CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 7.2 - Dando o descanso eterno a este Senhor do Lago!

Kono Subarashii Sekai ni Shukufuku o! (KonoSuba)

Capítulo 7.2 - Dando o descanso eterno a este Senhor do Lago!

Tradução: Riberiru

《Parte 1》

“Oh Kazuma. Sua morte foi realmente patética!” N/T: Mensagem clássica de Fim de Jogo de Dragon Quest.

   

Era uma sala branca familiar.

Após abrir meus olhos de repente, olhei para os olhos de Eris, que entusiasmadamente disse esta fala.

Essa garota pode ser inesperadamente maquiavélica.

E ela sabia algumas coisas sobre o Japão também.

“… Você está de bom humor, Eris-sama.”

“Desculpe. Eu sempre quis dizer essa frase famosa ao menos uma vez.”

Eris fechou levemente os olhos e me encarou com um olhar travesso.

Quando a extremamente linda deusa atuou dessa maneira, meu coração palpitou um pouco.

A deusa coçou a bochecha com uma expressão confusa.

“No entanto, Kazuma-san, você não está nem um pouco agitado, mesmo estando aqui… Bem, as outras estão a salvo, elas estão bem longe da Hidra neste momento. Seu corpo foi recuperado após Darkness deixar a Hidra engoli-la.”

Que deusa competente.

Ela já me falou que minhas companheiras estão a salvo antes que eu perguntasse.

“Deixar que a Hidra a engolisse intencionalmente… Essa garota é realmente imprudente.”

Agora pouco, estávamos tentando recuperar Aqua, que estava sendo perseguida pela Hidra, e Megumin lançou sua explosão.

… Estava tudo indo bem, até que.

“Falando nisso, que droga foi aquela? Isso é trapaça, as cabeças que ele perdia cresciam de novo. Não tem como derrotá-lo, certo?”

Eu comecei a reclamar para Eris.

Isso mesmo, estava tudo indo vem até o momento em que olhei para a Explosão.

Entretanto, a Hidra perdeu várias cabeças, e começou a se regenerar com magia.

E se moveu como se nada tivesse acontecido.

E então…

“O que aconteceu com o meu corpo depois de ser devorado pela Hidra? Eu soube que não poderia reviver se os danos fossem muito severos…”

Isso quer dizer que eu estaria morto definitivamente.

“Eh… está tudo bem! Você pode reviver!! Você perdeu por volta de 30% do seu corpo, mas vai funcionar!”

Eu não devia ter perguntado.

“… Be-bem…!”

Olhando para mim desajeitadamente, Eris perguntou timidamente.

“Depois de ser ressuscitado, não culpe a Darkness, ok? Foi ela quem deliberadamente causou isso… mas ela teve suas razões… ela está se culpando pela sua morte agora mesmo e está sendo bem difícil. É claro, você foi o que mais sofreu…”


Eris disse preocupada e com a cara fechada enquanto me consolava…

………………

Que pessoa gentil…

Há alguma pessoa assim a minha volta?

Wiz? Yunyun?

Não, essas duas são gentis, porém Eris-sama me faz sentir aquecido no fundo do meu coração, e me conforta.

“Não se preocupe, eu não vou culpá-la… De qualquer forma, Eris-sama, você mencionou que desce ocasionalmente ao mundo mortal pra se divertir. Que tal visitar Axel? É tão solitário não ser capaz de te encontrar a não ser quando morro…”

Ao ouvir o que eu disse, Eris deu uma risadinha.

“Na verdade, nós já nos encontramos várias vezes no mundo mortal. Já está na hora de você me notar. Eu também me sinto solitária.”

Ela disse maliciosamente…

… Ahn?

“O que você disse? Nos encontramos? Foi em Axel? Ahn?”

Mesmo ela dizendo isso, minha mente não conseguiu captar.

Nos encontramos vária vezes?

Quando?

Eh, eu encontrei alguém como ela?

Me vendo cair em confusão, Eris disse com um sorriso maldoso.

“Eu vou te dar uma dica então. No mundo mortal a minha aparência é diferente de agora. Eu sou mais enérgica e meu modo de falar é diferente.”

Aparência diferente?

Mais enérgica e com um modo de falar diferente…?

“E apesar de ser uma deusa, eu não sou uma Archpriest no mundo mortal como a senpai…”

“Ah, eu já sei! Você é a Marise-san que quebrou o nariz do Keith após ele brincar dizendo 『Eu ouvi que o tamanho dos peitos das sacerdotisas de Eris são inversamente proporcionais a sua fé, então é verdade afinal, uhyaahaahahaha!』”

Eu interrompi a dica e gritei com confiança.

Eris disse enquanto continuava sorrindo.

“… Errado.”

Huh?

Ah, talvez outra pessoa?

“Após Dust causar problemas dizendo 『Eu ouvi que a deusa Eris usa enchimento, suas devotas não deveriam ser expurgadas por ter peitos grandes? Os seus são reais? Ou vocês duas usam enchimentos? Se não, deixem me ver a prova!』, aquela que acabou com Dust junto com a Darkness, Celeste-san!”

“Não.”

Eris ainda sorria, mas parecia um pouco zangada.

Não é a Marise-san e nem a Celeste-san…?

Eu estava pensando profundamente.

《Kazuma! Kazuma! A ressurreição foi feita, então anda logo e volte! Darkness está fedendo e parece muito triste no momento! Volte de uma vez!》

A voz da Aqua, que não sabe ler o clima como sempre.

Eu estava preocupada com a depressiva Darkness, mas antes disso.

“Eris-cama, eu desisto! Eu desisto, me desculpe! Por favor, me diga a resposta, por favor! Senão eu irei receber uma punição divina se sem saber, fizer alguma coisa rude a você!”

Vendo que eu não conseguiria chegar a resposta correta, Eris me olhava como se estivesse se perguntando o que deveria fazer…

“… Você ainda está falando sobre coisas rudes e retribuição divina agora…? Mesmo você tendo feito tudo aquilo quando nos encontramos pela primeira vez…?”

“Ahn?”

“Nada. Minha verdadeira identidade é um segredo.”

Eris pôs seu dedo indicador nos lábios quando disse isso.

“… Além disso, por favor, não escute tudo que a senpai diz, ok? Pe-pelo menos agora, eu não estou usando enchimento!”

Eris estalou os dedos após dizer isso com suas bochechas avermelhadas.

Uma porta branca familiar apareceu a minha frente.

Eu entrei em pânico ao ver aquilo.

Ela ainda não havia me dito sua identidade!

Sem se importar comigo em pânico, a porta branca se abriu e uma luz brilhante emergiu…!

“Espera, Eris-sama, me desculpe! Você está brava, não é? Está de birra? Não, eu realmente não me importo com o tamanho dos seus peitos!”

“Então é isso, Satou Kazuma-san! Espero que da próxima vez que encontrá-lo depois que sua vida acabar, você saiba a minha identidade! Até mais! Tenha uma boa viagem!”

A corada Eris não me deixou terminar.

Neste momento, provavelmente por seu rosto estar vermelho, eu notei uma cicatriz branca em sua bochecha direita.

“Ahn? Eris-sama, seu rosto…”

Tem algo nele, mas antes que eu dissesse isso.

Com um *don*, eu fui empurrado para a porta atrás da Eris.

Por Riberiru | 17/01/20 às 00:46 | Aventura, Fantasia, Sobrenatural, Isekai, Japonesa, Comédia, RPG