CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 535 - Prometa-me a sua vida, que tal isso? (Parte 4)

Evil Emperor’s Wild Consort (EEWC)

Capítulo 535 - Prometa-me a sua vida, que tal isso? (Parte 4)

Tradução: yelou | Revisão: Luis Gimenes

“Xiao Ye, eu estou aqui para te ver.”

Gu Ruoyun se debruçou sobre ele com cautela e gentilmente acariciou os cabelos do homem, de uma cor prateada etérea. Seu rosto não carregava mais um olhar frio como ela olhava para os outros. Ela agora falava com um olhar suave e gentil.

“Xiao Ye, você pode não saber disso, mas... Eu fui traída na minha vida passada. Então, no princípio, eu não queria confiar em ninguém. Porém, no fim, eu ainda assim confiei em você. Mesmo não entendendo o seu passado, sem saber os crimes que você já cometeu ou o porquê do Zixie ter tanto medo de você, eu acredito na minha intuição! Desde momento em que meu olhar cruzou com o seu, eu acreditei que você nunca me trairia, não nessa vida!”

“Existem coisas que devem ser mútuas. Você já me deu tantas coisas, coisas demais, na verdade. Então agora é a minha vez. Não se preocupe, nós ficaremos juntos de novo em breve. E no futuro, ninguém conseguirá nos separar.”

Lentamente a garota se inclinou...

E gentilmente beijou o homem nos lábios.

Como o leve toque de uma libélula na superfície de um lago calmo, ela rapidamente se afastou.

“Xiao Ye, me espere! Eu conseguirei a Lótus do Inferno o mais rápido que puder e te acordarei de seu sono!”

Ela então deu mais uma olhada no homem que estava deitado na cama. Uma relutância cruzou seus olhos antes que ela lentamente se arrastasse para fora.

Fora do quarto.

Zixie a encarou com um olhar complicado no rosto. Após uma longa pausa, ele perguntou, “Garotinha, devido a situação nas Terras Exiladas, eu não consigo sair do Divino Pagode Ancestral. No entanto, sempre que estiver em perigo, você pode escapar entrando aqui.”

Gu Ruoyun assentiu, “Eu entendo, Zixie. Não importa como, eu preciso te agradecer.”

“Garotinha.”

Zixie sorriu de modo demoníaco e levantou sua mão para gentilmente acariciar o cabelo de Gu Ruoyun.

Naquele momento, seus olhos aguçados, demoníacos e roxos estavam repletos de calor e indulgência.

“Eu te disse, se você quer mesmo me agradecer, eu posso aceitar o seu corpo como pagamento. Eu posso ser uma besta demoníaca, mas se praticarmos até o fim, nós poderemos nos unir.”

Gu Ruoyun estava assustada. Ela deu de ombros, desconfortável, “Zixie, você acha mesmo que eu estou no clima para brincar com você em uma hora dessas?”

“Brincar?”

Zixie deu dois passos, se aproximando mais de Gu Ruoyun. Sua expressão não tinha mais o ar demoníaco inicial. Seus olhos roxos encaravam a face bela e delicada a sua frente em completa seriedade.

“Garotinha, você acha mesmo que eu estou brincando?”

Gu Ruoyun nunca havia visto Zixie em um estado tão sério.

Ela claramente pulou com o susto. Confusa, ela levantou a cabeça e encarou Zixie com um ar vazio.

Em meio à confusão dela por causa da situação, uma risada gentil se fez ouvir.

Zixie curvou seus lábios novamente e riu de modo demoníaco, “O que, garotinha? Eu te assustei? Tudo bem, tudo bem. Eu não vou te forçar.”

Ufa!

Ao ouvir isso, Gu Ruoyun se sentiu aliviada e sorriu. Seu olhar nunca deixou o homem demoníaco que estava tão bonito quanto um espírito mitológico maligno.

“Zixie, você será sempre meu companheiro e uma pessoa em quem posso confiar plenamente.”

Esse homem era a única pessoa que a havia visto em sua vida passada e a seguiu na vida atual.

Ele sempre esteve ao seu lado desde seus dias como uma fracote, vendo-a ficar mais forte dia após dia. No fim das contas, ele também era quem a entendia melhor em todo esse mundo...

“Porque você é a mestra que me contratou.” Zixie sorriu e bagunçou o cabelo de Gu Ruoyun, “Minha responsabilidade é te ver crescer e ficar ao seu lado. Então, não importa o que eu faça, você não precisa me agradecer porque isso é o que eu devo fazer.”

“Tudo bem.”

Gu Ruoyun sorriu gentilmente, “Da próxima vez, eu não te agradecerei tanto.”

Porque, a partir de agora, eu provarei minha confiança nele com minhas próprias ações.

...

Na casa da família Murong.

No quarto de hóspedes, Gu Ruoyun tinha acabado de emergir do Divino Pagode Ancestral quando ela escutou gritos do lado de fora da porta.

“O que você está fazendo aqui?”

Incomodado, Ye Nuo encarou a garota de aparência frágil a sua frente e zombou, “Eu não tenho interesse em mulheres como você. Não é preciso que você venha aqui e se atire em mim.”

Naquele momento, o rosto de Murong Rou’er ficou completamente vermelho. Tanto faz, esse Ye Nuo é só um pirralho de dez anos.

Mesmo assim ele acabou de dizer... Que eu quero me atirar nele?

“Hehe.” Murong Rou’er conteve seus sentimentos e riu suavemente, “Irmãozinho, eu tenho algo a discutir com você, você talvez me deixaria entrar?”

“Hmph!”

Ye Nuo levantou sua cabecinha com arrogância e respondeu com um olhar desdenhoso em seu rosto, “Eu não tenho nada para discutir com um pedaço de cocô!”

Por Luis Gimenes | 19/09/20 às 08:12 | Ação, Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Artes Marciais, Xianxia, Romance, Chinesa, Harém, Josei, Reencarnação