CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 16 - Recompensas finais

Legado dos Deuses (LDD)

Capítulo 16 - Recompensas finais

Autor: Amnésia

Ainda lutando com tantas bestas, o corpo de Fukai revelou um círculo abaixo de seu corpo. O círculo vinha com mais esferas menores em volta e duas espadas atravessando o símbolo azul, ele cresceu formando uma parede luminosa.

Fukai não se mexeu, seu corpo continuou lutando ferozmente, ele ignorou completamente a parede e atravessava sua lâmina contra o corpo das bestas e ensanguentava o chão, sua fúria dominava completamente suas ações.

E quando estava prestes a matar outro dos inimigos, seu corpo paralisou, sua visão embaçou e tudo ficou escuro. Tudo ficou escuro e demorou cerca de três segundos para que a luz pudesse ao acertar de novo.

Quando abriu os olhos dessa vez, seu corpo já podia se mexer, e o cenário a sua frente era de um teto, desenhos antigos atravessados com guerreiros batalhando, guerras acontecendo, bestas uivando.

Todos aqueles desenhos pareciam se mexer.

Encarando aquelas figuras, Fukai dobrou o braço para se levantar com dificuldade, agora sentado ele uma olhada em volta.

Era um salão, um enorme salão que só tinha a ele dentro, era tão grande e tão vazio que cada movimento que ele dava, o eco se propagava.

Havia apenas uma mobília localizada no meio da sala, nela havia dois objetos por cima, uma gruta marrom e uma pilula metade azul, metade rosa.

Fukai se ergueu, com a mão direita ele fez aparecer a pesada bainha de sua espada, guardou Lingot de volta e a colocou na cintura, a amarrou bem e andou a frente.

Encostando seu corpo na mesa, o odor forte de erva medicinal penetrou nas narinas de Fukai e ele recuou dois passos com mão no nariz.

- Que cheiro ruim! - Ele exclamou para si, e o eco fez com que todos os cantos do salão pudessem ouvir.

- Isso é uma pilula Half Cristal. - Uma voz surgiu por trás de Fukai, e vinha com um sorrisinho bobo no rosto.

Ao se virar, Fukai deu de cara com Merer parado com suas mãos atrás das costas sorrindo, sua expressão nunca mudava, e na presença do diretor, Fukai retirou sua mão do punhal e se inclinou pra frente.

- Perdoe meus modos rudes, diretor.

- Não seja por isso, vamos, erga a cabeça, eu sou digno de ver a pessoa que conseguiu o primeiro lugar nos Campos de treino. - E esticou a mão para frente levantando a cabeça de Fukai. - Sua família deve estar bem satisfeita por ter produzido um jovem tão forte.

Fukai encarava seus olhos e desviou a cabeça para o lado com o rosto sério.

- Sim, eles devem se orgulhar, pelo menos, algum dia, farão isso.

Merer inclinou a cabeça para o lado e perguntou:

- Algum problema, Junior?

Voltando a abaixar a cabeça para frente de Merer, Fukai negou.

- Estou grato por ter conhecido o senhor, meu irmão falou muito de você quando estava estudando aqui. - Fukai sorriu e ficou ereto. - Ele elogiava o senhor demais, sempre dizendo que o senhor era o cúmulo da bondade.

Merer gargalhou em resposta e limpou os olhos fingindo ter ouvido uma boa piada.

- Seu irmão, faz muitos anos que não o vejo, como ele tem passado?

- Irmão France tem viajado pelo Império Quillin, ele se casou faz pouco tempo e faz algum tempo desde que mandou sua última mensagem para mim. - Fukai não revelou nada além de alegria.

Merer assentiu sorrindo.

- Bom, eu tenho que te desejar parabéns por ter ido tão longe. - Merer continuou. - Poucas pessoas fariam o que fez naquele campo, Fukai. Mesmo sendo um pouco reservado, você tem uma força que se compara com grandes poderes quando mais jovens.

Fukai sorriu com o elogio, seu irmão quando estava perto dele sempre o falava das maneiras como Merer elogiava a força dos demais, mesmo que elas sejam pequenas ou inferiores a média.

- Senhor, eu que agradeço por ter dado uma chance para mim, participar desse campo de treinamento me fez muito feliz.

Merer abanou a mão piscando o olho ainda sendo muito amoroso.

- Boas famílias sempre produzirão gênios, caso se dedicar mais vai conseguir me ultrapassar no futuro. - E gargalhou levando a mão a barriga.

- Suas palavras são muito importantes para mim, diretor Merer. - Fukai disse corando um pouco, era a primeira vez que alguém tinha dito isso a ele sem ser seu irmão. - Mas como eu poderia ultrapassar o senhor, isto está fora de minha mente.

Merer parou de gargalhar, ele concordou com a cabeça e respirou fundo.

- Tendo um bom coração com os mais velhos, respeitando os mais fracos, produzindo seus próprios caminhos, você tem um belo futuro pela frente, Fukai. Grandes guerreiros nasceram com seus próprios propósitos.. - E apontou para o teto onde a imagem de muitos guerreiros estavam desenhados e pintados. - Estes foram os belos guerreiros que pude ver em ação, cada um deles com seu próprio propósito, e agora, cabe a você achar o seu próprio.

Fukai abriu sua boca meio perplexo, mas logo a fechou rapidamente e concordou com a cabeça.

- Agradeço por me dizer essas palavras, senhor, elas são importantes demais para mim.

- Não é nada demais, mas devo dizer, eu fiquei impressionado ao ver suas lutas, você demonstrou um grande nível de habilidade naquele campo e isso atraiu olhares dos outros para sua espada, agoar mesmo a informação de que um estudante do Reino Verminiano está em posse de uma espada curvada.

Merer suspirou pesadamente com a mão nos olhos.

- Como diretor, eu não pude fazer nada, espero que me perdoe. - Sua tonalidade era sincera. - Eu só pude fazer com que seu nome não fosse revelado para todos, espero que possa me perdoar por isso.

Fukai por outro lado não ficou nenhum um pouco irritado.

- E por que o senhor não revelou o meu nome, senhor?

Estreitando os olhos, Merer nem perguntou e Fukai foi logo respondendo.

- Sou o vencedor dos Campos de Treinamento, agora possuo a espada curvada, sei que eles podem possuir desejos gananciosos, mas eu sou uma pessoa cujo o poder não se pode medir apenas por uma visão. - E sorriu. - Só de lutas alguém cresce, esse é o mundo que estamos.

A resposta de Fukai não pôde ser mais realista, para um mundo de praticantes marciais e cultivadores, o poder era o fenômeno de fazer as coisas acontecerem naturalmente, isso era a resposta mais lógica no mundo todo.

Merer por sua vez levantou as duas sobrancelhas como se estivesse vendo um guerreiro nato a sua frente, não era nada demais alguém dizer isso para ele, mas um menino de 16 anos que conseguia superar um campo de forma tão pomposa, isso só mostrava o quão confiante era, ou arrogante.

Mas o diretor somente sorriu daquilo, em vez de criticar seu modo de pensar, ele somente foi a frente e mexeu o cabelo do jovem gentilmente.

- Você está certo, o poder é algo que ninguém pode refutar, e tens um longo caminho pela frente, não?

Fukai socou a própria palma com uma expressão determinada.

- É por isso que me esforço muito.

Deixando aquele fluído de determinação fluir pela sala, Fukai deixou uma boa impressão logo de cara com o diretor, isso era uma coisa que ninguém poderia imaginar.

Merer, por sua vez, havia deixado a determinação dele fluir por ter visto claramente sua figura quando mais nova.

Indomável, simples, um garoto humilde, eram poucos os lugares que criavam pessoas assim, e ainda mais eram as poucas pessoas de grandes famílias.

Andando a frente, Merer parou ao lado de Fukai e esticou sua mão apontando para a mobilía.

- O cheiro que sentiu mais cedo, esse era a da pilula, é algo que não podemos produzir sempre, mas a damos para os finalistas que puderam chegar entre os três primeiros colocados.

Ao recordar que foi o primeiro colocado, Fukai o interrompeu.

- E quem foram os outros dois?

- Garp Sá e Angelina Quito.

- Melina perdeu? - Fukai ficou atordoado, colocou sua cabeça para baixo quase que não acreditando no que tinha ouvido.

- Melina Salto teve uma recaída durante o segundo campo de treino, ela teve um acumulo de falta de energia que prosseguiu por horas, e quando ela descansou, seu corpo não aguentou voltar, e sua mente desligou a força. - Merer disse sem preocupação. - Praticantes e cultivadores sempre devem pensar em suas próprias maneiras de assegurar energia mental, Melina não foi sortuda nisso.

- Agora compreendo. - Fukai concordou e voltou a realidade. - Por favor, continue sobre a pilula.

Merer sorriu e retomou a questão anterior.

- Essa é uma pilula que tem uma intensidade bastante grande, usada para refinar o corpo e também eliminar o mal efeito de golpes, reduz muito os perigos de ferimentos que foram feitos a curto prazo.

E apontou para a fruta marrom.

- Essa é um Ganger de 2 mil anos, usada principalmente para elevar o nível do praticante, mas também tem a característica de ajudar a curar ferimentos que foram feitos a muito tempo, ter esse tipo de objeto é um desejo de muitas pessoas.

Fukai lambeu os lábios vendo aquela fruta, não por querer comer, mas por possuí-la.

- Esses são as duas recompensas principais do primeiro colocado, e também há duas armas que podem ser escolhidas, nosso arsenal tem como objetivo desenvolver nossos mais novos discípulos. - Merer que olhava para Fukai foi direto para sua cintura. - Mas vejo que não precisará das armas.

- Na verdade, gostaria que pudesse fazer algo por mim sobre essas duas armas que ganhei, diretor Merer. - Fukai foi um tanto objetivo. - Minha família Ferio tem uma péssima relação com algumas famílias que circundam a nossa volta.

Merer riu e assentiu com um aceno.

- E gostaria de dar essas armas para assegurar a estabilidade de sua família?

- Sim e não. - Fukai ficou sério. - A família Menbey é uma das poucas que se mantem neutra em nosso solo, e as demais, tirando os Salto, Sá e Deretriz, são todos muito equivocados quando são relacionados a minha família Ferio.

Merer segurou um pouco sua fala e deixou o garoto continuar.

- Diretor, por favor, entregue as duas armas para Melina Salto e Garp Sá, a fim de manter a relação com a minha família boa, os dois futuros Jovens Patriarcas das duas famílias devem receber esse presente como uma forma de mostrar minha gratidão durante esse teste.

Sem dizer nada ainda, Merer piscou os olhos algumas vezes concordando e pensando.

- É verdade que sua família tem algumas desavenças com as outras, mas isso não pode ser tão forte a ponto de querer que outras famílias tenham uma boa impressão de vocês, certo?

Merer perguntou e vendo a expressão complicada no rosto de Fukai, ele não teve o que fazer além de coçar sua testa um pouco distraído.

- Bom, não é um pedido impossível, mas eu tentarei o meu máximo, assim você terá que se despedir dos outros dois objetos que eu daria ao invés das duas espadas. - Merer revelou um olhar curioso para Fukai.

- Sem problemas, diretor. - Fukai curvou a cabeça em respeito. - Obrigado por ter me dado essa chance, fico feliz em poder estar no instituto.

Merer concordou com um fraco sorriso, mas seu peito quase explodia.

Era claro que alguém poderia negar as espadas e querer saber quais os dois objetos valiosos que seriam entregues, mas, ainda assim, um garoto tão novo negou com a cabeça na mesma hora sem ao menos perguntar o que era.

Ou sua força de vontade era muito forte, ou sua humildade era muito grande.

Fingindo uma tosse, Merer quis logo finalizar o assunto.

- Você pode ficar quanto tempo quiser aqui dentro para refinar o Ganger, e a pilula, depois disso eu recomendo que volte para sua família para transmitir sua grande vitória, eles certamente ficarão felizes ao ouvir sobre seu membro ganhando algo tão importante.

O rosto de Fukai se fechou de novo, o sombrio rosto cresceu com um olhar muito perdido.

- Certamente eles me receberão com grandes “aplausos”.

A voz de Fukai foi muito bem ironizado com a palavra aplausos, uma certa hostilidade no ar ao dizer que fez de Merer muito curioso.

Qual seria o estado atual da família Ferio para que esse garoto fosse tão sombrio e tenebroso?

Deixando o garoto dentro do salão, Merer parou no corredor do lado de fora com dois homens já o esperando, ambos estavam com suas mãos nas costas e esperavam ordens.

- As duas armas que estavam encaminhadas para Fukai Ferio devem ser mandadas para a família Salto e Sá como presentes, e incluam que as duas armas sejam entregues para os membros Melina e Garp.

Os dois assentiram e estavam prestes a sair quando Merer os chamou de volta.

- Troquem o bastão por um porrete, Garp Sá usa armas com impactos, e troque a Lamina Cinzenta por uma manopla defensiva, Melina Salto não possui esses itens, agora vão.

Sem deixar uma sombra no lugar, a dupla saltou desaparecendo no ar.

Por Amnésia | 25/12/17 às 15:39 | Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Wuxia, Xianxia, Brasileira, Poder, Adulto, Elementos de Cultivo, Ação