CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 46 - Denunciando o golpista

Library of Heaven's Path (LHP)

Capítulo 46 - Denunciando o golpista

Tradução: illusia | Revisão: Semiterio

"Gorjeta?!"

Ouvindo aquilo, 'Mestre Mo Yang' cambaleou e quase vomitou sangue.

[Gorjeta seu cu!

Eu sou um mestre avaliador, não preciso de dinheiro. Até parece que quero sua gorjeta...]

Com o rosto impassível, o 'mestre Mo Yang' estava a ponto de explodir. Nessa altura do campeonato, ele já estava numa situação bem complicada independente de pegar a gorjeta ou não.

Se ele pegar, significa que ele aceitou a gorjeta do oponente. Nesse caso, ele não seria diferente de um garçom ou um servo. Se ele recusar... Só o que o outro fez já causou vergonha nele!

De repente, um pensamento flutuou por sua mente... Será que o rapaz previu isso e por conta disso, aceitou meu dinheiro fazendo tudo com a intenção de causar o meu constrangimento?

"Ahhh, você não quer?! Ótimo! Vou economizar mil moedas de ouro então. Sabe que você pode comprar um montão de coisas com mil moedas de ouro!"

Percebendo sua hesitação, Zhang Xuan colocou as notas de volta no bolso e murmurou de lado.

"..." Ouvindo estas palavras, 'Mestre Mo Yang' estava a beira de um ataque de nervos.

"Você certamente é um sortudo, escolheu muito bem. No entanto, isso não significa que você ganhou! Tudo bem, eu ainda tenho coisas pra fazer, então, é hora de ir embora!”

Com frieza em seu olhar, o 'Mestre Mo Yang' se levantou, balançou os braços e se preparou para sair.

Suas medidas impressionaram Zhang Xuan.

[Como esperado de um golpista profissional. No momento em que tudo dá errado, ele foge. Sua determinação é realmente digna de respeito.]

Independentemente de ser sorte ou não de Zhang Xuan, ele deixaria de ser visto como maluco depois de ganhar tanto num instante. Ao invés de criar caso, ele era muito mais sensato encerrando o assunto ali.

Afinal, ele já tinha lucrado muito avaliando coisas para os outros.

Quanto mais isso demorasse, maior a chance dele se lascar.

"Nós não terminamos nossa aposta, e, no entanto, você tá com tanta pressa de ir embora.." Dadas as ações do 'mestre Mo Yang', de jeito nenhum Zhang Xuan deixaria que ele escapasse.

"Aliás, mestre, não se vá com tanta pressa! Você também ganhou com o item que adquiriu, isso não pode ser considerado como sua vitória."

"O mestre deve ter subestimado esse menino, por isso não pegou o item mais valioso desde o começo. Nós acreditamos no senhor, mestre..."

Depois de tantos dias de esforço, o mestre tinha conseguido inúmeros seguidores fiéis.

"Eu já disse antes, tenho muitos assuntos para resolver. Adeus!"  “Mestre Mo Yang” acenou.

"Mesmo que você tenha tantos assuntos urgentes para lidar, duvido que perder alguns minutos fará tanta diferença. Ainda existem coisas para as quais eu gostaria da sua orientação” Zhang Xuan disse impedindo a fuga do outro.

"Que tipo de coisas?" 'Mestre Mo Yang' parou e limpou sua garganta num jeito arrogante e frio.

"Esse cara..."

Vendo parar, Zhang Xuan sorriu fracamente e olhou para o ancião que tinha comprado o vaso ornamental que não valia nada.

“O que é isso?” O idoso se aproximou.

Ele ainda estava abraçado no artefato que continha o vaso como se fosse um tesouro precioso. Dado seu tamanho, ele não seria capaz de limpar isso dentro de tão pouco tempo. Assim, ele optou por ficar e ver o espetáculo.

"Se não estou errado, o item que você adquiriu por 80.000 moedas de ouro é um vaso ornamental. Mas ele está partido e não vale nem um centavo furado!" Zhang Xuan apontou e declarou.

"Vaso ornamental? Não vale nem um centavo? Mas que tipo de piada é essa? Isso é um bem valioso que o mestre avaliou pra mim..." O rosto do velho escureceu e ele repreendeu Zhang Xuan.

"A limpeza de um grande artefato demora muito tempo. No mínimo você precisará de pelo menos um dia. Quanto a isso, se você quebrá-lo no chão e eu estiver errado, te pago as 80.000 moedas de ouro. Porém, se eu estiver certo, significa que você foi tapeado e caiu no conto do vigário. Se assim for, é só você cobrar do golpista o seu dinheiro”

Zhang Xuan sorriu.

"Quebrar?" O velho foi pego de surpresa com as palavras de Zhang Xuan.

Até que fazia sentido. A limpeza do artefato ia demorar muito tempo. Mas se ele quebrasse o treco no chão, ia ser rapidinho.

Se realmente era verdade e fosse só um vaso ornamental, ele teria uma imensa perda.

E mesmo pra ele, 80.000 moedas de ouro eram o suficiente para levá-lo à falência.

Se o artefato fosse falso, ele provavelmente iria se matar.

Se o rapaz tivesse dito isso antes, ele simplesmente iria ignorar e tirar uma da cara do menino. Mas, depois de comprar um tesouro que lhe valeu 765 vezes mais o valor de compra... Isso fez com que ele ficasse com dúvidas.

"Não se preocupe, um verdadeiro tesouro não se quebrará facilmente. Mesmo que você o jogue no chão, ele não irá quebrar. Você não terá perda alguma!" Sentindo suas dúvidas, Zhang Xuan o pressionou.

"Tá certo!"

Depois de pensar um pouquinho, o velho jogou o artefato no qual estava abraçado no chão.

Dang lang!

Com um som nítido, o artefato gigante se partiu e sua verdadeira forma se revelou em meio a musgo e lama... e de fato... era um vaso trincado.

"Ele é... realmente um vaso ornamental?"

Depois de olhar, a multidão constatou que realmente era um vaso ornamental.

Mesmo que fosse um objeto antigo deixado por civilizações passados, não valeria muito dinheiro. Quem dirá 80.000 moedas de ouro, não dariam sequer 10 moedas de ouro nele.

"O que está acontecendo aqui..."

Vendo os fragmentos quebrados no chão, o velho congelou em estado de choque.

Inicialmente ele tinha colocado toda a sua esperança que comprar esse artefato lhe renderia muito dinheiro, no entanto, acabou tudo em pizzaRhodis: Pedaços... Como ele não ficaria furioso?

"O que está acontecendo?!!! Pergunte pra esse mestre Mo Yang! Se eu não estou errado, ele, junto com o revendedor criaram todo um cenário pra espalhar a fama de avaliador de modo que atraísse a atenção do povo. Depois, fazendo as avaliações, ele fez com que muitas pessoas comprassem essas porcarias para que eles lucrassem com isso!"

Zhang Xuan olhou pro 'mestre Mo Yang' e pro negociante e deu um sorrisinho de canto de lábio. "Como ele escolheu objetos que se valorizariam, é bem simples. Como ninguém viu a limpeza do objeto, eles trocaram um tesouro por outro nas coxias, que já estava preparado de antemão e disseram que era o que ele tinha acabado de escolher. De qualquer modo, como ninguém viu o processo, não tem ninguém que possa rebater isso.”

"Isso..."

"É verdade?!"

Ouvindo as palavras de Zhang Xuan, a confiança da multidão no 'mestre Mo Yang' vacilou.

Depois de escolher um tesouro antes de todo mundo, Zhang Xuan expôs a falsa avaliação que o 'mestre Mo Yang' tinha feito. A multidão que tinha sua confiança completa do 'mestre' um momento atrás estava começando a suspeitar.

Dang lang!

Enquanto eles ainda estavam ocupados pensando sobre quem estava certo ou errado, outro som ecoou na multidão. Um outro colega que tinha recebido avaliação jogou no chão o artefato que ele tinha comprado. Esse, por sua vez, não era nem um vaso ornamental, era uma porcaria de cerâmica. Tava na cara que não valia muito.

"Falso! é falso! Eu gastei 60.000 moedas de ouro pra comprar isso.. eles são golpistas!!"

Vendo os cacos quebrados no chão, quem comprou os itens avaliados sabia que tinham sido enganados e começaram a enlouquecer.

Peng! Hong! Puhe!

Com os dois precedentes, o restante não podia mais se segurar. Daqueles que haviam recebido avaliações, um após o outro começou a jogar seus artefatos no chão ou a cortá-los com uma lâmina.

Dando uma olhada no que tinha dentro, o rosto deles empalideceu.

"É tudo falso... Tudo um monte de inútil de lixo!!"

"Fomos tapeados. Esse mestre é uma fraude..."

Se fosse só um falso, ok, todo mundo aceitaria. Afinal, um avaliador não tinha como acertar tudo o tempo todo. Mas, quando nove dos artefatos que ele avaliou eram lixo, tava na cara que ele era um golpista!

[Pensar que você ainda ficou aí agindo como um santo compassivo e benevolente...Pu! Seu bandido do colarinho branco!]

A multidão se enfureceu ao redor do mestre Mo Yang e do negociante e olhavam pra eles intensamente. Nesse momento, a vontade da multidão era matar esses dois.

Afinal, dinheiro não cai do céu.

Se ninguém viu através do golpe, e só perceberam que era golpe depois de limpar os objetos, como iriam resolver suas queixas?

"Não escutem as balbúrdias que esse molecote está falando! Mesmo os mestres avaliadores têm seus tempos ruins, eu nem conheço esse vendedor..."

Vendo o brilho assassino nos olhos da multidão, o 'mestre Mo Yang percebeu que não tinha mais como enganar ninguém e urrou de raiva dessa vez.

Se fosse um pouquinho antes, a multidão iria acreditar em tudo que ele falava. Mas agora... Ninguém nem prestava atenção nele.

Peng peng peng peng!

O som de alguém fazendo um humano de saco de pancadas ecoou no meio da multidão. E gritos de agonia podiam ser ouvidos. No meio da treta, nem o negociante foi poupado.

Por ter iniciado a bagunça, Zhang Xuan se escondeu no meio da treta e foi embora.

O mundo era desumano, e todos os dias haviam pessoas que criavam golpes e pessoas que - gananciosas - se deixavam enganar por eles... Ele não era um deus onipotente, e era impossível para ele sair por aí expondo os golpistas do mundo. E se não fosse pela encheção de saco do 'mestre Mo Yang', ele não ia nem falar nada.

Agora, os que foram enganados já sabia de tudo, e eles tem seus próprios modos de lidar com o problema. Não tinha nenhuma necessidade de Zhang Xuan lidar com eles.

"Livraria Huang Yu..."

Caminhando lentamente pelo mercado, uma loja gigante apareceu diante dele. Nela havia todos os tipos de livros nas estantes.

A loja vendia ervas medicinais, armas, animais selvagens e naturalmente, livros. Que foi o motivo principal dele ter entrado ali.

"Vamos dar uma olhadinha!"

Zhang Xuan entrou na loja.

Por ScryzZ | 19/01/18 às 22:35 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Chinesa, Comédia