CAPÍTULOS
OPÇÕES
Cor de Fundo
CONTROLE DE FONTE
HOME INDEX
Capítulo 219 - Torneio Dos Melhores (9)

O Último Herdeiro Da Luz (UHL)

Capítulo 219 - Torneio Dos Melhores (9)

Autor: Rafael Batista | Revisão: JFae p

"Você lutará de mãos nuas?" Vendo que o Ye Yang disse estar preparado para lutar, mas não tinha sacado nenhuma arma, Jin Fugou o questionou. Ele realmente não gostou daquela atitude.


Ye Yang, por sua vez, inclinou a cabeça para a esquerda e respondeu num tom tranquilo: "Eu não estou te subestimando, mas... Sabe como é... Eu gostaria de manter algumas cartas na manga. Ainda tem muito torneio pela frente."


Com uma expressão mais compreensiva, Jin Fugou apontou para o peito do Ye Yang e respondeu: "Eu entendo... Mas eu acho que está na hora de você, pelo menos, retirar esse amuleto de supressão de aura..."


Surpreso com o fato de que o Jin Fugou percebeu que ele usava um amuleto de supressão de aura, Ye Yang fez uma expressão admirada e perguntou: "Como você sabe sobre isso?"


Jin Fugou respondeu: "A minha comitiva me informou que você conseguiu vencer facilmente alguns Opressores. Então não tem como você estar apenas no 2° nível do reino Da Alma!"


Assim que escutou aquela resposta, Ye Yang sorriu e falou: "Eu terei que me desculpar, de novo, pois esse é outro trunfo que eu quero manter sob sigilo."


"Humph." Jin Fugou bufou, antes de comentar: "Eu garanto que você não conseguirá lutar contra mim, sem perder esse 'trunfo'!"


*Swoosh.* Assim que o Jin Fugou terminou de dizer aquilo, o ar ao redor dele ondulou e ele desapareceu, deixando uma espécie de clone de fogo, azul, no seu ponto de origem.


"Ele é rápido!" Assim que o seu oponente fez o primeiro movimento, Ye Yang ficou surpreso com a velocidade dele e tentou procurá-lo pelo deserto.


*Tump. Tump.* De repente, sem que pudesse sequer ver o seu oponente, Ye Yang sentiu o seu coração bater forte enquanto era assaltado por uma forte e pesada aura, do 7° nível do reino Opressor. Assim que sentiu a presença do inimigo, que se aproximava pela sua esquerda, Ye Yang tentou sacudir o braço esquerdo e atacar primeiro. Porém, Jin Fugou estava se movendo rápido demais e o ataque dele foi mais rápido do que o ataque do Ye Yang...


*Swing.* Um vulto passou pelo Ye Yang enquanto um som de corte soava. Graças a um passo que deu para trás, Ye Yang conseguiu se esquivar de um golpe certeiro, porém, aquele ataque ainda conseguiu fazer um pequeno corte no pescoço dele.


*Piiing.* "Maldito..." Após desviar daquele golpe, Ye Yang percebeu que uma corrente em seu pescoço fora cortada pela espada do Jin Fugou. Imediatamente, ele xingou, pois em um único movimento, Jin Fugou acabou com um dos seus tão preciosos trunfos.


"6° nível do reino Opressor..." Depois que destruiu o amuleto do Ye Yang, Jin Fugou parou de se movimentar, analisou a verdadeira aura dele, e comentou enquanto sorria: "Não me leve a mal, mas... Esses amuletos atrapalham as capacidades de combate dos seus usuários... Eu não quero vencer dessa forma!"


Instantaneamente, Ye Yang respirou fundo, fechou os olhos e comentou: "Eu fui um tolo, por pensar que avançaria no torneio usando aquilo..."


Antes que o Ye Yang terminasse a sua fala, Jin Fugou disparou contra ele, efetuando um corte horizontal, na direção do tronco dele.


A velocidade do Jin Fugou era a mesma de antes, mas o ataque dele era muito mais perigoso e potente. Contudo, dessa vez, Ye Yang, que estava livre de qualquer restrição de poder, ficou parado enquanto simplesmente movimentava os olhos e acompanhava toda a movimentação do seu oponente...


*Ssssssssss...* *Ploft. Ploft.* Jing Fugou chegou até o Ye Yang e atacou, porém, não houve nenhum som de corte, apenas um estranho som de metal sendo derretido. Instantaneamente, os olhos dele se alargaram enquanto ele olhava para o Ye Yang, que estava com a mão direita coberta de chamas vermelhas, que simplesmente derreteram a sua espada.


"Eu me superestimei! Pelo visto... Eu tenho que lutar com tudo, do início ao fim!" Num tom sério, Ye Yang falou enquanto olhava nos olhos do Jin Fugou.


No momento que os seus olhos fizeram contato visual com olhos do Ye Yang, Jin Fugou sentiu um calafrio que se espalhou pela sua espinha e assaltou todos os membros do seu corpo. Olhar naqueles olhos vermelhos, era quase o mesmo que olhar para dentro dos portões do inferno.


"Não pode ser..." *Swoosh.* Após imaginar do que aqueles olhos se tratavam e ver o que aquelas chamas fizeram com a sua espada, Jin Fugou murmurou num tom alarmado enquanto recuava e tentava entender o que estava acontecendo com o seu corpo e a sua mente.


"Jin Fugou... Baseado em seu nome, você deve ser de Andros, não é?"  Enquanto o Jin Fugou recuava e ficava olhando fixamente para ele, Ye Yang caminhou e perguntou.


*Sssssssssss...* Preocupado com o que estava acontecendo consigo, Jin Fugou criou um círculo de chamas azuis a sua volta e não respondeu a pergunta do Ye Yang. Também, ele mordeu a sua própria língua, a fim de se livrar daqueles pensamentos ruins e retomar seu autocontrole.


Sem obter nenhuma resposta do Jin Fugou, Ye Yang seguiu em frente, passo por passo, e caminhou para dentro daquele círculo de fogo enquanto dizia: "Se você é de Andros, você deve ter percebido o que eu tenho dentro de mim e com quem eu me pareço..."


"O que? Ele está mesmo entrando naquele círculo de chamas?" Surpresas, as pessoas da plateia ficaram loucas quando viram o Ye Yang, por vontade própria, entrar naquele círculo de fogo.


Dentro do círculo, Jin Fugou escutou aquelas palavras que pareciam estar bem perto dele. Contudo, antes que ele pudesse sequer entender o que estava acontecendo, Ye Yang estava surgindo dentro do círculo, caminhando, ileso.


"Você..." Frente a frente com Ye Yang, Jin Fugou soltou um murmúrio preocupado, antes de dizer: "Isso é um truque! Não tem como ser verdade!"


"Não se engane... Tudo o que você vê, é a mais pura verdade!" Com um semblante sereno, Ye Yang falou enquanto os olhos dele emitiam um brilho ainda mais intenso e as chamas azuis praticamente corriam dele. Depois ele apontou para o Jin Fugou e continuou: "No seu primeiro ataque, você abdicou de um ataque direto e mirou apenas no amuleto que estava em meio peito... Por isso, eu retribuirei o seu gesto, deixando que você recue e se prepare para um ataque final..."


*Swoosh.* Antes que o Ye Yang terminasse de falar, Jin Fugou já tinha recuado e se afastado bastante dele...


"Ele está a um nível abaixo de mim, mas... Se aquela for mesmo a linhagem imperial... Isso não fará diferença alguma! Só me resta colocar tudo o que tenho, no meu próximo ataque, e rezar para que seja o suficiente!" Jin Fugou murmurou enquanto reunia todas as forças do seu corpo.


Do outro lado, Ye Yang também estava murmurando algumas palavras: "Me disseram que o Imperador, Yang Hao, só entrou em um combate corpo a corpo contra o Yan Chihuo... Todos aqueles que o enfrentaram, foram derrotados sem sequer tocar nele... Vamos ver se eu consigo ao menos me aproximar daquele homem..."


*Boooooooooommm...* De repente, uma intensa explosão de chamas azuis aconteceu ao redor do Jin Fugou. Aquelas chamas eram extremamente poderosas e violentas, e elevaram bastante a temperatura local.


Enquanto isso, do lado de fora arena, Murdoc, que estava ao lado Negan, olhou para uma das telas e comentou: "Negan... Observe atentamente o que acontecerá! Se você enfrentar aquele garoto, certifique-se de conseguir uma amostra do sangue dele!"


Negan, por sua vez, olhou para a tela e perguntou: "O que tem de tão especial nele?"


Murdoc: "O corpo dele abriga a linhagem nobre mais antiga deste mundo! Ele tem um poder incompreensível dentro dele! E eu quero aquele poder!"


"Deixa comigo, chefe! Eu trarei uma bela amostra do sangue dele!" Negan respondeu enquanto estalava os dedos.


*Sssssssssssssss...* Agora, na arena, Jin Fugou estava cético quanto a sua vitória, mesmo contra um adversário teoricamente mais fraco que ele. Entretanto, ele sabia que se subestimar não o ajudaria em nada. Dessa forma, ele extraiu tudo de si e elevou ainda mais a temperatura das suas chamas.


Após alguns instantes, as chamas azuis que emanava do Jin Fugou se acalmaram e se transformaram em uma grande serpente de fogo que dançou ao redor dele.


Aquela serpente de fogo media uns trinta metros de comprimento e três metros de diâmetro; Ela tinha longas presas de fogo que pareciam ser, ao mesmo tempo, afiadas e capazes de incinerar qualquer coisa neste mundo.


"As minhas espadas são meras armas Dominadoras, e, depois do que você fez com uma delas, eu acredito que usá-las para atacar não fará muita diferença... Tudo o que eu posso fazer nesse momento é atacar com o mais puro poder bruto..." Enquanto aquela grande serpente dançava ao seu redor, Jin Fugou apontou para o Ye Yang e falou.


*Tap.* *Sssssssss...* Do outro lado, Ye Yang pôde sentir que aquela serpente de fogo era a manifestação de todo o poder do seu adversário. Dessa forma, ele uniu as suas mãos e criou uma espécie de vórtice de chamas vermelhas logo acima dele.


Enquanto aquele vórtice de fogo queimava, Ye Yang olhou para o Jin Fugou e falou: "Fogo contra fogo... Aquele de nós que for o verdadeiro herdeiro das chamas... Ganhará essa disputa!"


"Aaaaahhhhhh..." *Sssssssssssssssssss...* Assim que aquelas palavras caíram, Jin Fugou gritou e lançou aquela grande serpente de fogo contra o Ye Yang.


Aquela imensa criatura cruzou o ar, queimando deixando um rastro de chamas azuis sobre o deserto enquanto seguia em frente, dando a impressão que engoliria o Ye Yang.


"Inferno Ardente: Grande Tormento." Do outro lado, enquanto aquela serpente de fogo disparava em sua direção, Ye Yang se concentrou nas chamas vermelhas dentro do seu domínio espiritual e murmurou. Imediatamente, o vórtice de fogo explodiu e disparou uma enorme coluna de chamas vermelhas, que cruzou o ar e colidiu contra a serpente de fogo.


*Boooooooooooommmmmmmm...* Uma explosão ensurdecedora soou enquanto chamas azuis e chamas vermelhas tentavam se engolir. O céu a paisagem ficou colorida devido às chamas que soltavam resquícios daquele embate para todos os lados.


Do lado de fora da arena, a plateia estava vidrada e ninguém se dava ao luxo de tirar os olhos das telas.


*Ssssssssssssssssssssss...* O embate entre as chamas continuou por alguns segundos, porém, as chamas vermelhas queimavam com mais intensidade e isso foi o estopim para um avanço implacável.


*Poof.* "É... Não tem jeito..." Assim que as chamas vermelhas demonstraram ser mais fortes, Jin Fugou fez uma expressão conformada enquanto permanecia parado e esperava pela chegada do ataque inimigo.


Assim que terminou de queimar aquela serpente de fogo, a coluna de chamas vermelhas avançou na direção do Jin Fugou, que não demonstrava nenhuma intenção de desviar. Contudo, Ye Yang, que não tinha nenhuma rixa com o seu adversário, mostrou piedade quando desviou o seu ataque, que passou longe do Jin Fugou e caiu a uma boa distância dali.


*Booooooooommmm...* Enquanto as chamas vermelhas explodiam nas areias longe dali, Jin Fugou respirou fundo e gritou: "Eu desisto! Eu, Jin Fugou, perdi a luta!"


*Fooooommmm...* Uma forte buzina soou, indicando que aquela luta tinha chegado ao fim.


"Eu estou sendo enganado pelos meus olhos, ou aquelas chamas vermelhas ganharam de genuínas chamas azuis?"


"Se os seus olhos te enganaram, aconteceu o mesmo comigo, porque eu vi a mesma coisa!"


Atônitos, os espectadores tentavam acreditar no que tinham acabado de ver, porque qualquer pessoa que entendesse um pouco sobre chamas espirituais saberia que as chamas azuis são muito mais fortes do que as chamas vermelhas. Contudo, tudo aconteceu de forma contrária, pois as chamas que prevaleceram foram as chamas escarlates.


*Woosh.* Na arena, um portal surgiu entre os dois lutadores e o Ye Yang caminhou na direção dele enquanto falava com o Jin Fugou: "Essa foi uma boa luta! Eu espero que não haja nenhum ressentimento entre nós!"


Do outro lado, Jin Fugou acenou com a cabeça, antes de responder: "Não haverá! Foi uma luta justa, então não tem porquê eu guardar algum ressentimento!"


Depois de escutar aquilo, Ye Yang acenou de volta e entrou no portal.


"Uaaaaaaaaaaaa..." Assim que retornou para a plataforma, Ye Yang foi recepcionado pelos gritos da plateia, que estava empolgada com o resultado da primeira luta.


*Tap.* Diferente da plateia, Zao Tian não estava nem um pouco contente, e, assim que o Ye Yang apareceu, Zao Tian deu um forte tapa na nuca do Ye Yang enquanto dizia num tom ríspido: "Idiota! Você quer foder com o seu cultivo?"


"O que eu fiz?" Sem entender nada do que estava acontecendo, Ye Yang tentou dizer algo enquanto o Zao Tian apertava o ombro dele e fazia uma breve análise do seu corpo.


*Bang.* De repente, Zao Tia fez uma cara feia, antes de dar um cascudo na cabeça do Ye Yang e esbravejar: "O Seu corpo está praticamente intoxicado devido às tantas pílulas e medicinas espirituais que você usou! Você tem merda na cabeça? Você usou, pelo menos, dez tipos de medicinas espirituais, em doses extremamente altas, diariamente, num curto período de tempo! Você acha que o seu corpo não cobrará por isso?"


Imediatamente, Ye Yang fez uma expressão obstinada enquanto respondia: "Eu precisava de poder! Eu me cansei de ser um estorvo!"


*Bang.* Novamente, Zao Tian deu outro cascudo no Ye Yang e xingou: "Burro! Não se trilha o caminho marcial com pressa! Sempre haverá uma limitação para que esses recursos criem um crescimento saudável!"


Depois de dizer aquilo, Zao Tian respirou fundo, e continuou: "6° nível do reino Opressor... Em apenas alguns meses... É muita idiotice! Ye Yang... A partir de hoje... Você está terminantemente proibido de usar qualquer medicina espiritual!"


Assim que escutou aquilo, Ye Yang fez uma expressão aborrecida e questionou: "O que? Eu tive ótimos resultados e me sinto muito bem! Por que você está tão nervoso?"


Zao Tian, por sua vez, sacudiu a cabeça e franziu os cenhos enquanto respondia: "Porque quem terá que consertar o seu corpo... Serei eu! O Seu corpo está uma merda e se eu não intervir rapidamente, em breve o seu cultivo ficará estagnado!"


Enquanto o Zao Tian xingava o Ye Yang, as outras comitivas ficaram olhando para eles, mas não podiam escutar o que eles estavam conversando. Contudo, de repente, todos esses olhares mudaram de direção e se focaram nas telas que mostravam os protagonistas da próxima luta...


"Cruz... Thania... Vocês têm cinco minutos para entrar na arena!"


*Woosh.* *Woosh.* Dois portais surgiram na frente das duas comitivas. Thania, uma jovem, branca, de cabelos roxos, que parecia ser bastante delicada, ficou escutando as instruções da sua comitiva enquanto o Cruz entrava no portal.


Por Rafael Batista R. Ferreira | 24/04/18 às 07:17 | Ação, Aventura, Fantasia, Artes Marciais, Romance, Harém, Maduro, Seinen, Adulto, Comédia