CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 490 - A Queda de Shi Yun (Parte 5)

Evil Emperor’s Wild Consort (EEWC)

Capítulo 490 - A Queda de Shi Yun (Parte 5)

Tradução: yelou | Revisão: Luis Gimenes

“Cof, Cof.”

Wu Yue tossiu mais uma vez, porém agora não havia mais sangue. Ela direcionou seus olhos claros e límpidos para Shi Yin, enquanto um sorriso frio se formava no canto de seus lábios, “Shi Yun, você realmente se esqueceu de mim? Mas eu nunca consegui te esquecer, mesmo depois de tantos anos. Se não fosse por você eu nunca teria passado por tanto sofrimento!”

Naquele mesmo momento, a expressão de Shi Yun era algo excepcionalmente horrível de se presenciar. Seu corpo, que já estava paralisado no chão, parecia oscilar, fraquejar e então perder seu espírito.

Ela ainda está viva! Pensou Shi Yun fumegando de raiva. Essa maldita mulher ainda está viva!

Não!

Eu não posso ser derrotada aqui, ao menos não na frente dessa mulher.

“Leng Yanfeng, mate-a. Eu ordeno que você a mate!”

Em meio à brisa suave, Leng Yanfeng continuou enraizado naquele mesmo lugar, como se não a tivesse escutado. Ele encarou atônito aquele rosto ensanguentado.

Mesmo que o rosto daquela mulher estivesse coberto com sangue, ainda não era o suficiente para cobrir seus claros e límpidos olhos.

Quantos sonhos eu já tive, ele se perguntou, onde esses olhos apareciam em frente aos meus e faziam meu coração acelerar, mais rápido do que nunca bateu...

Não me surpreende...

Não me surpreende que mesmo que a irmã mais nova Shi Yun se pareça exatamente com ela, embora seus olhos sejam tão distintos, diferente da última vez que nos encontramos, tantos anos atrás. Todo esse tempo eu imaginei que ela tinha mudado com o passar do tempo.

Mas nunca pensei que a pessoa que tinha me salvado daquele abismo era na verdade outra mulher.

“É você?”

Leng Yanfeng vacilou, o remorso claramente estampado em seu lindo rosto. Ele estendeu sua mão para Wu Yue, mas a deixou cair debilmente ao seu lado no fim.

Eu... usei essa mesma mão para machucar a mulher que eu estava verdadeiramente procurando... a pouco tempo atrás!”

“Leng Yanfeng, você não está mais escutando minhas ordens? Mate essa puta imediatamente. Ande logo e mate ela!”

Shi Yun não se importava mais com sua fachada e gritou para Leng Yanfeng como uma louca.

Um olhar cruel e sedento por sangue apareceu do fundo de seus belos olhos. Era como se nada pudesse sufocar o ódio em seu coração, mesmo se essa mulher fosse arrastada e esquartejada!

Leng Yanfeng continuou sem demonstrar emoções, encarando estupefato para o rosto familiar e perguntou, “Há muitos anos, a pessoa que me salvou... Foi você? Quem me tirou daquele abismo cheio de desespero... Foi você?

Wu Yue olhou de relance para o rosto pálido de Leng Yanfeng e respondeu indiferente, “De que importa se eu fui sua salvadora ou não? Você pertence à Shi Yun, então você está destinado a ser meu inimigo. Por toda a dor que ela me infligiu, eu devolverei a cada um de vocês do mesmo modo.”

Você pertence à Shi Yun. Você está destinado a ser meu inimigo...

Boom!

As palavras dela foram como um martelo pesado esmagando o coração de Leng Yanfeng, fazendo-o cambalear para trás. Seu rosto agora estava pálido como de um fantasma. Repentinamente, ele direcionou seu punho para o peito de Shi Yun como se ele tivesse ficado louco e gritou furiosamente, “Você! Por que você mentiu para mim? Por que você mentiu para mim???”

Remorso, ódio, raiva, coração partido...

Todos esses sentimentos estavam agora misturados no coração de Leng Yanfeng.

Bem no fundo, no coração de Leng Yanfeng, ele sempre havia considerado a irmã mais nova Shi Yun como uma fada, desde o princípio. Ele nunca hesitaria em se sacrificar pelo bem dela. Ele até pretendia se casar com Gu Ruoyun, a quem ele não amava, só para que Shi Yun pudesse estar com o homem que ela amava.

Mesmo quando ele descobriu a verdade sobre ela, ele continuou ao seu lado. E mesmo quando ele se encontrou diante de inimigos que ele não conseguiria derrotar, ele não fraquejou, nem mesmo uma vez.

E o motivo pelo qual ele investiu tão voluntariamente no bem dela foi apenas por ter confundido Shi Yun com uma boa samaritana que o havia salvo um dia.

Que também foi a pessoa que mudou a sua vida!

No entanto, agora ele havia descoberto que a pessoa a quem ele se apegou por todos aqueles anos não era a Shi Yun!

Além disso, ele acabou batendo e machucando a verdadeira pessoa que ele andava procurando, tudo pelo bem de uma confusão de identidade. Como ele poderia cogitar aceitar isso?

Por Luis Gimenes | 18/04/20 às 10:07 | Ação, Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Artes Marciais, Xianxia, Romance, Chinesa, Harém, Josei, Reencarnação