CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 353 - A Luta (Parte 3)

Evil Emperor’s Wild Consort (EEWC)

Capítulo 353 - A Luta (Parte 3)

Tradução: illusia | Revisão: Luis Gimenes

Gu Ruoyun Franziu levemente a testa. Até mesmo ela não foi capaz de prever que Shiyun superasse o rank de Imperador Marcial. Mas, mesmo assim, ela deve vencer essa luta! Ela não podia perder!

A expressão de Gu Ruyun lentamente se tornou séria: “Já que você  disse, então eu vou dar tudo o que tenho! Shiyun, sua Seita Divisas Celestes sempre fingiu ser um clã correto e honrado, mas, ainda assim, vocês machucaram tantas pessoas em nome de suas necessidades egoístas. Vocês sacrificaram tantos por poder, a fim de expandir suas forças. A Seita Divisas Celestes está agora pedindo pela rendição da Cidade Celestial! Além disso, vocês fizeram Yu’er cair de um precipício e seu paradeiro é agora desconhecido!” 

Ela sentiu uma dor aguda em seu peito e fechou os olhos lentamente. Quando ela os abriu novamente, uma intenção assassina irradiou de suas pupilas, queimando com chamas de fúria. 

“Não importa o que vocês querem ou quantas pessoas vocês pretendem machucar. Isso não tem nada a ver comigo! Mas vocês são culpados pelo desaparecimento de Yu’er. Então, vocês pagarão o preço!”

A jovem deu um passo adiante, e lentamente ergueu sua mão. Então, uma espada com uma luz branca cintilante apareceu. Na mesma hora, uma aura que não pertencia a Gu Ruoyun irrompeu. Paria ser um nível acima do seu.

Hong!

Shiyun se afastou, seus lindos olhos encararam com espanto a espada longa na mão de Gu Ruoyun: “Isso… Isso é uma arma espiritual?”

É isso mesmo, ela pensou, isso definitivamente é uma arma espiritual. E parece não ser de um nível baixo. No mínimo é uma arma espiritual de nível intermediário.

“Senhora Gu” O sorriso de Shiyun cresceu de repente e seus olhos se semicerraram. Ela encarou Gu Ruoyun como se tivesse pego uma ladra e falou friamente: “Eu sempre acreditei que você fosse um gênio, mas, na verdade, você não passa de um ladra de galinha! Há um tempo atrás, a arma espiritual de meu pai foi roubada por um ladrão. Eu jamais poderia imaginar que era você. Mas agora eu te peguei com a mão na botija. O que você tem a dizer em sua defesa?”

Todos da Seita Divisas Celestes sabiam que a Mestra tinha uma arma espiritual de baixo nível, mas ninguém havia visto antes. Então, quando Shiyun acusou Gu Ruoyun do roubo, eles acreditaram nela cegamente.

Apenas Shiyun sabia que, quando comparada com uma arma espiritual de baixo nível, a lâmina nas mãos de Gu Ruoyun era muito mais poderosa.

Entretanto, como era de praxe na Seita Divisas Celestes, ela usou uma história verdadeira para basear a mentira de que a arma espiritual lhe pertencia. Havia uma base para sua fala. Alguém de fato havia roubado a arma de seu pai. Então, ela usou isso para sustentar sua história.

“Hehe” Leng Yanfeng riu discretamente, e falou com desdém: “Ora, ora, parece que a filha de Gu Tian não passa de uma ladrazinha de araque. Você ainda tem a audácia de mostrar o que foi roubado na frente de Shiyun, você não tem vergonha na cara?”

Gu Ruoyun falou calmamente: “Vocês dizem que essa arma espiritual pertence à Seita Divisas celestes, mas tem como provar isso?”

“Senhora Gu” Shiyun sorriu serenamente: “ Todos sabiam que a arma espiritual de meu pai foi roubada há alguns meses e agora você argue uma arma espiritual. Se ela não pertence ao meu pai, então de onde ela veio? Além disso, eu já vi a arma espiritual de meu pai e posso confirmar que essa é a mesma.”

Ao ouvir as palavras de Shiyun, a multidão explodiu em excitação.

Os membros da Seita Divisas Celestes começou a encarar Gu Ruoyun com desdém. Eles jamais imaginavam que a Mestra do Empório das Cem Ervas fosse uma ladra. Agora eles também assumiram que todas as pílulas que ela possuía foram roubadas de alguém. Afinal, como uma inútil como ela teria tanta sorte de obter tantos tesouros?

Por Luis Gimenes | 09/04/19 às 08:12 | Ação, Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Artes Marciais, Xianxia, Romance, Chinesa, Harém, Josei, Reencarnação