CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 359 - Sem Saída

O Herdeiro do Mundo (HDM)

Capítulo 359 - Sem Saída

Autor: Edson Fernandes | Revisão: Fabio

Uma situação parecida foi passada por Rael e os demais quando Violeta devoradora surgiu naquela época, uma situação de um inimigo muito mais poderoso que o normal. Hoje a mesma coisa estava ocorrendo diante dos olhos de Rael. Eles agora tinham Alexia como apoio e nem a mesma estava conseguindo fazer qualquer coisa, pelo menos nos primeiros movimentos ela não teve chances.
— Se tivessem apenas se rendido como eu pedi, teria sido muito mais fácil para todos nós. Agora terei que limpar uma bagunça e contar uma mentira bem inconveniente. — Disse o mesmo sempre com seu jeito sério imutável.
Alexia explodiu outra grande quantidade de poder e saiu voando como um borrão para a direção de Carlos. A Soberana parecia ter feito mais algum tipo de liberação no corpo porque seu poder tinha sofrido mais algum aumento.
— Oh vejam só, então você ainda estava escondendo um pouco mais de poder. — Disse Carlos sempre de forma monótona.
— ‘Violeta e seu clone? A alma dela está bem?’ — Perguntou Rael preocupado.
— ‘Sim não se preocupe, está se recuperando dentro de mim’. — Explicou Violeta porque os demais estavam preocupados.
BOOOOOOOOOOOOOOOOOOM!
O ataque de Alexia explodiu em cheio contra o braço estendido de Carlos que dessa vez não fugiu. Uma enorme quantidade de fogo e energia soprou em todos os arredores deixando todos chocados.
— Isso é tudo que você tem? A suposta última de sua raça? — Perguntou Carlos sempre com a mesma expressão sem graça.
— Não chega nem perto do Maximo que eu tenho. — Disse Alexia abrindo um sorriso e seus olhos irradiaram uma luz vermelha muito mais poderosa que antes, o braço de Carlos tinha sido segurado depois do ataque e ele não conseguiu fugir. Alexia se transformou em um enorme pilar de chamas que consumiu toda ela e Carlos.
O restante dos homens de Carlos e os demais ficaram surpresos com a estranha reviravolta no ataque de Alexia. Um vulto saiu voando para o lado pegando fogo saindo de perto do pilar de fogo principal e perceberam ser Carlos. A face de Carlos estava um pouco queimada e o braço segurado dele estava queimado como carvão, sendo que toda sua mão havia sumido.
— Isso é impossível... — Disseram alguns homens do grupo de Carlos.
— ‘Você conseguiu Alexia...’ — Rael elogiou mentalmente.
A Soberana deixou seu corpo voltar ao normal. Agora ela estava completamente nua, uma menina com cerca de doze anos nua, diante de várias pessoas. A única coisa que restou de suas chamas foram seus olhos ainda vermelhos.
— Você pagou com sua mão o preço por me subestimar. — Disse Alexia olhando Carlos. Ele não tinha perdido só a mão, seu rosto, seu pescoço, seus ombros e boa parte de suas roupas estavam queimadas, até seu óculos tinha sumido no processo.
— Isso dói um pouco. — Disse Carlos que ainda parecia despreocupado. — Estou impressionado que você ainda tinha todo esse poder escondido, infelizmente isso não chega nem perto do que precisa para me matar. — Após dizer essas palavras uma energia branca foi liberada de seu corpo e passou por todas as partes queimadas, curando e até refazendo as roupas queimadas. A mão de Carlos foi reconstruída e todo seu corpo voltou ao normal como se ele não tivesse sofrido se quer um mínimo arranhão, isso em questões de segundos.
— Eu estou muito acima de qualquer um de vocês, terão que fazer muito melhor que isso para me matar. — Disse Carlos e fez surgir novos óculos, os colocando de volta no lugar. Enquanto ele colocava os óculos de volta no lugar um vulto surgiu em suas costas o golpeando. A espada atravessou suas costas e saiu na frente. Rael tinha feito todas suas liberações de velocidade e poder para concluir aquele único e poderoso ataque, de forma que ele não pudesse errar ou dar chances para Carlos fugir.
— Você... — Carlos olhou surpreso de lado vendo Rael, depois virou-se e viu o outro Rael lá embaixo junto as meninas. A espada Sagrada esbanjava uma intensa energia dourada fazendo tremer todo o corpo de Carlos.
— E isso será que é suficiente para tirar sua vida? — Perguntou Rael por trás dele e puxou a espada. Carlos gemeu e saiu para frente flutuando e jorrando uma grande quantidade de sangue de seu peito.
Um silencio de morte pairava em volta, nem os homens de Carlos nem os membros do grupo de Rael disseram qualquer palavra. Carlos tossia e continuava jorrando sangue no ar como se estivesse prestes a perder sua vida. Enfraquecido, Rael fez sumir a espada e voltou de volta para o centro das meninas, deixando seu clone sumir.
— Cof cof cof! — Carlos cuspiu outra grande quantidade de sangue e depois seu corpo desabou sem vida do ar. O corpo do mesmo bateu no chão e parou de se mover, sangue ainda se espalhava, mas por alguma razão ninguém comemorava ou chorava pela morte do mesmo. A segundos atrás ele tinha se recuperado de um poderoso ataque, e por isso, talvez ninguém quisesse acreditar, achando que ele estava apenas fingindo todo aquele show.
— Ele morreu mesmo? — Perguntou Isabela.
— Estranho, os homens dele não estão fugindo. — Disse Keylla.
Alexia não suportando a curiosidade, flutuou até em cima do corpo do mesmo e lançou um jato de fogo que começou a consumir o cadáver. Nesse momento, linhas brancas começaram a sair do corpo do mesmo e irem de encontro a um dos homens do grupo de Carlos. As feições do mesmo mudaram e foram remodeladas, se tornando perfeitamente um novo Carlos. As linhas brancas sumiram completamente e o corpo embaixo havia desaparecido queimado pelo poder de Alexia.
— Foi a primeira vez que vi um clone meu ser morto de forma tão inusitada, confesso que estou bastante surpreso, não pensei que o próprio Herdeiro iria desferir o golpe que poderia ter acabado com a minha vida.
A expressão de Alexia e os demais do grupo de Rael era de pura descrença, quem ia esperar que até aquele momento eles estavam enfrentando um mero clone? Carlos fez surgir novos óculos e os recolocou de volta em seu rosto.
— Agora que tal acabarmos com isso bem rápido? — Perguntou o mesmo e sumiu diante de todos os olhos. Ele se moveu tão rápido que Alexia nem percebeu quanto ele já estava em suas costas, um mar de linhas brancas envolveu a pequena menina nua a amarrando e a forçando a ficar presa da mesma forma de Alice, ela até tentou lutar, mas não conseguiu. Seu pequeno corpo ficou ali preso no ar dentro de um casulo de energias brancas.
Se Alexia que era a mais forte havia sido facilmente contida por Carlos, o resultado para todos ficou obvio. Rael estava com aquela expressão de surpresa e ainda pensativo, tentando achar uma rápida solução para aquele problema.
— Merda! Temos que fugir, não da para enfrentar esse cara. — Disse Keylla e instintivamente segurou o braço de Rael para puxá-lo. Ela e Isabela não pensavam diferentes, elas deixariam todos perecerem e salvariam Rael, dariam até suas vidas por ele pelo próprio instinto de proteção que tinham para com o mesmo.
— Esperem, ainda há uma coisa que pode funcionar, não podemos abandonar todas elas dessa forma. — Disse Rael se soltando da mão de Keylla e evitando a de Isabela que também já iria puxá-lo. Também era evidente que se tentassem fugir não iriam conseguir, apenas a velocidade dos homens de Carlos já pegariam eles três.
— Você já usou a espada que era seu trunfo, o que mais da para fazer? — Perguntou Keylla ansiosa.
— Tem uma coisa que ainda posso tentar, só não sei como fazer pra funcionar. — Disse Rael se lembrando de quando ficou inconsciente e uma força misteriosa assumiu seu corpo despedaçando todos os seus inimigos que tentaram matá-lo naquela vez.
— ‘Seja qual for sua última idéia que faça rápido, porque não temos como vencer nem fugir desse cara.’ — Pensou Violeta e se preparando para o pior porque Carlos agora olhava para ela e para Emilia.
Rael tentou mergulhar em suas memórias para de alguma forma se apagar do mundo real e ativar aquele poder, porque foi dessa forma que ele conseguiu sem querer ativar aquele poder daquela vez, ele nunca mais havia tentado usá-lo nem o praticou por não saber controlar, mas sempre teve ele em mente para o caso de uma situação parecida como essa ocorresse.
— Vocês são as ultimas violadoras dele, que pena — Disse Carlos se aproximando voando.
Violeta e Emilia voaram para frente de encontro a Carlos com seus poderes ativados, prontas para usarem todo seu poder, numa última tentativa de conseguirem mais algum tempo para Rael.
— Ainda querem lutar? Vocês já deveriam ter desistido. — Disse Carlos sempre de forma séria.
Emilia usou seu cetro dirigindo explosões de gelo, raio e fogo contra Carlos que se deixou ser atingido para mostrar sua resistência. Depois Violeta surgiu como um vulto tentando cravar suas garras no peito do mesmo, mas elas não atravessavam se quer as roupas do mesmo.
— Vocês são muito fracas, sem a Soberana de vocês não existe a menor chance de me vencerem. — Disse Carlos ainda parado. Violeta tentou recuar quando linhas brancas saíram dos dedos de Carlos, mas ela não conseguiu a tempo, seu corpo foi pego, envolvido e destransformado, voltando a sua forma humilde humana. Violeta ficou ali presa como os demais, restando apenas Emilia que recuou um pouco para trás.
— Vou estudar o corpo de cada uma de vocês, sempre tive uma enorme curiosidade pelo Imperador Deus Demônio. — Disse Carlos olhando Emilia. Ele avançava flutuando e Emilia recuava sem saber o que fazer. Emilia sabia que não tinha poder para enfrentar esse monstro, ela já estava ciente que logo seria contida como as outras e presa.
— ‘Vamos funcione... funcione...’ — Rael mergulhava em suas memórias torcendo para perder a consciência como da última vez, por mais desastroso que parecesse a situação, esse parecia ser o único caminho para vencer Carlos.
— Me deixe perguntar, por que você quer estudar nossos corpos? — Emilia perguntou depois de fazer seu corpo voltar ao normal e parou de recuar, deixando seu cetro desaparecer. Ela pensou que poderia conseguir mais tempo conversando do que lutando.
— O que os homens poderosos mais buscam? Mulheres e mais poder, eu quero entender como ele era capaz de deixar mulheres bonitas, ainda mais bonitas. Dizem que não há prazer maior nesse mundo do que sentir o corpo de uma violadora. Outra dúvida que tenho também é entender como as violadoras não conseguem ter filhos.
— E você é um tipo de pesquisador? Gosta de descobrir coisas? — Perguntou Emilia parada.
— Sim, não sou o terceiro mais forte da Mesa por razões tão baixas. — Disse ele fazendo uma pausa e olhou em volta. — Eu já percebi que você está ganhando tempo, só não entendo o motivo exato disso, não vejo ninguém aqui capaz de elaborar alguma coisa para me derrotar ou conseguir fugir de mim.
— Existem tantas violadoras espalhadas, mas parece que somente agora você cruzou com algumas de nós. — Disse Emilia ignorando a parte que ele já sabia sobre elas.
— Já cruzei com outras antes, mas essa está em poder de alguém que não consigo tomar pela força. Em todo caso não vamos estender isso, não quero ninguém informado de que consegui pegar qualquer um de vocês. — Disse ele. Estendeu as duas mãos para o ar e liberou uma enorme quantidade de fios brancos que se espalharam pelo ar. Emilia pensou que seriam linhas que iriam para pega-la, mas ficou surpresa ao perceber que essas linhas foram de encontro aos seus homens vivos e mortos.
— Aaaaaaaaaaaaaaaaah! Aaaaaaaaaaaaaah! Aaaaaaaaaaaaaaaaah! — Gritos e gritos eram dados quando as linhas alcançavam os homens vivos. Eles eram envolvidos em casulos e seus corpos secavam até morrerem se tornando nada dentro dos casulos.
— Senhor espere, por que está me.... Aaaaaaaaaaaaah! — Outro foi envolvido e morto antes de conseguir escapar.
Um a um os homens foram mortos e sugados pelas linhas até não restar nem uma gota de sangue. Depois os corpos em volta deixando o local limpo, como se ninguém tivesse lutado ali naquele local.
— Por que matou seus próprios homens? — Perguntou Emilia.
— Por que eu confiaria neles? Vou levar vocês para um local onde somente eu sei, não posso me dar o luxo de confiar em meros homes humanos. Depois posso dizer que eles sumiram enquanto procuravam por vocês para todos os outros. — Disse o mesmo.
— E acha que vão acreditar nisso? — Questionou Emilia.
— Bom até que se prove o contrário terão que acreditar. — Disse Carlos e sem mais espera lançou suas linhas sobre Emilia que também foi envolvida em um casulo.
— Rael seja lá o que estiver fazendo é melhor ser rápido porque ele acabou de pegar Emilia. — Disse Isabela toda cheia de receio.
— Agora Herdeiro, só falta você e suas guardiãs. Eu serei aquele que terei acesso a todos os seus segredos e poder. — Disse Carlos flutuando na direção deles.
— Keylla não temos outra opção. Temos que lutar. — Disse Isabela para a morena do seu lado que concordou. As duas explodiram seu poder com suas quatro esferas de energia circulando seus corpos e avançaram de encontro a Carlos. Rael ficou sozinho ainda tentando domar sua mente para se apagar, mas não conseguiu, aquela ativação não parecia funcionar sobre sua vontade.
A luta entre as guardiãs durou pouquíssimos segundos. Isabela conseguiu se aproximar e usar sua parede de chamas, mas ela foi contida no corpo de Carlos que não recebeu qualquer dano, nem dela nem de Keylla. As duas logo tiveram seus poderes contidos e foram presas em casulos de teias de energia branca como as demais.
— Se tivessem no reino imortal vocês poderiam ter uma minúscula chance contra mim, mas dentro desse reino fraco vocês não são de nada. — Disse Carlos e começou a se aproximar de Rael.
— ‘Só me resta uma última coisa a se fazer.’ — Pensou Rael e segurou o pequeno cristal de vidro na mão. — ‘Desculpe depender de você Roram...’.
______________________________________________________
Funcionamento grupo fixo e embaixo desse grupo mensal.
Para entrar no mensal para quem nunca doou precisa passar pelo fixo.
Agora com uma doação de 30,00 você tem acesso até o capítulo 500
sem ser mensalidade, faça uma doação e tenha acesso ilimitado até o 500 sem
risco de ser expulso ou ter que doa de novo. Você entrará permanentemente em
um grupo que vai até o capítulo 500. Entre em contato abaixo pelo wasap!  (11) 99901-9307
__________________________________________________
A doação mensal também continua! Por 20,00 reais você tem acesso aos lançamentos
mensais mais recentes chegando até a 16 capítulos por mês! Estamos a caminho do capítulo 600!
Para entrar em contato somente via Wasap por esse numero --> (11) 99901-9307
lembrando que se for de fora do brasil deve acrescenta o 55 também antes do 11
Por Lord Letal | 03/02/21 às 13:31 | Ação, Aventura, Fantasia, Romance, Brasileira, Poder, Harém, Drama, +18