CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 40 - Peça perdão (Parte 1)

Legado dos Deuses (LDD)

Capítulo 40 - Peça perdão (Parte 1)

Autor: Amnésia | Revisão: Paragon

Salla observou todos os movimentos rapidamente. Jonh empunhou sua espada para o alto e contente por extravasar toda a sua raiva agora, ele desceu a espada com toda sua força.

O som de duas lâminas se chocando foi alto, a poeira que ainda tapava um pouco da Arena foi levada pelo vento, e dali a figura se mostrou a frente de Garp.

- Desculpe por interferir, Garp. - Fukai falou um pouco triste.

Jonh colocou toda a sua força para frente, mas não conseguiu mexer com Fukai que não prestava atenção nele de jeito nenhum.

- Perdi…? - Garp abaixou sua cabeça, o sangue escorrendo da sua boca era quente e nada agradável.

- Infelizmente, sim…

Jonh não deixou aquilo por nada, ele girou sua espada e atacou de novo, e de novo, e de novo, Fukai refletiu todas as vezes sem ao menos se importar com aquilo.

- Quem é você, desgraçado? - Jonh berrou puto.

Fukai deu um passo a frente, quando sua perna tocou o solo um impulso monstruoso surgiu pela tensão o jogando rapidamente contra Jonh e o atacando.

Seu braço direito todo cicatrizado ainda estava ali e deixava Jonh desconfortável, ele olhava para aquilo tendo um sentimento de dor e desgraça para si.

Ao mesmo tempo que ele tentou defender dos golpes de Fukai, a pressão aumentou gradualmente, aos poucos os poucos ataques que estavam sendo deferidos aumentaram e sua precisão não caiu parecendo uma máquina de atacar.

Fukai girou o corpo deixando Jonh errar seu primeiro golpe depois de muitos, usou o joelho direito e chutou entre a junta do joelho onde havia a principal ligação e tendões, o som do osso estalando eclodiu na direção de todos.

Salla rapidamente acordou do que estava assistindo e decidiu ir a frente, mas dessa vez foi Stil quem o parou.

- Aonde pensa que está indo?

Salla mordeu a língua muito irritado, pressionou o punho e apontou diretamente para Fukai.

- Quem você pensa que é para entrar na Arena e quebrar os ossos da perna do meu Junior?

Fukai vagarosamente olhou para Salla e ficou imóvel, o gemido de Jonh era ainda audível e ninguém soltou nada além de suspiros e respirações pesadas.

O clima estava tenso, era a primeira vez que Fukai estava lutando e isso impressionou a todos, a notícia de que alguém com uma espada de lâmina curvada e que tinha derrotado dois assassinos no pico do Reino Terrestre já havia se espalhado.

Fukai Ferio não era tão conhecido como Garp ou Melina, mas tinha uma fama que temia os demais.

Como alguém do oitavo nível do Reino Verminiano conseguia destruir completamente duas pessoas no pico do Reino Terrestre?

Salla quando chegou a Darey Mason também ficou ciente desse fato, mas nunca passou pela sua cabeça que realmente era verdade.

- Por que está tão tenso? - Fukai não estava nada contente. - Você mesmo disse, não foi? Ferimentos e mortes sempre estão envolvidas no campo de batalha, se não pode sequer ver um pouco de sangue, então isso quer dizer que é fraco, não foi isso?

Fukai bufou de leve e arregaçou suas mangas para cima, ele guardou sua espada na bainha e saiu de perto de Jonh.

Ele ajudou a carregar Garp para fora da Arena onde duas pessoas já tinham pegado ele e carregado para a enfermaria, seus ferimentos não eram nem leves nem pesados, mas tinha seus riscos.

Retornando para o campo de batalha, Fukai não olhou para ninguém além da mulher que tinha um leque no rosto.

- Eu gostaria que saísse de dentro da Arena. - Ele falou rapidamente levando a todos a ficarem perplexos.

Salla explodiu rapidamente indo a frente.

- Quem você pensa que é para dar ordens nos seus superiores?

- Meus superiores? - Fukai riu dele. - Acho que não está ciente do local onde está.

Fukai apontou para o chão e depois para o teto feito de ferro.

- Essa é a sua casa, seu pátio ou sua Arena? - Fukai não esperou que ele respondesse. - Você está prestes a sentenciar meu colega e com isso eu apenas pedi para que se retirasse da Arena.

Stil já estava ciente da capacidade de Jane Naita, mas mesmo assim, ele não tinha ideia do que Fukai planejava.

De acordo com as regras, apenas os novatos podiam batalhar, e mesmo assim todos eles continuavam nos limites da Arena.

- E por qual motivo devo aceitar isso? - Pela primeira vez, Jane Naita levantou sua voz. - Pelo que me parece não há motivos de eu não poder estar aqui.

- O motivo é simples. - Fukai levantou sua espada na direção de Jonh. - Se continuar interferindo na batalha dos outros, eu mesmo vou cortar e aleijar esse pedaço de merda que vocês chamam de Junior.

Qual era a reação apropriada para esse tipo de frase? Perplexidade, confusão, surpresa ou… choque?

Salla trocou olhares com Jane antes de finalmente retirar sua espada da bainha e tentar ir a frente.

- Mexa-se mais um pouco e eu mesmo mato ele.

Salla riu ainda andando.

- Você não ousaria.

Fukai em um movimento só perfurou o braço direito de Jonh o fazendo berrar de dor.

- Sua Instituição é bem ignorante mesmo. - Fukai devolveu o sorriso malicioso. - Eu não preciso de mais nada, apenas quero que ela saia da Arena e não interfira mais.

- Não tenho por que aceitar as ordens de alguém abaixo de mim. - Jane balançou seu leque para os lados coçando sua mão pronta para atacar a qualquer momento. - Se coloque no seu lugar e não interfira nas lutas dos mais novos.

Fukai mais uma vez encaixou a lamina no outro braço de Jonh.

- Pare... Por favor...

- Peça a seus Seniors. - Fukai respondeu ainda com um sorriso satisfeito no rosto. - E por sinal, eu faço parte dos novatos desse ano, então eu tenho o direito de estar aqui, já você não.

Jane pressionou ainda mais seus dedos contra o leque ouvindo Fukai.

- Então você pode se considerar um salvador por ter ajudado seu amigo. - Ela zombou dele. - Acho que por esse motivo, todos devem estar achando você o melhor que temos aqui dentro, alguém que tem coragem para ir e salvar os outros.

Fukai a olhou de lado.

- Do que está falando? Saia logo da Arena, está atrapalhando. - Ele falou abanando as mãos e pegando Jonh pelo colarinho. - Diga que desista e eu te deixo vivo.

Jonh riu de Fukai e cuspiu na sua roupa.

Tanto Jane quanto Salla gargalhou daquilo.

- Nem que eu tivesse que ser morto. - Jonh devolveu rindo. - Acha que você tem a capacidade de me fazer pedir perdão sendo tão inferior? Por tocar em mim e me machucar desse jeito, sua cova já foi feita.

- Péssima escolha, amigo, péssima escolha…

A lâmina de Fukai atravessou a barriga de Jonh, o sangue coagulou e voltou pela garganta escorrendo pelos lábios e manchando o dente.

Ninguém acreditou no que estavam vendo. Eles levaram suas mãos a boca ao verem aquela cena.

A dor da lâmina atravessando seu estômago fez de Jonh uma pessoa de expressão vaga e cansada, sua cor começou a lapidar e seu peito tentava puxar o máximo de ar possível.

Fukai abriu suas mãos deixando o garoto cair no chão e se esparramar no chão.

- Agora entendem que estou falando sério? - Ele virou para os dois Naita. - Ou querem que eu dê mais um exemplo de como os dois são idiotas?

Stil não segurou sua alegria, ele não podia fazer nada, mas nada incluía outros discípulos novatos, essa era uma Arena de Batalha, até mesmo vida e morte são decididas ali.

- E então... - Fukai falou guardando sua espada. - O tempo passa e mais sangue sai dessa pessoa, realmente querem que ele esteja morto?

Jane e Salla se olharam, mas nenhum deles disse nada.

- Vão ficar mesmo se olhando e deixar essa pessoa morrer? - Fukai implicava e os deixava irritados. - Sei que aqui tem uma enfermaria, vocês podem levá-los, se quiser.

Salla não aguentava mais aquilo, ele rapidamente apontou para um dos outros Juniors que veio com ele e girou o dedo para Fukai.

- Vai e acabe com ele, agora!

O garoto concordou com a cabeça, sacou sua espada de lâmina lisa e sumiu no ar, apareceu do nada a poucos metros de Fukai e brandiu sua espada para cima.

Suas roupas eram simples, e usava um turbante que tapava o pescoço, seus olhos nem mesmo se voltaram para Jonh caído no chão, seu foco era Fukai.

- Vocês do Instituto Falcon são bem idiotas! - Fukai exclamou levantando sua espada devagar para o alto. - Não me culpe por isso.

- Não se preocupe, os mais fracos são os que culpam os outros. - O garoto disse ferozmente. - Lembre de meu nome, Gaito Naito.

- Que nome péssimo. - Fukai sorriu.

Gaito correu para frente usando as pernas para se impulsionar e golpeio as laterais de Fukai rapidamente, quando recuou por ter sido bloqueado, ele canalizou completamente sua Profunda Energia na lâmina a transformando em uma coloração alaranjada.

- Leopardo Nascente…

O som de um rugido de um leopardo se expandiu com tanta pressa que fez com muitos levassem suas mãos para as orelhas, o rugido belo e forte somado pelo brilho da espada de Gaito levou a muitos a ficarem chocados.

Aquela era uma Profunda Técnica que apenas os Naito podiam usar, não era como se sempre usassem isso contra qualquer oponente.

No momento em que essa técnica fosse ativada, o título de inimigo dos Naito já era implementado na pessoa que sofreria o ataque.

- Ah, se é assim... - Fukai usou sua mão esquerda e três listras brancas cresceram rapidamente na sua palma.

O brilho laranja mergulhou toda a parte deserta no que parecia raios solares do fim da tarde.

Por Amnésia | 01/02/18 às 02:14 | Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Wuxia, Xianxia, Brasileira, Poder, Adulto, Elementos de Cultivo, Ação