CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 12 - Ligação da Alma

O Príncipe das Trevas (PDT)

Capítulo 12 - Ligação da Alma

Autor: Kouhei Kagami | Revisão: yuukari

O grupo de estudantes foi interrompido pelo som de alguém chegando. Notando quem era, todos sentaram imediatamente em seus lugares. Li Shui se virou para Yu e acenou com as mãos, passando uma mensagem dizendo que mais tarde terminariam o assunto anterior.

Enquanto isso, o homem com aparência beirando os quarenta anos encarou todos os estudantes. Alguns sentiram arrepios vendo a enorme cicatriz no lado esquerdo de seu rosto, outros sentiram profundo respeito.

Por causa da cicatriz que se estendia até a parte superior de sua cabeça impedindo com que crescessem fios de cabelo numa determinada área, parte de seu rosto era deformada. O homem mantinha sua cabeça raspada, já que não cresceriam novos fios.

“Saudações, Mestre Ghuo Ren.” – Disseram todos em uníssono.

“Em seus lugares.” – Assentiu Ghuo Ren.

“À partir de hoje, essa turma irá contar com a presença de um novo estudante. Por favor, se apresente.”

“Sim, mestre!” – Respondeu Yu se levantando.

“Me chamo Yin Yu Xiang, venho da Floresta Transcendental. É um prazer conhecê-los.”

“Apresentação simples, porém boa. Muito bem, pode se sentar.”

“Sobre minha instrução de hoje, ela será um pouco diferente, como todos já foram notificados. A pedido do diretor, irei conduzi-los em suas ligações da alma. Portanto espero que todos tenham trazido seus artefatos.”

“Mestre Ghuo.” – Disse Lin Yaoiyin levantando seu braço.

“Sim? Algum problema, senhorita Yaoiyin?”

“Na verdade, como é a primeira instrução de Yu, acredito que ele não esteja preparado para fazer uma Ligação da Alma.”

“Hmm” – Murmurou Ghuo Ren.

“O que você tem a dizer?” – Perguntou Ghuo Ren em direção a Yu.

“Mestre Ghuo, na verdade eu possuo um artefato. Se me permite, eu poderia buscá-lo em meu quarto.”

Ghuo Ren sorriu satisfatoriamente com a resposta de Yu. Atualmente a Cidade das Chamas é um local extremamente pobre, por isso é difícil para estudantes normais obterem algum artefato, mesmo que sejam da classificação comum.

Todavia, Yu, apesar de ser um novo estudante, já possuía um artefato. Isso fez com que Ghuo Ren o autorizasse a buscá-lo.

“Muito bem, vá imediatamente.” – Assentiu Ghuo Ren.

Em uma demonstração de respeito, Yu curvou-se e partiu em direção a seu quarto. Essa era uma oportunidade que ele não poderia se dar ao luxo de perder.

Durante o tempo em que Yu esteve fora, Ghuo Ren passou explicações básicas sobre a Ligação da Alma para os estudantes. A porta se abriu pouco tempo depois, revelando a imagem de Yu com uma pequena caixa prateada sob suas mãos.

“Então você decidiu usar um artefato de armazenamento? Escolha interessante para sua primeira vez.” – Comentou Ghuo Ren.

Logo após Yu se sentou, então Ghuo Ren deu sequência a suas lições.

“Existe três tipos de artefatos usados na Ligação da Alma: ofensivos, defensivos, e, por último, os especiais.”

“A grande maioria dos cultivadores iniciantes prefere artefatos ofensivos pela flexibilidade. Mas isso não é tudo, eles também podem servir como um elemento surpresa.”

“Ao atingir a classificação Ouro torna-se evidente a afinidade do cultivador. Nesse ponto, a cultivação se divide em dois caminhos: Ouro Branco e Ouro Negro.”

“Especialistas que andam desarmados são um grande desafio, por poderem pertencer tanto a cultivação Ouro Branco quanto Ouro Negro.”

“Um cultivador de classificação Ouro Branco não possui muito poder ofensivo, no entanto, também não depende de artefatos defensivos graças aos seus físicos praticamente impenetráveis para aqueles com cultivação similar.”

“Já um especialista Ouro Negro não é dependente de armas para ter uma ofensiva poderosa. Eles podem lidar com seus oponentes utilizando de seus próprios punhos. Contudo existem alguns que deixam a defesa de lado e fazem uma Ligação da Alma com artefatos ofensivos.”

“Dessa maneira, seus ataques se tornam muito mais ferozes e podem até mesmo derrotar aqueles de cultivação Ouro Branco dois níveis acima. Mas não preciso nem dizer que esse estilo é pouco usado devido aos seus grandes riscos.”

“A segunda opção são os artefatos defensivos, que como já foi dito, são muito utilizados por especialistas de Ouro Negro para cima, que já são mais familiarizados em combates corpo a corpo.”

“Antes de atingirem a classificação Ouro, não haverá nenhuma diferença em qual desses dois tipos de artefatos sejam utilizados em suas Ligações da Alma. Vocês não serão capazes de extrair cem por cento da capacidade de seus artefatos antes de descobrirem suas afinidades.”

“Por fim, temos os artefatos especiais. São raras as pessoas que o usam por vontade própria.”

“No entanto, se usados corretamente, eles podem trazer muitos benefícios. Principalmente os artefatos de armazenamento. À primeira vista podem parecer os melhores, já que permitem carregar tanto artefatos defensivos quanto ofensivos.”

“Infelizmente, em situações reais de combate, eles são inefetivos. Antes que haja a oportunidade de reagir contra qualquer ameaça, possuindo um artefato de armazenamento você muito provavelmente já estará morto.”

Com as palavras de Ghuo Ren, alguns estudantes ficaram deprimidos. Por terem sido impulsivos, fizeram uma péssima escolha ao comprar logo um artefato de armazenamento com suas poucas economias.

“Não há necessidade para tal reação. Sempre existe a opção de desfazer uma Ligação da Alma no futuro. Além do mais, pessoas ligadas a um artefato de armazenamento são tão requisitadas quanto qualquer outra.”

“Pela maioria só usar tal artefato em seus estágios iniciais de cultivação, cultivadores que possuam essa ligação da alma são escassos nas classificações mais elevadas.”

“Em expedições, aqueles com artefatos de armazenamento são os mais importantes, pois carregam tanto suprimentos quanto tesouros.”

“Se bem equipados, será muito mais árduo seguir em uma expedição tendo que vestir o tempo todo suas armaduras ao mesmo tempo em que carregam uma arma. No entanto, eles são os que ficam em maior segurança, por serem protegidos pelo restante do grupo.”

Alguns estudantes se sentiram extasiados com a oportunidade de se tornarem ricos sem muito perigo, contudo também houve aqueles que lamentaram por ficarem fadados a algo tão ‘’inútil’’.

Ficar preso a um artefato de armazenamento iria resultar no atraso da cultivação, pois isso proporciona uma carência em experiência de combate. Para alguns isso é pior do que a morte, já que além de não possuírem grandes recursos, suas cultivações seriam mais atrasadas ainda.

O processo para quebrar uma Ligação da Alma é lento, então muito optam por isso no início de suas cultivações. Quando levantam recursos para artefatos melhores, já se passou um longo tempo. No entanto, para pessoas de origem pobre, quando não há muita opção é melhor ter sua cultivação atrasada do que estagnada pelo resto de suas vidas.

Em seguida, após uma breve explicação de Ghuo Ren, todos ficaram cientes sobre a maior vantagem da ligação da alma: o artefato quando utilizado não receberia somente uma parte da energia espiritual do usuário, como de costume. Ele iria sincronizar completamente com seu portador, tornando o fluxo de energia inúmeras vezes mais puro e poderoso.

Em alguns casos é possível duplicar, ou até mesmo triplicar a eficiência de artefatos ofensivos. Para os defensivos, suas defesas também se solidificariam, permitindo que aguentassem golpes muito mais poderosos. Já para a categoria especial não havia nada muito atrativo. Artefatos de armazenamento não aumentam suas capacidades a menos que sejam de classificação Divina ou Superior, naturalmente outros tipos de artefatos especiais possuíam ainda mais restrições.

“Todos, atenção. Agora iremos dar início à parte prática. Caso cometam algum deslize, terão de aguardar até que seus corpos se recuperem. A Ligação da Alma, apesar de não apresentar nenhum risco à vida, se realizada de maneira errada irá esgotar suas energias espirituais.”

Conforme as orientações de Ghuo Ren, muitos jovens passaram a injetar energia espiritual em seus artefatos. Com a energia fluindo, ao notarem qualquer traço de mudança, todos imediatamente retraíam suas auras tentando guiar o artefato.

Aos poucos alguns jovens passaram a demonstrar sucesso à medida que seus artefatos foram se desintegrando. Esse processo era algo extremamente delicado, consistia na estabilização da energia do céu e da terra com suas próprias energias vitais. Somente quando as três energias se estabilizassem é que a ligação seria formada.

<BOOM>

De repente, uma explosão de aura surgiu do corpo de um dos estudantes, sendo o primeiro a falhar no processo de harmonização. Quando sua aura explodiu, seu corpo foi afetado, deixando-o fraco. O artefato parcialmente transparente começou a se materializar na frente do estudante à medida que usava a energia espiritual do mesmo para se reconstruir.

Com a ocorrência da primeira falha, um efeito dominó se iniciou. Mesmo aqueles que estavam tendo sucesso, ao se sentirem emocionalmente agitados pelo choque da explosão, perderam o controle.

<BOOM> <BOOM> <BOOM>

Diversas explosões de aura ocorreram, sinalizando as falhas de cada um. No fundo da sala, no entanto, ainda sobraram alguns que foram capazes de permanecer concentrados. De repente surge o primeiro estudante a obter sucesso.

Vendo Li Shui desmaterializar com sucesso o artefato em suas mãos, Ghuo Ren o elogiou imediatamente:

“Hahaha! Parabéns Li Shui, como esperado do prodígio da classe.”

Antes mesmo que Li Shui tivesse a oportunidade de agradecer, outro estudante também obteve sucesso. Desta vez era o maior rival de Li Shui, Lin Yaoiyin.

“Muito bem senhorita Lin, seu talento também é esplêndido.”

Apesar de ter perdido novamente para Li Shui, Lin Yaoiyin demonstrou maior controle de sua energia espiritual. Enquanto Li Shui estava levemente ofegante, Lin Yaoiyin manteve uma postura inalterada à medida que agradecia seu mestre Ghuo Ren.

Enquanto isso, dentro de Yu algo estranho estava acontecendo. Sempre que tentava estabelecer a ligação da alma ele era interrompido por uma das entidades dentro de seu Dantian. Quando estava próximo de obter sucesso e só faltava estabilizar, Yu era atacado de modo que sua energia espiritual quase explodia.

<Puff> <Puff> <Puff>

Yu, ofegando incessantemente, abriu seus olhos. Seu corpo se encharcou de suor, mas no entanto sua aura não explodiu como a de seus colegas. Isso só podia significar uma coisa...

“Meus parabéns! Você concluiu a ligação da alma!” – Exclamou Ghuo Ren para Yu.

Nesse momento, Yu percebeu quão medíocre ele foi, sendo o último da turma a concluir a ligação. No entanto sua situação não foi das piores, afinal, pelo menos não falhou.

Seus novos colegas Li Shui, Lin Yaoiyin, Chou Bai e Ye Qing o parabenizaram pelo sucesso. Dentre o grupo, somente Ye Qing não foi capaz de concluir a ligação, mas isso era algo compreensível.

Quando Ghuo Ren estava para dar continuidade a aula, de repente Yu sacou outro artefato e deu início a uma segunda ligação da alma. Nesse momento o rosto de Ghuo Ren estremeceu, ele não teve qualquer chance de impedir Yu.

O corpo humano só é capaz de comportar uma ligação da alma por vez. Ao realizar uma segunda ligação sem desfazer a primeira, a possibilidade de seu Dantian despedaçar é muito alta. Em alguns casos raros, ocorre da ligação ser substituída, contudo esse é um método arcaico que não é mais usado há muitas gerações.

Por mais que fosse senso comum, Yu vinha de um lugar remoto, então não detinha tais conhecimentos. Nesse momento, tudo que seus colegas e mestre poderiam fazer era permanecer em silêncio para não atrapalhá-lo.

A única esperança era de que Yu fosse capaz de substituir sua ligação sobrepondo-a por uma nova. Esse é um método realmente exaustivo, que exige o dobro de esforço. Normalmente é feita apenas a quebra da ligação, então somente após o corpo se recuperar é que é feita uma nova ligação.

No caso atual, se Yu perder sua estabilidade por um único momento, a explosão de sua aura não vai ser tão trivial quanto as anteriores de seus colegas. Com dois artefatos sendo expulsos do próprio corpo, seu Dantian não seria capaz de suportar a pressão e se despedaçaria completamente.

Por Kouhei | 22/04/18 às 04:08 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Wuxia, Xianxia, Elementos de Cultivo, Romance, Brasileira