CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 78 - Reinos consecutivos

Legado dos Deuses (LDD)

Capítulo 78 - Reinos consecutivos

Autor: Yuri Cavalier | Revisão: Paragon

O rosto de Nitório estava completamente estático, sua boca aberta em choque, seus olhos arregalados e seu corpo imóvel com uma perna para frente prestes a cortar o garoto.

Estava tudo errado, ele não estava presente mais naquele mundo.

A mão esquerda de Fukai tocava sua perna, foi um toque leve, mas que o fez perder todos os sentidos existentes. Seus olhos ficaram brancos suas orelhas perderam a audição, nenhum cheiro penetrava em suas narinas e sua boca não mais podia sentir a saliva escorrendo, seus pés tocavam o nada, e a sua Profunda Energia não mais se agrupava em seu dantian.

Ele permanecia com seu rosto virado para frente, mas seus olhos foram para baixo, para onde uma nuvem cinzenta estava circulando o corpo do garoto de cabeça baixa, mas diferente dele, o jovem deu uma leve mexida para o lado ainda segurando sua perna.

- Então essa é a sensação? – Fukai perguntou baixo com um gosto amargo na boca. – A única técnica que meu irmão me passou, e é tão bom assim.

Nitório tentava se rebelar contra as milhares de correntes invisíveis a sua volta, mas nada aconteceu, nem mesmo sua voz escapava disso.

- Eu podia ter acabado com você muito antes de ter começado a luta. – Fukai olhou para cima.

Os olhos de Nitório mudaram para um mais arregalado quando presenciou as dezenas de furos que suas pedras fizeram no corpo de Fukai desaparecerem do nada. Sua pele e carne voltaram ao estado normal, e ao mesmo tempo seu corpo começou a ser perfurado de diversas maneiras.

- Deve estar pensando no que está acontecendo, certo? - Fukai se levantou, dessa vez ficando sentado em forma de lótus. – Pode ser que esteja agora sentindo que sua Profunda Energia esteja sendo sugada de todo os seus membros, mas não é só isso.

Fukai riu.

- Olhe para seu braço onde ativou sua técnica. – Fukai levou seu olhar até o membro levantado com sua espada. – Sua técnica está sendo copiada, sabia? – o garoto balançou a cabeça com um sorriso no rosto. – Eu aprendi a muito tempo, mas era proibido fazer contra os outros dentro da minha família, e comecei a pegar o jeito da coisa.

Nitório entrou em desespero, agora que ele ouviu aquilo, a nuvem cinzenta ficou mais e mais forte fazendo seus sentidos mais pobres e perdendo ainda mais controle da sua Profunda Energia.

Fukai fechou os olhos e sorriu, estava na hora.

Suas veias puxaram toda Energia presente do ambiente, toda a terra, água, corpo e ferro foram lançados contra o corpo de Fukai.

- 4 dedos no solo e uma palma no corpo. – Fukai disse baixinho. – Sua Energia é minha, suas experiências são minhas, suas habilidades e mentalidades são minhas, eu sou você.

O corpo de Fukai ganhou um brilho cinzento quando seu inimigo, Nitório, ficou pálido. As pedras que eram resultado da técnica de Nitório viraram pó junto de seu braço, e logo depois cada parte de seu corpo começou a virar poeira.

Começou dos dedos até o pé deixando a cabeça e pescoço por último, os olhos de Nitório estava começando a ficar cada vez mais cinzas, e por fim perdeu sua cor quando toda a sua carne foi transformada em pó e sugada para dentro de Fukai.

E junto do corpo, toda a Profunda Energia que uma vez foi construída de batalhas e resultados foi sugada pelo garoto.

- Os níveis e Reinos são somente uma base para nos classificar. – Fukai repetia as mesmas palavras que seu irmão. – Permaneça o quanto puder no Reino Verminiano, pois ele é a base e também a fundação para que possa chegar a patamares maiores.

O corpo todo de Fukai moldou, ele pulou do Oitavo Nível do Reino Verminiano para o Primeiro nível do Reino Terrestre por ter sugado a Profunda Energia de Nitório, ele só podia pegar por partes, então até agora, ele não podia avançar mais por causa das consequências.

Suas veias se expandiram e seus ossos enrijeceram mais, sua visão se tornou muito mais focada como de uma águia, seu núcleo de Profunda Energia cresceu liberando ainda mais energia para todos os membros.

Fukai que estava meditando gritou de repente segurando seu braço direito, as veias que antes estavam secas começaram a mudar de cor, a Profunda Energia acumulada começou a se estreitar pelos canais vazios até chegar a palma.

Reynold e Razam apareceram à frente de Fukai olhando para o braço dele e ficaram meio imóveis, aquela não era uma cena muito comum de ocorrer.

- Ele está....

- Avançando a concentração de Energia de seu braço para o Reino Elementar. – Razam completou meio chocado. – No Plano Celestial, as pessoas que faziam acabavam morrendo, não era?

- Tenho certeza de que se apenas um dos que tentou sobreviveu, foi muito. – Rey respondeu observando as cores das veias se fundirem ao máximo, cada segundo algo ocorria e o braço ganhava uma nova coloração.

Fukai aguentava a dor sem gritar, o primeiro estouro de energia foi suficiente para ele gritar, pareciam ter sido milhares de agulhas penetrando somente um centímetro de seu braço, e agora era todo ele. Milhões de afiadas agulhas de energia encaixando nas partes de baixo e produzindo um avanço de um único membro.

O dantian de Fukai sugava a Profunda Energia desperdiçada que o braço de Fukai não aguentava segurar, de qualquer jeito, ele estava ganhando, a vantagem dos selamentos era que nunca haveria métodos que desperdiçassem sua própria energia.

Agora que a Profunda Energia foi sugada, tudo o que pertencia a ele, desde técnicas até lembranças, eram todas de Fukai.

Fukai fechou o punho quando as veias voltaram para a cor verde.

Os dois espíritos se atentaram chegando mais perto.

- Ele conseguiu fundir as duas Profundas Energias em um só membro, agora vem a parte difícil. – Razam falou.

- Como se fundição de Energia fosse algo fácil, hein. – Rey balançou a cabeça. – Se ele conseguir, deve ser o primeiro humano desse lugar a fazer uma fundição de Profunda Energia e Concentração de Elemento.

Razam riu de Reynold.

- Sim, isso vai ser interessante.

- Interessante vai ser todas as pessoas vindo na direção dele para querer matá-lo e saber como fez isso. – Reynold foi totalmente debochado.

Razam balançou o braço não ligando para a zombaria de seu companheiro.

- Vamos assistir, está perto do fim.

Reynold mesmo com os olhos cansados para seu colega, olhou para Fukai em esperança.

O braço do garoto estava realmente no final, estava perto de se tornar uma grande concentração e expandir para que chegasse até o Reino Elementar. Isso era algo que ele nem mesmo queria, mas a situação o levou, e agora, ele se concentrava ao ponto de não perder a consciência.

O estalo dos seus ossos percorreu até o ombro, onde Fukai foi colocado a prova, mordeu os lábios sentindo o gosto férrico do sangue escorrer, mas não gritou. A profunda Energia percorria por todo o membro direito, era como se as chamas estivessem queimando cada célula e elas se regeneravam logo em seguida, e diversas vezes.

O garoto ajoelhou colocando sua cabeça no solo e bateu sua testa contra o chão tencionando o braço. Um estalo mais alto do que o anterior foi ouvido, parecia exatamente como se um grande Reino tivesse sido ultrapassado.

Fukai abriu seu olho olhando para seu braço dormente, a cor verde das veias ainda estava exposta, nada mudou, mas ele podia sentir.

Seu corpo sugou toda a Profunda Energia de Nitório, e a conduziu para o dantian e para seu braço.

- Terceiro nível do Reino Terrestre, e um membro capaz de produzir Elementos do Reino Elementar. – Razam falou cruzando seus braços com elogio para Fukai. – Isso é que dar a vida para alguém, não é?

Fukai forçou um sorriso antes de erguer o braço e se colocar sentado.

- Consegui passar? – ele perguntou.

- Olha a sua volta, garoto. – Razam esticou o braço a volta.

Toda a vegetação que estava ao alcance de seus olhos agora não eram mais apenas plantas ou arbustos, árvores ou folhas. Eram aglomerados de Energia Elementar que tinham esferas nos seus centros.

O Reino Terrestre não é capaz de ver esse tipo de coisa, mas como seu membro direito estava agora no Reino Elementar, seus sentidos todos se alinharam ao Reino de maior concentração de poder.

- Fukai. – Reynold esticou sua mão e o garoto a segurou. – Você agora está na situação de ver e sentir qualquer tipo de energia de qualquer coisa, mas o selo que ainda está no seu corpo te restringe muito.

- O que quer dizer? – o garoto perguntou meio tonto colocando a mão na têmpora.

Razam passou a mão por trás do pescoço de Fukai e chegou bem perto dele rindo.

- Quer dizer que se estiver no Primeiro Nível do Reino Elementar, então o selo automaticamente te rebaixou, ou seja, sua força atual é cinco níveis mais alto.

Fukai engoliu o seco.

- Eu estou no...

- Isso mesmo. – Reynold assentiu com a cabeça. – Seu braço direito está no Quinto nível do Reino Elementar, e seu corpo está no Oitavo nível do Reino Terrestre. Você é quase uma divindade no corpo de um homem. – disse ele brincando.

Fukai abaixou a cabeça e ficou imóvel por um segundo antes de encarar o próprio braço cheio de cicatrizes e marcas verdes e negras de podridão.

- O Reino Elementar é meu... Finalmente, né Yuri...

 

Por Amnésia | 16/03/18 às 11:42 | Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Wuxia, Xianxia, Brasileira, Poder, Adulto, Elementos de Cultivo, Ação