CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo - 172 - Sequestro

O Último Herdeiro Da Luz (UHL)

Capítulo - 172 - Sequestro

Autor: Rafael Batista | Revisão: JFae p

Lentamente, o véu da noite cobria toda a cidade Turop enquanto os comerciantes recolhiam as suas tendas e retornavam para as suas casas. A cada minuto, o fluxo de pessoas que andavam nas ruas diminuía e toda aquela agitação do dia se tornava uma simples lembrança. Os únicos locais onde havia um número considerável de pessoas eram, os bares, os bordéis, e alguns pontos turísticos que atraíam casais apaixonados.

Caminhando em meio a noite escura, Ye Yang falava com as duas mulheres que o acompanhavam e era guiado por elas.

“Ei… Meus amores… Nós não estamos no caminho errado?” Com a fala embolada devido ao alto nível de álcool no sangue, Ye Yang perguntou, pois não parecia que eles estavam indo na direção da hospedaria.

“Nós estamos no caminho certo, meu querido! Os seus sentidos estão falhos por causa da bebida!” A mulher da esquerda respondeu enquanto acariciava o rosto do Ye Yang.

Após continuarem por aquele caminho, os três chegaram a um lugar praticamente inabitado. Não havia nenhum transeunte pelas ruas daquela região e uma estranha neblina se espalhava por todos os lados.

A neblina era densa e fria e, depois que Ye Yang e as garotas entraram nela, as visões deles ficaram tão prejudicadas que, não era possível enxergar sequer um metro a frente deles.

“De onde surgiu essa neblina? Eu estou com medo!” A mulher da direita falou num tom temeroso enquanto se agarrava em Ye Yang.

De repente, Ye Yang sentiu algo o espetando enquanto a mulher se agarrava nele. “Mulher… O que você está fazendo?” Ye Yang perguntou num tom irado.

Assim que a voz do Ye Yang caiu, a outra mulher se inclinou e sussurrou no ouvido dele: “Não resista… Você está cercado!”

Imediatamente, Ye Yang arregalou os olhos e tentou socar a mulher da esquerda…

*Chiiiii...* *Poof.* Ye Yang queria socar a mulher, porém, foi a sua perna esquerda que se moveu para trás, fazendo com que ele perdesse o equilíbrio e caísse.

“Mas… Que merda foi essa?” Ye Yang xingou enquanto tentava mover as suas pernas e se levantar. Contudo, foram os ombros dele que se moveram.

“Eu já disse… Não resista! É inútil!” A mulher da esquerda falou enquanto pegava uma mordaça e inclinava-se sobre Ye Yang.

*Clack.* Abaixo, a outra mulher algemou os dois pés do Ye Yang enquanto falava: “Esse veneno é uma das obras-primas do mestre! Ele não causa nenhum efeito letal, mas bagunça todo o seu sistema neuromuscular! Quando você tentar mover alguma parte do seu corpo, você moverá uma parte completamente diferente!”

“Vaca… Eu ainda consigo controlar a minha boca!” Ye Yang xingou enquanto a mulher com a mordaça começava a colocá-la…

Antes que a mulher amordaçasse Ye Yang, este abriu bem a boca enquanto um intenso brilho vermelho surgia na sua garganta. Depois, aquele brilho se transformou em um abrasante fogo vermelho que foi cuspido na direção da mulher.

*Tssssssss...* Uma grande labareda de fogo saiu da boca de Ye Yang e acertou as mãos e parte do rosto da mulher que segurava a mordaça.

“Ahhhh...” A mulher gritou enquanto se afastava e sentia a sua pele e parte dos seus cabelos sendo queimados.

*Tap.* *Tap.* *Tap.* *Tap.* *Tap...* “Moleque… Desgraçado!” A mulher tentava apagar o fogo com as mãos e xingava incessantemente.

“Pirralho maldito!” *Bang.* Enquanto a outra mulher tentava apagar o fogo do corpo dela, a mão direita da mulher que tinha algemado os pés do Ye Yang emitiu um brilho verde e a força dela aumentou bastante. Depois, a mulher xingou e desferiu um poderoso soco no estômago do Ye Yang.

*Craaassshhhh...* *Uhhhhggg...* Imediatamente, o corpo de Ye Yang se envergou enquanto o solo abaixo dele se rachava e ele cuspia um bocado de sangue.

*Nhack.* *Tssssssss…* Graças ao movimento involuntário do seu corpo, Ye Yang, conseguiu morder o ombro esquerdo da mulher que tinha o atingido. Após morder a mulher, Ye Yang fez o mesmo movimento de antes e descarregou todo o fogo que podia no ombro dela.

“Aaahhhhh… Maldito...” A mulher se afastou e gritou enquanto tentava apagar o fogo que queimava a sua carne.

“Eu vou te matar!” *Bang.* *Bang.* *Bang.* *Bang...* Enquanto aquela mulher se afastava, a primeira a ser atacada já tinha apagado o fogo no seu corpo e começou a desferir uma série de socos em Ye Yang.

Os socos da mulher eram incrivelmente fortes. O corpo do Ye Yang sangrava enquanto cortes e hematomas surgiam aos montes. Rapidamente, Ye Yang perdeu qualquer capacidade de reação que tinha e a consciência dele começou a se esvair.

“Eu também vou te matar!” A segunda mulher, que teve o ombro e o braço esquerdo, queimados devido ao ataque de Ye Yang, gritou enquanto se unia à primeira e esmurrava-o.

*Swoosh.* As mulheres tinham perdido a cabeça e queriam apenas matar Ye Yang. Contudo, antes que elas tivessem sucesso nesse objetivo, um homem, vestido de preto, com um capuz, apareceu atrás delas e falou: “Parem, vocês duas! Nós temos que levá-lo vivo!”

Assim que escutaram aquelas palavras, as mulheres pararam de bater em Ye Yang, mas isso foi ao custo de um grande esforço mental.

“Nós temos que levá-lo vivo, mas não precisa ser inteiro!” A mulher que tinha parte do rosto e dos cabelos, queimados, falou enquanto bufava de raiva e olhava para Ye Yang.

Deitado e praticamente inconsciente, Ye Yang estava coberto de machucados e com a face completamente inchada.

*Tap.* “A raiva de vocês é irrelevante! Essa missão já demorou demais!” O homem falou num tom indiferente enquanto agarrava a garganta da mulher e a levantava no ar. Depois, o homem colocou mais força no aperto e perguntou: “Você tem mais alguma objeção ou algo para acrescentar à missão?”

A mulher se debateu e segurou o braço do homem enquanto usava os olhos para suplicar pela sua vida.

“Eu tenho uma objeção... Vocês não me convidaram para essa festa!” De repente, uma voz jovem e irônica, soou.“Vocês foram seguidas!” O homem cerrou os dentes e falou furiosamente enquanto encarava a mulher nas suas mãos.

*Tap.* *Swish.* Rapidamente, enquanto uma das mulheres tentava sentir a presença e localizar o dono daquela voz, o homem retirou uma adaga da cintura, e a atirou para o lado.

No meio da neblina, Zao Tian, que era o dono da voz, só pôde ver a adaga após ela ficar a alguns centímetros de distância dele.

*Tap.* *Swish.* Imediatamente, Zao Tian se inclinou para a direita e adaga passou por cima dele. Depois, com a mão esquerda, Zao Tian segurou o cabo da adaga, a jogou para cima, a agarrou com a mão direita, usando uma empunhadura invertida, e a lançou de volta para o homem.

*Vup.* *Pshhh...* A adaga foi devolvida numa velocidade ainda maior do que a anterior. Contudo, o homem sacudiu o braço direito, e usou uma das mulheres como escudo.

“Uuuuhhhggghhhh...” A adaga atingiu a coluna da mulher que e ela urrou de dor.

*Tap.* “Matem-no!” O homem agarrou Ye Yang e gritou enquanto disparava para longe de Zao Tian.

*Swish.* *Swish.* *Swish.* *Swish.* *Swish.* *Swish...* Vendo que o homem tinha a intenção de fugir, levando Ye Yang consigo, Zao Tian tentou persegui-lo, mas antes que pudesse fazer isso, diversas adagas foram lançadas na direção dele. Elas vinham de várias direções, o que confirmava que haviam mais do que três inimigos ali.

Zao Tian mal teve tempo para desviar. Talvez, ser atingido por uma ou duas adagas fosse a melhor opção para sair daquele lugar e perseguir o homem. Porém, Zao Tian pôde sentir que aquelas adagas exalavam um cheiro mórbido, que era semelhante a alguns tipos de venenos.

“Gold… Existem quantos inimigos a minha volta?” Zao Tian perguntou num tom de urgência.

“Moleque… Eu não sou o seu radar, mas eu vou dizer que são mais de cinco!” Gold respondeu com a ignorância de sempre.

“Eu tenho que ir atrás daquele homem...” Zao Tian pensou enquanto desviava das adagas e tentava deduzir a localização dos inimigos através da trajetória das adagas.

“Eu já sei… É isso!” Zao Tian falou enquanto pensava na única coisa que os atacantes não queriam fazer… Chamar a atenção de outras pessoas.“Vamos iluminar este lugar e fazer bastante barulho...” Zao Tian murmurou enquanto as mãos dele emitiam um intenso brilho azul, que se transformaram em relâmpagos.

*Dzzt.* *Dzzt.* *Dzzt.* *Dzzt.* *Dzzt.* *Dzzt.* *Dzzzzztttt...* Rapidamente, enquanto os relâmpagos estalavam nas mãos dele, Zao Tian jogou as mãos para frente e atirou todos os relâmpagos que ele controlava. O ataque dele não tinha nenhum alvo específico, ele queria somente criar uma grande prisão de raios na frente dele.

“Prisão de raios.” *Baaaaaaaaaaarrrraaauuummm...* Zao Tian murmurou, antes que os raios se unissem e se transformassem em uma grande esfera de energia elétrica. Quase que instantaneamente, um trovão ensurdecedor soou, e a claridade se espalhou por grande parte da cidade enquanto uma pequena cratera se formava no solo.“O que foi aquilo?”“Será que alguém está atacado a cidade?”

“Vamos, agora!”Imediatamente, todos os guardas de Turop que viram a explosão, dispararam na direção dela.“Desgraçado!” Um dos homens que atacavam Zao Tian xingou, antes de fugir.*Swoosh.* *Swoosh.* *Swoosh.* *Swoosh.* *Swoosh.* *Swoosh.* *Swoosh.* A neblina se dissipou e Zao Tian pôde ver sete figuras fugindo do local. Ele também pôde ver que havia um corpo no local, mas ele não tinha tempo para pensar naquilo, pois alcançar Ye Yang era a sua prioridade.*Swoosh.* Zao Tian disparou na direção do homem, mas o homem já tinha uma grande vantagem de distância. Alcançá-lo era praticamente impossível.

“Desgraçado… Eu tenho que ser rápido! A Guarda de Turop deve estar a caminho!” Longe do local da explosão, o homem olhou para trás e murmurou enquanto aumentava a sua velocidade.

“Merda… Nesse ritmo… Eu vou perdê-lo!” Enquanto isso, Zao Tian tentava seguir o rastro do homem, mas não conseguia fazer isso na velocidade necessária. Ele estava longe demais para sentir a presença do homem.

Do outro lado, o homem já tinha saído dos limites da cidade e adentrado em uma floresta.

*Swoosh.* *Bang.* De repente, os esforços de Zao Tian foram cessados quando uma figura voou na direção dele e o atingiu com um chute na barriga, atirando-o contra uma casa.

“Atenção… Eu represento a ‘Guarda De Turop’! Você está preso!” Uma mulher, que usava o uniforme da ‘Guarda De Turop’, e foi a dona daquele chute, falou.

Após colidir contra a casa e escutar aquelas palavras, Zao Tian pensou em ignorá-las, mas, rapidamente, outros quatro guardas apareceram e o cercaram.

“Não resista, ou teremos que usar os meios necessários para pará-lo!” Um dos guardas falou num tom de aviso.

Zao Tian pensou em como escapar daqueles guardas, mas imediatamente, Gold o advertiu: “Moleque… Tem dois Suseranos naquele grupo! Se você tentar alguma coisa... Eles te matarão!”

Diante dos avisos do Gold, Zao Tian sentiu a impotência perfurando o seu peito e não pôde fazer nada além de se ajoelhar, colocar as mãos sobre a cabeça, e falar: “Alguém sequestrou o meu amigo, mas sou eu quem serei preso?”

“Eu não faço julgamentos!” A mulher falou, antes de continuar: “Você é o principal suspeito de um assassinato, mas… Diga-nos a direção desses supostos sequestradores e nós verificaremos!”

Zao Tian olhou nos olhos da mulher e apontou para a direção que ele imaginava ser a certa.

Imediatamente, a mulher apontou para dois guardas e ordenou: “Vocês dois… Vão naquela direção e verifiquem se a história dele é verídica!”

*Swoosh. Swoosh.* Sem questionar, os dois guardas dispararam para o céu e seguiram na direção apontada.

“Agora… Me diga… O que foi que aconteceu? Foi você quem matou aquela mulher?” A mulher se aproximou de Zao Tian e perguntou.

“Sim, mas eu estava apenas me defendendo!” Zao Tian respondeu.

“Posteriormente, isso será ou não, comprovado! Agora, eu espero que você nos acompanhe pacificamente!” A mulher falou enquanto ela e os outros dois guardas algemavam Zao Tian.

“Ye Yang… Me desculpe...” Zao Tian murmurou enquanto fechava os olhos e era conduzido pelos guardas.

Longe dali, no meio da floresta, o homem tinha aumentado tanto a sua velocidade que, ele abdicou de qualquer cautela. Ele só queria se afastar, o mais rápido que podia.

“Parece que ninguém me viu...” O homem murmurou aliviado, pois se ele tivesse se deparado com algum guarda, todo o plano iria por água a baixo.

*Tap.* *Tap.* *Tap.* *Tap...* Os pés do homem tocavam o chão numa velocidade altíssima enquanto ele se esgueirava pelas árvores como se fosse um vulto.

*Swiiiinnngg...* De repente, antes que o homem pudesse sequer sentir alguma presença, um feixe branco passou por ele e emitiu um som de corte.

Imediatamente, o homem arregalou os olhos e parou de andar enquanto o feixe branco, que parecia ser uma pessoa, seguia a sua trajetória e desaparecia na floresta.

“Uhhhhggghhhhh...” O homem fez um som estranho e olhou para baixo, só para ver que a sua cintura estava se separando do tronco…

*Poof.* *Poof.* *Poof.* *Poof.* Quatro coisas caíram no chão; Uma delas, era Ye Yang; A outra, era a mulher que o homem segurava; As outras duas coisas… Eram as duas metades do corpo do homem.

Os olhos do homem se enchiam de terror enquanto ele usava as mãos para arrastar a parte superior do seu corpo pelo chão, e criava um rastro de sangue e tripas. Porém, após 7 segundos de luta, as mãos do homem pararam de se mover e as pupilas dele ficaram dilatadas, confirmando a sua morte.

Na cidade, Zao Tian estava sendo levado para um dos quartéis da ‘Guarda De Turop’, quando a mulher que efetuou a prisão dele recebeu uma transmissão sonora…

“Senhora Vienne… Nós encontramos mais um corpo e dois feridos!” Uma voz masculina saiu do amuleto de transmissão sonora.

Vienne, a guarda que conduzia Zao Tian, tocou no seu amuleto de transmissão sonora e ordenou: “Isole o local do corpo e providencie socorro para os feridos!”

“Humm? Será que… O Ye Yang...” Zao Tian, que ouviu a transmissão, ficou confuso quanto ao teor dela. ‘Será que o Ye Yang está vivo? Quem poderia tê-lo ajudado?’ Essas perguntas não paravam de surgir na cabeça dele.

“Os dois feridos são, uma mulher e um garoto ruivo! Quanto ao morto… Alguém ou alguma coisa o dividiu no meio!” O guarda que estava próximo do Ye Yang, reportou.

Aquela transmissão trouxe um grande alívio para Zao Tian, pois confirmou que Ye Yang tinha sobrevivido.

“Os reforços já estão a caminho! Tente descobrir o que puder sobre o outro assassino!” Vienne falou.

Depois de dizer aquilo, Vienne olhou para Zao Tian e perguntou: “Garoto… Quem mais estava com você?”

Imediatamente, Zao Tian sacudiu a cabeça e respondeu: “Não havia ninguém, além de mim e do meu amigo, o ruivo!”Depois de dizer aquilo, Zao Tian perguntou na sua consciência: “Gold… Nós estamos sendo seguidos por alguém, além dos ‘Salvadores’?”

“Eu não sei… Será que estão?” Gold respondeu num tom impaciente e irônico.

Antes que Zao Tian dissesse mais alguma coisa, Vienne o colocou em uma cela e disse: “Essa será a sua nova casa!”

Nota do autor: Amigos… Depois de conversar com a ‘Onça Celestial’, mais conhecida como, a minha esposa, esta me deu uma terrível lição quando soube que eu não lançaria um Padrim para a obra! Após argumentar com ela e agir como um homem de verdade… Eu fiz o que o meu instinto viril me mandou fazer e… Obedeci a muié!” Pois bem… Eu criei um Padrim e o link já está disponível logo abaixo do capítulo. Eu conto com o apoio de vocês e prometo-lhes recompensas a altura dos seus esforços! à https://www.padrim.com.br/uhl

Por Rafael Batista R. Ferreira | 09/01/18 às 17:09 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Romance, Harém, Maduro, Seinen, Adulto, Comédia