava para ele.

“Droga... preciso pensar em algo para ajudar o Damon. Ele não vai conseguir sozinho!”, Chloe pensou, quando...

— Psiu... – Meade a chamou ao pé do ouvido – Vou tentar pará-lo com meus fios para que vocês ataquem ele...

— Tem certeza que vai funcionar...?

  Damon! Precisamos fugir! – Gritou Lilith, em desespero, interrompendo a conversa dos dois.

Fugir?! Você é idiota?! – O filho de Zeus retrucou.

Não ignore as ordens de seu pai! Senão todos iremos-!

Não me atrapalhe! – Antes que Lilith completasse, Damon a interrompeu.

Ela ficou assustada com o tom de voz dele, que soou de forma diferente, mais grave e assustadora, o que impôs o silêncio por todos no local e ninguém se opôs ao garoto novamente...

Eu vou acabar com ele! – Damon segurou firme sua arma e atacou com tudo novamente, sem hesitar.

Ele e Keith voltaram a duelar com violência. Os ataques eram fortes e descuidados. Tudo tremia com a insana batalha entre os dois. Ninguém entendia ainda como um humano podia chegar a esse nível.

Damon tentou continuar atacando enquanto Keith sorria mais e mais. Todos os outros quatro só podiam acompanhar sem poder fazer nada, até que um dos ataques falhou e Damon ficou com a guarda completamente aberta.

Voe. – Keith movimentou com velocidade seu mangual na direção de Damon.

Era como se o tempo tivesse parado para todos ali, que arregalaram seus olhos e tentaram gritar com todas as suas forças. Damon apenas viu uma esfera totalmente negra diante de seus olhos. O movimento durou cerca de 3 milissegundos e o impacto foi prepotente. A esfera negra de Keith colidiu com o corpo do garoto, que voou para trás e se chocou com três árvores, caindo no chão.

Todos olharam incrédulos, em choque, totalmente paralisados. O mangual voltou até Keith que o girou novamente.

Não... im... possível...! – Lilith mal conseguia falar. Seus olhos tremiam.

Gah! – Damon cuspiu um pouco de sangue no chão. Todos olharam.

Ele se levantou, seu olho esquerdo estava quase se fechando com o impacto. Os quatro reagiram aliviados. Mas também, assustados e com medo.

Damon...! Ele está vivo!

— Sim, ele está. – Keith respondeu à garota, de forma irônica e com um sorriso sinistro.

Para sorte de Damon, a bola de espinhos estava sem os espinhos. Por um breve e veloz momento, ele os guardou. Sim, Keith fez isso. Se o que tivesse acertado Damon, estivesse com os afiados espinhos para fora, ele provavelmente estaria morto.

Que sorte, hein? Fui bonzinho para retrair os espinhos de meu mangual. Mas não me faça rir, Damon. – Keith parou de girar o mangual e olhou sério – Isso é tudo que você tem?

...

“Esse cara...”

Damon pensava exatamente nisso. Seu descuido foi enorme e infantil. Se Keith não fosse ‘bonzinho demais’, como ele mesmo disse, a batalha estaria terminada. Mas não era isso que mais intrigava o filho de Zeus, algo não estava claro ali. Ele olha para sua mão, com uma expressão de que não entendia o que acabara de acontecer.

O que...?

Na próxima isso não irá acontecer. Então tome muito cuidado, ok? – Com as palavras de Keith, Damon então fechou os olhos e se levantou.

Eu não pedi para você ser bonzinho em nenhum momento. Mas, seguirei seu conselho. Dessa vez é pra valer! – Damon abriu os olhos, com uma expressão séria.

“O reiki dele está...”

Chloe podia sentir o poder vital de Damon ficando maior e maior. Ele estava com o Nível Alpha quase que no limite. Keith possuía um nível acima de Damon, o Gama, só isso não seria o suficiente. Mas Damon estava ciente disso. E o que aconteceu depois disso foi um baque.

Ele aumentou repentinamente a sua velocidade e apareceu na frente de Keith, que se assustou. Um déjà-vu. Os quatro não conseguiram pensar em outro momento que o primeiro ataque de Keith. E a Ryūken começou a emitir um brilho azul, que o fez arregalar os olhos.

— Corte dos Mil Pássaros!

Damon usou sua magia mais forte. Ela consiste em três golpes aleatórios e simultâneos contra seu oponente, em velocidade máxima. E foi a queima-roupa, não dava para alguém escapar desse golpe. Também, era a primeira vez que Damon usava ele na frente de seus companheiros, fato que explica os olhares impressionados deles.

 Keith porém, não foi atingido. Sim, ele conseguiu desviar, sendo mais rápido ainda que já estava. Ele apareceu nas costas de Damon. Com um sorriso amedrontador, Damon olhou assustado para ele.

“Impossível! Ele evitou o Corte dos Mil Pássaros!?! Tão fácil assim...?!”

 Ele então desferiu um golpe em suas costas com o mangual. Damon foi jogado para longe e deu um grito de dor. Keith aumentou seu sorriso. Dessa vez ele não retraiu os espinhos. O golpe, porém, não foi fatal. Damon caiu, de olhos arregalados.

DAMON!!

Droga. Temos que ajudar!! – Chloe exclamou, sacando sua lança e indo para cima de Keith.

— Ei!! – Meade tentou pará-la, mas não pode.

Chloe girou a Sakiyari e tentou acertar o garoto de cabelo verde, que defendeu facilmente com seu mangual e a jogou para trás com apenas um movimento de seu braço direito. Ela não desistiu, porém paralisou ao sentir a pressão que emanava do garoto.

— Não... venham...! – Murmurou Damon, que caído, usou todas as suas forças para levantar. Keith andou e ficou na frente dele, o olhando de cima para baixo com um olhar cortante.

Depois de tudo aquilo, você só tem isso? Que decepção. – Damon tremia os olhos. Isso era... – Então vou acabar logo com-.

No momento em que Keith levantava seu mangual, Lilith reagiu e tentou acerta-lo com sua foice. Sem sucesso. Keith desviou do ataque de Lilith, Meade aproveitou o momento, pegou Damon pelo ombro.

Tsc. Vocês são chatos. Talvez eu deva matar a todos! – Keith sorriu psicoticamente mais uma vez.

Lilith girou a foice cinco vezes em espiral e bateu com a parte de baixo dela no chão. Keith olhou sem entender o que ela queria. E então...

Chamas Polivalentes!

O solo começou a esquentar repentinamente. Keith levou seu olhar para ele. E então, diferentes partes começaram a brilhar em vermelho. Ele percebeu e rapidamente recuou quando um pilar de fogo vermelho subiu como um míssil em sua frente. Mas quando Keith pensou que tinha evitado, uma reação em cadeia começou. Vários pilares de fogo tentaram acertar o garoto que foi desviando de todos.

Agora! Corram! – Meade gritou, com Damon em suas costas, ainda aterrorizado.

Esse era realmente Damon? Depois de provar o desespero em ver um humano mais forte que ele e ter sua, até então, magia mais forte anulada como uma brincadeira de criança, não era para menos. Os quatro – Meade, Chloe, Julie e Lilith – começaram a correr para fora da Floresta Negra. Porém, Keith escapou da prisão de pilares de fogo que Lilith criou e parou a frente dos quatro, os impedindo de prosseguir.

Vocês não vão fugir depois disso tudo.

Ele escapou?! – Lilith perguntou, incrédula.

Era possível ver. O desespero nos olhos de todos ali. Keith olhou para Lilith. E depois para Meade, e depois Chloe, e depois Julie...

Então...

Ele levantou o braço, mostrando seus dedos abertos, com a palma da mão para cima. Lilith não teve tempo de pensar e arregalou os olhos, com medo. Chloe ficou abismada. O reiki de Keith estava com uma forma assustadora que podia paralisar até mesmo ela, só de sentir isso.

— Vamos-.

Keith. – Uma voz feminina chamou por ele, quebrando o momento e o interrompendo.

Keith parou na hora e olhou para frente. Lilith e os outros se viraram, ainda suados e tremendo.

O que foi agora? Não estão vendo que estou no meio de uma luta?

Me desculpe. Precisamos de você. – Disse a garota, que estava com o capuz negro. Era possível ver suas pequeninas tranças de cor creme, com um tom bem claro.

Para que?

Não podemos explicar agora. Vamos explicar no caminho. – Uma voz masculina. O garoto ao lado da garota, também com o capuz cobrindo sua face afirmou.

Hm. Ok então. Vamos lá. – Keith guardou sua arma e foi até os outros dois – Até breve. Treinem para me divertir mais da próxima vez que nos encontrarmos.

Keith olhou para os quatro, com seu habitual sorriso maléfico. Ele e os outros dois então, se foram. Lilith, que assim como os demais estava paralisada e tremendo, caiu no chão sem forças. Seus olhos seguiam arregalados. Chloe e Meade suspiraram.

O que era aquele monstro? 

Odeio ter que dizer isso, mas tivemos sorte... – Falou Meade, um pouco mais tranquilo.

Uma diferença esmagadora de poder. Não conseguimos nem reagir. – Chloe fechou os olhos e tentou se concentrar.

Hipótese: Não era só o tal do líder. Teríamos que enfrentar três deles e isso seria muito ruim. – Julie seguia inexpressiva, mas dava para ver que ela também estava na mesma situação que seus amigos.

E não era só isso... Assim como aquele Keith, o reiki dos outros dois. Ambos também estavam no Nível Gama. – Chloe disparou.

Não só Keith, mas os outros integrantes também. Ambos eram mais fortes que eles. E ainda não era certo sobre uma coisa; a quantidade de membros. A situação era complicada. E se fossem mais de dez ou vinte assim? Mas Chloe começou a organizar tudo, agora, com mais calma. Se fosse assim, um ataque em massa dizimaria os Dez Apóstolos. Então, a lógica é que...

Não há mais que dez deles. Isso eu posso deduzir.

Sim, uma dedução apenas. Não era certeza. Se for levar pelo que Keith falou, sobre derrubar os Deuses, nem cinquenta com o Nível Gama seriam suficientes. Mas ainda assim, os Dez Apóstolos seriam presa fácil. Se cinco já não conseguiram fazer nada com um – salve que era o denominado líder, portanto logicamente seria o mais forte de todos – imagine com uma ou duas dezenas. Era morte na certa.

E como está o Damon? – Chloe deixou de lado o raciocínio e voltou sua atenção para Damon, nas costas de Meade.

Está desacordado. Esse idiota. O que ele estava pensando? – Meade respondeu. Damon não estava ferido. Ele estava apenas desmaiado.

Precisamos ir para o Mar Egeu ajudar o grupo de Silver. Já terminamos aqui. – Chloe falou.

Sim.

Os quatro então partiram para fora da Floresta Negra, rumo ao Mar Egeu. Não era longe, era até próximo. Ou seja, não demoraria muito. Lilith olhou preocupada para Damon, que seguia desacordado. Porém ele respirava normalmente. A lua em seu apogeu extremo, voltou a sumir entre as nuvens do céu de estrelas que estava parcialmente nublado...


[Uma derrota mais do que completa...]

Por Sora | 12/01/18 às 14:38 | Ação, Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Brasileira, Magia, Drama, Comédia, Shounen