CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 26 - Esgueirando-se na Noite

O Príncipe das Trevas (PDT)

Capítulo 26 - Esgueirando-se na Noite

Autor: Kouhei Kagami | Revisão: yuukari

Entrando na pousada, o grupo de Yu à princípio recebeu o tratamento padrão, contudo, ao tirarem as Pérolas Espirituais o atendente imediatamente chamou o Gerente para atendê-los pessoalmente.

O Gerente da pousada era um senhor na casa dos 60 anos, de cabeça raspada e um longo bigode branco como a neve.

“Como posso servir aos jovens mestres?” – Disse o Gerente esfregando as mãos e demonstrando um forte sorriso.

“Eu quero o quarto ao final do corredor direito.” – Disse Yu apontando indiferentemente para o lado leste da pousada.

Enquanto apontava para o quarto que desejava, Yu colocou 3 Pérolas Espirituais sob o balcão e continuou:

“Quanto ao serviço de quarto, eu quero o melhor que tiverem.”

“O quarto que o jovem mestre escolheu mais o serviço de quarto desejado custa apenas 2 Pérolas Espirituais.” – Respondeu o Gerente levemente decepcionado.

O Gerente esperava que Yu pedisse pelo melhor quarto quando anteriormente Ye Qing entregou 10 Pérolas Espirituais nas mãos do balconista, pagando pelo melhor quarto. É claro, apesar do quarto selecionado por Yu ser o mais barato, o serviço desejado era o de maior qualidade, portanto Yu não deixou de ser um estimado cliente.

“Não tem problema, aceite a pérola extra como uma demonstração de apreciação da minha parte.” – Respondeu Yu com um leve sorriso.

O Gerente antes decepcionado teve uma expressão solene.

“Realmente não se pode julgar pelas aparências.” – Pensou em seu coração o Gerente da pousada.

Para simplesmente “dar” uma Pérola Espiritual, o Gerente entendeu que a origem de Yu não era tão simples, apesar de suas vestimentas simples. Contudo essa não era a primeira vez que o Gerente recebia clientes de famílias importantes que se vestiam de maneira comum.

Portanto, o Gerente não ousou ofender Yu, pelo contrário, fez uma oferta tentadora.

“O jovem mestre não gostaria de nossa suíte de luxo? Normalmente custa 10 Pérolas Espirituais a estadia e dificilmente ela está vaga, porém como atualmente possuímos muitos quartos vagos, posso abrir uma exceção e cobrar apenas 8 Pérolas Espirituais dessa vez.”

Yu imediatamente compreendeu as intenções do Gerente da pousada, ele era como uma velha raposa astuta. Normalmente locais como esse sempre cobram valores acima do padrão, para quando um cliente importante aparecer, intencionalmente abaixarem o preço e cair nas graças do cliente.

Apesar de uma estratégia simples e aparentemente inútil frente a pessoas ricas, ela é muito efetiva.

Demonstrando boa vontade e simpatia, o Gerente ganharia pontos positivos com tais clientes, aumentando sua chance de receber mais clientes no futuro.

“Não há necessidade. Eu escolhi o quarto mais simples justamente por possuir uma janela.”

“Compreendo. O jovem mestre gosta de observar a lua.. Então, infelizmente não há nada que eu possa fazer...”

O Gerente da pousada se sentiu levemente deprimido. Os quartos de luxo geralmente eram usados por pessoas importantes que buscavam completo silêncio. Como o Vilarejo Profundo havia se tornado um ponto turístico, muitos jovens passavam ali.

Naturalmente a suíte de luxo era perfeita para essas pessoas por não possuir janelas e ter paredes reforçadas, ao cultivarem dentro não haveria interferência externa.

No fim das contas, somente Ye Qing ficou com a suíte de luxo. Os outros apesar de terem recebidos Pérolas Espirituais suficientes para pagarem pelo melhor quarto, optaram por escolher quartos próximos ao de Yu.

O Gerente então ordenou que fossem preparados os quartos para o grupo de Yu.

Somente Ye Qing não teve de esperar, pois a suíte de luxo estava sempre pronta para receber clientes.

Entrando na suíte de luxo, os olhos de Ye Qing brilharam como os de uma criança.

Ye Qing correu e pulou de peito em cima da cama.

“Eu nunca dormi em uma cama tão macia!” – Exclamou Ye Qing.

Na porta da suíte de luxo, Yu observava a reação de Ye Qing. Yu sentiu um aconchego em seu coração ao ver um de seus companheiros se divertindo como uma criança.

Como os quartos de Yu, Yaoiyin, Li Shui e Chou Bai não estavam prontos ainda pois o gerente queria lhes proporcionar o melhor serviço possível, os jovens decidiram esperar na suíte de Ye Qing.

Depois de ficar em pé sobre a cama, Ye Qing começou a pular como uma criança de 5 anos.

<crack>

A cama fez um barulho de madeira quebrando e Ye Qing imediatamente ficou com uma expressão congelada, parou de pular e desceu da cama.

Como se nada tivesse acontecido Ye Qing se dirigiu a uma pequena mesa próxima, abriu um pote de biscoitos e começou a comer.

Chou Bai foi abrir a boca para falar algo relacionado a cama, mas Ye Qing não lhe deu oportunidade.

“Ah!! Irmão Chou, você também quer? Sem problemas, aqui, experimente, esses biscoitos são uma delícia! Hahaha” – Exclamou Ye Qing com suor frio escorrendo por seu rosto.

“Ye Qing, você queb-”

Yaoiyin também tentou dizer algo, mas Ye Qing socou um biscoito na boca de Yaoiyin e sorriu desajeitadamente.

“Aqui, experimente um também irmã Lin, eles estão uma delícia!” – Exclamou Ye Qing ficando verde ao olhar para a porta e ver o Gerente parado do lado de fora.

Yaoiyin quase engasgou com o biscoito, então olhou para Ye Qing com raiva.

Ye Qing sentiu seu coração estremecer e sua face esverdeou.

<POW>

Yaoiyin desferiu um golpe na cabeça de Ye Qing e o xingou em seguida.

“Seu sem vergonha!”

“Hum?!” – O Gerente franziu as sobrancelhas ao olhar em direção a cama.

“Merda, fodeu. Essa porcaria deve custar o olho da cara.” – Xingou Ye Qing em seu coração.

De repente, Ye Qing teve uma brilhante ideia e olhou para Yu com olhos similares a um cachorrinho implorando.

‘Hahahaha” – Yu riu.

“Tudo bem, eu pago.” – Assentiu Yu para Ye Qing.

“Irmão Yu, você não deveria ficar mimando-o.” – Alertou Yaoiyin.

Enquanto Yaoiyin dizia, Ye Qing fazia caretas atrás dela ao mesmo tempo que comemorava. Quando Yaoiyin se virou Ye Qing imediatamente disfarçou.

“Não há necessidade.” – O Gerente interrompeu.

“Na verdade eu peço desculpas, a cama já estava danificada. Eu havia mandado que a trocassem, porém não o fizeram. Mil perdões.” – Disse o Gerente se curvando para o grupo de Yu.

A face de Ye Qing de repente retomou a cor e ele suspirou aliviado.

Yaoiyin olhava para Ye Qing com desdém. Mas Ye Qing não se importou, ao menos ele havia se livrado de uma bela encrenca.

Imediatamente o Gerente da pousada realocou Ye Qing para outra suíte e avisou o restante do grupo de Yu que seus quartos já estavam prontos.

“Muito obrigado, senhor gerente.” – Disse Yu.

“Heh. Não há necessidade de me agradecer, esse é só meu trabalho.” – Respondeu o senhor com um sorriso gentil.

Já passava das 9 da noite e todos decidiram ir para seus quartos descansar.

“Como está?” – Sussurrou Li Shui após todos saírem.

“Como foi pedido. A entrega será realizada ao meio da noite.” – Respondeu o Gerente.

“Ok. Muito obrigado pelo seu serviço.” – Assentiu Li Shui e então despejou algumas Pérolas Espirituais na mão enrugada do Gerente.

Em seu quarto Yu escutou um padrão de batidas em sua porta.

“Então está feito.” – Yu balançou a cabeça. Esse era o sinal que havia combinado anteriormente com Li Shui.

Confirmados seu planos, Yu sentou-se na cama.

No chão haviam marcas que indicavam que a cama foi arrastada próxima a janela propositalmente.

Além disso próximo a porta havia outra cama.

“O Gerente é realmente atencioso.” – Murmurou Yu consigo mesmo, então deitou-se na cama para observar a lua.

Quartos simples como o de Yu normalmente só possuíam uma cama. Mas o Gerente fez questão de preparar uma cama extra caso Yu decidisse dormir e se incomodasse com o excesso de claridade.

O quarto em que Yu ficou hospedado, apesar de pequeno, tinha uma decoração nobre.

Claramente tudo havia sido preparado especialmente para Yu.

A pousada normalmente cobrava estadias em moedas de ouro ou prata, no entanto Yu pagou diretamente com Pérolas Espirituais, até mesmo dando uma gorjeta para o Gerente, isso serviu de prova para sua riqueza, então foi natural Yu receber o tratamento VIP.

Ainda deitado, Yu começou a ler alguns livros.

Nas horas seguintes Yu revezou seu tempo entre cultivar e ler.

Em um momento seu Dantian apresentou alterações e seu corpo começou a doer.

Essa atividade em seu Dantian já havia se tornado comum para Yu. Pouco a pouco, Yu estava se acostumando com a dor.

Anteriormente, apenas quando tinha avanços era que o Selo em seu corpo entrava em atividade. Contudo, nos últimos dias ocasionalmente o Selo demonstrou sinais de atividade apenas ao cultivar normalmente.

“O Selo está despertando cada vez mais..” – Murmurou Yu, então suspirou desamparado.

Quando a lua já havia atingido seu auge, uma carta escorregou por debaixo da porta de Yu.

Notando uma presença desaparecendo em frente a seu quarto, Yu parou de cultivar e caminhou até a porta.

Yu agachou e pegou a carta, ao lê-la um sorriso malicioso se formou em seu rosto.

Em seguida Yu abriu a porta e olhou para o corredor.

Como já passava da meia noite, quase todo o vilarejo estava em silêncio absoluto. O corredor da pousada foi imerso na escuridão, e somente na recepção podia-se ver alguma luminosidade. No entanto, não havia ninguém lá.

“Aparentemente é a troca de turno.” – Pensou Yu.

Ao olhar para o quarto ao seu lado, um sorriso sombrio apareceu no rosto de Yu. Em seguida em olhou para um chão e pegou uma troca de roupa jogada a frente de sua porta.

Quando voltou para sua cama, a mão de Yu tremia de excitação.

Aqueles no quarto ao lado do seu eram as mesmas pessoas que estavam a persegui-lo anteriormente.

“Está na hora.” – Pensou Yu.

Em instante Yu trocou suas vestes pelas mudas de roupas que foram deixadas em frente ao seu quarto.

Em seguida abriu a janela de seu quarto e se esgueirou por ela.

“Preciso ser rápido ou irão me alcançar.” – Analisou Yu deixando o vilarejo.

Terminando de fazer seus cálculos, Yu usou sua única técnica marcial.

“5% não devem ser problema para mim.”

Os músculos de Yu se enrijeceram e uma fina camada de aura cobriu os pontos cruciais de seu corpo. Em um piscar de olhos Yu disparou para o norte como se fosse uma flecha.

Usando sua audição, Yu já havia descoberto as intenções e o alvo daqueles que o perseguiam.

“Como imaginei. Eles não se importam comigo por meu cultivo ser o mais baixo. Hehe”

Quando Yu saiu do alcance de seus perseguidores, os mesmo nem se incomodaram de ir atrás. Eles voltaram e continuaram a monitorar o restante do grupo de Yu.

10 minutos depois, Yu havia adentrado a Cordilheira do Abismo Profundo.

Normalmente levaria 40 minutos para chegar, mas a habilidade de Yu sendo usada apenas em 5% foi suficiente para permiti-lo chegar em um espaço de tempo tão curto.

<Waaaaah>

Quatro auras irromperam atrás de Yu e passaram a persegui-lo.

Quando finalmente atingiu um ponto mais fundo na Cordilheira do Abismo Profundo, Yu parou e virou-se em direção aos donos daquelas auras.

"Muito bem, podem sair." – Yu sorriu indiferentemente.

Quatro indivíduos saíram das sombras e se aproximaram.

Assim como Yu, eles também usavam vestes negras para se camuflar na noite.

O líder do grupo pertencia ao ápice do rank Ouro, no entanto Yu foi incapaz de definir se sua cultivação pertencia ao Ouro Branco ou Ouro Negro.

Já o mais fraco do grupo estava apenas no 3º nível do rank Prata, os outros dois estavam respectivamente no ápice do rank Prata e no 1º nível do rank Ouro, somente esse último Yu conseguiu distinguir a cultivação: rank Ouro Negro.

"Qual a razão para o ‘jovem mestre’ nos convidar a um lugar tão remoto?” – Disse o líder dos bandidos com um tom de desdém.


Por Kouhei | 20/05/18 às 11:16 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Wuxia, Xianxia, Elementos de Cultivo, Romance, Brasileira