CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 73 - Eu o Desafio

O Príncipe das Trevas (PDT)

Capítulo 73 - Eu o Desafio

Autor: Kouhei | Revisão: yuukari

Yu não sabia como reagir encarando a Lâmina Lunar Sangrenta. Esse artefato de nível amaldiçoado parecia um lobo uivando para lua, enquanto a lâmina era o lobo, Yu era a própria lua.

Um desejo incontrolável de pôr as mãos nessa arma dominou Yu. Infelizmente lhe faltava poder para sequer interferir, quem dirá roubá-la para si.

Lei Xang permaneceu no mesmo lugar, aparentemente mais calmo. A essa altura Lei Xang, que já poderia ter se retirado, optou por permanecer. Devido a situação ser imprevisível, alguém poderia acabar se ferindo caso não estivesse presente.

“Irmão mais velho Jin, você realmente precisava apelar para isso? Desse jeito vou ter que usar o meu tesouro de família também.” – Justo quando Kuomintai Jin parecia comemorar silenciosamente a vitória, Chang Bei quebrou o silêncio do lugar.

“Mostre pra ele quem é que manda, Jovem Mestre Bei!” – Um guarda gritou euforicamente ao ver Chang Bei tomar uma atitude cada vez menos amigável.

“Humpf. Como se você tivesse acesso a tal coisa, pelo que soube os anciões do Clã Chang são um bando de cachorros assustados. Nunca eles deixariam o único tesouro do clã nas mãos de um pirralho como você.” – Zombou Kuomintai Jin.

“Se você realmente carrega a Roda do Santo Escarlate, eu o desafio a sacá-la agora mesmo e enfrentar-me. Veremos então qual a herança mais poderosa, minha Lâmina Lunar Sangrenta, um artefato amaldiçoado de 2º Grau, ou sua Roda do Santo Escarlate, um artefato Celestial de Grau Divino.”

“Irmão maior velho Jin realmente pretende levar essa luta a sério? Eu só estou aqui para acalmá-lo.” – Respondeu Chang Bei.

“Além do mais, se lutarmos a sério, minha humilde casa será danificada. Você realmente acha que poderá pagar pelos prejuízos?” – Zombou Chang Bei.

Ao ouvir as palavras de Chang Bei, Yu imediatamente compreendeu o significado por detrás delas e segurou-se para não rir.

Xia Zhi por outro lado pareceu confusa e não entendeu do que se tratava, afinal, em um momento tenso como este, quem seria ela para se atrever a perguntar qualquer coisa?

“Chang Bei, você realmente ousa me insultar na frente de tantas pessoas?” – Veias saltaram em Kuomintai Jin a ponto de deixá-lo com os olhos vermelhos pela falta de circulação sanguínea.

“Não se preocupe. São apenas meus guardas e alguns convidados além do Mestre Lei, nada com o que se preocupar. Acredito que ninguém irá espalhar, certo?” – Chang Bei sorriu em direção a Yu.

“Minha boca é um túmulo.” – Respondeu Yu com um sorriso forçado.

“A-A minha t-também.” – Respondeu Xia Zhi gaguejando.

“Viu?” – Chang Bei sorriu novamente e tornou a encarar Kuomintai Jin.

“Seu.. DESGRAÇADO!” – Kuomintai Jin rugiu e se preparou para avançar contra Chang Bei.

Apesar da diferença de dois níveis de cultivação, Kuomintai Jin estava certo de que com a Lâmina Lunar Sangrenta em mãos, mesmo aqueles nos estágios iniciais do Rank Diamante Negro não seriam oponentes para si.

Contudo, quando estava prestes a fazer seu movimento..

“KUOMINTAI JIN, SEU INSOLENTE! SEU PAI NÃO O ENSINOU MODOS?!” – Uma voz estrondosa reverberou por toda a Casa de Leilões Chang Sui, fazendo até mesmo os convidados mais distantes tremerem na base.

“Tsc. Seu cão do clã Chang, você realmente tem a audácia de se dirigir a mim por meu nome? Dai Song, seu imundo, é melhor não se achar só porque é o comandante da Guarda Pessoal do Patriarca Sui.” – Kuomintai Jin xingou, mas ao mesmo tempo baixou a arma.

Aparentemente Lei Xang não estava disposto a fazer nada contra Kuomintai Jin, contudo, se tratando de Dai Song, a história era completamente diferente.

Dai Song, um cultivador no segundo nível do Ranking Diamante Branco. Mesmo que Kuomintai Jin pudesse enfrentar um cultivador nos estágios iniciais do Diamante Negro e vencer, a história seria outra se um cultivador do Ranking Diamante Branco aparecesse.

Cultivadores de energia Yang apesar de não terem uma ofensiva muito forte, possuem alta resistência e são capazes de enfrentar por um certo período aqueles de cultivações mais elevadas.

Naturalmente Kuomintai Jin não teria chances com alguém desse calibre e só pode baixar os punhos desistindo de lutar.

“Você veio participar do leilão ou lutar, Kuomintai Jin, filho de Kuomintai Gu?” – Interrogou Dai Song, um homem de corpo robusto e cabelos curtos surgindo por entre o corredor.

“Tsc.” – Kuomintai Jin bufou e desmaterializou seu artefato.

“Isso ainda não terminou, Chang Bei. Um dia ainda acertaremos nossas contas pendentes.” – Kuomintai Jin exclamou e se retirou arrogantemente em direção a sua sala.

Enquanto assistia, Yu compreendia o relacionamento entre as duas famílias. No exterior, o Clã Chang parecia se dar muito bem com a Mansão Regente Kuomintai da Espada Purgatória, ou ao menos assim fora no passado, atualmente as coisas estavam indo por outro rumo.

Kuomintai Jin desapareceu de vista deixando todos para trás.

Chang Bei imediatamente retomou a sua postura usual, em sua mão havia um leve pequeno brilho desaparecendo gradualmente.

“Hehe. Os olhos daquele pirralhos estavam tão cheios de arrogância que ele não enxergou a própria morte caminhando em sua direção.” – Comentou um guarda aleatório.

“Exatamente. Esse garoto deveria agradecer ao sênior Dai por salvar sua vida, ou Mestre Bei teria o partido em dois com um único movimento.” – Outro guarda comentou com um largo sorriso no rosto.

Dai Song levantou as mãos dando um sinal de basta, imediatamente o silêncio reinou.

Felizmente os danos não foram muitos sérios, Kuomintai Jin e Chang Bei sequer chegaram a verdadeiramente trocar golpes, os únicos danos deixados para trás foram devido ao ataque de Kuomintai Jin interceptado por Lei Xang anteriormente.

“Mestre Lei, o senhor está bem?” – Chang Bei se aproximou de Lei Xang perguntando com uma expressão verdadeiramente preocupada.

“Pirralho maldito! Desde quando eu te dei o direito de se preocupar comigo?” – Xingou Lei Xang.

Chang Bei sorriu em resposta, esse era o velho mestre que ele havia conhecido. Pela reação de Lei Xang tudo parecia estar bem.

Ainda assim, Lei Xang observava Chang Bei com profunda admiração.

“Garoto, você realmente dominou a Roda do Santo Escarlate?!” – Indagou Lei Xang perplexo.

“Hehe. Parece que você descobriu, Mestre Lei. Eu queria deixar para mostrá-la pessoalmente ao senhor, mas infelizmente seus sentidos superam em muito os meus. Júnior ainda tem muito o que aprender.” – Chang Bei fez uma profunda reverência ao seu mestre.

No olhar de Lei Xang havia verdadeira admiração e respeito por aquele garoto a sua frente. Naturalmente Chang Bei merecia o título de gênio número um, apesar de muitos não o reconhecerem como tal devido a seu perfil baixo.

“Parece que depois do Leilão precisamos comemorar esta boa ocasião. Hahaha. Nunca esperei que meu discípulo fosse capaz de dominar a Roda do Santo Escarlate em uma idade tão jovem.” – Gargalhou Lei Xang orgulhosamente dando um tapinha nas costas de Chang Bei.

Foi uma cena realmente engraçada, Lei Xang dando um tapinha em Chang Bei sequer se parecia com o mais forte especialista de Nível Ancião Marcial.

“Ei, vocês estão bem?” – Interrompendo o momento, Chang Bei foi conferir como Yu e Xia Zhi estavam.

“Sim, graças ao irmão Bei estamos bem.” – Assentiu Yu profundamente.

“M-Muito obrigada Mestre Bei! Muito obrigada Sênior Lei!” – Exclamou Xia Zhi reverenciando para os dois.

“Deixe de formalidades. Haha, essa é uma ótima ocasião, venha, vamos logo para esse leilão.” – Exclamou Lei Xang parecendo outra pessoa.

Aparentemente a notícia de seu pupilo dominar um artefato de nível Celestial o deixou com ótimo humor, mudando até mesmo suas atitudes. Era como se Kuomintai Jin nunca tivesse aparecido e o ofendido.

Em outro lugar da Casa de Leilões Chang Sui

“Essa foi a voz de Dai Song?!” – Exclamou Mubai Yong surpreso.

“Dai Song?” – Indagou Ye Qing curioso.

“Dai Song é o Comandante da Guarda do Patriarca Sui. Aquele que controla toda a Casa de Leilões, o nome do estabelecimento foi dado em sua homenagem, por isso Casa de Leilões Chang Sui.” – Explicou Mubai Yong.

“Para Dai Song se irritar de tal maneira, isso quer dizer que..” – En Zhao murmurou.

En Long estava ao lado de seu avô En Zhao, com uma expressão aterrorizada.

Um garoto de oito anos que sequer havia começado a cultivar, mesmo que estivesse a quilômetros de distância seria capaz de sentir a pressão do rápido confronto que ocorrera não muito longe dali.

A voz de Dai Song havia cravado uma profunda semente de medo no coração de muitos convidados. Por normalmente ser extremamente calmo, ninguém jamais esperaria que ele agisse de tal maneira, para isso algo muito sério deveria ter acontecido.

Apesar do choque no coração de muitos, poucos eram aqueles que sabiam do que se tratava.

O que o filho de Kuomintai Gu veio fazer aqui? Achei que ninguém da Família Imperial fosse comparecer ao evento, por isso me ofereci para “ajudar” aquele garoto.” – Pensou Mubai Yong.

Heh, ao menos essa é uma boa oportunidade de me aproximar.. Se eu conseguir cair nas graças de Kuomintai Jin, com certeza minha família será promovida para a família subordinada interna.” – Mubai Yong sorriu sinistramente enquanto pensava a respeito.

Preciso me certificar de comprar um bom presente para esse pirralho.. Hehe” – Concluiu Mubai Yong.

Por outro lado, En Zhao parecia ter outros pensamentos totalmente distintos aos de Mubai Yong.

Kuomintai Jin, seu moleque desgraçado.” – Xingou silenciosamente En Zhao.

Por Kouhei | 15/07/18 às 17:17 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Wuxia, Xianxia, Elementos de Cultivo, Romance, Brasileira