CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
78º Mito - Desafios do Zodíaco: Conclusão

Epopeia do Fim (EDF)

78º Mito - Desafios do Zodíaco: Conclusão

Autor: Sora | QC: Amnésia

Stellarium, o templo das Plêiades, todas as sete estavam ali. Até que uma forte e gigantesca luz branca apareceu e chamou a atenção de todas, que olharam espantadas. Dali, como esperado, saíram os doze...

Aqueles que abrirão a passagem para as Irmãs do Destino.

Yo! Voltamos de novo! – Damon acenou com um sorriso confiante.

Vocês... – Electra murmurou, ainda de olhos arregalados e boquiaberta.

Incrível! Eles completaram os Desafios do Zodíaco! Todos agora!! – Taigete, a pequena Silvânide, também falou assustada com os olhos cor de esmeralda brilhando.

Com isso acho que somos os primeiros, não é?! Hihi!

De fato. – Electra deu um sorriso – Vocês são os primeiros e talvez os únicos a passarem pelo desafio completo! Meus parabéns!

Sim, sim! Então...

Exato. Com isso... – Electra andou até mais à frente, passando pelos doze. Ela moveu sua mão para uma pequena parede e abriu uma passagem em espécie de vórtice de um portal – A passagem para as Irmãs do Destino. Peguem seu prêmio, Dez Apóstolos!

Todos comemoraram, suspirando e sorrindo. Finalmente, depois de sabe se lá quantos dias de muita ação, aventura, batalhas e caminhos difíceis, perigos e qualquer outra colocação, eles estavam à apenas um passo...

Apenas mais um passo delas. Seu objetivo desde o início do desse arco. Aquela passagem em vórtice, mostrava o Palácio dos Destinos, e logo mais atrás, o destino final que cruzava os céus, o Templo dos Destinos.

Incrível...!

Realmente conseguimos!

Sim... – Daisy, Lilith e Elaine falaram, sorrindo e se entreolhando.

Meus parabéns, Chloe. – Disse Armonía em sua mente.

Sim. Obrigada! – E a filha de Atena respondeu. Julie fechou os olhos e suspirou.

Finalmente, o momento decisivo... – Silver disse, sorrindo.

Sim! O clímax! – Grey bateu os punhos. Meade, Brandt e Arthur apenas olharam, em silêncio. Bluebell suspirou preocupada...

Pois, não era só as Irmãs do Destino. Eles também encontrariam lá...

Hehe! Estou ficando animado de novo! – Damon cerrou seu punho direito e sorriu.

Não podemos colocar vocês diretamente no Palácio dos Destinos, esse é o máximo que podemos chegar. O Grande Abismo.

Os doze andaram até a entrada da passagem em vórtice e olharam para o que tinha mais à frente, antes do palácio. Era realmente um abismo mortal, não dava para ver seu fim...

O caminho para chegar ao Palácio dos Destinos passava por uma pequena ponte antiga e quebradiça com alguns pilares gigantes de pedra mais à frente, todos ao redor dessa união de três pontes no total. Damon deu um assobio, impressionado.

Uou, é bem... digamos... cair aí morre né?

Acho que tá bem na cara, não...?! – Lilith o retrucou, com o olhar escuro...

Muito bem, Dez Apóstolos. – Electra prosseguiu – Boa sorte no resto de sua jornada!

Boa sortinha! – Taigete também se despediu.

Obrigado, Plêiades! Então, até mais! – Damon levantou o polegar da mão direita.

Até mais? Mas eu disse que será o adeus... –Electra murmurou, sem entender.

Não, não será. Assim como as Musas, iremos nos ver de novo.

Sério?! – Taigete ficou animada.

Com certeza! Então, até mais!

Huhum. – Electra prendeu uma leve risada – Ok. Até mais!

Os doze então atravessaram o portal e ficaram de frente para o Grande Abismo. Com todos saindo do Stellarium, a passagem em vórtice se fechou. O que restou foi uma parede chapiscada...

Eles são incríveis mesmo, não é? – Taigete deu um sorriso, já com o portal fechado. Ela e Electra começaram a andar de volta até as outras cinco.

Realmente. – Electra respondeu, também com um leve sorriso – Estou na torcida para que eles conquistem seus objetivos...

Ela deu uma leve olhada para trás e sorriu.

“Quando as estrelas acordarem...”, ela pensou, fechando seus olhos...


***


Então lá está o Palácio dos Destinos... – Bluebell falou, impressionada com o tamanho da construção.

A entrada do palácio tinha uma forma bem peculiar. Era possível ver uma espécie de hall inferior, que dava em uma gigantesca porta. Nos dois lados dessa gigantesca entrada, havia duas estátuas – dois homens de pedra gigantes, que pareciam estar segurando dois pilares.

E ainda por cima, haviam mais estátuas pequenas de outros homens segurando esses dois gigantes com todas as suas forças. Peculiar, mas bem-feito e também bem bonito por sinal.

O céu, agora, era totalmente diferente das partes anteriores da Ilha da Criação. Nuvens negras cobriam tudo, com pequenas aberturas que deixavam feixes de luz solares caírem. Eram como buracos no chão, só que no céu.

E, atrás do palácio, havia uma espécie de pilar negro em forma de torre, que tinha a forma de um tornado, abrindo um buraco maior no céu negro. Era o que eles haviam visto ao chegar na ilha, lá no começo.

Aparentemente, era ali que estavam, de fato, as Irmãs do Destino. Ou seja, mesmo que eles estivessem mais próximos do que nunca, ainda faltava uma parte para passar...

Para ser sincera, nunca imaginei que chegaríamos aqui. – Disse Lilith, olhando todo o local novo à sua frente, assim como todos os outros.

Nem eu... estamos tão perto... mas tão longe! – Grey resmungou, ainda cansado de ter usado o Genkai.

Realmente é um abismo e tanto...

Todos olharam para baixo, seguidos por Silver que disse o óbvio. A profundidade era... não, não havia profundidade nisso! Cair ali seria cair no centro da terra, com toda certeza!

Tá bom, vamos nessa então. É só não olhar para baixo...! – Damon deu um sorriso, nervoso pela situação.

Irmão, você tá com medo? – Daisy perguntou, fazendo seu irmão mais velho sentir um calafrio pelo corpo.

Hein?! – Lilith prendeu uma risada. Para falar a verdade, todos ali – Ei, minha irmãzinha, você não tá não?!

Damon não podia mentir, pois Daisy, ainda mais com a ajuda de Písti, iria descobrir. Mas o contrário já não podia ser confirmado.

Hm... – Ela olhou para cima, com o indicador na bochecha e inclinou o pescoço levemente para o lado, pensando – É, acho que estou sim, cair aqui...

A garotinha olhou para baixo e sentiu seu coração disparar e sua adrenalina aumentar. Porém, ela se segurou com todas as suas forças.

Mas não é bom demonstrar isso agora que chegamos tão longe, não é?

“Daisy, você realmente é um monstro...” Damon pensou, sorrindo torto.

Tá bom, galera. Já passamos por tantas coisas que eu nem consigo mais contar nos dedos. – Ele se virou para todos – Agora vamos pegar nosso maior desafio. Vamos lá!

Sim! – Ambos os onze, salve alguns para variar, bradaram em coro.


***


Eles passaram... estão no Grande Abismo!

Sim, e daí?

Templo dos Destinos (novamente), Câmara de Tecer. Enquanto Cloto tecia os incontáveis fios na Roda da Fortuna (como sempre), Láquesis os fiava e Átropos os cortava (como sempre...).

Ao mesmo tempo, elas observavam o progresso dos Dez Apóstolos, que acabaram de terminar todos os Desafios do Zodíaco das Plêiades pela primeira vez e ganharam a entrada vip para a morada das Moiras.

— “E daí”?! Eles estão a um passo a mais de nós. – Átropos franziu a testa, sempre impaciente e contra as atitudes de sua irmã.

Átropos, você tá com medo mesmo, não é?

Claro que não! – Átropos lembrou da última vez que discutiu com sua irmã por essa pergunta e se segurou – Só que...

Não se preocupe, minha irmã gosmenta, tenho tudo sobre controle!

Ei, você disse o que...?

Pelos deuses... – Cloto murmurou, fechando seus olhos e se controlando para não surrar as duas naquele momento – Láquesis, Átropos!

C-Cloto...?

Ela as observou em silêncio por um tempo e novamente parou o trabalho de tecer os fios. Láquesis ficou nervosa, pensando no ocorrido anterior, quando ela a repreendeu, junto com Átropops.

Cloto desceu, flutuando até as duas, e as olhou no fundo de seus olhos. Seus olhos verdes sempre se tornavam um âmbar puro e brilhante quando ela estava séria.

Quer dizer, ela é séria de natureza, mas quando ela fica irritada... Ficou melhor assim.

I-Irmã...?!

Láquesis já esperava isso, mas para surpresa da Moira, não aconteceu. E Cloto abriu a boca apenas para perguntar uma coisa para sua irmã.

Láquesis, o que você pretende fazer agora? – Cloto lançou a pergunta, olhando para os fios platinados dos Dez Apóstolos.

Hãin?!

Você não disse que ia deixar eles seguirem o próprio destino? – Cloto perguntou, voltando a ficar ereta, tirando a pressão de Láquesis, que pareceu suspirar aliviada.

Hahaha! Irmã, não me mate do coração assim! – Láquesis forçou um pigarro em seguida – Bom, eu não sei ao certo já que eles conseguiram misteriosamente reverter certos destinos que imponho e acabou que isso está ficando imparável, mas... acho que vou tentar algo de novo.

Hm... – Cloto fechou seus olhos com essa resposta.

Eles passaram pelos Corcéis do Tempo, Ilha da Criação e Hecatônquiros, além de encontrarem com as Musas, Fúrias e Plêiades... acho que seria muita injustiça não os receber com hospitalidade, não acha? – Láquesis disse, sorrindo.

... – E Átropos apenas a olhou, em silêncio.

Bem, faça o que bem entender, desde que cumpra com nosso trabalho. – Disse Cloto, se virando e retornando até a Roda da Fortuna.

Yes, sir! – Animada, Láquesis prestou uma espécie de continência – Agora, Átropos, me dá uma mãozinha aqui?

Hã? Eu?!

Tem alguma outra Átropos aqui?!

Não, só não entendi o motivo de você pedir minha ajuda... – Após alguns segundos tentando entender, Átropos achou uma provável resposta – Não me diga que você vai...

Não, ainda não. Não irei matá-los. Pelo menos tentarei não fazer isso... – Átropos a observou por um momento, Láquesis deixou um sorriso de canto escapar – Vamos ver se eles conseguem me enganar de novo agora...! Aí eu terei total certeza do que está acontecendo aqui!

Láquesis sorria e Cloto apenas ficou em silêncio.

“E então... Quem irá vencer agora... Láquesis ou vocês... Dez Apóstolos...?”, Cloto se perguntou, olhando para trás pela visão periférica com um sorriso...


***


Eles estão próximos...!

Atena seguia observando o progresso dos doze da Piscina da Vidência com Zeus, em seu trono. Seus olhos brilhavam de emoção, mas com um misto de ansiedade.

Realmente impressionante. Parece que as Moiras realmente subestimaram eles. – Disse Zeus, com o rosto apoiado em sua mão direita, sentado em seu trono de sempre.

Sim, o plano parece ter tido sucesso. Mas ainda está longe de um fim. Agora eles estão no Grande Abismo. Uma queda sem fim... para o centro da terra.

Cair aí seria morte na certa.

Será o momento mais tenso. Essas pontes estão muito antigas. Podem ruir a qualquer hora...

Sim...

Os dois observavam atentamente (como sem- enfim). Os doze então, começaram a andar pela ponte. Era um total de três pontes quebradas e separadas que dava em diversos pilares de pedra ao redor até chegar a pequena ponte final que dava na entrada do Palácio dos Destinos.

O céu não era mais azul naquele lugar e sim negro, devido à proximidade com o Templo dos Destinos.

Senhora Atena. – Uma voz ecoou na mente da deusa. Era uma voz calma e suave, que fez Atena matar logo de vez a dona dela.

— Íris...?

Sim, sou eu mesma, senhora Atena.

A Deusa do Arco-íris e Mensageira dos Deuses, Íris. Agora, mensageira particular de Atena. As duas se comunicavam pela mente, por telepatia.

O que deseja agora? Não posso sair nesse momento.

Não, não precisa! Só queria lhe avisar que Melinoe retornou.

Atena ficou em silêncio por alguns segundos.

A filha mais velha de tio Hades... – A deusa confirmou – Ela já sabe sobre os dez?

Ao que aparenta, senhorita Perséfone a informou.

Hmm. Está bem, obrigada pela informação.

De nada! Então, se me dá licença...

Iris parou de falar e Atena deu um leve suspiro.

“Mandar Melinoe para lá não seria nada mal. Mas seria inviável...”, Atena começou a pensar consigo mesma. “Agora eles estão distantes demais, não daria tempo. E eles passaram do Stellarium...”

Ela voltou a observar fixamente os doze, agora se movimentando pelo Grande Abismo.

“Pessoal... Vocês conseguem!”


[O novo desafio se apresenta: o Grande Abismo!!]

[Dando adeus às Plêiades e com os desafios concluídos, os Dez Apóstolos 2+ chegam ao último obstáculo para as Moiras!!]


Continua no 79º Mito - "O Grande Abismo"

Por Sora | 14/04/18 às 16:40 | Ação, Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Brasileira, Magia, Drama, Comédia, Shounen