CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 359 - A Luta (Parte 9)

Evil Emperor’s Wild Consort (EEWC)

Capítulo 359 - A Luta (Parte 9)

Tradução: illusia | Revisão: Luis Gimenes

Hong!

Os céus de repente ficaram negros como se uma imensa tempestade estivesse prestes a cair. Shiyun estava parada acima destes céu, seu poder era magnífico e inesgotável e através dele se formavam furações prestes a atacar com o som dos trovões. Ela foi em direção a Gu Ruoyun sem deixar qualquer possibilidade de resistência e se chocou contra a outra, lançando-a metros de distância.

Peng!

Gu Ruoyun bateu numa parede e caiu direto no chão.O sangue que espirrou dos lábios dela sujaram o chão ao redor.

"Haha, eu não te avisei?! Como poderia Vossa Senhorita ser derrotada por uma Rei Marcial? Ela foi misericordiosa o suficiente e deu a Gu Ruoyun uma chance. Quem imaginaria que essa plebeia desprezível deixaria a chance passar e irritaria Vossa Senhorita.” 

Os discípulos da Seita Divisas Celestes riram, a Senhora Shiyun era uma heroína forte em seus corações. Não havia ninguém da nova geração que pudesse derrotá-la.

Agora vejam só, Gu Ruoyun que todo mundo dizia que era a bam bam bam do continente foi derrotada por Nossa Senhora, hahaha.

O que estes discípulos não sabiam era que a gargalhada deles em breve ficaria entalada dentro da garganta. Foi aí que a expressão que eles carregavam mudou completamente.

“Então, é só isso mesmo que um todo poderoso Imperador Marcial pode fazer.”

A voz da menina era suave, mas todo mundo ouviu o que ela disse tim tim por tim tim...

Os discípulos encaravam a menina quando ela saltou do chão. O rosto de cada um deles virou uma cara feia e eles exclamavam chocados: “Como?! Como isso é possível?!! Ela é só uma insignificante Rei Marcial, depois de sofrer o ataque poderoso da Senhora Shiyun, como ela não morreu?! Mas que merda é essa barata voadora imortal?!”

A menina parecia um mendigo esfarrapado que sofria com o vento violento. O rosto dela estava coberto por uma camada de sujeira e ela parecia uma coisa muito patética. 

“Ela não morreu?! CARALHO ELA NÃO MORREU. Mas isso é impossível minha gente, como ela tá viva?!”

Shiyun estava bem perplexa com isso. Ela gritou e agora parecia particularmente assustada, como se estivesse vendo um zumbi na frente dela: “Por quê você não morreu? Por quê?!”

Gu Ruoyun sorriu e caminhou lentamente para Shiyun. O rugido de um dragão soou de dentro de sua espada em meio aos ventos, balançando os corações de todos.

"Onde está Yu'er!"

A voz dela era clara como a de um anjo do apocalipse e isso fez com que Shiyun recobrasse sua compostura e seu bom senso. Ela bufou e então, usando sua alma para falar, ela disse: “Gu Ruoyun, eu já te disse. Xia Linyu agora é propriedade da Divisas Celestes. Se você não se entregar e me deixar te matar diante de toda essa gente, eu libero ele. Caso contrário, vou arrancar o coração dele e seus pulmões e açoitá-lo por centenas de dias!” 

Peng!

Gu Ruoyun pulou selvagemente em cima do corpo de Shiyun e a encarou como se fosse um ser sem emoções: “Você acha que tem algum direito de discutir termos comigo? Devolva Yu’er ou eu vou te dar um gostinho do que é arrancar pulmões e coração, só que do SEU CORPO.” 

Então ela apontou a espada para o peito de Shiun antes de dizer friamente: “Fale, onde está Yu'er?"

"Pare!"

Hong!

O ancião Wu Shan estava pulando de ódio, a aura dele começou a ficar perigosa mas ele não queria fazer qualquer coisa diante do Poderoso Dragão Índigo. Ele só pôde olhar de um jeito sombrio para Gu Ruoyun.

"Gu Ruoyun, você não pode defender minha Senhora pela força então quer vencê-la pelo cansaço? Como isso é considerado habilidade?"

Gu Ruoyun só olhou pra ele, calma: “Eu fiquei parada e deixei ela me matar, não tava bom o suficiente pra madame? Ela não pôde me matar, isso só prova que ela não é tão forte assim.”

Por Luis Gimenes | 17/04/19 às 06:50 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Sobrenatural, Xianxia, Chinesa, Romance, Josei, Reencarnação, Harém