CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Prólogo - Nulo

Epopeia do Fim (EDF)

Prólogo - Nulo

Autor: Sora

Raios e trovões cortavam a Terra simultaneamente. Pragas vagavam e destruíam tudo, o Sol não existia mais naquele céu negro. Os mares estavam totalmente elevados de forma anormal, resultado de uma catástrofe iminente que ocorreu ali. E agora, o Monte Olimpo... estava destruído.

— Está rastejando. — Disse um homem misterioso, com um sorriso no rosto.

A cena era a seguinte: o local provavelmente era o Cume do Sacrifício pela forma e pela altura, grande igual o Olimpo. Ali estavam algumas pessoas de pé, olhando para o chão, ao lado de uma mulher de joelhos, com os olhos arregalados... e havia uma pessoa. Um garoto, para ser mais exato, no chão. E abaixo dele, havia um rastro de sangue escarlate que queimava suas entranhas...

— Quer que eu acabe com ele?

— Não, não precisa. Eu mesmo faço isso. — Assim que o primeiro respondeu ao segundo, esse mesmo ficou em silêncio e suspirou.

— Entendo...

— Venha, garoto! Tente me acertar. — O homem chamou pelo garoto que estava no chão. Ele estalou a língua, sem poder reagir enquanto estava de bruços, olhando para os olhos negros daquele homem — Não vai vir, é...? Então...

— GU-! — Talvez nem tivesse tempo de ver, reagir ou sentir. Mas o que o garoto sentiu, o que ele apenas sentiu, era algo entrando em seu peito.

Uma espada negra. Uma lâmina escura enorme, que atravessava o torso do garoto, que apenas pôde arregalar seus olhos em reação instantânea, ao mesmo tempo que sangue saía de sua boca.

— Acabou... — O homem retirou a espada do peito do garoto. Ele cuspiu mais sangue com isso e caiu de costas no chão.

— NÃO! — Gritou a mulher que até então estava observando tudo boquiaberta e sem reação.

Os olhos do garoto ficaram fracos e foram perdendo luz. Com sua vida se esvaindo lentamente, tentou em um ato de desespero alcançar o homem com sua mão esquerda enquanto mal conseguia se rastejar pelo solo. Sem sucesso...

— ... — O garoto murmurou lentamente um nome que não foi possível de escutar. Provavelmente o nome do homem, que se virou e andou até as demais pessoas que ali estavam.

— Vamos. — Ordenou o homem e, sem pestanejar, os outros começaram a ir embora dali, junto dele. E então, o homem se virou e fitou o garoto, sem salvação, pela última vez.

"Mesmo na morte, tem um olhar de ódio e repúdio...  Foi bom enquanto durou...", e então, ele se foi com os outros dali, desaparecendo em meio a escuridão da Grécia.

"Eu não... Posso morrer! Não aqui!", o garoto lutava com as últimas forças. Até que ele desistiu. Sua mão caiu, seu corpo ficou pálido, sua visão fraca.

"Pessoal... Me... Desculpem..." foram suas últimas palavras. O garoto então, fechou os olhos uma última vez...

Ele havia morrido.


-----------------------------------------------------------------

Para quem está iniciando a Novel agora, entre no grupo do Discord; local exclusivo para os leitores interagirem e baterem um papo não só sobre a Novel, como também sobre outras coisas que derem na telha!! 


https://discord.gg/CP7DCpP

Serão muito bem-vindos lá!! Esperando vocês!!

Edit: Pra quem não tem Discord ou tem preguiça de baixar, temos agora uma página no Facebook para maior interação entre os leitores: https://www.facebook.com/groups/240026243453280/

Por Sora | 07/01/18 às 21:23 | Ação, Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Romance, Brasileira, Magia, Drama, Comédia, Shounen