CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 13 - Pavilhão de Jade - Parte 3

O Livro da Ordem (LDO)

Capítulo 13 - Pavilhão de Jade - Parte 3

Autor: Urano | Revisão: JenX

A mão de Fang estrangulava o homem de olhos castanhos, fazendo-o se debater enquanto era levantado no alto.

O sujeito de íris azuis, que estava logo ao lado, entrou em um estado de choque. Apenas que velocidade foi essa? Ele nunca soube de alguém no terceiro estágio do Reino Terrestre que pudesse alcançar tal passo! Suas mãos tremiam e, em seu interno, começou a sentir-se inferior.

Enquanto o de olhos azuis estava preso em sua surpresa, o de orbes castanhos esperneava no ar. Tentou espremer algumas palavras de sua garganta, empenhando-se em puxar a mão de Fang para aliviar o aperto, contudo, seus esforços foram inúteis. “I-Irmão Hun... Me salve...” A voz dele escapou em um sussurro doloroso.

O sujeito chamado de Irmão Hun saiu de seu estado de torpor, o rosto se distorcendo em fúria. “Solte o Irmão Gu!” Ele rugiu, correndo para frente, sua curta espada de lâmina negra floresceu em uma estocada direta contra Fang.

O rapaz lançou lhe um olhar desdenhoso. Fang moveu suas mãos, agarrando uma das faquinhas que estavam presas na cintura do homem que estrangulava. Encarando a investida inimiga, o garoto soltou aquele chamado Irmão Gu, utilizando a faca que havia pego para refletir a estocada opositora, sem enfrentar o impacto de frente.

O corpo do Irmão Gu caiu no chão com um baque.

Enfurecido, o sujeito de olhos azuis avançou com sua espada curta, varrendo em um corte contra o oponente.

Todavia, como poderia ele alcançar a velocidade de Fang? O rapaz de cabelos escarlates recuou em um pulo.

Antes que o atacante pudesse reagir, ele viu um brilho metálico vindo por detrás da posição em que seu inimigo estava antes, bem onde ele havia atacado. Era uma katana longa, afiada, que cortava em sua direção.

Jian Linyu tinha vindo logo atrás de Fang, os dois realizando um movimento coordenado de forma perfeita. O Irmão Hun não teve tempo para reagir, seu movimento havia acabado de ser lançado e ele notou o ataque da garota tarde demais. Utilizando qualquer meio a sua disposição para esquivar-se, conseguiu evitar um ferimento grave, mas ganhou um corte que cobria seu peito, rasgando suas roupas e fazendo o sangue escorrer.

“Pirralha miserável!” O Irmão Gu se levantava do chão, ainda se recuperando do enforcamento. Vendo Jian Linyu atacar seu comparsa, ele se sentiu irado ao ponto de esquecer-se da dor em seu pescoço. Suas mãos correram, agarrando seis facas de arremesso entre seus dedos e lançando-as em uma maestria que só poderia ser encontrada naqueles que treinavam por anos.

Mas para infelicidade do Irmão Gu, a menina não estava lutando sozinha.

Quando viu o homem pronto para lançar suas facas, a mente de Fang adiantou-se. Ele agarrou uma das mesas de madeiras e lançou-a na direção em que as facas estavam indo. Algumas das faquinhas cravaram no móvel, outras foram refletidas e caíram no chão, mas nenhuma atingiu Jian Linyu.

O Irmão Hun, apesar de ter sido ferido, era um praticante no sétimo estágio do Reino Terrestre, um corte não faria sua força de combate despencar. Ele suprimiu a dor e atacou, sua espada curta avançando na direção da jovem. 

“Tch.” A garota sabia que ter tirado sua katana não foi o ideal. O tamanho longo da arma limitava seus movimentos quando em um lugar fechado.

Sem nem mesmo tocar seu colar, uma arma diferente, mas semelhante, apareceu em sua mão. Era uma wakizashi* já desembainhada, que possuía a mesma forma curvada de sua katana, mas bem mais curta e rápida, o que era conveniente para se usar num ambiente fechado. N.A: Wakizashi, também conhecida como Oo-wakizashi ou Naga-wakizashi, é uma espada curta japonesa, usada em conjunto com a katana pelos samurais. https://cdn11.bigcommerce.com/s-efe0x2hvzk/images/stencil/1280x1280/products/3628/7660/uc3192__65843.1566585971.jpg?c=2

Sua katana havia sumido no instante em que aquela espada menor surgiu, então ela não precisou se preocupar com mais nada. Cortando para frente, conseguiu defender-se a tempo do ataque opositor. O som de metal colidindo alastrou-se por todo o salão.

Com Linyu se envolvendo em um combate com o Irmão Hun, Fang não pôde ficar para trás, ele correu em direção ao homem de nome Gu.

Observado essa cena, o sujeito de olhos castanhos engoliu em seco, retirando outras três faquinhas de sua cintura e arremessando todas na direção de Fang.

Os cabelos do garoto dançaram em conjunto aos seus movimentos errantes, um traço de luz rubra era deixado para trás por seus olhos enquanto pulsavam em tom rubi. Ele se esquivou das três facas pulando, girando e se agachando, enfim prosseguindo com sua investida.

O Irmão Gu se desesperou, retirando outras armas de arremesso de uma bolsinha que carregava na cintura. Eram agulhas metálicas, que brilhavam com uma luz esverdeada, parecendo conter um líquido estranho.

“Agulhas venenosas?!” Fang se surpreendeu, tornando-se mais alerta.

Para cultivadores do Reino Terrestre que não poderiam usar as extravagantes habilidades de combate com Energia Espiritual, sua única opção era o combate corpo a corpo, então vários deles acabavam optando por usar armas de suporte como essas agulhas envenenadas.

O rapaz não poderia deixar-se ser acertado por isso, senão seria seu fim.

Fuush! Fuush! Fuush!

As três agulhas uivaram, cortando o ar na direção de Fang. O garoto pulou para o lado em um rolamento, derrubando uma mesa e escondendo-se atrás dela. O som de agulhas cravando-se na madeira soou, o que fez com que os cabelos da nuca de Fang se arrepiassem e, em sua cabeça, ele já estava bolando um plano de ação.

Enquanto isso.

Vários cortes sangrentos cobriam o Irmão Hun, enquanto o corpo de Jian Linyu permanecia intacto.

“Desgraçada, eu vou matar você!” Veias pulsaram no pescoço do homem de olhos azuis e ele atirou sua espada em direção à garota.

Jian Linyu avançou com sua wakizashi, refletindo a arma inimiga para longe. Aquele ataque desajeitado não tinha como acertá-la em primeiro lugar.

Contudo, isso havia sido apenas uma distração.

Boom!

O som de uma explosão soou quando o Irmão Hun lançou algum tipo de saco estranho no chão. Pó branco estourou a partir daquela bolsa, cobrindo o campo de visão da garota, o que fez com que um sentimento de crise brotasse em seu coração.

Seus olhos se arregalaram e ela elevou seu estado de atenção, até que sentiu uma frieza em suas costas, seguido pelo som de passos rápidos. Seu corpo girou para trás, enquanto movia o braço em diagonal.  De alguma forma, pôde defender-se da investida surpresa, mas sua guarda agora estava aberta devido à defesa desajeitada.

O que ela havia evitado era outra estocada com espada, só que agora o Irmão Hun utilizava uma lâmina ainda menor. “Tch, desgraçada.” O homem de olhos azuis falou, antes de recuar, se camuflando na nuvem de fumaça branca e esperando por outra oportunidade para atacar.

Fang, que observava de relance essa cena, se sentiu preocupado. ‘ A Linyu tá com problemas... ‘

Ele se virou e rangeu os dentes. Estava sendo assaltado pelos ataques à distância do Irmão Gu, mas havia chegado sua vez de se mover. Ergueu a mesa com seus braços, usando-a com um escudo enquanto corria na direção de seu inimigo. “Haaaah!”

‘ Merda! ‘ O outro sujeito xingou em seu coração. Esse ambiente cheio de coberturas não favorecia em nada seu método de combate! O Irmão Gu se jogou para o lado, esquivando-se da investida do inimigo. Contudo, agora que estava caído, era um alvo fácil.

Fang, que pôde observar bem essa mudança nos acontecimentos, não perdeu a chance. Quando o homem se jogou no chão, ele aplicou toda a força em seus pés e estacionou sua corrida, logo após transferindo essa força para os braços. A mesa voou pelo ar, atirada na direção do Irmão Gu!

Caído no chão e incapacitado de se defender disso, só conseguiu amaldiçoar sua própria falta de sorte enquanto era atingido pela madeira. O móvel se quebrou em vários pedaços, enquanto um ferimento sangrento foi deixado na cabeça do de íris castanhas.

Ele sentiu sua consciência girar e vacilar, a dor penetrando seu crânio. Quando perdeu toda sua capacidade de revidar, Fang foi até ele, agarrando-o pelo pescoço e roupas, parecendo segurar uma tora de madeira. O olhar do garoto traçou a área e travou na região do andar que estava coberta por uma fumaça esbranquiçada.

Como o salão principal era grande, a fumaça não foi capaz de se difundir por todo o local.

“Linyu!” Ele gritou, correndo em direção a nuvem de gás e jogando o corpo do Irmão Gu na direção dela.

O homem de olhos castanhos se sentiu como uma pipa quebrada enquanto era atirado pelo rapaz, atravessando o andar principal e passando através do vapor branco com uma corrente de ar, o que abriu um buraco na fumaceira. O vento fez com que a nuvem de gás começasse a se dispersar, espalhando-se pela área.

Para Jian Linyu, isso foi como um salvador de vidas. A visão dentro do vapor se tornou mais clara e ela pôde distinguir uma silhueta vermelha avançando pelo seu flanco direito.

Sua wakizashi enfloresceu.

Era preciso saber que a garota fora alguém que se focava muito mais em velocidade de ataque do que poder explosivo, então, um cultivador comum no sétimo estágio como aquele homem sequer valia um olhar em frente a ela. A espada dele foi repelida e o Irmão Hun sentiu sua mão entorpecer-se, o que o fez soltar sua arma.

Jian Linyu não hesitou, suas pernas se moveram e ela enviou um chute contra a face do homem, sua sapatilha esmagando contra o nariz dele.

Sangue espirrou e o sujeito de orbes azuis voou para trás. Por coincidência, o lugar em que ele caiu era logo ao lado de onde o Irmão Gu pousou ao ser atirado por Fang. Agora, ambos tinham expressões dolorosas e estavam machucados dos pés a cabeça.

Fang e Jian Linyu olharam de forma fria para esses dois, um toque de raiva ainda presente em seus rostos...

...

Em algum lugar nas sombras profundas da noite, uma figura peculiar estava escondida.

Era um rapaz de aparência comum, mas sua silhueta estava nublada em meio à escuridão, camuflando-se nela. Encontrava-se no topo de uma árvore, observando a luta que ocorria dentro do andar principal do Pavilhão de Jade com interesse em seu rosto.

A pessoa de cabelos castanhos e olhos de mesma cor segurava um tipo de dispositivo dourado em sua mão, que possuía a forma de um anel, gravado com algumas palavras irreconhecíveis e ideogramas estranhos. O artefato brilhava, mas a luz fora camuflada pelas sombras que envolviam o jovem, desta forma impedindo que sua posição fosse alertada. “Líder de Divisão, é como eu disse ao senhor, o talento desse rapaz é insondável...” Bo Chang falou.

Uma voz grave, titânica, soou nos ouvidos dele e, quando surgiu, o aparelho pareceu brilhar um pouco mais, isso porque essa voz vinha deste artefato, que era chamado Anel de Transmissão. “Você está me dizendo que esse garoto suprimiu alguém do sétimo estágio, mesmo que seu cultivo mal tenha alcançado o terceiro grau...?”

Bo Chang pareceu se divertir com essa reação, seu sorriso se intensificou. “É isto mesmo.”

“Ridículo!” O homem do outro lado da linha pareceu indignado. “Mesmo que estivéssemos falando de Gao Fei, ele não seria capaz disso enquanto estava no terceiro estágio, então como um camponês aleatório poderia?!”

Bo Chang tentou conter seu riso. Estaria sendo desrespeitoso para com o Líder de Divisão se começasse a rir. “Este garoto Fang não é nada simples, mesmo que eu esteja no Reino Correnteza, ainda não consigo ver através dele... E também tem aquela coisa em sua testa, é a primeira vez que vejo, mas parece ser o que o ajuda a pular níveis para lutar...” Observava de longe a cena dentro do Pavilhão de Jade, pensando que era uma pena que não pudesse ver mais de perto para analisar a marca na testa de Fang.

“Tch. Se essa marca que você fala guarda algum segredo, esse jovem é muito descuidado em sair mostrando por aí!” A indignação na voz do Líder de Divisão não havia cessado. “De qualquer forma, mesmo que seja talentoso, ainda vai morrer se for contra a Facção Rocha Vulcânica.”

Bo Chang assentiu. “Isso é fato. Pergunto-me quantas bolas esse pirralho tem para atacar dois Rocha Vulcânica desse jeito... Mas há outra coisa me preocupa, nem ele, nem aquela garota parecem ter matado alguém antes. Se deixarem esses dois homens saírem vivos hoje, seria problemático.”

“E o que vai fazer? Aparecer para ajudar? Matar os dois Rocha Vulcânica nas sombras?” A voz do Líder de Divisão continha um óbvio sarcasmo.

“Hehe, o Líder da Divisão me subestima. Tenho um plano muito melhor.” A voz de Bo Chang pareceu se tornar mais divertida enquanto prosseguia com sua sentença. “Se aqueles dois saírem vivos, com certeza vão voltar correndo para reportar isso a um general da facção e então a Cidade Flor de Cerejeira será atacada... Mas essa não seria a chance perfeita para nossa Divisão Branca agir?”

O Líder da Divisão soltou um “Oh!”, exclamando em compreensão. “Muito bem. Um gênio capaz de atravessar vários níveis para lutar é algo que nosso setor não pode se dar ao luxo de perder. O que é mais uma rixa com aquelas pedrinhas flamejantes se nós já estamos em guerra? Vou enviar algumas tropas para esta cidade logo, contarei com você para supervisioná-las...”

Bo Chang sorriu. Seu plano estava entrando nos eixos.

“Claro, não irei decepcionar o Líder da Divisão...”

Por Urano | 15/09/20 às 13:49 | Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Romance, Xuanhuan