CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 349 - Aviso da Chegada da Deusa

O Herdeiro do Mundo (HDM)

Capítulo 349 - Aviso da Chegada da Deusa

Autor: Edson Fernandes | Revisão: Fabio Ferreira

Rael soube através de Yara o que havia se passado momentos depois de sua última frase, agora ele entendia porque os Jason e os inimigos estavam com medo.

― ‘Enquanto eu apaguei meu corpo foi assumido por alguma coisa que se denomina meu servo ou coisa do tipo e matou todos eles facilmente.’ ― Pensou Rael diante das imagens passadas por Yara. ― ‘E essa entidade usou meu corpo como se ele fosse muito mais poderoso do que verdadeiramente é.’ ― Rael teve essa certeza, isso porque a entidade em questão não usou nenhuma técnica de velocidade ou força, era como se ela só usasse os atributos puros de Rael sem aumentar nada.

                Enquanto Rael avançava flutuando na direção dos homens, eles recuavam na mesma velocidade mantendo Rael distante. Rael percebeu que eles haviam perdido o espirito de luta e seus corações foram dominados com o medo, depois do que viram, eles não acreditavam na possibilidade de ter uma mera chance de vencer Rael.

― ‘Eu achei que a habilidade das violadoras de me dar poder depois de matar tinha sumido, me enganei, droga, isso foi a primeira coisa que saiu do meu controle. Dei tanta atenção a tudo e esqueci algo tão simples.’

                Rael era o herdeiro e sua mente era boa para memorizar conhecimentos, mas isso não significava que ele estava pronto para tudo. Nesses últimos dias ele tinha liberado uma série de técnicas e habilidades especiais, não tinha como dar atenção a cada uma delas.

― Chefe eu sinto muito, eu não quero morrer aqui! ― Um dos homens de Jason do primeiro grau gritou e saiu voando em alta velocidade, ele usou todo seu poder para impulsionar velocidade e partiu.

― Nem eu! ― Outro gritou e saiu voando na outra direção, em seguida os outros dois, mas esses nem se quer avisaram. Jason trincou os dentes e recuou com mais velocidade dando início a própria fuga. Ficou claro que ninguém podia enfrentar Rael e seria suicídio tentar. Jason preferiu arriscar sua reputação e fugir, do que ficar e morrer tentando matar Rael.

― ‘Que merda! Eu não queria que eles fugissem, agora perde um pouco a graça das coisas.’

                Rael teve que se contentar com o resultado conseguido. Ele ativou duas técnicas de velocidade e ativou sua Espada Sagrada. Seu braço direito foi transformado em uma espada azul, como se as pontas dos dedos de Rael virassem uma lâmina. O braço direito de Rael também tinha crescido de tamanho.

― Já que você está fugindo assim, não me deixa outra escolha a não acabar com você de uma só vez. ― Disse Rael com seu corpo tomado de poder das leis. Com a Espada Sagrada ativada, o poder de Rael era aumentado em diversas vezes.

― Maldição! Eu não vou morrer hoje! ― Jason gritou vendo Rael se aproximar com velocidade. Ele parou de fugir e se virou reunindo os dois núcleos na frente de suas mãos apontadas para Rael.

― Morra seu maldito! ― Jason gritou após juntar rapidamente um amontoado de energias, Rael já estava bem perto quando ele lançou um poderoso feixe de luz cinza que cortou o ar. Parecia um ataque simples, mas arvores embaixo foram arrancadas e os terrenos em volta se encheram de buracos, rochas voaram e no céu acima as nuvens se espalharam. Esse era um ataque poderoso de um ser no segundo grau após o renascimento, ele não teve tempo de juntar mais energia, porém, aquele ainda era um ataque muito poderoso.

― ‘Vamos testar minha defesa.’ ― Pensou Rael e avançou contra o ataque tentando defender ele com o braço esquerdo e uma técnica de energia ativada.

BOOOOOOOOOOM! O ataque explodiu no braço esquerdo de Rael e por uma respiração conteve todo o seu movimento. Rael não sofreu nenhum arranhão apesar de ter sido barrado. O ataque era muito poderoso, o ataque mais poderoso que Rael já sofreu até hoje. Graças a pedra da terra e a sua ativação da Espada Sagrada ele não sofreu nada.

― Isso não pode ser verdade... ― Jason estava horrorizado com a cena de ver Rael saindo ileso de seu ataque.

― O que é você!? Como pode ser tão poderoso!? ― Jason gritou nervoso.

― Eu só vou te dizer uma coisa, irei atravessar essa lâmina em seu peito. ― Disse Rael mostrando seu braço direito azul transformado em lâmina. Quando seu braço foi transformado, a manga que cobria o braço se desintegrou virando cinzas, o braço estava completamente exposto.

                Jason sorriu amargamente sem entender como um cultivador poderoso como ele, não estava dando conta de um mero reino final renascido. Ainda assim, ele não ficou parado esperando a morte, conjurou sua melhor técnica de defesa, um grande escudo espiritual cinza que ficou flutuando em sua frente e em seguida sacou um escudo físico de seus itens. Esse era um escudo vermelho e cheio de poder das leis. Rael analisou em um instante as duas defesas formadas por Jason enquanto avançava como um borrão e em vez de ir de lado, ele foi de frente. Rael perfurou de frente quebrando o escudo espiritual como se fosse uma faca quente atravessando manteiga, o segundo escudo físico teve apenas uma pequena resistência antes de ser atravessado e em seguida o peito de Jason.

― Acho que estou bem mais forte do que eu esperava, nem precisei ativar a armadura magica de dragão. ― Disse Rael despreocupado enquanto puxava a lâmina de volta do peito de Jason. O peito dele se explodiu em jatos de sangue enquanto seus olhos estavam arregalados, ele suava e sua boca estava aberta soltando gemidos dolorosos. Isso durou apenas poucos segundos, ele logo desabou do céu enquanto Rael já iniciava a análise de seu bracelete que havia acabado de furtar momentos depois de retirar a lâmina.

― Huuum nada mal para alguém do seu nível. ― Disse Rael satisfeito vendo o corpo de Jason agora quase no chão.

                Rael não se preocupou mais. Ele voltou para seu grupo e um a um removeu as barreiras. Depois mirou a mão e destruiu a matriz de ocultação, revelando assim o local em que estavam para todos.

                O grupo de Rael tinha um olhar de grande respeito e medo por ele. Eles viram em primeira mão todos os acontecimentos com exceção dos últimos sobre os quais Rael esteve longe. Rael teve tempo de fazer seu braço voltar ao normal e recuperar a manga de suas vestes, fazendo parecer que elas nunca foram desintegradas. Yara era a única a não ficar surpresa e manter sua expressão natural.

~ * ~

                Após esses acontecimentos acima houve um tumulto em todo o continente e o clã Garras de Ouro foi pressionado por todo o resto. Foi constatado com ajuda de Rael que apontou alguns suspeitos a ligação direta com o clã Punidores Noturnos. O Imperador usando seu poder baniu e mandou acabar com o clã Garras de Ouro, uma vez que eles haviam feito um ataque direto contra membros mercadores e alquimistas, haviam perdido o direito a paz. Eistam caiu ainda mais em seu nome e Elvira, abandonou o marido pedindo separação depois de humilha-lo e chama-lo de inútil.

                Depois desses acontecimentos acima o clã Punidores e Garras de Ouro deixaram de existir e isso tudo em poucos dias. A fama de Rael se espalhou e ele conseguiu o que queria. Ele tinha acesso a todas as pessoas mais importantes e fazia bons negócios. Ele continuou aprimorando sua alquimia e melhorando seus elixes e itens através de novos ingredientes que não paravam de chegar. Manteve Vanda do mesmo jeito, deixando agora a moça se virar com seu cultivo e suas melhorias na alquimia e a vida seguiu.

~ * ~

                Um total de dois meses se passaram. As violadoras ainda não haviam conseguido todos os itens, devido algumas situações e por isso não conseguiram chegar a Rael. Rael por outro lado estava bem, ele tinha todo o continente em seu controle, muitos sabiam de sua força e seu cultivo já estava no reino final nível cinco. Depois do reino final que cada nível podia demorar anos, e Rael estava demorando dias para conseguir passar graças a todo seu conhecimento. Ele era como a estrela mais brilhante de todo o continente e conseguiu isso tão rápido que era quase inacreditável.

― ‘Pena que eu não conheci nenhum dos cultivadores no terceiro grau de poder.’ ― Pensou Rael um pouco chateado. Esses cultivadores ainda eram um mistério para Rael, mas ele considerou que não seria difícil derrota-los, se um do segundo grau ele derrotou tão facilmente.

                O imperador tentou aproximar os laços de Rael fazendo convites e Rael aceitou alguns, as princesas tentaram seu melhor para atrair amorosamente a atenção do menino, mas isso era deveras difícil, Rael não tinha intenções sexuais e tão pouco desejo de aumentar seu número de mulheres, tudo acabou apenas em diplomacia amigável.

                A única preocupação de Rael era a deusa Eurina, se ela aparecesse com ele sem suas violadoras, poderia ser um problema.

― ‘Mas somente se ela me descobrir, eu não seria tão burro de deixá-la saber quem eu sou.’ ― Pensou Rael. Todos os dias ele olhava o seu selo de mercador em seu peito, se a pedra ficasse vermelha era sinal de que ela estaria chegando.

                Rael continuou cultivando e progredindo, treinando suas técnicas sem alvo. Ele as vezes tinha vontade de pedir ajuda a Edéia, porém como poderia fazer ela saber de seu poder ele preferiu continuar treinando sozinho, usando muitas vezes seu próprio clone.

                A ativação da armadura de dragão era estrondosa agora, o poder que ele retinha agora devido ter parte de um núcleo como sua formação era enorme, era cerca de três vezes mais poderosa que antes e sua resistência muito maior. Rael ficou impressionado com o poder que o núcleo de um mundo poderia fornecer. Roram havia dito que aquilo era somente uma parte, e uma parte bem pequena de um mundo pequeno.

― ‘Se eu montasse uma armadura magica de um núcleo inteiro o que isso se tornaria?’ ― Rael não conseguiu deixar de pensar nessa possibilidade. Dentro da lógica, era impossível usar um núcleo inteiro numa armadura magica, não tinha como dar certo, mas na cabeça de Rael rolava algumas ideias. É claro que Rael não sairia para roubar algum planeta, ele jamais poderia fazer isso, mas ele poderia conseguir um núcleo ou até...

― ‘Construir um, se eu tiver todo o material necessário, posso fazer meu próprio núcleo.’ ― Pensava Rael. Cultivar, recuperar seus poderes e sua memória era parte fundamental, mas criar meios de obter um poder ainda maior também era necessário. Diferente de antes, Rael não pretendia se segurar, ele iria fazer uso de todo seu poder para alcançar a sua vingança contra todos aqueles que destruíram seu antigo eu.

                Mais alguns poucos dias se passaram e em uma certa manhã, Rael acordou e viu a luz vermelha brilhando em seu peito. A luz estava bem fraca e pequena, mas era o sinal claro que Eurina estaria chegando. Isso fez com que todos os mercadores de todas as três sedes corressem às pressas para suas melhores ideias. O mercador que oferecesse a deusa Eurina a melhor criação, seria beneficiado com um prêmio de retorno ao qual ela sempre daria para o melhor. Todos eram obrigados a fazer uma oferenda para ela de alguma criação ou até mesmo de algo raro que conseguiu, todos das sedes sem exceção deveriam agraciar a deusa com um presente. Por tanto, em sua visita era sempre muita correria e estresse.

                Rael avisou as mulheres em sonho que a deusa chegaria em poucos dias, as violadoras não tiveram o que fazer, faltavam apenas dois itens para elas conseguirem completar o portal e chegar até Rael, o problema era que o planeta em que estavam não tinha esses itens. Alice tinha saído voando pelo universo para encontrar um planeta onde pudesse achar os itens, Violeta e Emilia estavam na espera protegendo o portal que estavam criando. No planeta em que estavam as duas já tinham dominado tudo. Elas cobriam todo o corpo e usavam máscaras para não atraírem a atenção.

― Desde que os homens não nos vejam, o nosso poder de sedução não funciona, podemos ficar praticamente invisíveis. ― Violeta tinha explicado. É claro que elas também não usavam sua transformação em qualquer ponto, fazer isso entregaria suas identidades. Os outros mundos comuns acima tinham muitas informações sobre violadoras, deuses ou seres místicos, era perigoso fazer qualquer exposição desnecessária.

                Rael não sabia o que fazer em relação a deusa Eurina, ao que ele soube, ela não conversava muito, não era muito social apesar do que falavam dela. Ela mandava todas as sedes se reunirem no mesmo local e seus membros deveriam fazer oferendas. Nesse meio tempo só se aproximavam pessoas que ela dava ordens, ninguém tinha o poder de chegar e falar para ela por exemplo, que agora existia um novo prodígio. Por isso, Rael não precisava ficar tão preocupado. O restante das pessoas poderia ir até o local e adorar a deusa de forma respeitosa.

O local criado para ela, tratava-se de uma enorme praça a céu aberto, que só era permitido a visita de pessoas nos dias marcados que a deusa se fizesse presente. O máximo que era feito antes da chegada dela, era uma limpeza ao local com cultivadores poderosos vigiando para ninguém quebrar as regras ou desrespeitar o local de alguma forma. Rael conseguiu direito a uma visita enquanto as pessoas limpavam, e pôde ver de longe o local em que a deusa supostamente esteve em todas as últimas visitas. Ela ficava no centro da praça, na parte mais alta, todos os membros da sede ficavam mais próximos que as visitas, eles ficavam em círculos em volta do centro. As visitas ficavam mais longe.

― ‘Para que tudo isso por uma mera deusa?’ ― Rael não conseguiu deixar de se fazer essa pergunta. Ele partiu do local sem achar nada demais. A deusa Eurina não estava em sua lista, mas ele não ia baixar a guarda.

                Conforme os dias se passavam as procuras por itens aumentavam e Rael fez uma ótima grana vendendo itens ainda mais caros. Todo o dinheiro que Rael conseguia ele investia em mais ingredientes raros para fazer mais coisas. Ele sabia que poderia sair desse planeta a qualquer momento, por isso, não adiantava juntar muito dinheiro local. Sempre Rael tinha uma quantia subjetiva, ele já investia em algo que poderia ser usado em qualquer lugar que fosse.

                O dia da visita havia chegado e os selos pararam de brilhar, o que significava que a deusa já se fazia presente. Naquela manhã, as pessoas estavam ansiosas, algumas mal dormiram. Foi ouvido a convocação da deusa em todas as três sedes e a correria começou. Naquele dia a tarde, todos deveriam se reunir para fazer suas oferendas. A melhor oferenda ganharia um presente da deusa.

― ‘Eu posso sentir a energia dela vindo da capital, é tão pura e intensa, completamente diferente da de um cultivador comum.’ ― Rael pensou. A deusa estava a vários quilômetros de distância, mas era possível sentir a aura dela devido à alta intensidade de seu poder.

                Rael já sabia como era a aura de um deus devido suas lembranças, como uma parte já havia voltado ele já tinha mais ciência.

― ‘As deusas não são tudo aquilo que Violeta pensava, agora que eu já entendo bem sobre isso não vou cair seduzido por nenhuma delas.’ ― Rael teve esse pensamento.

Rael pensou sobre o presente dado pela deusa, e decidiu que não valia a pena se esforçar para ganhar, era melhor não chamar atenção, então ele somente faria sua oferenda normal e a veria de perto sem correr riscos de ser descoberto. Com o medalhão de Seimon, ele continuava confiante de que não seria descoberto.

― ‘Tenho certeza que Infinita foi um caso à parte.’ ― Pensou Rael.

___________________________________________________________________________

Temos um grupo fechado "Pago" que estamos quase em 530 capítulos sendo lançados de 14 a 16 por mês. Esse grupo não tem nenhuma ligação com Saikai ou qualquer outro grupo de lançamentos, é apenas o autor "Eu" e os apoiadores que fazem as ações mensais para manter o andamento dos capítulos. Para fazer parte desse grupo e ler os outros títulos que estão mais adiantados em mais de 160 títulos, basta fazer uma doação de 20,00 reais. Caso interesse tenha entre contato com o wasap (11) 9990-19307

(Com uma doação de 20,00 você tem acesso a + 170 capitulos ineditos)

Lançamento 1 capitulo semanal.
Existencia Ilimitada o livro de Isaac tambem pode ser obtido atraves de mim para quem quiser 

Por Lord Letal | 20/09/20 às 01:12 | Ação, Aventura, Fantasia, Romance, Brasileira, Poder, Harém, Drama, +18