CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
47ª Mentira - Hitoshi Yasahiro

Lied (LD)

47ª Mentira - Hitoshi Yasahiro

Autor: Mitsuaki Seiji | Revisão: HebiTantei

Esta é uma história que remonta a um tempo em que os frutos do caos ainda estão sendo formados, os cruéis destinos a serem revelados.

Em mais um volume da jornada pelo Submundo, o “Herdeiro de Adão” travará memoráveis batalhas que lhe farão questionar sobre o seu papel neste conto, assim como conhecerá pessoas que lhe poderão dar as respostas que ele tanto procura.

Origens, convicções e deveres. Tudo será, mais uma vez, colocado à prova...

 

Lied confronta a Cobra Louca enquanto que Susumu mede forças com Blasius…

A cobra ataca Lied com alguma displicência, o que permite ao Herdeiro de Adão entrar na batalha com o pé direito e por um triz causar dano com a Unda.

O oponente também usa as propriedades espirituais, nomeadamente a Visibilidade e a Sensibilidade, uma luta verdadeiramente acirrada entre ambos os rapazes a que Pantera assistia com especial interesse.

— Forte… — Lied sussurra.

— D-DEVOOORAAAR! — não está sendo igualmente fácil para a Cobra Louca.

No outro lado, Susumu troca tiros com o ex-policial asteca. Blasius demonstra uma grande perícia com o seu revólver, não perdendo para o detetive humano em habilidade.

A pedido do próprio Susumu, Zosimus não ajudava com as suas correntes. A convicção de que este duelo é entre os dois agentes, homem versus homem, em nome da justiça.

— A justiça… irá guiar o meu espírito à vitória! — Susumu grita.

— Que piada… — Blasius desdenha.

De volta ao Príncipe Perdido, a luta mantém-se bastante equilibrada, sem evolução. O prisioneiro pressionava Lied com as suas cobras. Lied aproximava-se com a ajuda da Anima Sancta e reduzia o combate a curta distância, onde ele tem alguma vantagem.

A Cobra Louca estremece ao pousar a mão na cabeça repleta de escamas, dores súbitas quase que o ajoelham. Lied estranha a perda de equilíbrio, pela qual não é responsável.

— L-Lied…

— O quê?

— Lied…!

— Quem é você?!

A cobra sai disparada com grande velocidade e o apanha desprevenido. Ela dá uma poderosa cabeçada nele que os desequilibra. É neste momento que os espíritos se conectam…

 

Memórias de muito tempo atrás ressoam mutuamente: o lugar é o orfanato Regenbogen. O pequeno Lied, normalmente sozinho no seu canto, é abordado múltiplas vezes por três crianças órfãs, dois garotos e uma moça. Lied os ignorava como sempre.

Em uma dessas situações, a menina do trio perguntava a Lied se ele queria brincar com eles.

– Ei, ela está falando contigo – um dos meninos o agarra pelo colarinho – Para com isso. Eu sei que você perdeu suas memórias, mas todos nós também perdemos algo importante. A Aki perdeu os pais num acidente e o Kenta ficou sem a mãe que já estava doente, mas não é por isso que desistiram de viver. Não é o único que sofre e não precisa sofrer em silêncio!

Lied queria responder, falar aquilo que verdadeiramente sente, mas naquela época o coração dele ainda estava fechado a sete chaves… O “líder” do grupinho o larga e vira as costas.

– Já chega. Vamos, pessoal – ele diz aos amigos.

– Espera, Hito…! – Aki o chama, indo atrás.

– H-Hito… – Kenta sussurra e os segue.

O grupo vai embora. O nome daquele inflexível órfão é Hitoshi Yasahiro.

 

 

No presente, Lied e a Cobra Louca distanciam-se depois do choque de cabeças. Sangue escorre pela testa do príncipe, o líquido vermelho é absorvido pela escuridão do Submundo.

– Por quê…? – Lied contempla a cobra, confuso – Por que é que está aqui… Hito?!


[FIM DO CAPÍTULO]

Por Mitsuaki Seiji | 01/06/19 às 18:30 | Ação, Aventura, Fantasia, Drama, Romance, Portuguesa, Mistério