CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
63ª Mentira - Elite dos Pecadores

Lied (LD)

63ª Mentira - Elite dos Pecadores

Autor: Mitsuaki Seiji | Revisão: HebiTantei

Desde que iniciou a sua jornada pelo Submundo, o "Herdeiro de Adão" travou memoráveis batalhas e fortaleceu o espírito com a ajuda de múltiplas pessoas que foi conhecendo.

Agora chegou o momento de escapar do alcance da morte, pois essa também é a inviolável vontade de Deus...

Que comece o arco final da épica Saga!

 

Nível -3 do Submundo, Bloco Restrito

A luta entre Ajax e Zaccharias, dois velhos conhecidos, é de cortar a respiração. Cihua e Chalme são espetadores atentos. O prisioneiro Jirou Isaak mantém-se inconsciente.

— Você é digno do cargo de general. Deve ter treinado muito nestes últimos oito anos, Ajax — o corvo falante, na sua forma humana, fala honestamente.

— Errado. Eu… ainda não sou suficientemente forte — Ajax baixa a cabeça.

— O Marcus, hã…

Ouvir o nome do irmão mais velho faz com que o cavaleiro se irrite. Os dois astecas atacam-se ao mesmo tempo, ambos os combatentes fazem um intervalo após o choque.

— Não acredito. As duas poderosas auras eram vossas… — uma voz aguda ouve-se de repente.

É durante a pausa que uma silhueta humana se aproxima deles. Vindo dos níveis inferiores, o jovem adulto, de uniforme com o emblema de águia e calçando botas, detém a atenção de todos ali presentes sem exceção, Ajax e Zaccharias especialmente…

— Um prisioneiro do Nível -6? — Chalme pergunta-se.

— OUTRO 100%...! — Cihua observa.

— …Kaius! — Ajax diz, o rosto pálido como se estivesse vendo um fantasma.

— Ei… Ajax — o homem sorridente o cumprimenta.

 

Numa outra parte do Nível -3, o solitário Varius seguia o seu caminho depois de encontrar-se com Lied quando uma sombra o espreita. Na realidade, o membro da Illuminatus já havia detectado esta presença com a Sensibilidade, tendo propositadamente ignorado.

— Eu sei que está aí. Mostre-se — Varius declama.

— Ah, excelente oportunidade… — o homem de camisa branca desabotoada meio que sonolento revela-se — Pode me dizer para que lado fica a saída?

— Um recluso?

— “Empresário” Cimon para ti!

 

Continuando neste piso em que todos os escolhidos estão se reunindo, Regulus reencontra Naomi e esbarra com Yamir, dono do familiar prana de Nachash.

Há oito anos, durante a 2ª Guerra Espiritual em que participou como um cavaleiro em ascensão, o músico sentiu na pele o terror da Serpente Falante. Desde então, Regulus jurou trabalhar para que a tragédia, da qual resultaram inúmeras vítimas mortais, não se repita…

— …Parece que cheguei a tempo. Agora, importa-se de soltar? — o general encara a cobra.

— Você…! — Naomi o identifica, surpresa.

— Desculpe a demora, dó, ré, mi. As bestas eram persistentes.

Não se sentindo propriamente ameaçado, Yamir decide tirar a mão de Naomi e ganhar alguma distância. Regulus invoca a Alpha Leonis. Em resposta, Yamir também ativa o seu Spirit Mode.

— O-O que se passa contigo, Yamir? Poderia ainda…? — Naomi dizia.

— Este corpo pertence somente a mim. Não há mais ninguém no controle — Yamir desmente.

— …Perdoe a minha intromissão, senhorita, mas receio que palavras não o alcançarão, fá, só, lá. Além disso, você tem uma pessoa que pretende encontrar, não é verdade, si? Porventura não quererá deixá-lo à espera, dó… — Regulus esboça um sorriso gentil.

— Você realmente viu o Lied…? — Naomi pergunta retoricamente.

A humana fecha os olhos e abre-os com a decisão tomada. Numa rápida troca de olhares, ela se despede de Yamir com dor no coração e, em seguida, acena com a cabeça para o cavaleiro antes de correr para fora dali. Cobras tentam apanhá-la, porém uma barreira espiritual feita por Regulus irrompe. Yamir range os dentes de frustração; obstáculos atrás de obstáculos…

 

A intensa perseguição termina finalmente! Iduma desce da sua prancha de raízes e junta-se a Yamir e Regulus que lutam. Core, Martyr e Nemo chegam logo em seguida…

— Que divertido! — Iduma assobia ao vê-los lutar.

— Ah… ah… tantas pessoas fortes num só lugar…! — Nemo entra em pânico.

— O-Os meus olhos não conseguem acompanhá-los… RAIOS…! — Martyr impacienta-se.

Quanto a Core, a moça espanta-se com a figura que vê na frente. Passaram-se anos desde a última vez que se viram, mas é impossível não reconhecer aqueles movimentos elegantes…

— …Regulus!

— D-Dó, ré, mi?! Se não é a senhorita Core!

— Para você estar aqui… você veio para buscar o Lied?!

A agitação atinge proporções maiores com a chegada de uma alcateia de Animus. A turbulência é tanta que os “intrusos” se afastam uns dos outros: Yamir, Iduma e Regulus lutam noutra área, enquanto que Martyr e Nemo separam-se de Core, que acaba sozinha…

 

Martyr e Nemo procuram Core. As memórias arrepiantes de Ganeden voltam a assombrar Nemo, que não se sente à vontade com Martyr, o responsável pelos seus pesadelos.

Múltiplas energias espirituais pressentem-se ao longo do corredor escuro. Entre elas, Susumu e, não menos importante, Lied… O semblante sanguinário da cobra dá arrepios nas espinhas.

— CHAPEUZINHO…!

 

Por sua conta, Core escolhe como primeira prioridade apanhar Iduma ao invés de se agrupar com os companheiros, não tanto por se tratar do alvo da missão e sim porque o instinto assim a comanda. O fato de possuírem a mesma cruz… não é possível que seja mera coincidência.

Naomi acelera em busca de Lied. Uma sensação de extrema familiaridade obriga a virar de costas – a energia espiritual que caminha na direção dela… é dela mesma…?

 

A atenção de Core desvia-se no instante em que esta percebe o seu próprio prana ao longe. Seria Mictlan mexendo com a sua mente? Estaria delirando? Só há uma maneira de descobrir…

 

As espadas idênticas nas respectivas mãos, Naomi e Core repetem o encontro de Ganeden. Ambos as braceletes cintilam simultaneamente, o símbolo da conexão que elas partilham…

— Você… daquela vez… — Naomi murmura.

— …Por quê?! Por que é que você tem a MINHA espada?! — Core questiona abruptamente.

Uma terceira cara interrompe o chocante reencontro. Alta, cabelo curto e olhos vendados, ela exerce uma imediata e absoluta pressão sobre as moças. A elite dos pecadores…

— A-Ah…! A mulher na cela! — Naomi a reconhece.

— …Irene — a prisioneira apresenta-se.

 

Lied, Susumu e Mare apressam-se rumo ao campo de batalha central. O inesperado salvador do grupo, Regulus, e os seus motivos, são um mistério. Entretanto, o Príncipe Perdido demonstra saber mais do que aparenta, o que não passa despercebido ao detetive.

— Quando sairmos daqui, recomeçaremos o interrogatório de onde paramos. Não aceitarei um “não” como resposta. Estamos entendidos? — Susumu firma bem a sua posição.

— Faça como quiser. Mas só quando sairmos daqui — Lied responde.

Os pranas de Zaccharias e Ajax começam a ser perceptíveis. Mais perto do corvo falante, o Herdeiro de Adão vai adquirindo confiança. Todavia, Lied sabia por experiência própria que a tranquilidade é de suspeitar. E de fato, a onda positiva seria o presságio do verdadeiro perigo.

Ele para quase em cima do trio. Julgando pela barba que se estende até ao chão, estamos falando de um indivíduo extremamente velho. Não apenas isso, o idoso é grande e robusto.

— Herdeiro de Adão, por fim nos conhecemos. Quantos anos terei esperado?

— …?!

— O meu nome é Elijah. Eu desejo… aquilo que você tem dentro de ti.

Este homem pode muito bem ser… o utilizador de Spirit Mode mais poderoso do Submundo.

 

“O inimigo mais perigoso?!”

“Foge, Lied!”

 

[FIM DO CAPÍTULO]

Por Mitsuaki Seiji | 24/08/19 às 18:14 | Ação, Aventura, Fantasia, Drama, Romance, Portuguesa, Mistério