CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 5.5 - Detonando essa odiável relíquia! (Parte 7)

Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku o! (KonoSuba)

Capítulo 5.5 - Detonando essa odiável relíquia! (Parte 7)

Tradução: Riberiru

《Parte 7》

Eu levei sorrateiramente a railgun para algum lugar perto de Sylvia...

E a vi olhando fixamente para um ponto imóvel.

Diante do olhar dela estava.

    

"Essa não é Yunyun? O que ela está fazendo lá...?”

    

Observando de perto, eu pude ver Yunyun de pé em uma pedra e encarando Sylvia.

Vendo que ela estava sozinha, eu entendi imediatamente.

Os outros Demônios Carmesins haviam esgotado sua mana.

No entanto, esta não foi a única razão pela qual os Demônios Carmesim estavam olhando para ela.

“Yunyun…!”

“Yunyun, ela…!”

“A filha do chefe da aldeia Yunyun, ela…!”

Como se eles estivessem assistindo a um herói que eles adoravam, os Demônios Carmesins estavam admirando Yunyun com olhos brilhantes.

Neste momento, um dos Demônio Carmesim disse.

“O sol está nascendo do oeste? Aquela esquisita da Yunyun que nem ousa se apresentar é... ”

Engoli em seco e observei a situação com Aqua em silêncio.

Sylvia teve um sorriso arrogante quando se aproximou.

Ela deve ter tido o suficiente das provocações pelos Demônios Carmesins, então por que ela estava mordendo a isca novamente?

Minhas dúvidas foram descartadas pelas palavras de Sylvia e a coisa que Yunyun estava mostrando a Sylvia...

"... Então, é verdade que o cartão de aventureiro não tem o feitiço de teletransporte... É uma boa ideia dizer-me voluntariamente que você não pode usar o Teletransporte para escapar?"

Eu não ouvi a conversa toda, mas eu podia adivinhar a essência disso.

Sylvia deve estar farta depois de ser enganada pelos Demônios Carmesins que se teletransportavam antes que seus ataques pudessem acertar.

De repente, Yunyun ofereceu a informação de que ela não poderia usar magia de teleporte voluntariamente.

E Yunyun estava em pé em um penhasco alto, sem lugar para correr.

Se ela saltasse ou corresse em direção a seus companheiros à distância, Sylvia provavelmente a interceptaria.

Mesmo que ela quisesse atrair a atenção de Sylvia, não havia necessidade de ir tão longe...

Eu queria gritar com a Yunyun quando senti minha camisa sendo puxada.

Voltei e encontrei Megumin, que segurava a mão de Komekko e a Darkness deprimida atrás de mim. Quando eles vieram...?

“Kazuma, você achou a arma? Percebemos que Komekko não estava no abrigo, então Yunyun se ofereceu para atrair a atenção de Sylvia. Usamos essa chance para resgatá-la da casa…"

Komekko parecia sonolenta e instável em seus pés.

Apesar da comoção lá fora, ela ainda estava dormindo profundamente em casa.

Essa garota vai se tornar uma pessoa incrível no futuro.

"É ótimo que todos vocês estejam seguros. Eu também encontrei a arma. A propósito, o que há com a Darkness? Aconteceu alguma coisa?"

"Eu tentei atrair Sylvia para longe... Estava funcionando bem no começo, mas no final, ela disse: 'Eu não posso ser incomodada para lutar com uma mulher com ataques fracos e defesa forte'..."

Aqua deu um tapinha na cabeça da Darkness deprimida gentilmente.

Depois de descobrir que ela só era boa em defesa, a outra parte não podia ser incomodada com ela.

Mas em vez disso…

"Eu entendo, não havia outra escolha. Mas agora, vamos encontrar uma maneira de resgatar Yunyun…”

“Não, só vamos atrapalhar se formos agora! Ela deve ter planejado alguma coisa! Tudo bem, pela forma como a grama ao redor da pedra foi pisada, alguém já está se esgueirando para salvá-la, vamos apenas assistir daqui!”

Megumin disse animadamente, como se estivesse ansiosa por alguma coisa.

Alguém estava resgatando ela?

Mas eu não vejo ninguém.

Sob o olhar de todos na aldeia, Yunyun levantou uma perna e se equilibrou na pedra alta e estreita, marcando a postura de um guindaste.

   

"Eu sou Yunyun... uma arquimaga usuária de magia avançada..."

   

Neste momento, ela olhou para Megumin que estava de pé ao meu lado.

"A maga número um dos Demônios Carmesins e aquela que se tornará a chefe da aldeia!"

"O que!?"

Megumin gritou surpresa quando ouviu o anúncio de Yunyun.

Parecia que ela estava descontente com Yunyun afirmando ser o número um dos Demônios Carmesins.

Com toda a vila do Demônio Carmesim a observando...

"General do Rei Demônio, Sylvia! Como a filha do chefe Demônios Carmesins...! Eu vou te mostrar o feitiço tabu que é passado através das gerações dos chefes!”

Com uma mão no céu, Yunyun começou um encantamento.

Essas devem ser as palavras para invocar magia do tipo relâmpago.

Um flash de relâmpago azul atravessou o céu claro da manhã e o trovão ressoou por trás de Yunyun.

Assim como os efeitos especiais de um super-herói fazendo sua aparição.

Os Demônios Carmesins choraram lágrimas de paixão depois de ver Yunyun bater em sua pose.

Hã?

“… Ugh… Ugh…!”

Soluçando veio do meu lado. Virando a cabeça, vi que até Megumin estava chorando.

… Eh?

Antes de entender o que aconteceu, os Demônios Carmesins entraram em erupção.

“Yunyun! Yunyun, ela! Yunyun, ela finalmente acordou!”

“A filha do chefe da aldeia, Yunyun, finalmente saiu do seu casulo!”

"Muito legal! Yunyun é muito legal!

“Seus poderes dentro dela finalmente despertaram!”

“Essa é minha aluna! Eu ensinei e treinei com tanto carinho!! Bem feito, Yunyun, você usou o conhecimento que eu ensinei a você bem…!”

Parecia que para os Demônios Carmesins, sua aparição agora era muito legal para a escola.

Dessa forma, Yunyun, que estava sempre sozinha, finalmente se tornará parte da aldeia.


Ao mesmo tempo, esse era o momento em que uma garota perfeitamente normal caíra.

   

Ela deve ter feito esse discurso embaraçoso por causa de sua vontade de salvar os outros.

No entanto, precisamos ficar de olho nela para que ela não tente se matar depois de recordar esse momento daqui a alguns dias.

Yunyun, parecendo ter queimado tudo o que tinha, encarou Sylvia sem movimento.

Yunyun olhou para um espaço vazio ao lado dela.

"Qual é o problema? Garotinha que não pode usar o Teletransporte. Garotinha, você não é um típico Demônio Carmesim que meramente coloca uma fachada dizendo que tem uma técnica secreta mortal e trunfos? Se não, por que você não me mostra o seu chamado ‘feitiço tabu’?”

Sylvia provocou Yunyun, mas Yunyun permaneceu imóvel.

Sylvia então se aproximou de Yunyun lentamente.

Mesmo assim, Yunyun ainda estava indiferente.

Finalmente, Sylvia baixou sua postura como uma mola armazenando energia, se contorcendo em seu corpo inferior como um arco desenhado e preparada para se lançar em Yunyun.

Yunyun de repente saltou da pedra e correu.

Sylvia, que teve o suficiente de ser brincada pelos Demônios Carmesins, disse com os olhos vermelhos.

"Eu não vou deixar você escapar, eu não vou deixar você escapar, eu não vou deixar você escapar, eu não vou…………!?"

Ela perseguiu Yunyun entusiasmadamente e pulou na pedra. Neste instante, ela de repente parou sua perseguição.

Como se ela tivesse descoberto algo na direção que Yunyun estava correndo...

Um homem e uma mulher apareceram do nada diante de Yunyun.

Era Bukkoroli e Soketto.

Um deles estava usando o feitiço de refração para se esconder e esgueirar-se aqui, e descartou o feitiço neste momento.

E o outro já havia terminado de entoar o Teletransporte, é claro, e estava de prontidão.

Yunyun correu para o lado deles. Sylvia estendeu os braços quando viu isso...!

"Ei…! Espera…!"

"「Teletransporte」!"

   

Isso foi muito cruel.

   

Enquanto Sylvia tremia de raiva, os Demônios Carmesins engoliram a seco nervosamente.

“… Fufu, hahaha! Este é o grupo mais forte de magos? Vocês não são apenas bastardos que só podem fazer grandes conversas? Todos que estão envolvidos com você devem ser de terceira categoria!”

Não ficou claro se ela estava rindo por causa da raiva ou pelo absurdo do assunto.

Sylvia tremeu quando ela riu alto.

Estávamos nos distanciando de Sylvia e nos escondendo...

“Ei Aqua, prepare-se para atacar enquanto sua guarda estiver abaixada. Comprimir aquela roupa destruindo o feitiço nessa coisa. Nossa missão é apenas trazer isso de volta, mas podemos muito bem buscar ouro!”

“Hoho, finalmente chegou a hora de uma profissional como eu entrar em campo. Não tem problema, deixe o ataque final para mim!”

Nós não precisamos cumprimentá-la.

É culpa da Sylvia por ser tão descuidada.

Neste momento, Aqua assentiu. Seu feitiço estava pronto.

Eu usei Espreitar para esconder minha intenção de matar e mirar com Disparo.

O alvo era Sylvia, que ainda estava rindo alto.

Eu me sinto como um atirador de elite. Eu mostrarei a eles minhas habilidades que dominei através de incontáveis ​​jogos de tiro.

“「Exorcismo Sagrado」!”

No momento em que Aqua lançou seu feitiço, ele foi absorvido pelo fim da cauda da railgun.

"「Disparo」ッッッ!"

Ao mesmo tempo, apontei para Sylvia e apertei o gatilho sem hesitação. O disparo de uma magia de exorcismo comprimida……!

…… Não disparou.

"Hmm?"

Eu cliquei no gatilho várias vezes, mas nada aconteceu.

“Ei, que diabos? Está quebrado? Ou deixei a segurança em……?”

Eu balancei a railgun em pânico, mas permaneceu imóvel.

“「Exorcismo Sagrado」! 「Exorcismo Sagrado」!”

Enquanto eu estava checando a arma, Aqua conjurou várias magias. Ela provavelmente se divertiu com a forma como sua magia era absorvida.

Hmm, foi usado como um pólo de lavanderia todos esses anos, então ele pode ter quebrado.

“Aqui, aqui, deixe-me tentar. Você pode consertar máquinas fazendo isso!”

Darkness disse quando ela bateu o railgun com força.

Ela era realmente uma dama aristocrática que recebeu educação como nobre?

“Ei Darkness, bata em algum lugar mais alto… Sim, bem aí. Talvez a mana esteja presa lá.”

“A propósito, essa é a chamada arma? Parece que o poste de lavanderia Chekera trata como uma herança de família... Talvez alguma sujeira esteja presa dentro? Vamos limpá-lo com algo como um pedaço de pau.”

Enquanto as Darkness continuavam batendo na railgun, Megumin se levantou para procurar por um bastão.

"Ei ... ei, ei ...!"

Aqua disse enquanto puxava minha manga enquanto apontava para a distância.

"O quê? Tente lançar seu feitiço novamente! Talvez o feitiço agora não seja compatível com a railgun, tente outro feitiço…!”

Eu disse enquanto olhava na direção que ela apontava……

Sylvia estava me encarando com um olhar mal encarado e vermelho como sangue.

“Ara, ara, o que vocês estão fazendo ai? Hmm, o que é isso? Você está segurando algo interessante!!”

   

Sylvia na distância me encarou como seu alvo!

Por Riberiru | 25/08/19 às 15:57 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Comédia, Isekai, Japonesa, RPG