CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 527 - As Terras Exiladas (Parte 10)

Evil Emperor’s Wild Consort (EEWC)

Capítulo 527 - As Terras Exiladas (Parte 10)

Tradução: yelou | Revisão: Luis Gimenes

De fato, assim que a última sílaba foi dita, o Ancião Er ficou imediatamente enraivecido. Ele escarneceu friamente, “Rou’er, você não precisa acobertar aquela idiota. Ela obviamente perdeu a coragem e decidiu desistir do Mestre! Uma grande perda para o Mestre que a amava tanto e é assim que ela retribui!”

Naturalmente, a volta precoce de Murong Yan era por causa da Erva da Ansiedade.

Mesmo depois de trocar de roupa, seu corpo continuou coberto com o cheiro da erva. Por isso, não importava onde ela fosse, ela atrairia uma horda de bestas espirituais. Ela não tinha escolha a não ser voltar para casa mais cedo.

“Por favor, não se zangue, Ancião Er, Yan’er não o fez de propósito. Além disso, não é como se ela tivesse voltado de mãos vazias. Ao menos ela trouxe dois pedintes, um adulto e uma criança.”

Não é como se Murong Rou’er menosprezasse Gu Ruoyun, mas com base em sua aparência rasgada e esfarrapada, ela não podia ser nada além de uma mendiga. Já Ye Nuo, como ele a acompanhava, ela assumiu que ele também era um mendigo.

“O que?”

A raiva do Ancião Er explodiu, “Essa Murong Yan passou dos limites. Ela não apenas retornou após apenas um dia como também pegou dois mendigos pelo caminho. O que ela pensa que é esse lugar, mendigos podem entrar quando querem? Servos, façam alguém expulsar esses pedintes que a Segunda Senhorita trouxe para casa antes que eles possam sujar os pisos da minha casa da família Murong.”

Murong Rou’er parecia chocada e rapidamente o interrompeu, “Ancião Er, isso não é bom. Eles são convidados da Yan’er apesar de tudo. Se você fizer isso, Yan’er vai ficar brava, com certeza, e como irmã mais velha, eu não posso aceitar que nenhuma mágoa caia sobre minha irmãzinha. Por favor, deixe-os ir, Ancião Er. Pelo meu bem.”

Ela disse com uma voz repleta de emoção.

Mas é claro, uma luz sinistra escapou pelas suas pálpebras.

“Rou’er, você não precisa ficar triste pelo bem daquela idiota. O Mestre agora está doente e acamado. Ninguém pode protegê-la agora. Eu nunca gostei daquela idiota acéfala! Ela é completamente inútil e sempre está entrando em algum tipo de confusão.”

O Ancião Er estava tão imerso em sua raiva que ele perdeu o olhar sinistro que saia dos olhos de Murong Rou’er.

Ninguém sabia que todas as vezes em que Murong Yan era provocada, era sempre um resultado das maquinações da irmã mais velha. Todas as vezes que alguém insultava Murong Rou’er, sua irmã mais nova idiota pulava direto para a ação e lutava por ela. Por isso ela sempre entrava em confusões, construindo sua reputação de déspota arrogante, uma garota com melões gigantes, mas sem nenhum cérebro.

A parte mais engraçada era que até mesmo Murong Yan estava, felizmente, alheia a isso. Ela estava alheia ao fato de que Murong Rou’er havia contratado aquelas pessoas propositalmente e que era ela quem havia espalhado os rumores sobre sua reputação.

Ela sempre esteve no escuro nesse assunto sempre me tratou como sua amada irmã mais velha, pensou Murong Rou’er.

“Mas, Ancião Er...” Murong Rou’er rapidamente escondeu a luz em seus olhos e tentou falar. No entanto, ela foi interrompida pelo tom furioso do Ancião Er.

“Sem mais desculpas. Como você acha que as outras famílias nos olharão se a família Murong fosse acolher esses mendigos? Eu irei expulsá-los agora mesmo! Rou’er, deixe-me lhe dar um conselho. Você pode até tratar Murong Yan como sua irmãzinha, mas ela pode não ser tão sincera quanto você. Se misturar com uma idiota como aquela vai apenas estragar a sua reputação.”

Murong Rou’er mordeu seu lábio e lentamente abaixou sua cabeça. Um sorriso cruzou seu rosto, sem que ninguém pudesse ver.

Murong Yan, não me culpe por não ter coração! Ela pensou. Se for culpar alguém, culpe o Vovô por te favorecer demais.

Se eu não destruir a sua reputação, como eu poderei continuar na família Murong? O que eu teria para tirar Lu Shaochen de você? Só quando o seu bom nome tiver afundado até as profundezas do oceano e poderei ter tudo o que mereço. Seja a família Murong ou Lu Shaochen, tudo será meu...

Por Luis Gimenes | 29/08/20 às 08:06 | Ação, Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Artes Marciais, Xianxia, Romance, Chinesa, Harém, Josei, Reencarnação