CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 41 - Jóia dos Três Caminhos

O Príncipe das Trevas (PDT)

Capítulo 41 - Jóia dos Três Caminhos

Autor: Kouhei Kagami | Revisão: yuukari

“Você deve ter em torno de 10 ou 15 anos de vida.” – Essas palavras ecoaram na mente de Yu.

Muitos indivíduos, ao descobrirem que teriam apenas 10 anos de expectativa de vida restando, se sentiriam desesperados, pois apenas 10 anos é um tempo extremamente curto. No entanto, para Yu, viver por mais 10 anos seria uma conquista.

Para alguém que já havia aceitado morrer em poucos anos, conseguir quase triplicar sua expectativa de vida seria algo inimaginável.

Felicidade indescritível preencheu todo o ser de Yu ao ouvir as palavras de Qi Ming. Yu até mesmo se esqueceu de perguntar o porque de Qi Ming ter conhecimento dessas coisas para ser capaz de afirmar que o Selo de Sangue em seu corpo era uma versão simplificada e incompleta.

“Irmão sênior Ming, eu agradeço profundamente por sua gentileza. Eu realmente não irei me esquecer disso.” – Emocionado, Yu se curvou para Qi Ming.

“Ei ei ei.. espera aí, não precisa de tudo isso. Considere isso como um presente de desculpas.”

“Presente de desculpas?” – Yu se sentiu intrigado.

“Sim. Foi culpa minha as coisas terem chegado a esse ponto.”

“Eu não entendo, por que o sênior Ming diz que foi sua culpa?” – Yu ficou confuso.

“Ernn.. Bem, acho que não há problema em contar. Na verdade eu estou voltando do 101º andar do Labirinto das Cem Camadas.”

“101º andar?!” – Choque se instalou no rosto de Yu.

Ao redor, ninguém seria capaz de ouvir o assunto entre Yu e Qi Ming, pois o último criou uma barreira invisível ao redor deles, impedindo que o som se propagasse e outras pessoas pudessem bisbilhotar.

Como não conseguiam descobrir o assunto da conversa de Yu e Qi Ming, Ye Qing e Chou Bai correram para ajudar Yaoiyin a cuidar de Li Shui.

“Exatamente. Mas o 101º andar não é necessariamente ‘parte’ do labirinto. Ele pertence uma plano separado do plano mortal,  e infelizmente não há sentido em explicar isso neste momento. Você não compreenderia.”

“Tudo que você precisa saber é que esse é um local proibido, onde descansam em sono profundo os Guardiões Místicos.”

“Guardiões Místicos?” – Yu ficou curioso, pois nunca havia ouvido falar sobre algo similar.

“Hehehe. Não me surpreende que você não saiba quem são os Guardiões Místicos. Basicamente são Bestas Demoníacas que superaram o nível dos Deuses Ancestrais, são entidades temidas até mesmo por cultivadores no Reino Primordial.”

“E-Eu não acredito nisso.. Como é possível existir algo tão aterrorizante?” – Indagou Yu.

Claramente Yu já havia ouvido histórias sobre os Deuses Ancestrais, e como o próprio nome sugere, eles eram adorados como deuses.

Mas quando Yu parou para pensar nas palavras anteriores do jovem à sua frente, mais temor ainda se tornou visível na sua face.

“Na verdade eu estou voltando do 101º andar do Labirinto das Cem Camadas.” – Essas palavras ecoaram na mente de Yu, fazendo cada parte de seu corpo estremecer.

“Q-Qual a sua cultivação?” – Perguntou Yu com a voz trêmula.

“Huh..? Vejo que você realmente é cheio de dúvidas, no entanto eu não tenho muito tempo para perder nesse lugar, então irei responder a apenas três de suas perguntas. Você está de acordo, Júnior Yu?”

Yu sentiu-se eufórico e assentiu imediatamente.

“Então, primeira pergunta.. Quanto a suas origens, de onde você vem?” – Yu perguntou com excitação.

“Ehh.. Isso é meio complicado de responder.. Eu não venho de apenas um lugar.. Mas se tivesse que escolher, diríamos que eu sou um descendente da Linhagem dos Deuses, vindo do Continente do Imperador Ancestral.”

Em apenas uma frase Yu ouviu coisas inéditas que não estavam descritas em nenhum livro de história. Continente do Imperador Ancestral, Linhagem dos Deuses, essas eram coisas que nunca foram descritas em lugar nenhum do mundo atual. A partir disso Yu entendeu que as origens de Qi Ming não se limitavam a esse mundo minúsculo.

“Qual sua cultivação?” – Yu perguntou euforicamente.

“Você realmente faz perguntas difíceis.. A minha cultivação não é algo que possa ser medido por métodos convencionais. O mundo que você vive é muito simples e ainda carece de conhecimento quanto ao Dao Marcial.”

“Quando você for a Terra Celestial você entenderá ao que me refiro. Nesse dia, seu conceito do caminho marcial será totalmente remodelado. Sobre minha cultivação, se eu tivesse de fazer uma comparação, seria muito próxima a de um Rei Ancestral em seu auge.”

“Como você deve estar confuso sobre todos esses Reinos novos que nunca ouviu falar, irei dar uma breve explicação.”

“O Reino de cultivação que você se encontra atualmente é conhecido como Reino Terrestre, ou simplesmente Reino Mortal. Acima do Reino Mortal há o Reino Celestial, então o Reino Origem dos Céus, e por fim o Reino Rei Ancestral.”

“Provavelmente além de mim, somente você em todo o mundo sabe sobre isso atualmente.” – Qi Ming sorriu fracamente para Yu.

“Eu não acredito.. é.. tão vasto assim o universo?” – Yu ficou maravilhado.

Mas o que mais mexeu com Yu, foi que Qi Ming afirmou que ele seria capaz de um dia ir para a Terra Celestial, o que significava que Qi Ming estava pondo grandes expectativas nele.

“Então? Qual sua última pergunta?”

“Não é necessariamente uma pergunta.. Mas sim um pedido.” – Explicou Yu solenemente.

“Huh? Interessante, conte-me mais.”

“Depois de ver sua força, eu cheguei à conclusão que não deva existir ninguém nesse mundo que seja um oponente a sua altura. Portanto..”

“Portanto…?” – Perguntou Qi Ming disfarçadamente, como se já soubesse a resposta de Yu.

“Você poderia exterminar um clã pra mim?” – Disse Yu casualmente com um sorriso inocente.

“Hahahaha! Ótimo! Esse pirralho realmente mudou meu conceito sobre ele. Hahaha” – A voz de Taiyang explodiu na cabeça de Qi Ming.

“Calado.” – Respondeu Qi Ming exasperado para Taiyang.

Obviamente, Yu não pode ouvir nenhuma palavra da interação entre os dois, pois tudo ocorreu dentro do espaço vazio no mundo espiritual de Qi Ming.

“Hehe, realmente não seria nenhum desafio pra mim varrer da existência qualquer autodenominada ‘potência’ desse mundo. Contudo, eu me recuso.” – Respondeu Qi Ming.

Yu se sentiu decepcionado, mas no fundo já esperava por essa resposta.

“Hehe, quem não arrisca não petisca.. certo?” – Murmurou Yu levemente decepcionado.

“Porém..” – Qi Ming interrompeu os pensamentos de Yu.

“Eu não irei fazer isso por você, mas vou lhe dar uma chance de fazer com suas próprias mãos. Aqui, pegue.”

Qi Ming retirou uma pequena jóia contendo um azul infinito ondulando em seu interior, e entregou nas mãos de Yu.

“Essa é a Jóia dos Três Caminhos. Para qualquer um que consiga utilizá-la, seria uma tarefa fácil reinar sobre este mundo.”

Yu pegou a Jóia dos Três Caminhos tentando desvendar os mistérios contidos na mesma, mas sua profundidade era além da imaginação e Yu só pôde suspirar em admiração enquanto a tomava para si.

“E-Eu não sei como agradecer ao sênior Ming.. Isso, isso é muito precioso..”

“Precioso? Hahaha”

“De onde venho, Jóia do Três Caminhos não passa de lixo. Em qualquer bueiro aleatório você consegue encontrar tesouros inúmeras vezes melhores. Mas para um mundo como o seu, talvez ela realmente seja considerada algo precioso..” – Qi Ming respondeu indiferentemente.

Yu sentiu seu coração quase saltar pela boca, mesmo que ele não compreendesse essa Jóia dos Três Caminhos, ele podia ver sua profundidade, e ainda assim esse jovem de cabelos verde-louro havia acabado de taxá-la como lixo.

Sem mais rodeios, Yu invocou seu artefato de armazenamento e guardou a Jóia dos Três Caminhos.

“Muito bem, está na hora de arrumar essa bagunça e voltar para a Terra Celestial.” – Disse Qi Ming casualmente.

“Voltar para a Terra Celestial? Mas o portal não se abre apenas uma vez a cada 100 anos?” – Indagou Yu.

Parando pra pensar Yu notou que o jovem a sua frente não deveria ter nem 20 anos direito, sendo impossível ter vindo da Terra Celestial, a menos que existissem outras maneiras de abrir o portal entre os dois mundos.

Qi Ming ignorou friamente a pergunta de Yu e se dirigiu para uma parede próxima, fazendo surgir uma enorme porta que estivera oculta o tempo todo.

A porta estava cheia de inscrições complexas e incompreensíveis para Yu, que acompanhou Qi Ming até ficar a alguns metros da porta. Quando Qi Ming se aproximou da porta, uma pequena camada de energia espiritual irradiou de seu corpo se condensando à frente da porta que brilhou de maneira magnífica.

Um brilho dourado explodiu da porta cobrindo todo o salão por alguns segundos antes de desvanecer e a porta desaparecer novamente.

Qi Ming virou-se para Yu e notou a curiosidade do mesmo.

“Esse labirinto não teve nem 10% de suas instalações exploradas. Aquela era uma Porta do Tesouro de Nível Dourado. Existem ao todo três classificações de raridade para essas portas: Branco, Azul e Dourado.”

“As portas de cor Branca são as mais comuns e fáceis de encontrar, naturalmente também possuem os tesouros mais comuns.”

“As Azuis são um pouco mais difíceis, mas qualquer um no Reino Celestial deve conseguir encontrá-las. Suas recompensas obviamente também são um pouco melhores.”

“Por fim há a porta Dourada que apenas aqueles no Reino Origem dos Céus podem abrir e são as que possuem os melhores tesouros. No entanto nem mesmo as portas brancas podem ser encontradas pela grande maioria dos cultivadores desse mundo.”

“Somente aqueles na classificação Ancião Marcial devem ser capazes de encontrá-las.”

“Além dessas três portas, existe uma quarta porta, a Porta Mestre. Sua cor é de um dourado levemente mais escuro, mas ela não leva a nenhum tesouro, sua finalidade é simplesmente se mover por entre os andares do Labirinto das Cem Camadas.” – Explicou Qi Ming.

“Quando vim aqui pela primeira vez, acidentalmente abri uma Porta do Tesouro de classificação Dourada, pois a confundi com a Porta Mestre. Era a isso que me referia quando disse que foi culpa minha seus amigos terem se ferido. Hehe” – Qi Ming sorriu desajeitadamente.

Por Kouhei | 10/06/18 às 02:36 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Wuxia, Xianxia, Elementos de Cultivo, Romance, Brasileira