CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 528 - Murong Rou’er (Parte 1)

Evil Emperor’s Wild Consort (EEWC)

Capítulo 528 - Murong Rou’er (Parte 1)

Tradução: Noona | Revisão: Luis Gimenes

No quarto de hóspedes, Ye Nuo apoiou as bochechas nas mãos entediado. Seus olhos grandes e brilhantes cintilavam como estrelas no céus noturno. De repente, o olhar dele ficou paralisado conforme ele encarava espantado a garota que estava entrando no quarto.

Ela estava vestindo um robe verde e os cabelos dela caíam sobre os ombros, assemelhando-se a uma cascata. A jovem garota não possuía um rosto capaz de arrasar corações, porém ela possuía um tipo de beleza etérea que era pura e comovia o coração.

Os olhos dela eram límpidos e calmos como o brilho da luz do luar.

Ye Nuo estava atordoado. Ele nunca havia pensado que, após se limpar, aquela mulher... Ficaria na verdade com uma aparência tão boa.

Na verdade, ela era tinha uma aparência muito melhor do que a maioria das mulheres que ele havia conhecido.

“Feia, você...”

O hábito dele havia se tornado um instinto. Ye Nuo estava prestes a chamá-la por aqueles nomes novamente porém ele se forçou a engolir as próprias palavras. Os traços angelicais dele ficaram vermelhos de vergonha e a expressão dele estava completamente anormal.

“Mulher, após você se limpar... Você está com uma aparência quase humana.”

Gu Ruoyun ergueu uma das sobrancelha para Ye Nuo, porém ela não respondeu. De repente, alguém chutou a porta e a abriu com grande estrondo.

“Então, esses dois são os mendigos que a Segunda Senhora trouxe para dentro. O nosso ancião emitiu uma ordem para que vocês dois sejam expulsos!”

Os guardas entraram no cômodo e encararam Gu Ruoyun e Ye Nuo com desdém, seus olhos cheios de zombaria.

‘Que tipo de lugar estas pessoas pensam que é aqui? Eles pensam que qualquer um pode ir e vir como desejarem? Que piada! A família Murong possui grande prestígio e não é qualquer um que pode entrar em nossa casa.’

“Insolência!”

O pequeno rosto de Ye Nuo obscureceu e emitiu um forte ar de nobreza. Ele franziu a testa e encarou os guardas à frente dele perguntando com arrogância, “Quem vocês estão chamando de mendigo? Você alguma vez já viu um mendigo tão deslumbrante quanto eu?”

Gu Ruoyun ergueu levemente as sobrancelhas conforme ela pensou, ‘Mesmo que este Ye Nuo possua quase a mesma idade que Bai Chuan, as personalidades deles são completamente diferentes.’

‘Bai Chuan era bem maduro para sua própria idade. Esse garoto, no entanto, parece ter sido muito mimado desde criança, fazendo ele ter uma personalidade muito infantil.’

Porém, baseado na aura que o corpo de Ye Nuo emitia, qualquer um poderia perceber claramente que ele não havia vindo de nenhuma organização poderosa.

“Seu vermezinho, nós estamos falando de você. Você não é nada além de um mendigo! Por acaso a casa da nossa família Murang se parece com um lugar que você pode sujar a vontade? O que você está esperando? Saia daqui de uma vez! Se você está sem dinheiro, tem um bordel não muito longe daqui. Você pode ir ganhar dinheiro por lá. Não pense que você pode vir aqui pedir dinheiro livremente. Você é uma criatura miserável.”

Ye Nuo arregalou os olhos ao ouvir os insultos vindos da boca do guarda. Ele apontou diretamente para o próprio nariz e perguntou, “Você está me pedindo para me vender em um bordel?”

“Isso mesmo. Você é jovem, porém você não possui uma aparência tão ruim. Se você for lá, você será capaz de conseguir uma boa quantia. Tem uma grande quantidade de adultos na Cidade Rocha Negra que desejam um garoto macio e delicado como você. Especialmente uma vez que eles despejarem cera de vela nesta sua pele delicada, eu tenho certeza que isso ficará muito bom em você, hahaha!” O guarda tombou a cabeça para trás e riu conforme ele falou com uma voz cheia de desdém.

O rosto de Ye Nuo ficou vermelho de raiva. Ele, que havia crescido em um ambiente cheio de esplendor, nunca havia tido de lidar com tal insulto.

“Ficaria muito bom em mim? Seu covarde!”

Bang!

Ele mirou o pé dele de maneira feroz na parte inferior do corpo do guarda conforme ele rangiu os dentes de raiva, “Você se atreveu a me insultar? Se eu não espancá-lo até a morte hoje, meu nome não é Ye Nuo!”

Todos ficaram atordoados. Obviamente, eles não pensavam que Ye Nuo iria reagir às palavras dele. Ninguém estava nem ao menos preparado para isso.

No entanto, naquele momento, ninguém havia pensado que um garoto de dez anos como o Ye Nuo poderia se mover com tanta velocidade e que ele atacaria o guarda que havia o insultado.

Por Luis Gimenes | 29/08/20 às 08:07 | Ação, Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Artes Marciais, Xianxia, Romance, Chinesa, Harém, Josei, Reencarnação