CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 335 - A Chegada de Mundius

O Herdeiro do Mundo (HDM)

Capítulo 335 - A Chegada de Mundius

Autor: Edson Fernandes

Aviso -> Esse capítulo não foi revisado então nem adianta deixa comentários apontando erros. Caso não queira ler com erros espere a revisão que em algum tempo será substituída, pode leva semanas é claro.

_____________________________________________________________

A sala que entrou era pequena e continha uma mesa de mármore de tamanho médio no centro, em cima da mesa, havia uma lâmina velha enferrujada e um pouco quebrada. Embora a lâmina fosse velha, ela continha uma estranha e delicada essência de poder que atraiu a atenção de Rael. Havia alguns raríssimos símbolos de leis cravadas na lâmina que brilhavam sutilmente.

― ‘É uma lâmina de uma espada de porte médio comum, parece algo velho e comum, mas eu não acredito que seja apenas isso’ ― Pensou Rael estendendo a mão direita para toca. Quando seu dedo tocou na lâmina, ela brilhou fortemente, se tornou um emaranhado de energia que entrou em seu braço direito.

― Merda! ― Rael jogou o braço para longe assustado, porém já era tarde, a lâmina ao que parecia já tinha infundido em seu braço praticamente a força.

                Rael tirou as roupas que cobria o braço azul e olhou para ele com atenção. Uma formação de símbolos estava em processo enquanto uma leve energia vibrava queimando em seu braço. Rael ficou olhando por um tempo tentando entender se isso significava algo bom ou ruim.

― Eu não tenho conhecimento suficiente para saber o que aconteceu, precisarei da ajuda de Lana. ― Rael bufou indignado, mas não havia nada que ele pudesse fazer.

                Yara ficou o tempo todo olhando de canto o que seu mestre fazia, embora ele tenha se assustado com a energia entrando em seu braço ela não tomou o mesmo susto.

                Rael analisou a sala uma última vez para saber que já colheu o que precisava. Seu braço continuava quente e em processo de mudança, ele sentiu que isso era algo positivo e não uma armadilha.

― ‘Acho que ele não armaria para mim depois do que meu antigo eu fez por ele, mas é melhor eu tomar mais cuidado com os próximos presentes’. ― Rael pensou enquanto saia da sala e Yara voltou a segui-lo sempre silenciosa.

                Os dois voltaram todo o caminho de volta para o salão que enfrentaram o Deus de Pedra e depois pelo corredor de saída. Rael encontrou Lana e Isaac os aguardando como haviam combinado e os dois estavam virados de costas e olhando o céu. Rael podia notar que o tempo parecia ter escurecido repentinamente, embora ainda não devesse ser noite.

― Herdeiro você voltou? Já estava pensando em ir atrás de você para ter certeza que estava bem ― Disse Isaac olhando para trás.

― Não precisam fingir que se preocupam tanto comigo ― Disse Rael chegando ao lado deles e olhando para o céu. O que Rael viu fez os pelos de seu corpo inteiro se arrepiarem, havia uma imensa massa escura no céu com algumas luzes, ela cobria quase todo o horizonte o que explicava o fato do tempo está escurecido.

― Lana o que é isso? ― Perguntou Rael sem olhar para a mesma.

― É a nave de Mundius, um dos seres mais poderosos de todo o universo. ― Respondeu Lana após alguns segundos da pergunta.

― E o que exatamente ele faz aqui? Veio atrás de mim? De você? ― A primeira preocupação de Rael era evidentemente com eles mesmos.

― Ele não veio atrás de nós, veio atrás do núcleo desse planeta. Ele viaja por vários mundos pequenos e rouba os núcleos de vida para transformar em poder para ele mesmo e seus homens. ― Explicou Lana deixando Rael confuso.

― O núcleo de poder mantem um mundo vivo, sem esse núcleo o mundo começa a morrer, entendeu agora senhor Herdeiro?

― Espere ai, ele vai destruí esse mundo? Lana nós não podemos deixar! Temos que impedi! ― Disse Isaac prontamente fechando os punhos.

― Impedi? Isaac você se lembra que eu citei a mesa? Pois bem, se juntasse todos da mesa não teria o poder necessário para enfrentar Mundius sem preparos.

― Está dizendo que ele é muito mais poderoso que você ? ― Rael perguntou acanhado.

― Sim estou. Ele é um tipo de saqueador que viaja e rouba mundos pequenos para não chama atenção e acabou chamando a sua. Quando você estava no auge do poder, vivia na cola dele para confronta-lo e ele sempre fugia de você. ― Explicou Lana olhando Rael. Rael abriu a boca para fala mas perdeu as palavras, ele se quer sabia o que ia tenta dizer.

― Lana o que vamos fazer? Não podemos deixa ele destruí esse mundo, eu conheci muitas pessoas aqui desde que... me lembro. ― Disse Isaac preocupado. Rael por outro lado estava mais preocupado em não ser encontrado pelo mesmo.

― Ainda não sabemos o motivo de sua visita, vamos espera um pouco e observa, talvez eles só estejam de passagem.

― E se não estiverem? Vamos deixa eles roubarem o núcleo e destruir esse planeta? É isso que vai fazer? Apenas esperar? ― Isaac continuou perguntando e parecia bem preocupado. Rael perdeu o interesse rápido naquilo uma vez que ele não era o alvo, ele já tinha ocultado sua aura e estava preparado para da no pé.

― Lana fique com isso ― Disse Rael lançando um anel de comunicação que ela agarrou na mão. Ele explicou rapidamente como funcionava e depois disse. ― Eu pediria para seguimos caminho agora, mas como Isaac está com o receio do que possa acontecer aqui vamos espera um pouco. ― Explicou Rael.

― Você não tem compaixão pelas pessoas desse mundo Herdeiro? Se ele roubar o núcleo muitos serão mortos! ― Isaac bufou um pouco indignado se virando para Rael. Rael estava indiferente e olhou de volta o menino loiro em silencio.

― E o que poderíamos fazer se não podemos com eles? Me responda? ― Rael lançou a pergunta fazendo Isaac acelerar um pouco a respiração.

― Por mais que eu odeie dizer isso ele está certo Isaac, nós não podemos fazer nada. O máximo que posso fazer é salvar você, ele e aquela jovem chamada Alessa no pior cenário.

― Vocês dois estão delirando! Eu nunca abandonaria meus companheiros! Não é somente Alessa que é importante pra mim! ― Isaac praticamente gritou irritado. ― Eu vou enfrenta-los nem que seja sozinho! Eu sou invencível e não importa o que, eu vou expulsar esses idiotas desse planeta com ou sem vocês!

                Rael ficou observando a coragem do menino loiro em silencio, somente um idiota iria fazer algo depois de ouvi aquilo de Lana. Lana era poderosa o suficiente para acabar a luta com um pedaço do espirito do Deus de Pedra em um movimento. Se ela estava dizendo que eles não podiam enfrentar Mundius, obviamente não poderiam.

― Você não vai fazer nenhuma loucura Isaac. Se você pensar só por um momento que seu corpo é invencível contra todas as coisas que existem no universo está muito enganado. O poder que Mundius possui vem de um poderoso cultivo, junto a armas e armaduras que ele forja usando o núcleo dos planetas que saqueia, imagine o poder disso? E não pense que as armas e armaduras dele se comparam com algumas das minhas que já te apresentei, são muito mais poderosas e estão além do meu conhecimento. E ele já faz isso a tempo suficiente para armar muitos de seu exercito que como pode imaginar é imenso.

― Eu imagino, a nave dele é tão grande quanto um planeta. Mas não posso recua sabendo que ele destruíra esse mundo. ― Disse Isaac.

― Nave? ― Perguntou Rael que não entendia o significado daquilo.

― Nave voadora: é uma plataforma gigante feita de materiais como aço entre outras coisas e tecnologia, ela é criada para viajar pelo universo levando todos consigo. ― Foi a explicação de Lana. Rael pensou nisso como se estivesse ligando o fato a uma barca voadora.

― Então vocês vão fugir? Porque eu não irei, eu irei acompanhar esse tal de Mundius com meus próprios olhos e... ― Quando Isaac ainda estava falando ele de repente foi enterrado no chão. Lana estava olhando ele de lado e irradiando aura através dos olhos. Rael sentiu alguns fios de pressão e saltou um pouco para trás fugindo junto a Yara que também fez o mesmo.

― Está vendo meu poder Isaac? Isso é apenas cerca de dez porcento do meu poder total, apenas a pressão dele já faz sua cara afunda no chão. ― Disse Lana friamente encarando Isaac. Isaac estava estirado, preso no chão que se rachava devido a forte pressão a cada instante formando uma pequena cratera.

― Se você não consegue se livrar da minha pressão, como acha que teria alguma chance contra Mundius? Agora você entende o que digo? Mundius é muito mais forte que eu. ― Lana dizia friamente mais aparentava bastante calma, ela, Isaac e Rael estavam ocultando o poder automaticamente por saber que tinham um poderoso possível inimigo próximo.

― Lana... me solte... ― Isaac pedia tentando forçar seu corpo para fica de pé o que fazia Lana impor ainda mais pressão, rachando cada vez mais o chão em que Isaac estava sendo pressionado.

― Nos conhecemos a pouco tempo, não somos nada demais um do outro porém você salvou minha vida, eu devo isso a você e tenho que coloca algum juízo em sua cabeça. Me prometa que não irá cometer nenhuma loucura.

― Está brincando comigo Lana? Sabe que eu não posso... Urg! ― Isaac gemeu porque Lana aumentou a pressão. Rael e Yara estavam a alguns metros e Rael decidiu chamar Yara de volta para ele.

― Lana eu não tenho tempo para fica esperando vocês se revolverem, partirei agora e irei ficar longe disso. Se esse mundo ficar perigoso você deve me chamar para eu e você fugirmos daqui, isso entra na regra de você me proteger, então sei que não vai recusa ajuda. ― Disse Rael. Lana apenas olhou de lado e fez um sim.

― Herdeiro você vai fugir assim? Não tem... Arg Lana Paraaaa urg...! ― Isaac gemeu sendo imprensado outra vez. O poder que Lana continha agora não era algo que o menino loiro pudesse suporta.

― Não seja estupido Isaac, conheço você a pouco tempo mas sei que sabe se virar muito bem. Enfrentar alguém além dos seus limites seria muita estupidez não concorda? ― Perguntou Rael sendo paciente com o menino, por alguma razão ele sentiu necessidade de dizer aquelas palavras. Ele não queria ver esse garoto se auto destruindo sozinho mesmo que não se importasse tanto.

                Lana vendo que Isaac queria responder baixou um pouco a pressão, permitindo o mesmo respira um pouco e fala.

― Os inimigos sempre podem ser superados, eu aprendi isso depois de ler muitas novels... quero dizer, depois de ouvir muitas histórias... e a proposito Herdeiro...

― Já falei para me chamarem de Rael. ― Rael reclamou o interrompendo.

― Tanto faz cara. Eu lembrei de uma coisa. Uma jovem deusa bonita chamada Cristal procurou por você. Ela afirmava precisar de ajuda para destruir um ser chamado Cristalandio. Conhece algo sobre isso?

― O que? Onde você viu ela? Ela esteve aqui? ― O coração de Rael no mesmo instante disparou se lembrando dos maus momentos que teve com Violeta Devoradora.

― Eu vi ela no modo espiritual. ― Disse o garoto e tentou levanta mais foi imprensado  no chão novamente pela pressão de Lana. ― Lana da um tempo!... Arg...

― Só quando você me prometer não fazer nenhuma loucura! Prometa! ― Lana insistia.

― Eu não vou menti para minha futura esposa Arggg!... ― Isaac gritou de novo tendo a pressão aumentada.

― Lana deixe ele fala, isso é importante para mim. ― Rael não queria se intrometer na briga dos dois, mas ficou absurdamente curioso com essa história que Isaac tinha.

                Depois que Lana afrouxou a pressão o menino se levantou e sacudiu suas roupas.

― Poxa isso é jeito de tratar seu futuro marido? Caramba! ― Isaac era muito cara de pau e continuava provocando a mulher que por sua vez tinha um olhar gélido de volta.

― O meu trato era se você matasse! Não foi o que aconteceu então não serei sua esposa! É melhor você retira isso da mente! ― Gritou ela de volta e quase lançou uma nova pressão, mas se segurou devido o pedido de a pouco de Rael.

― Rael ela apareceu a mim de modo espiritual quando eu sai do corpo de alguma forma e não me pergunte como. Ela não sabia onde estava meu corpo físico, mas estava passando nas redondezas próximos aos outros planetas e disse que eu tinha o poder parecido com o seu. Ela disse que era filha desse Cristalandio e que precisava de ajuda para evita que ele transformasse todo o universo em morte com algum tipo de vírus. Foi isso. Agora eu não sei dizer se o desejo dela é genuinamente bom ou ruim, isso você mesmo precisa descobri caso a encontre. ― Explicou o garoto como se isso não fosse nada importante.

― ‘Como será que ela soube que eu estaria por perto? Será que já sabem que eu estou vivo e por isso tem essa tal nave também?’ ― Pensou Rael um tanto atordoado.

― Rael? Você conhece a moça? ― Perguntou Isaac vendo Rael em silencio.

― Agradeço por ter me contado, agora preciso ir. ― Disse Rael puxando Yara de volta que se tornou um emaranhado de energias e sumiu em contato com o peito dele.

                Rael não disse mais nada além, abriu seu portal e desapareceu entrando nele voltando para o seu quarto na pousada. Assim que chegou, ele abriu a janela e olhou a sombra acima.

― ‘Eu deveria fugi para mais longe ou fico e sacie-o minha curiosidade?’ ― Se perguntou Rael olhando a sombra que cercava o céu. Havia muitas pessoas na rua conversando e apontando a mão enquanto falavam para cima.

                Pelas promessas que ele tinha com todas as suas mulheres ele deveria se manter longe de problemas, no entanto, ele estava curioso para ver um pouco um dos supostos seres mais poderosos do universo.

― ‘Agora também tem a questão da mulher chamada Cristal que pode ser filha de Cristalandio, não da pra saber o que ela quer como o próprio Isaac disse, de todo modo, não vou me expor, não tenho poder para enfrentar seres como ela caso seja preciso.’ ― Rael pensou enquanto mantinha os olhos na nave. Ele sentiu algumas energias saindo dela e entendeu que cultivadores acima do reino final estavam se aproximando. Eles não estavam vindo exatamente na pousada, eles desciam na direção da capital.

― ‘O poder deles é tão intenso que até de tão longe eu posso senti-los!’ ― Rael ficou surpreso. Eram pelo menos sete auras muito maiores que um reino final e ao que parecia, estavam indo em direção a capital. Rael não fazia ideia do que se tratava, mas ele não planejava ficar por fora do que ocorria. Ele abriu um portal e saltou para dentro se dirigindo para a capital para acompanhar o que iria acontecer. Rael tinha convicção que se precisasse poderia fugir a qualquer momento.

__________________________________________
Se quiserem saber mais sobre Isaac e Lana, curtam a página do facebook de Existencia Ilimitada e comprem o livro. Mais detalhes na postagem da página.

https://www.facebook.com/SoliverBruno/

Vocês se sairam bem no facebook por isso soltei o cap msm n tendo batido a meta de comentários. Agora para o próximo quero 75 curtidas na postagem do face e 75 comentários. Desafio valido até amanhã a noite as 17:00 . Assim que a meta for atingida o capítulo será liberado.

Um pouco mais da história do Herdeiro é contado em EI, Lana e Isaac conversam sobre ele e isso não mostra nessa novel, apenas em Existência Ilimitada, saiba mais adquirindo o livro.

Por Lord Letal | 20/01/19 às 17:10 | Ação, Aventura, Fantasia, Romance, Brasileira, Poder, Harém, Drama, +18