CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 472 - Lilang Contra Gu Ling (Parte 1)

Evil Emperor’s Wild Consort (EEWC)

Capítulo 472 - Lilang Contra Gu Ling (Parte 1)

Tradução: Noona | Revisão: Luis Gimenes

Os dois oponentes se encararam na arena, prontos para a batalha.

Linlang apertou fortemente seu punho quando ela viu Gu Ling parado a sua frente. Nesse momento, todos os insultos que ele havia dito subitamente apareceram em sua mente, deixando a expressão dela ainda mais determinada.

‘Se eu perder essa batalha hoje’ ela pensou, ‘Eu provavelmente nunca serei capaz de superar isso!’

‘Especialmente este rancor preso dentro de mim, eu nunca poderei me livrar dele.’

“Linlang.” Gu Ling ergueu o queixo de forma arrogante, fixando seu olhar frio na pequena porém estranha garota a sua frente, “Eu não quero machucar você. Que tal isso –admita derrota e eu deixarei você partir. O que você diz?”

Linlang ergueu sua cabeça e o encarou Gu Ling a sua frente cheia de determinação.

“Gu Ling, eu tenho esperado por essa batalha há muito tempo! Essa é uma oportunidade rara. Então, mesmo que você me mate, eu nunca irei admitir a minha derrota.”

“Você falhou em apreciar a minha gentileza!”

Gu Ling riu de forma fria e lentamente ergueu a sua mão.  Com um movimento suave), ele ergueu uma tempestade catastrófica e a dirigiu diretamente  a Linlang.

Linlang não conseguiu se esquivar a tempo e foi atingida em cheio pela tempestade . O corpo da garota foi arremessado para trás e parou bruscamente no limite da arena.

Ela limpou o seu sangue antes de rapidamente avançar em direção a Gu Ling.  Os olhos dela estavam cheios de tanta determinação que era difícil de assistir.

Antes mesmo que Linlang pudesse se aproximar de Gu Ling, o homem repentinamente ergueu uma das pernas e atingiu o peito de Linlag. Sangue jorrou de Linlang conforme o seu corpo foi arremessado no ar. Então, com um salto repentino, Gu Ling atingiu Linlang com o punho, lançando-a no chão.

Baque! 

O corpo dela aterrissou violentamente no chão e atravessou o piso de placas de  madeira da arena. A quantidade de força que Gu Ling havia usado naquele ataque era clara para todos.

“Linlang!!!”

Os discípulos da família Dongfeng começaram a entrar em pânico conforme eles gritavam de forma descontrolada, cheio de preocupação.

Até mesmo Dongfang Changjin sentiu-se preocupada. Afinal, a diferença de força entre os dois era absurda. Ela começou se questionar se permitir que Linlang participasse tivesse sido uma boa ideia...

“Cough, cough!”

Linlang tossiu e cuspiu um bocado de sangue. Ela limpou o sangue dos lábios e se ergueu novamente.

“Eu não posso perder!” 

‘Eu me recuso a perder’ ela pensou conforme ela reunia a sua determinação. ‘Não apenas por mim, para que eu possa me livrar das sombras do meu passado, mas também porque eu me recuso a trair as esperanças daqueles que acreditaram em mim!’

“Quanta teimosia desnecessária!” Gu Ling começou a debochar da mulher quase sem forças a sua frente e exclamou com uma expressão de desdém, “Linglang, eu sou o sol e a lua e você não é nada mais do que um grão de arroz. Sua luz nunca irá conseguir me ofuscar. Tudo que você está sofrendo agora é culpa sua. Se você apenas tivesse me obedecido que nem uma boa garota, as coisas não teriam sido melhores?”

Bang!

Então, com apenas um movimento de suas mãos, ele ergueu uma tempestade de areia surpreendente e quase fez com que o corpo de Linlang fosse derrubado mais uma vez. Felizmente, ela sacou a sua espada  e bloqueou o ataque bem a tempo, fincando seus saltos no chão.

Porém, ficou claro que Gu Ling não tinha intenção alguma de deixar Linlang tão facilmente. Os ataques dele atingiram Linlang como trovões, um atrás do outro sem piedade alguma.

Isso era obviamente uma abuso unilateral. Muitos membros da audiência tiveram que desviar o olhar da cena, incapazes de continuar a assistir a luta.

Linlang ergueu a mão para proteger a sua cabeça, forçando seu corpo delicado e pequeno a resistir aos ataques conforme sangue escorria de sem fim de sua sua boca. Porém, o tempo inteiro ela nunca implorou por misericórdia e nem sequer emitiu som algum.N/T: Ver Linlang resistir aos ataques bravamente de enxe de DETERMINAÇÃO!

“Isso é o suficiente, Linlang. Admita a sua derrota agora! Você não é páreo para ele!”

A expressão de Dongfang Changjin mudou completamente quando ela gritou alarmada/em pânico.

“Admitir a minha derrota?”Linlang sorriu de forma amarga, “eu esperei muito por esse dia. Como eu poderia apenas desistir assim?”

Por Luis Gimenes | 26/02/20 às 09:38 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Sobrenatural, Xianxia, Chinesa, Romance, Josei, Reencarnação, Harém