CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 79 - A Tempestade que se Aproxima

O Príncipe das Trevas (PDT)

Capítulo 79 - A Tempestade que se Aproxima

Autor: Kouhei

O momento mais crucial do leilão enfim chegou, após o item que seria leiloado a seguir, viria o maior tesouro capaz de superar até mesmo os top três itens do leilão. Um tesouro que fora colocado à venda pelo próprio Patriarca Sui.

No entanto, momentos antes da chegada de tal momento, a atmosfera em outro lugar do território do Clã Chang ficava cada vez mais sombria.

“Pai, você está certo que isso não vai causar nenhum problema?”

Em uma sala afastada do leilão, Chang Bei sentava-se ao lado de seu pai, o misterioso Patriarca do Clã Chang.

A sala localizada no subsolo era fortemente protegida, em sua única porta situava-se dois cultivadores respectivamente no ápice do Rank Diamante Negro e Diamante Branco.

Ambos guardas permaneceram indiferentes a respeito do assunto discutido por Chang Bei e Patriarca Sui. Eles possuíam extrema disciplina e eram a guarda pessoal do Patriarca. Não que o Patriarca precisasse de guardas para se defender, mas em momentos que não poderia ser interrompido, eram extremamente úteis.

<toc> <toc>

Tão logo alguém bateu a porta, uma voz soou se identificando.

“Saudações ao Patriarca Sui, Comandante Dai Song se apresentando.”

“Entre.” – Assentiu Chang Sui.

Os dois guarda a porta se curvaram profundamente em respeito a Dai Song, que se dirigiu a mesa onde estava Chang Bei e Chang Sui.

Mesmo que a cultivações desses guardas fossem inúmeras vezes superior à de Dai Song, ambos jamais ousariam serem desrespeitosos com o mesmo, afinal Dai Song era ninguém menos do que o comandante da guarda pessoal do Patriarca, e eles.. eram simplesmente a guarda.

Dai Song fora capaz de chegar a esse posto devido a suas inúmeras conquistas em batalha pelo clã, mesmo que não fosse tão talentoso no quesito cultivação, suas aptidões para outros assuntos eram imbatíveis, motivo pelo qual conseguiu uma posição tão sólida ao lado do Patriarca.

“Venha, sente-se conosco e tome um pouco de vinho, Dai Song.” – Chang Bei sorriu e puxou uma cadeira para o Comandante da guarda.

Chang Sui assentiu com a cabeça e Dai Song imediatamente sentou-se à mesa junto de Chang Bei e Patriarca Sui.

“Muito obrigado jovem mestre Bei.” – Dai Song demonstrou grande apreciação pelo herdeiro do Patriarca.

“Então, como está o andamento do leilão?” – Perguntou Patriarca Sui.

“Sobre isso..” – Dai Song hesitou momentaneamente.

“Algo inesperado aconteceu e pode ser um problema..”

Chang Bei que até então estava a beber casualmente uma taça de vinho, com a expressão de Dai Song sentiu-se profundamente incomodado.

“O que foi? Kuomintai Jin está causando problemas novamente?” – Perguntou Chang Bei fechando a cara, em uma expressão sombria.

Somente pensar a respeito de Kuomintai Jin bastava para acabar com o humor de Chang Bei. Normalmente como filho do Patriarca e herdeiro do Clã Chang, Chang Bei se portava de maneira calma e astuta, transmitindo confiança para seus subordinados, mas agora..

Em uma situação onde não tinha que esconder seus verdadeiros sentimentos, Chang Bei se tornava alguém muito mais sinistro.

“Você realmente não deveria ter interferido mais cedo Sênior Dai, se eu tivesse tido mais cinco segundos, não.. três segundos bastava. Não teria sido problema algum por o lixo para fora.” – Bufou Chang Bei friamente.

Patriarca Sui encarou a indignação de seu filho sem se pronunciar. Então virou-se para Dai Song.

“Na verdade o jovem mestre Bei está certo apenas em partes..” – Tornou a explicar Dai Song.

“Não nego que Kuomintai Jin esteja causando problemas, mas felizmente até o momento ele está sendo ‘inofensivo’ e o máximo que fez foi bater em alguns de seus próprios servos. Quanto a isso, nada que nos diz respeito.”

“Tirando alguns momentos furiosos de Kuomintai Jin onde o mesmo quase destruiu a sala vip número três, o problema que está se formando parece muito pior..” – Concluiu Dai Song.

Chang Bei franziu as sobrancelhas atordoado. Que tipo de problema poderia ser maior que o próprio Kuomintai Jin?

Patriarca Sui também ficou intrigado e solicitou que Dai Song continuasse a se explicar.

Quando ambos ouviram a respeito do que acontecera e o que sala vip número dois havia feito até então, ambos, pai e filho ficaram chocados.

“Mas o que aquele idiota tem na cabeça para se intrometer dessa maneira?!” – Patriarca Sui cerrou os punho e os bateu fortemente contra a mesa.

“Patriarca.. Acalme-se.. ainda há algo que eu não disse.. Quem está causando todo esse alvoroço não é Lei Xang, mas aparentemente.. o garoto que o acompanha.”

Quando Dai Song terminou de falar, Chang Bei ficou chocado. Ele se lembrava vagamente de quem era esse garoto, mas lembrava-se.

Patriarca Sui ficou igualmente sem palavras e sua expressão tornou-se pensativa, somente voltando ao normal quando fora interrompido por Chang Bei.

“Pai, então isso significa que.. Se a Lotus do Dao Ascendente realmente for leiloada, nós iremos mergulhar de cabeça em um profundo mar de caos.”

“Hummm…” – Chang Sui acariciou o queixo levemente, em seguida levando um copo de vinho até a boca, o virou de uma vez.

“Isso não importa. Não iremos voltar atrás, a Lotus do Dao Ascendente será leiloada não importa as circunstâncias. Se alguém ousar ser pretensioso e causar problemas em minha casa, farei questão de cuidar pessoalmente de quem quer que seja.” – Exclamou Chang Sui.

Chang Bei sorriu pelo canto da boca, levemente sem graça. Ele já estava acostumado com essa atitude do Patriarca, seu pai, de não interferir em assuntos alheios caso não o afetasse.

“Então voltando ao assunto anterior.. Você está certo que Kuomintai Gu começou a se mover?” – Perguntou Chang Bei com um olhar solene.

Dai Song percebendo a mudança repentina de tópico, imediatamente levantou-se e curvou-se para pai e filho, logo em seguida retirou-se. O assunto que ambos tinham a tratar não lhe dizia respeito, portanto o melhor a se fazer era sair.

“Eu não posso afirmar.. Segundo minhas fontes, Kuomintai Gu tem se mostrado mais ativo do que o habitual nos últimos meses, mas isso ainda não é o suficiente. Ele também esteve a preparar diversas expedições suspeitas.. Só temo que..” – Patriarca Sui não terminou a frase, seu olhar pareceu vazio e ele virou de uma vez outro copo de vinho.

Chang Bei seguindo o exemplo encheu um copo para si e também virou em um gole só.

“Então, talvez eu deva sair e me mostrar ao mundo?” – Indagou Chang Bei.

“Não.. Isso.. seria um problema. Mesmo que a Família Imperial esteja atualmente falida, ele ainda são muito mais poderosos que a maioria das influências em outros continentes. Além do mais, ainda não é chegada a hora de revelar ao mundo seu poder.”

“Mesmo sem ter um grande poder aquisitivo, caso os rumores se provem verídicos, Kuomintai Gu será capaz de abalar toda a fundação do Império Yuan. Diga-me, você não acha suspeito Kuomintai Jin simplesmente receber a Lâmina Lunar Sangrenta de Kuomintai Gu tão repentinamente?” – Indagou friamente Patriarca Sui.

“Você está certo.. Além do mais, foi uma enorme surpresa Kuomintai Jin aparecer para o leilão. A família Imperial claramente havia demonstrado intenções de não participar este ano, mesmo que fosse um desinteresse falso por apenas não terem capital suficiente.”

Mal terminou seu comentário, Chang Bei observou a figura de seu pai fechando os olhos por um momento.

“Talvez o incidente de alguns dias atrás no Labirinto das Cem Camadas.. Seja o motivo de tudo? Poderia Kuomintai Gu ter obtido algum tipo de boa fortuna por detrás daquele massacre inexplicável?” – Murmurou o Patriarca Sui.

Chang Bei escutou silenciosamente os murmúrios de seu pai e encheu o copo do mesmo, em seguida encheu o próprio copo e tomou mais uma dose de vinho.

“Se as coisas continuarem dessa maneira, teremos que pela primeira vez na história, desde que sucedi a posição de Patriarca, interferir nos assuntos alheios. Essa Maldita Mansão Regente da Espada Purgatório, eles realmente começaram a se achar demais depois de assumir o trono. Humpf.” – Exclamou o Patriarca.

“Senhor Patriarca está certo. Sendo verdade que Kuomintai Gu pretende sacrificar todo o Império Yuan em troca de sua ascensão ao poder Divino, seremos obrigados a declarar guerra. Mesmo que estejamos neutros atualmente, até mesmo nós, o Clã Chang não seremos capazes de sair ilesos dessa bagunça.”

Os olhos de Chang Bei se inflamaram em intenção assassina enquanto varria informações confidenciais contidas nos inúmeros relatórios espalhados a mesa, as incinerando uma por uma com um Qi ardente que irradiava de suas mãos, sem deixar quaisquer rastros de existência das mesmas.

Patriarca Sui encarou casualmente seu filho e mesmo sem demonstrar, sentiu-se muito orgulhoso. Chang Bei havia realizado um feito que mesmo ele, Patriarca do Clã Chang nunca fora capaz, Chang Bei foi o primeiro da linhagem Chang a dominar completamente a Roda do Santo Escarlate.

Um futuro grandioso aguarda por Chang Bei e Patriarca Sui, mais do que ninguém estava ciente disso. Ainda assim, como Patriarca nunca foi complacente para com Chang Bei, mesmo que fosse seu próprio filho.

De modo a prepará-lo para o duro mundo das artes marciais, Patriarca Sui forjou Chang Bei a ferro e fogo, onde cada uma de suas conquistas foram obtidas através de mérito próprio.

Aos cinco anos de idade, Chang Bei recebeu sua última moeda de ouro das mãos de seu pai, a partir da qual fora capaz de criar sua própria fortuna e erguer-se entre a furiosa competição dos herdeiros do clã Chang, até enfim se tornar o herdeiro número um na linha de sucessão.

“Muito bem, se o Senhor Patriarca me permite, o final do leilão aproxima-se e preciso ir ao palco principal levar a Lotus do Dao Ascendente.” – Chang Bei se levantou e prestou sinal de respeito ao Patriarca.

Patriarca Sui assentiu e observou as costas de seu filho à medida que o mesmo pegava um pequeno frasco contendo uma misteriosa flor de azul gélido, para depois atravessar a porta rumo ao palco de leilão.

Kuomintai Gu, você ainda não aprendeu a lição na última vez? Uma vez que atinja o Nível Ancião Marcial, é impossível prosseguir para o caminho Divino, seu tolo.” – Chang Sui xingou silenciosamente e virou outro copo de vinho.

Por Kouhei | 29/07/18 às 00:15 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Wuxia, Xianxia, Elementos de Cultivo, Romance, Brasileira